MENU

domingo, 24 de maio de 2009 - 11:52F-1

MONEGASCAS (11)

SÃO PAULO (fácil demais) – Largou, acelerou, esperou o tempo passar, ganhou. Button, que mora em Mônaco, talvez nunca tenha tido tanta facilidade para ir de um lugar a outro no Principado quanto na corrida de hoje, que foi, junto da de Barcelona, a mais sem graça da temporada. Não é novidade, aliás. Monte Carlo só produz corridas boas quando chove e quando os pilotos estão em dias ruins e cometem erros, se arrebentando no guard-rail, mergulhando no porto, atravessando seus carros na Loews interrompendo o tráfego, voando sobre o público, estatelando-se no cassino, forçando a entrada do safety-car.

Hoje, quem errou? O Kovalento, o Nakalerdo, Tião Vettel, Tião Buemi. Só. Batidas bobas e sem grandes consequências, exceto para eles mesmos. Aliás, Vettel está merecendo uns puxões de orelha. Não que seja mascarado, ou se ache o uó do borogodó, mas já cometeu dois erros neste ano que lhe custaram muitos pontos e, possivelmente, a vice-liderança do Mundial.

Posição que, diga-se, não importa muito porque seja quem for o vice-líder, dificilmente vai conseguir arrancar de Button o título deste ano. Com cinco vitórias em seis corridas, embora a diferença de pontos para Barrichello não seja nada assombrosa, 16 apenas, Jenson só não será campeão caso aconteça algo muito fora do comum, como uma paixão avassaladora que o tire das pistas e o leve a ser pescador no litoral do Ceará, ou uma viagem interplanetária sem data para voltar, ou um surto místico-religioso que o transforme em líder de alguma seita numa cidade-satélite de Brasília.

O GP monegasco foi bem chatinho, previsível mesmo, sem um toquinho na largada que fosse, algo que não compreendo, com aquelas asas limpa-trilhos ninguém se esbarra, nada acontece. Do jeito que os três primeiros fecharam a primeira volta, terminaram. Mesmo depois de dois pit stops para cada.

No primeiro stint (eu gosto de stint), Button ganhou a prova, ao despachar Rubens fazendo melhor uso dos pneus-chiclete. Depois, foi só gerenciar a situação. Tirando a burrada vetteliana, que poderia chegar nos pontos, o resto ficou onde estava. Bem na corrida foram Bourdais, pontuando em oitavo, e Fisichella, que chegou em nono com a Caminho das Índias depois de passar a noite dançando. O Glock também, largou dos boxes e terminou em décimo. Mas do oitavo para trás, sinceramente, bela merda.

A Ferrari melhorou muito, sem dúvida, mas em Mônaco não se mede performance. Então, devagar com as previsões. Na Turquia, sim, será possível ter uma ideia mais clara de quanto. O que os italianos têm de festejar, mesmo, é o fato de não terem feito nenhuma cagada federal no fim de semana, como esquecer o carro no caminhão, ou colocar álcool no tanque em vez de gasolina. Resultado: terceiro para Kimi, quarto para Felipe, e está bom demais.

Por fim, Piquet-pimpolho que, coitado, não teve culpa nenhuma em ser atropelado por Buemi. O que achei engraçado foi o que ele disse à moça da TV: “É isso que dá colocar piloto jovem na F-1, sem experiência”. Ora, ora. Falou o veterano de tantas vitórias, tantas conquistas. Nelsinho tem toda razão de ficar putcho dentro do macacão. Mas precisa lembrar que ainda está na sua segunda temporada e, corrida a corrida, fez mais burradas neste ano que Buemi. E menos pontos. Portanto, que segure a língua. O suíço errou feio, desculpou-se, mas não bateu por falta de experiência, e sim por barbeiragem.

O que também não tem a menor importância.

143 comentários

  1. A. CESAR PARDINI disse:

    Gozado o problema de simpatia ou antipatia por alguem, coisas que às vezes são gratuitas. O pessoal mete o sarrafo no Rubi, não importa se ele anda mais que o Kimi, acaba ganhando nota menor que o dito cujo. Quanto ao Piquezinho, apesar de ser o maior braço duro dos pilotos brasileiros que já pisaram na F1, ninguem fala muita coisa. Será que é porque tem uma vasta experiência na F1 , que lhe permite falar do Buemi , que sem dúvida é melhor que ele, embora tenha errado? Ou será que não teve saco de andar atras do pé de breque, como fez o Rubi que ficou só na reclamação! Brasileiro quando ” encasqueta” com alguem , é fogo. Até o Emerson teve que aguentar gozação nos tempos da Copersucar. Ninguem respeitou os sonhos dele de ter uma equipe genuinamente brasileira, que pagou literalmente caro a aventura. Só resgatou o respeito merecido quando venceu em Indianápolis , bebendo suco de laranja em vez de leite. Pagou de novo.

  2. JFO disse:

    O Kimi só perdeu o 2ª lugar na largada porque estava com pneu duro e o Burrinho com pneu mole .

  3. Bruno CG disse:

    O problema de Barrichelo é a falta de atitude de campeão. Nunca vi Senna ou Piquet felizes e dando “sambadinhas” ridículas com o terceiro ou quarto ou segundo lugares!!! Bucetello sempre se contentou e continuará se contentando com pouco.

    Quanto ao Galvão reta curva,…ele deve está fazendo plantão para ser padrinho do FILIPINHO eheheheheheh
    Babão Bueno, pede pra cagar e sai!!!!!!

  4. Side Show Bob disse:

    Em breve o Little Piquet acerta um sopapo na mariana Becker.

    Aliás acho que esta reporter somente está nas transmissões para mostrar que há pessoas na Globo tão ridículas quanto ao Galvão.

    E por escrever sobre o Magdo, já é ruim, quando ele solta suas pérolas do tipo “sugado pelo túnel” ou “este é o cara”, pior fica quando ele as repete ad nauseam.

    O Barrichelo não tinha condições de se aproximar do Button, o Massa não tinha condições de se aproximar do Kimi, então não é mérito de quem está na frente é “jogo de equipe”, “acordo de cavalheiros”, que não haverá disputa.

    Se as posições estivessem invertidas, seria um tal de “Kimi tenta, mas não consegue se aproximar”, “Button se esforça,mas rubinho anda mais”. Patriotada ridícula.

  5. Washington disse:

    A melhor parte das corridas de F1 certamente são as entrevistas do Nelson Piquet (vamos parar com essa coisa de Nelsinho… parece coisa de …..) O rapaz é sinistro nas entrevistas! Adorei a patada que ele deu na Mariana …”Quem viu foi voce eu senti…” e a principal perola: “É isso o que dá por pilotos sem experiencia pra correr” nem Dias Gomes, como profetiza o Zé Simão, faria melhor!!!

  6. Paulo Mina disse:

    O Kimi se não tivesse largado mal poderia ter ganho a corrida, o cara antecipou o primeiro Pit Stop para não ficar parado atrás do Rubens, andou com o carro mais pesado que todo mundo e ninguém conseguiu tirar a posição dele na corrida.

    “O Kimi vai parar daqui a pouco” 213 voltas depois ele ainda estava na pista, o Galvão não percebeu que ele antecipou a parada nos boxes para se livrar do rubinho.

  7. Cassius Clay Regazzoni disse:

    O problema não é o cara virar escudeiro pelas circunstâncias do campeonato, o problema é ele ser escudeiro a vida toda.

  8. Leo Aracaju disse:

    Mônaco é o pior circuto da F1. Esse tal “charme” é uma raridade aparecer. Deveria sair da F1 esse circuito.

    E Nelsinho deu uma declaração digna de Rubinho. Rachei o bico na hora que ele falou, heheheheehhehehe.

    Lembrou Rubinho demais. Tava com a razão mas pela besteira horrorosa que falou bem que mereceu, heheheheeh.

  9. Paulo disse:

    Quanta falta de coerência nas críticas. Fica difícil de dizer que não é perseguição. O Rubinho não passou o Button e é um bundão, lerdo, etc. O Massa passou o Raikkonen por acaso ??? Pela tv acho que deu para perceber que o Rubinho passou o Raikkonen, não ?? Ele não é o melhor, bem longe disto, mas escrachá-lo como fazem é demais também. O Hamilton é bom para caramba ? Qual posição ele chegou ? E o Vettel, o novo adorado, chegou onde ?? Deixem o cara em paz. Não vejo a mesma linha de raciocínio aplicada ao Massa. Chegar em segundo em Mônaco não é para qualquer um. Não sou defensor do Rubinho. Apenas acho que temos de ser coerentes nas críticas. Garanto que o Alonso ou qualquer outro gostaria de estar em segundo no campeonato. No ano passado a batida do Hamilton nos boxes e o escapamento solto em outra corrida atrapalharam bastante o Raikkonen no campeonato, não ?? Depois de um certo ponto ele virou escudeiro do Massa, como em toda e qualquer equipe. Sejam coerentes nas críticas…

  10. joanmoso disse:

    Don Rubens II…

    Na monarquia ele mereceria ter o título: Don Rubens segundo.

  11. Acir disse:

    Acho muito cedo para sacramentar o Button como campeão. A história da formula 1 já viu várias viradas, ainda mais faltando tantas corridas e somente 16 pontos de diferença para o barrica. Apesar de eu não ser ´fã, de jeito nenhum, do barrica, acho que ele tem sim todas as possibilidades de brigar pelo título, apesar de não achar que ele tenha capacidade para isso, não vejo o Button com tanta vantagem como voce disse, que ele só perde se : “Jenson só não será campeão caso aconteça algo muito fora do comum, como uma paixão avassaladora que o tire das pistas e o leve a ser pescador no litoral do Ceará, ou uma viagem interplanetária sem data para voltar, ou um surto místico-religioso que o transforme em líder de alguma seita numa cidade-satélite de Brasília”.

    Acho que tem muita coisa para acontecer ainda, ou será que o Button não vai quebrar em nenhuma corrida??? Será???

    Um abraço

  12. DINO JR. disse:

    Piquet ganhou contra Nigel, Senna contra Prost, Piquet jr. corre contra um contrato. Braw é inglesa, Rubinho faria qualquer coisa para voltar a correr. Seu sorriso no podium mostra que ele chegou onde planejou chegar, ou seja em segundo.Hoje a coisa mais maligna na F1 se chama contrato de piloto.F1 é um negocio segundo Ron Dennis e seus “colegas”.Tudo isto deveria ser levado em conta nos comentarios acima.

  13. Arthur Cerri disse:

    Aaahhhh!

    Eu acho legal o Nelsinho falar!!

    Pq, no fim das contas, garanto que ele pensava assim:

    “- Ufaaa! Pelo menos, hoje, abandonei por cagada dos outros”

  14. carlos disse:

    Que comentário ridículo Eudemar!!!

  15. anderboy disse:

    kkkk quando eu ouvi a entrevista do Nelsinho pensei:olha quem fala,falou o bonzão,é tão modesto quanto o pai!!!

  16. Marilia Compagnoni Martins disse:

    Aff, não sei como vcs aguentam o GB, eu desisti do locutor oficial na 3a volta: na volta de apresentação ele já insistiu na reta-curva (juro q segunda vou comprar um livro de geometria pra ele, pq é a mesma coisa q ele falar que água é óleo), daí não lembro a outra bobagem, e eu desencanei, fui assistir a transmissão da bbc – mto streaming, daí fui pro canal da italianada – mto lerdo, sei q no fim tava ouvindo o Lobato “Nano, Nano, Nano ai ai ai” isso era o Alonso indo pros boxes…. tá difícil….
    qto a pimpolho, foi piada até no twitter inglês F1 racing….

  17. Pedro disse:

    Não coloco Button como campeão, não. Ele está correndo muito, mas o carro da Brawn pode ter problemas ainda. E pensa bem, uma corrida que ele abandone, Rubens ganhe, a diferença de pontos fica em 6.
    Essa pontuação é ridícula, mesmo, pois não reflete o domínio dele. E Rubens, falando em cinto, problema de largada, de pneu, de estratégia, tem é que ficar feliz pois correndo tão menos está pertinho em pontos.

  18. MAL-HUMORADO disse:

    ‘…Engraçado é que quem ve esses comentários de alguns aqui sobre “espírito de campeao”, “palavras de perdedor” até pode pensar que o blog aqui só tem pessoas vitoriosas e que se encontram no topo de suas carreiras…”

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK !!!

    Fui rindo, nem sei porquê, achando que a panacéia para esquecer as próprias frustrações, humilhações e decepções na vida é transferí-las para outra pessoa, que possa ser chutada…

    PS: Caro José Rubens : Não pude assistir a corrida hoje, portanto, não posso destilar o “cabedal de sapiência” que o Narrrador Oficial utilizou hoje. Mas, a julgar pelos comentários, o insubstituível narrador oficial deve ter proporcionado 1 hora e meia de pura diversão.

    Mas com certeza o Flávio Gomes postará o Maximo Bueno ainda, com toda a propriedade com que escreve em seu (o do FG) blog…

  19. sidewinder disse:

    Caro Eudemar
    Acredito que o Schumacher seria sim campeão pela Ferrari com ou sem o Irvine, poque como você mesmo disse, ele era muito fominha, assim como foram os outros multicampeões. Don’t worry, be happy.

  20. sidewinder disse:

    Marx Mutley
    O Barriquello é recordista em 3o lugar, sendo o Prost que detém o recorde de 2o lugar. Mas tenho fé que o burrinho ainda quebre esse recorde em breve. Com o carrão que tem, chega até ser covardia, não é?

  21. Eudemar disse:

    Ainda tem gente, que clama pelo Bruno Senna, Digrassi, Grosjean, pensando que também, não levariam pau do button, pois seriam estreantes, na fórmula 1!
    Não é só o barrica, não, que esta levando pau do button, coloquem ai, nas listas, o alonso, hamilton, kimi, massa, vettel, kubica, rosberg, e trulli, e webber, o kovallainen, e o glock, quanto aos restantes, esqueçam, pois não possuem os recursos financeiros destas montadoras, que ameaçam sair da formula 1, e que deveriam estar vencendo alguns gps e não estão, tomando uma lavada do button e de seu brawn gp, que até o momento parece imbatível!

  22. Eudemar disse:

    É teremos que aguentar o button vencendo todos gps, enquanto ele não for o campeão, matemáticamente garantido! Ai quem sabe sobraria? algum e o ross deixaria o rubens vencer?!
    Os pilotos, que achavamos que fariam esta temporada ser a mais disputada, devido às novas regras e pneus slicks, tais como Alonso, Hamilton, Kimi, Massa, Kubica, Vettel, Rosberg ou o Trulli, estão derrapando e todos, tomando levam pau do button!
    Torço para que as outras equipes se achem e começem a dar pressão e um sufoco, neste button, ou que seu carro começe a ter problemas, como os das outras equipes , não é possível esta brawn gp ser inquebrável!

  23. MSM disse:

    Da largada, apenas a disputa do Barrichello com o Kimi e o MAssa com o Vettel. Até que a corrida foi boa no começo, mas depois do 1º pit ficou muito chata, o que é normal em Mõnaco. Péssimo desempenho da Toyota e da BMW, o Glock saindo do boxes ainda conseguiu chegar na frente do Trulli, enquanto o Kubica ficou pelo caminho de novo, pelo menos o Heidfeld está melhor que ele. Na Toro Rosso, Bourdais andou bem e o Buemi fez uma barbeiragem (sempre tem um que faz barbeiragem em Mônaco. Lembram do Kimi no ano passado?). Na irmã mais rica, Vettel no começo ruim acabou com a corrida de vários pilotos, pois estava muito lento e deixava os carros da Brawn e o Kimi abrirem uma vantagem confortável, enquanto que o Webber, que ninguém fala dele nas transmissões, mais uma vez deu o pulo do gato e pontuou. Já na Mclaren, que ao lado da BMW tem os piores carros, teve mais um desempenho fraco do Hamilton e mais uma barbeiragem do Kovalainen. Já tá difícil marcar pontos com este carro, e a equipe só pode contar com um piloto,aí é que não anda mesmo. A Williams mais uma vez foi a cavalo paraguaio com o Nico (que fez um começo muito forte e uma bela ultrapassagem no MAssa qd aproveitou o erro dele em cima do Vettel e num ponto impossível de ultrapassar) e mais uma brincadeira do Nakajima (para mim o pior piloto do grid). A Renault contando com o talento do Alonso, que mesmo com um carro lento fez uma boa prova e acabou pontuando e mais um azar do Piquet Jr, sendo empurrado pelo japonês kamikaze. A surpresa do fim-de-semana foi a boa classificação da Force India, principalmente o Fisichella, que andou bem e poderia pountuar não fosse o erro na largada, mesmo assim fez um bom trabalho. Já a Ferrari, melhorou bem, mas não a ponto do Gavião Bueno afirmar que já é a 2ª melhor equipe no momento (Mônaco não é parâmetro) andou forte com o Kimi e até com o Massa, que mesmo perdendo a posição na largada e depois disputando posição com o Vettel e o Rosberg, andou no limite o tempo todo e conseguiu o 4º posto. Já a Brawn, o que falar do Button, consegue o 1º lugar no grid com perfeição cirúrgica e no gp faz o trabalho com competência sem cometer erros e sendo veloz no momento certo, ao Rubens só resta o 2º, pelo menos fez uma largado com decisão para cima do Kimi, mas não tem chance com o inglês.
    Momento inesquecível do gp: a “competente” repórter da Poderosa perguntando ao Piquet Jr: Nelsinho, o que você viu do acidente? E ele responde: “Na verdade não vi nada, só senti, já que a batida foi na minha traseira”. O que faz essa figura ser a réporter da Poderosa na F1?

  24. Chatão Bueno disse:

    A melhor coisa da corrida foi a declaração do Nelsinho. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!
    Do jeito que a maré anda pra ele, vai ficar conhecido como:1) o pior piloto entre os filhos de ex-campeoes (e olha que até pro filho do Nakajima, que nunca foi campeao de nada, ele tá perdendo); 2) o maior vacilão da formula 1(nenhum dos pilotos que foram campeoes teve tanta sorte de começar num time com as condições da Renault) e, 3) o provavel baitola da formula 1 (isso se não conseguir pegar a Mariana Becker até a próxima corrida, depois de tanta entrevista durante as corridas que ele não consegue terminar).
    Éeee… como diria o brilhante filósofo Chateau Duvalier: A vida só é dura para quem é mole!!!

  25. Eudemar disse:

    CORREÇÃO: OO6monegasco, foi na Austria, que o rubens foi obrigado a dar passagem, para o alemão, na manobra mais vergonhosa de toda a história da F1!
    Não quero dizer aqui que o rubens era(na ferrari) piloto com braço para bater o schumacher, mas qualquer um que fosse lá, levaria pau, devido à preferencia da equipe, pelo alemão!
    O que seria de Button se tivesse um companheiro de equipe que pelo menos fosse combativo, rápido… Será que Alonso não gostaria de andar lá ano que vem?
    Acho que não rolaria este confronto na brawn gp, mclaren ou ferrari( o massa, é assessorado pelo filho do Jean Todt, por isto o kimi está tendo dificuldades em bater o massinha, pelo visto quem estiver melhor na pista, ou vence, ou fica na frente do outro, como hoje em Monâco),, porque o alonso, tentou bater o hamilton e não conseguiu, preferindo sair da mclaren, onde o piloto é livre para bater de frente com seu oponente, vide senna e prost(bicampeão), o dois brigando na pista,! por duas temporadas seguida, a de 1989? e 1990?, e, a equipe nem ai, quem fosse o melhor, vencia os gps e o campeonato, até que o prost(veterano na F1), cansou de ter de enfrentar o novato talentoso, preferiu ir para outra equipe onde encontraria maior facilidade para vencer! Ele prost, numa fita, desta época, que eu tenho, recorria à massagem, para aliviar a tensão que ele sofria, com o airton de companheiro, tinha um clima de competição entre os dois, era tudo levado, pelo lado profissional, porque não tinham contrato obrigando, a nenhum dos dois, a dar passagem um para o outro, eles tinham que vencer lá na pista!
    Quando teria que enfrentar, novamente o senna, na williams, vetou sua contratação na equipe!

  26. Claudio disse:

    Boa noite. Até agora, não consigo ter uma explicação melhor, do que, a F1 tem algo a mais nos bastidores. Há muitos anos acompanho a fómula1, desde Nelson Piquet, e nunca vi, de uma ano para o outro, o caso da Brawn!!! Um equipe, que era a honda, que ia acabar, de repente surge do nada, e ve como a melhor de todas !!!!!! Queria que alguém me explicasse isso ?? Que me convença que de 2008 para 2009, só por algumas mudanças nas regras, nem Ferrari, Maclaren, Renault e Toyota que eram as melhores em 2008, não conseguem nada perto de Brawn GP, RBR, STR !! Eu vi no iníco do ano, só equipes de seguna linha nas 6 primeiras posições !!!! Agora, que a Ferrari esta melhorando um pouco, mas mesmo asim, nada de mais. Bom, esse ano já esta decidido, e o Barrichelo é um grande segundo piloto.

  27. Thiago Luiz disse:

    Resolvi comentar só pra falar dessa do Piquet!

    Sensacional!

  28. Jailson Silva disse:

    Todo GP de Mônaco é a mesma chatice: uma fila indiana no início, alguma expectativa no 1ºpit stop e mais nada. Esse GP pode ser tradicional, glamouroso para quem vai assistir no autódromo ou mora na cidade, mas como espetáculo automobilístico é nota zero. Uma corrida em que ultrapassar é impossível se compara a um jogo de futebol em que já se sabe que não vai acontecer gol, algo surreal.
    E ainda tem as “pérolas” durante as transmissões como “não existe Fórmula 1 sem GP de Mônaco” ou “só os gênios vencem em Monte Carlo”, é dose!

  29. Eudemar disse:

    Roberto Andrade, o schumacher ganhou os títulos de 1994 e 1995, pela benetton, depois foi para a ferrari, com contrato de primeiro piloto, com o irvinde de segundão.
    Os dois ficaram de 1996 a 1999, tentando, ele schumacher, ganhar títulos para a ferrari. Voces acham que ele teria conseguido se o irvine, continuasse lá?!
    Perdeu em 1996, para o damon hill, perdeu em 1997, para o villeneuve, perdeu em 1998 e 1999, para o mika hakkinen.
    Os dois ficaram de 1996 a 1999, tentando, ele schumacher, ganhar títulos para a ferrari. Voces acham que ele teria conseguido se o irvine, continuasse lá?!
    O emerson, prost, piquet, mansell, senna, hill, villeneuve e mika venceram enfrentando concorrência de pilotos bem melhores, dos que estão pilotando, na f1 atual! E com mais pilotos e carros na pista! Existia a pré-classificação de equipes de garageiros!
    Os dois ficaram de 1996 a 1999, tentando, ele schumacher, ganhar títulos para a ferrari. Voces acham que ele teria conseguido se o irvine, continuasse lá e sem a ajuda deste genial roos brawn(foi responsavel pela ocorrência do maior vexame que a f1, viveu na sua história, obrigando o segundo piloto a diminuir para dar passagem para o alemão fominha!, que faz o escolhido vencer gps e tornar-se um top?!
    Fim do meu comentário!!!!!!
    Os dois ficaram de 1996 a 1999, tentando, ele schumacher, ganhar títulos para a ferrari. Voces acham que ele teria conseguido se o irvine, continuasse lá?!

  30. Marx Mutley disse:

    Como já mencionaram aqui, o Rubens é o 2º melhor piloto de toda a história da F1. Nunca antes na história da F1, alguém pontuou tanto, sem ser campeão. Faltam apenas 49 pontos para ultrapassar Ayrton Senna em número de pontos… vai ver por isso ele insiste em ficar na F1, dai quando alguém dizer que ele não é campeão, ele vai jogar de volta “Mas eu fiz mais pontos que o Senna! Buuu!”. E o mais engraçado, que a posição que o Rubens mais terminou corridas na história foi segundo lugar.
    Então não posso perdoar ele, me obrigo a dar o apelido carinhoso de Segundinho Barrichello.

  31. OO6monegasco disse:

    Para quem fica usando os números para definir Michael Schumacher como o maior vencedor, recomendo o uso da matemática. Use o percentual, veja os números do Fangio, melhores que o do Schumacher e com uma grande diferença. No tempo do Fangio, depois do Emerson até o Piquet, piloto fazia muita diferença, na época do Schumacher, o carro era, como hoje, o diferencial. E que se diga, até com o melhor carro o alemão andou tomando do Rubinho “tartaruga” Barrichello, que chegou a ser obrigado pelos comparsas do Michael “Dick vigarista” Schumacher, a ceder uma vitória na Hungria.
    Para quem presenciou a verdadeira F-1, o Dick vigarista não seria nem top 10.

    Quanto a fala do Piquet Jr, perfeita. Primeiro quando perguntado como ele “viu” a batida respondeu de pronto: Você viu, eu senti.
    E ao falar da inexperiência do Buemi, tinha toda a razão, estava se referindo a falta de experiência e valor do Buemi em categorias prévias. E se Piquet Jr já fez das suas, não provocou nenhum acidente com outro piloto, e já fez ultrapassagens arriscadas e também evitou, como fez com Rubinho. Então isso dá a ele MORAL para falar de acidentes que poderiam ser evitados.

    O resto é inveja.

  32. Bruno disse:

    Ah José Rubens vc é muito chato amigo! Vc sim merece ir pro espaço junto com essa galera toda que vc citou.

    Não torço para o Barrichello, mas é muito cômodo ficar aqui dando pitacos e criticando o cara pq ele achou que a corrida não foi tão fácil e o segundo lugar devido às circunstâncias estava de bom tamanho. Afinal o campeonato não se compõe só dele e de Button, mas de mais outros 18 carros.

    Faz o seguinte então: senta num carro de F-1, chega sempre em primeiro, conquiste todos os campeonatos e fique orgulhoso. Pra vc deve ser fácil né campeão?!

    Gente mala é o uó!

  33. Sergio disse:

    opa, só explicando melhor, quando falo em massacre, nao me refiro aos pontos, pois a diferença é de apenas 16, mas ao fato de andar sempre na frente, sem dar chance ao brasileiro.

  34. Sergio disse:

    Dei uma pesquisada e vi que o Button levou vantagem em relaçao ao Barrichello na Honda em 2006, marcando 56 pontos contra 30 do Brasileiro. Em 2007, nova vantagem do ingles que chegou a marcar 6 pontos contra nenhum do brasileiro. Em 2008, Rubens fez 11 pontos contra 3 marcados pelo Button. Bom, o ingles ainda conseguiu a vitória da Honda na Hungria em 2006. Dá para ver que Button levou vantagem nesses tres anos, mas nada que se compare ao massacre deste ano. Nao consegui ver a estatística dos treinos e se alguém tiver, agradeço.

  35. Marinho disse:

    Rachei de rir da declaração do “Tri campeão” Nelson Piquet, será que ele reecarnou no filho?

  36. Sergio disse:

    Alguém tem a estatística de Button e Barrichello na Honda?

  37. jose disse:

    Button 6×0 Barriquello.

  38. Du disse:

    Gomes, impressão minha ou, em termos de pontuação, é o melhor início de temporada de Rubens Barrichello?

  39. Wagner disse:

    Caro Flávio,

    Após constatar a expressão de felicidade estampada no rosto do Barrichelo no pódio, tomei uma decisão.

    Não tornarei a defender o dito cujo perante os meus amigos.

    Agora torço para que ele pegue o mais rápido possível sua senha de atendimento em algum posto do INSS.

    E que venha logo o Bruno.

    Abraços

  40. Wagner disse:

    Caro Flávio,

    Após constatar a expressão de felicidade estampada no rosto do Barrichelo no pódio, tomei uma decisão.

    Não tornarei a defender o dito cujo perante os meus amigos.

    Agora torço para que ele pegue o mais rápido possível sua senha de atendimento em algum posto do INSS.

    E que venha logo o Seninha.

    Abraços

  41. JackSpeed disse:

    duas coisas:o bico da brawn lembra muito o das ferrari na epoca do schumacher.
    antes de limar o nelsinho acho que tem gente na frente,a lista:nakagima,fisico,kova,bordais(esse não,is perder a graça o gola).

  42. Sergio disse:

    Achei bastante pertinente o comentário do Henrique. Barrichello fez uma boa corrida. O problema nao é tanto ele nao ser campeao, mas as desculpas excessivas para a falta de vitórias. Seria mais interessante se ele se desculpasse menos. E nessa corrida o cara nao reclamou. Alguns aqui querem implicar gratuitamente, pois, quando o cara aponta algum erro, é “chorao”, quando reconhece a vitória justa do companheiro é “conformado e perdedor”. Engraçado é que quem ve esses comentários de alguns aqui sobre “espírito de campeao”, “palavras de perdedor” até pode pensar que o blog aqui só tem pessoas vitoriosas e que se encontram no topo de suas carreiras.
    Acho que a tv abusa dos cliches, mas tem alguns partcipantes aqui que também lançam mao de palavras e definiçoes que parecem ter saído de um livro de auto-ajuda. O que mais se repete em blogs hoje é essa mania de querer julgar os outros como campeoes ou como perdedores natos, até por uma frase que foi dita. Amigos, julguemos menos os outros de forma tao simplista.
    Abraço a todos.

  43. Cassius Clay Regazzoni disse:

    Vamos ao meus atrasados pitacos:

    Button – tá com pinta de campeão, foi quase perfeito (faltou só a volta mais rápida para o hat-trick), cada vez mais vai tornando seu companheiro o maior segundão da história do automobilismo, bom para gente que o Barrichello vai ficando cada vez mais com a sua grande matraca fechada, agradeço muito ao Button por mostrar todo o real potencial do segundão.

    Barrichello – calma BARRIQUETES (nova denominação carinhosa que dei para os fãs do nosso excepcional piloto), não vou desancar meu piloto preferido (afinal é o piloto que me dá mais alegrias). Rubens foi simplesmente perfeito e fez aquilo que todos que assistem F1 desde 1992 esperam dele, ficar em segundo.

    Kimi – foi bem, mas para quem falou que ia fazer e acontecer (talvez picado pela mesma mosca que picou Barrichello), que nada tinha a perder e ia para cima, falhou feio na largada, jamais poderia ter deixado o segundão passar daquele jeito, na minha opinião vai continuar a tomar pau do Massa que só não o engoliu porque teve vários contratempos.

    Massa – Depois de Button, para mim foi o nome da prova, lutou, andou rápido (fez a volta mais rápida) e deu na verdade muito azar, pois, apesar de estar andando uma barbaridade, foi sempre prejudicado pelo Button (que nada teve a ver com isso). Aliás, acho engraçado gente criticando o Massa por tentar ultrapassar o Vettel, se a manobra tivesse sido bem sucedida Massa iria chegar em segundo pois perdeu muito tempo atrás do alemão, do jeito que ficou em nada prejudicou sua corrida, ele realmente tinha que ir para o tudo ou nada para tentar o pódio, talvez esses que criticam prefiram o estilo Barrichello de entregar corridas sem lutar.

    Webber – De forma discreta vai mostrando grande competência e incomodando Vettel.

    Rosberg – Foi bem e incomodou o pessoal da frente o tempo todo, grande corrida.

    Piquet – É fechado, mas como disse um colega, apesar de errar muito, jamais prejudicou outros pilotos com suas barbeiragens, por isso pode dar puxão de orelha no Buemi.

    Vettel – a decepção do final de semana, mas ainda acredito nele para o vice-campeonato.

    Hamilton – Não fez nada em Mônaco, para um campeão do mundo deixou muito a desejar, mostra ainda não ser ainda tudo o que muitos dizem dele.

    Alonso – Fez uma corrida medíocre mas o carro não ajuda nem um pouco.

    O resto não é digno de nota na minha opinião.

    P.S. Parabéns para o Helinho… arrebentou a boca do balão e deu uma volta por cima que é difícil comparar com outras, merece o respeito e a admiração de todo mundo!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *