MENU

quinta-feira, 25 de março de 2010 - 18:55Rali

SONHE. E REALIZE.

SÃO PAULO (inveja danada) – Fenomenal a história que o blogueiro Newton Guerra me mandou. É meio longa, está em inglês, e neste link aqui tem tudo — fotos, textos, vídeos. Mas, em resumo, é o seguinte.

Bill Caswell, um desempregado de Chicago, botou na cabeça que queria fazer rali. Comprou por 500 dólares uma BMW 1991 meio esbagaçada. Isso foi um ano atrás. Na primeira prova, arrebentou o carro cinco minutos depois da largada.

Mas não desistiu. E, algumas semanas atrás, aproveitou uma brecha no regulamento do WRC e inscreveu sua BMW caindo aos pedaços no Rali do México. Isso mesmo: numa etapa do Mundial! Correu com Loeb, Raikkonen, Solberg e todas as outras feras.

Mal comparando, seria algo como eu descobrir um jeito de inscrever o Meianov no WTCC, por exemplo. E ninguém me impedir de correr.

Ninguém impediu Bill de correr. Ele foi para a prova sem mecânicos e com um navegador que mal conhecia. Alugou os instrumentos de navegação. Chegou ao final. Em terceiro na sua categoria.

Esse Bill é o cara.

68 comentários

  1. Bruno disse:

    A história é bem “diferente” do contado. O cara é foda, dirige MUITO bem, etc, mas vamos nos ater aos fatos.

    Ele não estava correndo no WRC. Estava no Rally America, que tinha uma etapa junto ao WRC.

    Ele não ficou em terceiro, ficou em quarto na categoria dele, que era a “Open Class” (convenientemente não contaram as penalidades adicionadas e nem a categoria).

    O único carro da categoria dele que já correu no WRC foi um 206WRC, e que chegou mais de uma hora na frente dele. O primeiro colocado na “Open Class” estaria no 12 lugar do WRC (pelo tempo) e o cara da história em 23, mais de uma hora depois do Ken Block (vencedor do WRC).

    Não estou desmerecendo o cara, tem braço pacaralho, fez uma coisa que acho que todos nos SONHAMOS em fazer um dia, e foi bem! Só quis tirar um pouco do sensacionalismo e falar dos fatos.

    Aqui tem o write up do navegador dele: http://www.worldrallysport.com/content/pir…o-rally-america

  2. A paixão é uma praga que se multiplica feito erva daninha em nossos corações. Corações como o de Nelson Piquet, que montava e desmontava motores e carros para seus projetos de corrida até alcançar o estrelato.

    Que a estrela de Bill brilhe mais e ele conquiste tudo o que puder.

  3. Flavio, galera,
    saiu o post em português, praqueles que não manjam picas de ingles mas querem saber os detalhes dessa maravilhosa saga.
    http://www.jalopnik.com.br/galeria/historia-do-carro-de-500-dolares-que-venceu-corredores-do-wrc
    Dakar 2012, me aguarde!

  4. Flavio, galera,
    saiu o post em português, praqueles que não manjam picas de ingles mas querem saber os detalhes dessa maravilhosa saga.

    Dakar 2012 me aguarde!

  5. Vaaalney disse:

    É por essa e outras coisas que eu amo esse esporte!

  6. Carlos disse:

    Alguém sabe qual o buraco no regulamento ele encontrou?

    Tem WRC na Argentina em breve, quem sabe não aparece um brasileiro com um Chevette preparado…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *