MENU

terça-feira, 26 de maio de 2009 - 19:17Mr. Postman

MR. POSTMAN

SÃO PAULO (só campeões?) – Mais um para nossa coleção, homenageando campeões do mundo. No caso, selo brasileiro de 1989 celebrando a conquista do primeiro título de Senna na F-1, no ano anterior. Curioso é que não havia problema algum, na época, em manter a inscrição tabagista da Marlboro, principal patrocinadora da McLaren. Hoje em dia, o material do Instituto Ayrton Senna que usa imagens do piloto na equipe de Ron Dennis, por exemplo, é retocado para que a marca dos cigarros desapareça.

Valor do selo? NCz$ 2,00. Cruzado Novo era o nome da moeda. Eu não lembrava nem do velho…

37 comentários

  1. Alehand disse:

    EU TENHO ESSE SELO !!!!!!!!!

  2. Luiz Carlos Costa disse:

    Bom Dia (novamente)
    Cada vez que vejo este selo do Senna, me traz outra lembrança.
    Eu comprei este selo quando estava indo para o Rio de Janeiro, assistir ao meu 1.º GP Brasil de F1, em Jacarepaguá.
    De excursão (sou de Curitba), chegamos no Rio de Janeiro, no domingo as 3 da madrugada.
    Nos perdemos (o motorista e a guia não conheciam o Rio), chegamos no autódromo as 6 da manhã.
    Tudo foi sensacional, a torcida, o primeiro ronco de motor, a espera, a corrida.
    Retornamos logo depois para Curitiba, na época a Regis Bittencourt não era duplicada, e chegamos em Curitiba ao meio-dia de segunda-feira.
    Mas foi tão bom, que depois disso, fui 17 vezes assistir a corrida em São Paulo (faltei apenas em 2003 e 2005, quando nasceram minhas 2 filhas)
    Um grande abraço, Luiz Carlos.

  3. Luiz Carlos Costa disse:

    Bom Dia
    Foi este selo do Senna, o meu primeiro selo.
    E que me fez gostar, fui atrás, e comecei a minha coleção de selos.
    De 1989 até 2001, quando casei, acumulei mais de 15000 selos, de quase todos os países do mundo, tudo arrumado em classificadores, em ordem alfabética de países.
    Quando ia começar a arrumar em ordem cronológica os selos, casei.
    Quando ia retornar, tive a minha primeira filha, depois a segunda.
    Hoje estão com 6 e 3 anos e não tenho tempo para nada.
    Foi uma fase, que passou, e acho que não vou voltar a mexer nos selos tão cedo.
    Um grande abraço, Luiz Carlos.

  4. Bronca disse:

    Esse pessoal que adora o SEGUNDÃO é insuportável!

  5. MANDRUWA disse:

    a Eric
    ñ torcia pro Ayrton cegamente, gostava mais do Nelson, pois já acompanhava a carreira dele a muito tempo. Quando Ayrton chegou na Mclaren guiou um carro q era de outro mundo, tanto que ele e Prost gaharam tudo por dois anos… e por isso conseguiu um espaço maior que o Piquet áquela época…
    mas nunca ignorei o grande piloto que foi o Ayrton… nem o Nelson…
    essa briga entre os fãs de ambos é boçal…
    e com certeza, Eric, tenho idade pra ser seu pai…

  6. Eric disse:

    Ao Mandruwa:

    Torcia para quem???Ou não tinha nascido???

    Ou melhor,não gosta de F1???

  7. MANDRUWA disse:

    para Eric:
    não torcia

  8. MANDRUWA disse:

    Belíssimo selo
    Só um comentário: vendo esse desenho como ficava evidente a falta de cuidado como a segurança do piloto: até o ombro ficava exposto… hoje mal vemos o capacete do piloto…

  9. Eric disse:

    Ao Fernando Passos:
    Na verdade em Suzuka,1989 aposto um saquinho de jujubas murchas cheias de formigas que esse bando de amantes do aposentado estavam ouvindo o Garvão e torcendo…..aliás,mais uma para entrar nos livros…..o que o Ayrton fez aquele dia…..vai sifu…..
    Pena que o narigudo frances apelou descaradamente e o FDP de marca maior Jean Marie Balestre tirou no tapetão a corrida….

    Acho que foi um dos maiores absurdos na história da F1 moderna…..é só ver aquela imagem do helicóptero….

    E alguém duvidaria que em 1989 o Ayrton morderia mais um???

    Nunca…..Agora quero ver se alguém for homem suficiente para colocar aqui que não torcia aquela época…..quero ver então…..ou não estava acordado.

  10. Bronca disse:

    Pô, finalmente um selo de primeira!!!

  11. Ricardo Neto disse:

    Iiiiiiiih, agora prato cheio para as viúvas

    “o campeão de 1989 foi ele”

    Chora viúvarada, se Gomes colocasse um selo para cada vitoria do alemão….o blog seria só isso…

    Que tal um para cada recorde?

    Melhor não…

    Abraço Flavio

    Ricardo

  12. Antonio disse:

    Senna na McLaren era a preferência da Honda.

    A inimizade de Senna com Piquet causada por uma sucessão de eventos.

    1- Na corrida em que Gilles Villeneuve morreu Senna era o campeão da Formula 2000. procurou Piquet nos Boxes e foi ignorado por ele

    2-Piquet vetou Senna na Brabham

    3- Piquet e Prost nos bastidores soltavam gozações sobre o amigo do Senna, o Junior .

    3-No começo de 88 Senna declarou a um jornalista no Monza do Galvão Bueno que saiu da mídia para dar espaço a Piquet. Disse que o cara foi campeão e a mídia só falava nele. Senna disse ao jornalista que era brincadeira, para ele não publicar. Ele publicou. Piquet retrucou e disse Senna saiu da mídia para não ter que explicar porque não gosta de mulher.

    Daí em diante Senna jamais cogitaria a hipótese de falar com o Piquet amigavelmente. e Piquet tambem nao fazia a mínima questão.

    Quando Piquet esmigalhou o pé na Indy , Senna chegou a comentar com uma pessoa. que Piquet não merecia e chegou a enviar mensagem de melhoras a ele.

    Ficou nisso.

  13. Roberto Andrade disse:

    Flavio, e agora??????? Os caras me xingam à vontade!!!!!!!! É aquilo que Flavio sempre disse: a devoção cega. Eu nem escrevi nada, já tem gente me humilhando!!!!!!!!! cada vez mais a gente percebe que as viúvas existem, sim, e engraçado é que só acontece com relação ao Senna!!!!!!! uma palhaçada….

  14. JP disse:

    Uma das vesões diz que o Piquet não foi pra McLaren para evitar uma possível briga com Prost. Piquet já era tri e Senna não tinha nada a perder.

  15. +Rafael+ disse:

    Outro dia pensei em fazer uma coleção de miniaturas com as cores da Rothmans.

    Desisti porque hoje em dia é uma grande palhaçada. Não se pode mais fabricar nada com logo de cigarro. Tudo bem que faz mal, mas é uma parte da história, não pode ser renegada. E eu nem sou fumante!

    Aí tive que escolher o layout Martini. Que é uma marca de bebida alcólica. Essa ninguém ousa proibir.

  16. DEX disse:

    Dificil é aguentar o ufanismo: Brasil Campeão Mundial de Pilotos… ha ha ha… pq não A. Senna Campeão Mundial de Pilotos, afinal a F1 já naquela época não era um campeonato de nações… coisa tacanha essa do país abraçar para sí os feitos pessoais…. enquanto faz tão pouco pelos esportes….

  17. Side Show Bob disse:

    Não entendo como as pessoas fumavam antes do automobilismo. Sim, pois, parece que a stampa de fumígeros nas carenagens dos autos forçava alguém ao tabagismo.

    A maior parte das categorias de esporte a motor, provavelmente não teriam o status e grau de abrangência que tem hoje, não fosse Marlboro, Lucky Strike, Camel, Rothmanns, Gitannes, Galousies, Players, Pall Mall, Jonh Player Special e até o Hollywood que bancou o Maurício Gugelminn e o Mark Blundell na CART por duas temporada.

    Apagar as logo de cigarros, é deturpar a história. A continuar esta patrulha ideológica, vão apagar em breve ou borrar eletrônicamente Martini, Budweiser, Miller e Jonnnie Walker.

    Se se permitir que a patrulha ideológica imponha seu conceito de verdade, até a festa da Champagne no podium, vai ser substituída pela festa do chazinho verde indiano ou meia chícara de segafredo ( pois uma inteira é exagero).

  18. brizolaf1 disse:

    esqueci se eu fosse montar uma scuderia para mim queria a dupla NELSOM PIQUET e MICHAEL SCHUMACHER, tenho certeza ia faltar recode para os dois.

  19. brizolaf1 disse:

    CLAUDIOf1 e TOM, parece que vcs tem memoria curta, oPIQUET revolucionou a f1 foi ele que adotou (aquecer pneus em cobertores eletricos e sair com puca gasolina , isto é em treinos e corridas), o cara jamais vai ser esquecido enquanto existir automobilismo, sem contar a suspensão ativa que a williams deu para o PIQUET desemvolver quando acertou deram para o MANSELL, e lembrando o LEÃO mordeu o rabo e ai deram para o PIQUET e o cara foi TRI, só não foi 4x porque ele correu sozinho dentro da equipe, por isso que o PIQUET tem os seus méritos e seus admiradores no BRASIL e no MUNDO afora uma boa quarta-feira para todos, me desculpe viuvinhas da concorrência.

  20. luisfernando disse:

    essa é a verdadeira mclaren,que pulverizava os adversários na pista e não vivia metida em confusões no tribunal.espero que esse tempo volte.

  21. Eric disse:

    O Brandão falou tudo.

    Foi a Globo também que colocou a estatua dele em Donington né….junto com Fangio….

    O Galvão que fez os japoneses idolatrarem o cara até no Japão….

    V.T.N.C.

  22. Pedro Kelen disse:

    Exatamente!!! Muito obrigado Lince!!!

    Abracos!!

  23. Brandão disse:

    Começou mesmo! Pior que a choradeira das viúvas são as anti-viúvas reclamando, que saco! Quer vocês gostem ou não, o cara deixou uma porrada de fãs, que tem todo o direito do mundo de lamentar sua morte. O cara morreu ao vivo, c@cete! Ficou marcado nas retinas de milhões pelo mundo, não foi um joão-ninguém que bateu um Fusca numa esquina, foi um piloto que até os grandes campeões enxergam como um deles, um igual. O respeito pelo nome Senna é enorme na Europa, Japão e o diabo-a-quatro, isso também é culpa do ufanismo patriótico da toda poderosa Rede Globo? Uma pena essa gente com esse papinho esquerdita-socialista-revoltado-mimimi não consiga sequer admitir quando um brasileiro faz sucesso. É a velha mania de vira-lata.

  24. Renato Muller disse:

    pqp, eu tinha esses selos….

  25. Squa disse:

    Anarquista, pois é, a sensação de ter ganho uma batalha quando a gente para é enorme. Não é questão só de propaganda, hj além de não ter, é proibido fumar em todo local, existem campanhas contra, os efeitos nocivos são mais divulgados, o mocinho do cinema não fuma, o campeão do mundo de F1 não estampa a marca no carro etc. Isso com 15 anos de idade faz bastante diferença. Começar foi muito fácil, eu fumava na escola, na fila banco, no avião, era uma delícia. Hj em dia, começar a fumar é estupidez.

  26. Tom disse:

    O duro é a viuvada do piquet dando esquete,no dia do selinho dele não falaram nada ,mas agora.. parem de babaquice o cara não tinha culpa de ser bom,isso é coisa de corno cambada e o que é pior ser corno ou viuvo manezada.?

  27. Cláudio F-1 disse:

    Ninguém pode falar bem do Senna neste blog que sempre aparece uma noiva do Piquet pra encher a paciência do resto da humanidade. Mas claro, poderia ser pior, poderia ser o mala do Roberto Andrade com toda aquela viadagem de Schumacher prá lá, Schumacher pra cá e, se ele tivesse nascido mulher, ele é que seria a esposa do Schumacher e não a dona Corinna, etc.

  28. brizolaf1 disse:

    sou fã da f1 desde quando o PIQUET corria de BRABHAM em 1981 aquela azul marinho com branco, hoje podemos dizer a williamns na qual ele se tornou tri , mas fico satisfeito quando se revive algo sobre o SENNA, sobre o selo achei muito interessante a lembrança, mesmo não sendo o meu robi, porque o meu é gravar corridas da formula 1 todos os domingos e quero lembrar aos aficcionados pela f1 gravo todas desde 1984 . abraço a todos lenbrando ao FLAVIO vi vc correr em são paulo na preliminar da f1 foi muito legal um abraço.

  29. Alex Teixeira disse:

    já começou, Mauricio…

  30. Fernando Passos disse:

    Desculpe, você não errou, eu que entendi errado… o selo é de 89 e o título de 88…

    Mesmo assim, valeu!

  31. Anarquista disse:

    Acho hipócrita esta mania de reescrever as coisas, como se elas tivessem ocorrido de forma diferente ou nem ocorrido. É falso e deseduca.
    Squa, também fumei por 25 anos e parei há quase 7, depois de duas tentativas anteriores onde fracassei. Comecei e parei por escolha pessoal. Vá lá que a propaganda “empurrava” um pouco, mas culpá-la 100% por este vício, eu não consigo. Esta responsabilidade foi (e é) minha, sim.
    [ ]´s

  32. Maurício D. disse:

    Lá vem as viúvas com sua choradeira… O Flavio adora…

  33. Fernando Passos disse:

    Flávio, foi em 88 e não 89 como está no texto, deve ter se equivocado…

    Este título, se não me engano, foi na noite que meu avô de 84 anos, na época, se recuperava de uma operação praticamente impossível na cabeça, a qual estancou um coágulo formado entre o crânio e o cérebro, onde eram praticamente mínimas as chances de meu avô sobreviver…

    Minha mãe, que o acompanhava no quarto do hospital, conta que ele acordou no meio da noite, ainda meio atordoado pelos medicamentos e disse: “O Ayrton deve ter sido campeão, ouça os fogos!!!” e voltou a dormir…

    Lembro de meu avô, hoje falecido há mais de 11 anos, que adorava Fórmula 1 e sempre via as corridas aos domingos de manhã (naquela época, só o Japão que era de madrugada), quando estas não coincidiam com o horário da missa…

    A última corrida que meu avô viu foi o fatídico 01/05/1994… Eu não era fã n.º 1 do Senna, adorava mais o Piquet, mas não desgostava do Ayrton… Foi um dia muito triste e tenho ainda a imagem de meu avô consolando a mim e a meu irmão (esse sim fanático), pela perda do Ayrton…

    Infelizmente, quase 4 anos depois de Ayrton partir, foi a vez do meu querido avô, a quem sinto falta ainda hoje e impossivelmente deixarei de sentir… assim como não se dá pra esquecer do Ayrton… As boas pessoas fazem falta na nossa vida, Flávio! Porque os bons morrem?

    Sei que a história pode não ter interessado, mas a contei só pra poder agradecer a boa lembrança que este selo, postado por você, Flávio, me trouxe agora…

    Valeu…

  34. Pedro Kelen disse:

    Eu sei que nao tem muito a ver com o assunto, mas agora lembrei que li em algum lugar um post sobre a pre-temporada da F1 de 87/88, explicando as transferencias da epoca. Tinha algo a ver com Piquet na Mclaren, imposicao de patrocinador, motor e terminou com o Senna na Mclaren.

    O problema e que tenho quase certeza que li em alguma coluna do Grande Premio ou entao aqui no blog… mas nao to achando. Passei 2h procurando e nada!!

    Qria saber se alguem lembra desse post e se foi por aqui…

    Abracos!!

  35. Squa disse:

    Ainda bem que hoje em dia é assim. Se naquela época tivesse esse controle, talvez eu não tinha consumido 15 anos de fumaça, e ainda achando bonito (pelo menos no começo). Bom, essa fase já era, dia 20/06 meu pulmão faz 2 anos.

  36. ALEX B. disse:

    Filatelico Flavinho, com todo o respeito, mas tá chata esta historinha de selos. Credo!! Desculpem-me os adeptos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>