MENU

segunda-feira, 7 de junho de 2010 - 13:01F-1

AS RAZÕES DE HAMILTON

SÃO PAULO (dedoduro) – Está no site oficial da F-1 o diálogo entre Hamilton e a McLaren nas voltas finais do GP da Turquia. Com legenda e tudo. Lewis pergunta, depois de informado que os dois precisam economizar combustível: “Se eu tirar o pé o Jenson vai me passar?”. “Não, Lewis, não”, responde o rádio. Mas Button passou. Talvez não tivesse sido informado de que não era para passar. E, depois, quando Hamilton recuperou a posição, não forçou mais nada.

Claro que há ordens de equipe. E acho que algumas fazem parte do jogo. Nesse caso, se o time manda um tirar o pé para economizar combustível, é justo que o que está atrás faça o mesmo se também precisar economizar. E Jenson, que de bobo não tem nada, longe disso, acatou logo depois.

70 comentários

  1. Alex disse:

    Também acho que a pilotagem do Hamilton é mais agressiva do que a do Button, essa foi a razão do problema na Turquia.
    A mesma coisa acontece com o Schumacher.
    Acho que a atual vantagem do Weber sobre Vettel também tem a mesma origem.
    A F1 desse ano parece estar diferente em tudo.

  2. Jorge Silva disse:

    Pessoal vamos ser razoáveis, deixem de delirar não foi só Hamilton que teve que diminuir a mistura, a RBR também precisou, isso aconteceu por causa da pressão de Hamilton nas RBR durante toda a corrida, os motores trabalharam com a mistura máxima o tempo todo, o que acabou surprendendo as equipes que fazem uma estimativa de qual vai ser o consumo médio durante toda a prova.
    Realmente Button por não ter pressionado as RBR tinha talvez mais uma volta com mistura máxima, mas Hamilton perguntou porque estava sendo obrigado a reduzir seu ritmo, quem não perguntaria o mesmo? isso é ser chorão?
    Se existiu algum equívoco, esse equívoco foi da equipe que subestimou sua própria capacidade e a do seu piloto em atacar as RBR, isso acabou forçando as RBR a andar na mistura máxima também, Webber também foi instruído a diminuir a mistura por isso Vettel chegou nele.

  3. luisfernando-rj disse:

    a disputa entre hamilton e button foi sensacional,só faltou repetirem a trapalhada da red bull.e o possante galvão torcendo pro hamilton se estrepar.

  4. Pedro Veras disse:

    Se Sir Hamilton Não economizou… “Patience, my friend”! Nessa hora prevalece quem tem mais braço para tocar melhor a prova toda.
    Sou fã do estilo agressivo do Hamilton. O cara é estilingado! E isso significa diversão garantida na corrida, principalmente quando por qualquer motivo ele larga lá atrás.
    Agora na minha opinião o Button, tem um talento inquestionável, e o mais importante “sabe usar a seu favor”, poupando o carro.
    Se lá pelas tantas ele está com o foguete sobrando na mão enquanto seu companheiro já mandou pneus e combustível pro espaço, não tem que ter essa de ordem de equipe não!! Se dá pra passar, crava o da direita e vai pra cima!
    Nessas horas tá certa é a Red Bull!

    Cês são pilotos… Cês que se entendam!

  5. Felipe Trench disse:

    Alguém aí em cima deu a ideia de vetar rádio.
    O rádio não é tão essencial assim, na Turquia bastaria uma placa “Lewis P1″.

  6. Celso Guzella disse:

    Concordo com o Assis; sem rádio ! A coisa ia complicar um bocado e seria um estímulo ao feeling do piloto.

  7. Andre Soares disse:

    O que eu acho interessante é a FIA publicar justamente o radio da MacLaren…

  8. André Giordano disse:

    só esqueceram de combinar com o Button !!! hahahha

  9. Nilton disse:

    Meu Deus quanto comentário ridículo aqui pelamor !!!!

    O Senna passou anos sendo escoltado pelo Berger e ninguem reclamava, vão caçar o que fazer!!
    Voce acha que uma equipe vai aceitar seus pilotos destruirem seus carros ?? a briga só esta liberada quando os dois lideram muito próximos entre si e muito longe dos outros, do contrário vão fazer 1-2 sempre, é assim desde o inicio dos tempos, desde o inicio não, nos primeiros anos da F1 o primeiro piloto escolhia até o carro, ou podia descer e trocar de carro com o segundão no meio da corrida.

    É sempre a mesma conversa dos velhos tempos, os velhos tempos eram bons pois voces eram jovens, fim de papo.

    • RCRG72 disse:

      Então está errado desde o início!

    • rubem rodriguez gonzalez disse:

      Mas Nilton quem te disse que ser jovem é o elixir da vida? jamais você ouvirá de mim algo parecido com o famoso ” NA MINHA ÉPOCA….” minha época é agora e foi antes, o que eu tenho a mais é experiência, posso citar milhões de coisas que são infinitamente melhores hoje do que eram no passado, mas a grana desenfreada acabou fudendo de vez como o esporte.

      É o que é o esporte? O esporte é o embate sem mortes, é a analogia da batalha simulada aonde um sobrepuja o outros e no final do dia todos voltam vivos para casa, é o instrumento social e em ultima análise uma analogia da guerra e todos torcem por seus países ou seus preferidos, seguindo a analogia esporte/batalha hoje temos apenas mercenários pois o mercado virou deus e o que importa é o resultado de retorno financeiro do ocorrido. Isso não é saudosismo barato, isso é constatação.

      O dinheiro tem o mesmo poder do remédio, em doses erradas mata. a ganância desenfreada , os bilhões investidos, a necessidade de executivos mostrarem retorno para manterem suas mamatas corporativas e a necessidade de transformar tudo em gráfico de resultados e reuniões de análise crítica fodem com qualquer tentativa de se ver algo genuíno no esporte.

      Não é utopia, mas a realidade é que tudo virou negócio, tudo e business, não existe espaço para mais nada, a entrevista é cronometrada, as palavras são medidas, as perguntas são previamente selecionadas. É tudo um faz-de-conta de merda!!!!!!!

      Lamento se você não alcançou a época em que um Emerson comia quentinha nos boxes de Interlagos, ou quando o Piquet dormia em um monte de pneus depois de uma noite de arromba, ou então ver um Niki Lauda entrar dentro de um cockipt todo deformado por queimaduras e feridas apenas seis semanas depois de receber uma extrema-unção. Ou um Villeneuve barbarizando sem bico, sem lateral, sem meio carro, sem juízo. Era foda ver guerreiros com culhões entrando na pista no começo da temporada e saber que invariavelmente no final da temporada pelo menos uns dois teriam ido desta para pior…. Você olhava para aquela turma e via que eles eram diferentes de você, isso também não é saudosismo de velho com reumatismo, é constatação.

      A melhor coisa que a F-1 desenvolveu nos ultimos anos sem duvida alguma foi a segurança, a pior sem duvida alguma foi um “exercito” de viadinhos teleguiados que se comportam como deusese heróis que nunca foram, esses dois adjetivos ficaram lá pra trás, com pilotos que nas folgas da F-1 corriam até de patinete, por gosto, prazer e também para completar o orçamento pois a única coisa que aumentou inversamente proporcional ao talento na categoria foi a grana.

    • menezes disse:

      Ruben, monta um blog…..

    • rubem rodriguez gonzalez disse:

      ´Prá que montar um blog se tem o dos outros para dar pitacos ? com a vantagem que entro quando posso. prefiro ficar azucrinando a vida dos outros…. é mais divertido.É o meu estilo “House” de ser……

  10. Guerwin disse:

    Que negócio é esse de ordem de equipe? Isso é burocratizar o esporte. Esse Hamilton é um bebê chorão: Tio Ron, “se eu tirar o pé o Jenson vai me passar? O Hamilton anda a corrida inteira feito um alucinado e gasta muito combustível.

  11. RICARDO DE INTERLAGOS disse:

    OS ESTILOS SE DUELANDO BUTTON X HAMILTON EQUIVALE A PROST X SENNA NAS SUAS DEVIDAS PROPORÇÕES, ESCOLAS DIFERENTES DE PILOTAGEM, SÓ ESPERO QUE ESSA MACLAREN SEJA “IGUAL PARA OS PILOTOS NO TRATAMENTO” COMO FOI NO PEÍODO PROST X SENNA, AI PODEREMOS VER O DUELO DE DUAS ESCOLAS DIFERENTES DE PILOTAGEM! E COMO DIZ O GALVÃO “A F1 DOS PILOTOS”.

  12. Piloto de carrinho de supermercado disse:

    Jenson Button realmente não é bobo. Se essa coisa de economizar combustível for verdade, ele já sabe que terá que partir para cima do Lewis bem antes do final da corrida – e esperar que a equipe mande, se for o caso, Hamilton tirar o pé também. Ou terá que melhorar nas classificações, para não precisar atacar o companheiro.

  13. The Quiet Storm disse:

    Lançamento Nacional :

    Depois do sucesso de publico, bilheteria do tão aclamado pela critica ” Legenda urbana 1 : Button que economisa muito mais pneu que o Hamilton” e do mais novo ” Legenda urbana 2 : Button gasta menos gazolina que o Hamilton” … Vem ai ” legenda urbana 3 : Button gasta menos o motor e os retrovisores que Hamilton” Aguardem em breve !

  14. Álvaro Azevedo disse:

    Favoritismo total da Mc-Laren. Mas cá pra nós, Hamilton é muuuuuuuuiiiito melhor piloto do que todos os que estão lá. Sou fã do cara, e do Felipe também mas, entre um e outro o Hamilton põe a faca nos dentes e vai pra cima. Eu apostei que o Hamilton ainda ganha esse campeonato…gosto do estilo oldschool de pilotar.

  15. Pedro Jungbluth disse:

    Eu lembro quando o Hamilton e o Alonso estavam na McLaren, Monaco, ALonso na frente, o time pede pra eles não brigarem. Era meio óbvio, em Monaco carros iguais ou ninguém passa ou batem tentando. Mas Hamilton agiu como se tivessem tirando dele a vitória certa que teria com a certa ultrapassagem que faria em Alonso (que foi mais rápido que ele durante o final de semana).
    Hamilton agora acha que o companheiro não pode passar ele? É algo que ele nem deveria ter perguntado para o engenheiro, se quisesse ter alguma coerência na carreira.
    O Guri é muito talentoso e arrojado, mas precisa abandonar esse lado chorão dele.
    Na próxima, não economize e tenha pane seca.

    Eu dmiro muito o button, acho ele um grande piloto e o que mais tem se destacado pra mim nas corridas, a forma como ele é sempre muito mais rápido no final das corridas vai fazer escola, se não abandonarem essa maravilhosa regra de proibir o abastecimento. Espero ainda que tenham limitação de litros como nos anos 90!

    • RCRG72 disse:

      Em Mônaco não há necessidade de ter carros iguais para o piloto da frente segurar quem está atrás. Vide a disputa em 2001 entre Enrique Bernoldi (Arrows) e David Coulthard (McLaren).
      Acho a intervenção das equipes, em relação ao que pode acontecer nas pistas com seus carros, uma violação à expressão “que vença o melhor”.
      Qualquer esporte deve ser assim, que vença o melhor. Com tanta interferência como saber quem é realmente o melhor? As disputas deveriam ser honestas e abertas. Os pilotos que resolvam na pista.

      Esse negócio de pane seca, estou pagando para ver.

      O que está influenciando mais mesmo são os pneus.

    • Emerson disse:

      Caramba, parece que tem gente que não lê a notícia e comenta em cima de um delírio!

      Quem disse que Hamilton agiu como chorão? O cara agiu como piloto de verdade. A equipe pede pra diminuir a velocidade e ele fez a pergunta certa: “Button vai tentar me passar?” Ora, a equipe diz que não, então ele fica na dele. Se a equipe dissesse que Button iria tentar a ultrapassagem é lógico que ele tomaria os cuidados necessários.
      Ele tem toda razão em reclamar da equipe, pois AFIRMARAM que Button não tentaria ultrapassagem e ele CONFIOU na equipe. Quem é que não ficaria chateado em uma situação dessas?
      E pra mostrar que é um piloto de verdade, ao contrário de vários zé-ruela por aí, ele deu o troco, mesmo tendo que lidar com a surpresa pelo acontecido. Mostrou que não tem ninguém em melhor forma que ele momento.

  16. Luiz Salomao disse:

    se o Button tivesse mais combustivel e nao necessitasse de economizar tanto a Mclaren nao poderia dar a ordem p nao passar pq assim violaria as regras do campeonato. cabe a FIA investigar a telemetria dos carros e aplicar a punicao!

    • Isso, a telemetria responderia tudo e ficaria provado que Hamilton queria favorecimento. A McLarem tem dois campeões mundiais com estilos diferentes, cada um que se defenda na corrida e utilize suas estratégias para alcançar seus objetivos. Nada de jogo de equipe!

  17. Pedro Jungbluth disse:

    Nossa, Gomes, pra mim isso meio que prova que o Hamilton quer favorecimento.
    Ele gasta mais combustível e mais pneu que o Button. É justo que Button precise economizar combustível que ele tem sobrando pra favorecer Hamilton?
    Se eu fosse o engenheiro do Hamilton, falava “ele vai te passar, na próxima economize antes”

    • RCRG72 disse:

      Como eu e outros aqui já disseram antes, não existe isso de economizar combustível. Aumentaram o tamanho dos tanques de gasolina. Isso de “save fuel” é para burlar as regras contra o jogo de equipe.

    • Robert Abe disse:

      Concordo contigo Pedro,o Hamilton nunca soube economizar pneus e combustivel.se o Button soube economizar no comeco,creio q ele so saiu perdendo por ter economizado no inicio e nao poder ir p/o ataque no final simplesmente por causa de uma”ordem”da equipe.

    • Pedro Jungbluth disse:

      RCRG72, acho que economia de combustível é muito importante, já que o carro mais leve é muito melhor em consumo de pneus e manutenção de velocidade. Nada adianta ir com tanque cheio acelerar tudo e detonar os pneus, tendo que parar mais vezes.
      Assim, os pilotos precisam economizar ao máximo para poderem usar mistura mais rica nas horas de disputa! Quem sabe economizar mais acaba sndo omais eficiente!

    • Allan Guimaraes disse:

      Se fosse isso mesmo – Jenson com melhores pneus e mais combustivel – JAMAIS Button teria levado aquela “surpresa” do Hamilton.

    • Roberto disse:

      Seu comentario naum faz sentido.
      Quem ficou atras de Weber presionando a corrida todda foi Hamilton. O Button so ficou de longe olhando.
      Quem quer passar gasta mais combustivel. Isso para mim esta claro.
      O arrojo de Hamilton naum gasta tanto combustivel como todos gostam de falar.

    • Brown disse:

      Certo, mas economizar combustível quando se quer vencer uma corrida é meio sem lógica. As vezes acho que o brasileiro adora esse conformismo à la Felipe Massa e Jenson Button. Pilotos que em condições normais jamais arriscam uma ultrapassagem. Digo isso porque é isso mesmo. Eles só tentam uma utrapassagem quando estão em ventagem em relação ao carro da frente. Lembro logo da China. Enquanto Hamilton vinha engolindo todo mundo lá atrás, o Button se conformava com um segundo lugar que não suou nada para conquistar. Foi quando o Nico Rosberg escapou da pista, foi que ele tentou algo. Ou seja: É um piloto limitado e não confia(ou não tem balls) no equipamento que tem para fazer ultrapassgem fora do comum, como a que Lewis fez em Vettel, logo depois de ser ultrapassado na largada, ou melhor ainda, em cima de Button, quando o próprio se aproveitou quando Lewis fazia economia, e foi ultrapassado. Mas Lewis fez, uma das melhores ultrapassagens do ano. Parabéns para ele. Mostrou que merece de fato estar correndo na equipe que o lançou.

    • RCRG72 disse:

      Acho que nesta situação também devemos considerar que pilotos que gostavam de ser mais velozes e arriscavam mais em ultrapassagens conseguiam disputar posições até o final da corrida, antigamente. Existem exemplos que são muito mencionados, como por exemplo a batalha pelo segundo lugar no GP de Dijon em 1979. Arnoux e Gilles Villeneuve nas últimas 10 voltas deram um show e fritavam bastante os pneus, principalmente Gilles. Isto não os impediu de disputar a posição.

      Acho que os pneus atrapalham demais a dinâmica das corridas, na minha opinião gastam com muita facilidade.

      Torço para que a Pirelli vença a concorrência pelo fornecimento de pneus e apresente mesmo as 11 opções de compostos que eles prometem.

      Sinceramente, ver o estilo de pilotagem de Hamilton ser tolhido por que os pneus gastam demais, francamente é uma merda. E o consumo, volto a dizer, não é tão crítico assim a ponto de as equipes ficarem intervindo no comportamento dos pilotos com o tal de “save fuel”. É para burlar as regras contra o jogo de equipe.
      Como bem disse o Allan Guimaraes, como explicar então que Hamilton recuperou a posição novamente. Ele não tinha menos combustível, então, como disputar novamente a posição se o combustível está muito baixo?

      Veja o comentário do Brown, perfeito.

      Como pode um carro custar algumas dezenas de milhões e não poder ser aproveitado ao máximo? Isso não é ridículo?

  18. Marinho disse:

    a equipe deu a ordem o cara não aceitou bem mesmo o ” companheiro” dando uma de migué, essa é a diferença do Hamilton com o Barrichello, foi ai que apertou a sapatilha do alonso, já na Ferrari todo mundo sabe como é, Massa tem que
    ter atitudes como do Hamilton para não ser mas um brasileirinho lá, é o mesmo Ross da Ferrari deu uma de migué, o ano passado tirando uma vitoria que parecia certa do Barrica,com a mudança de estrategia de ultima hora, venhamos e convenhamos, quando se combina uma coisa o cara tem que ser HOMEM para Honrar seu bigode agora os caras falam uma coisa sentado e ão sustenta de pé então melhor confiar nos instintos.

    • Mirax disse:

      Concordo com o RCRCG72 3PO…Se fosse assim, todo mundo teria pane seca no final. Imagine, todos os pilotos economizando combustivel, ia ser uma fila indiana.

      O Hamilton foi melhor que o Button durante todo o fm de semana. Não seria justo, no final da corrida, o Hamilton aliviar pro Button ganhar a corrida. A troco de que mesmo?…

      Esse negócio de “save fuel” era balela. Tanto era, que tanto Button quanto Hamilton tiveram combustível para terminar a corrida e dar mais uma volta, a “volta da vitória” e ainda ficar com combustível suficiente para estar dentro do regulamento.

  19. arnold disse:

    queria era ver a cara do hamilton ao ver o button ultrapassando ele ….. “what a fuck…..” :)

  20. rubem rodriguez gonzalez disse:

    Isso é o resultado da palhaçada em que se tornou a categoria máxima do automobilismo. um pateta ao volante, duzentos engenheiros monitorando até as contrações do brioco do piloto, bilhões de informações jogadas em programas e depois mandam a ordem para o chimpanzé do volante obedecer.

    Assisto e gosto dessa merda por um misto de inércia com idiotice ( estou começando a achar que tem mais do segundo ingrediente do que do primeiro……)

    A F-1 não está com nada gente!!! não têm ultrapassagem, os circuitos são uma mistura de cartodromo com pista de autorama, o carro não têm mais embreagem, não tem trambulador, a direção é elétrica, todos os comandos são hidraulicos, o piloto é informado a cada nano segundo de tudo que ocorre com a jabiraca e para pilotar ainda usa uma merda que parece um PS2 e as pessoas juram que é um volante. Não é necessário saber “ouvir” o motor, controlar o consumo, saber dosar o motor. Existem centenas de nerds aparvalhados em frente aos monitores e repassando para o dublê de engenheiro chefe e babaca do piloto para informar tudo que o “nenê” tem que fazer durante a corrida toda.

    Isso vale para o Alonso, para o Massa, para o Vettel e para o grid inteiro. não é saudosismo de carroças e carros de boi, é saudade de uma época aonde o piloto fazia a diferença e era responsável por coordenar na sua cpu particular todas essas informações. Têm um bando de alienados que acha uma dificuldade de outro mundo mexer naquele monte de botâozinho no ridículo volante, garanto que era muito mais dificil saber dosar no “ouvido” e no contagiros analogico o rendimento do motor, ou então entrar nos boxes e pedir a combinação certa de relação de marchas , sem ter que recorrer a ridículos programas de computadores.

    Finalizando: se ambos não soubessem a quantidade de combustivel que possuiam ou se essa informação viesse de um precário mostrador analogico sem redundância garanto que ganharia a corrida o mais completo e o melhor apostador dos dois, com essa pantomima ridícula de press realese on line do que acontece com o carro e com direito a narrador oficial dos boxes o resultado vai ser sempre essa merda aí. A CATEGORIA JÁ ACABOU, VIROU APENAS UMA LUTA LIVRE AMERICANA E ACHO QUE O CAMPEÂO DESTE ANO SERÁ O HOOKIE HOOGAN………..NA MINHA ÉPOCA A MARMELADA ATENDIA PELO NOME DE TELECATCH MONTILLA E O CAMPEÃO PODERIA SER O TED BOY MARINO, UM ARGENTINO LOIRO E TAMPINHA DE SOTAQUE IRRITANTE E QUE DEPOIS “EXPLODIU” COMO FIGURANTE DOS TRAPALHÕES E AMANTE DE BALZACAS MAL AMADAS……. MAS ISSO É OUTRA HISTÓRIA….

    • RCRG72 disse:

      A estoque carcaça eu nem vejo mais. A F1 já vai pelo mesmo caminho. É hábito, inércia, sei lá. Daqui a pouco, não haverá o treino de sábado, as corridas serão ensaiadas no sábado.
      Aí os pilotos seguirão o script no domingo.
      Alguns acham os resultados manipulados, à revelia do que realmente pode acontecer na pista, algo normal. Nunca foi normal.

    • Leo santos disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Apoiado!
      Já pensou em se candidatar a presidente da CBA?

    • Allan Guimaraes disse:

      Sinceramente, aí é exagero. Pegue corridas de 1970 ou 1980 e voce verá piloto largar na frente e, com carro pior, não ser ultrapassado. Que tal Jarama 81?
      Ultrapassagem é pra ser algo raro mesmo, e Hamilton, Alonso e outros feras estão mostrando que, mesmo que o circuito não permita, é possível acontecer. Rubens, por mais que andasse atrás do alemão, cansou de sair atrás no grid e passar até as Mc da época (quantas dobradinhas mesmo?). Até por fora, naquela parabólica que dá acesso a reta dos boxes em Monza ele já ultrapassou (valendo posição, claro, e com adversário equivalente).

    • rubem rodriguez gonzalez disse:

      Allan, não quis dizer que não haviam corridas chatas e circuitos merdas, Jarama sempre foi um cocô. ocorre que era excessão hoje é regra circuitos assim.

      E aonde eu quis chegar foi no fato de que tanta informação e não -me-toques monitorado on line nivela tudo por baixo. estão minimizando e tentando eliminar o erro da competição., isso é surreal e mata o melhor apelo que qualquer esporte pode apresenter que é o improviso , o lampejo, a aposta que pode ser certa ou errada – lembra do Piquet e seus pneus slick embaixo do vendaval em Jacarepaguá? é o drible que o craque tira do nada no ultimo segundo, já imaginou um engenheiro apitando no seu ouvido:
      – Não dribla para a esquerda porque o zagueiro já flexionou sua perna dois mícrons nesta direção e portanto ele vai cortar a jogada….. emocionante, né?

      A comparação pode ser idiota mas no fundo é isso mesmo, quando você torce pelo Alonso, pelo Hamilton , pelo Massa ou por outro qualquer do grid é por aquilo que ele pode fazer em forma de superação dos seus adversários. Aonde existe superação depois de um diálogo broxante desses que ouvimos entre engenheiros nerds e chimpanzes-pilotos?

      Oautomobilismo sempre foi um esporte diferente pois sempre dependeu de maquinas, então a disputa já é desigual antes de começar a disputa, se somarmos a isso centenas de pessoas , sensores, engenheiros e computadores norteando todos os movimentos do piloto e do automovel , estamos reduzindo o talento a nada ou quase isso……. sempre defendi que a eletronica deveria ser usada para o desenvolvimento e nos treinos livres – treino é treino , jogo é jogo. e que todas as informações coletadas no bólido sejam coletados e usados no futuro, NUNCA COM INTERFERENCIA ON LINE E CO PILOTAGEM, ACRESCENTE A ISSO UM TRAMBULADOR, UM PEDAL DE EMBREAGEM E UMA DIREÇÃO DE FÊNÊMÊ PARA O CARA VER O QUE É BOM PARA A TOSSE….AÍ VOLTARIAMOS A TER O PILOTO COMO DIFERENCIAL SUBSTANCIAL EM UMA CORRIDA.

      PS. NÃO ESQUEÇER DE BANIR OS TILKÓDROMOS DA FACE DA TERRA . FAÇAM ROCK IN RIO EM TODOS ELES…..PRÁ ISSO DEVEM SERVIR.

  21. Brown disse:

    O fabio “queixas”, do tazio, quis supor que Lewis só venceu porque houve uma ordem explícita da mclaren para que button não ultrapassasse Hamilton. Vez por outra ele inventa coisas que não existem, em relação ao Hamilton. “Queixas”, assim como o GB, odeiam Lewis.

  22. Daniel disse:

    Teoricamente, seria justo o Hamilton permanecer na frente, pois andou o fds todo na frente, pressionou as Red Bulls e tudo…

    Mas, se o estilo do Button é de economizar no início para ter mais recursos no final da corrida, ele sempre vai se dar mal, na hora do tragam as crianças para casa…

    Além disso, seria justo também que ele atacasse e até vencesse, se tivesse os melhores recursos naquele momento (pneus e combustível) e conseguisse a ultrapassagem…

    Bom, já me cheirou muito mal o “esquecimento” da tampa de refrigeração no carro do Button no gp de Mônaco…

    Alguns dirão que Hamilton teve um problema em roda ou porca de roda numa corrida, mas isso, no meu ponto de vista, não justifica um esquecimento de tampa de refrigeração… A minha impressão é que esse esquecimento foi proposital..

    graças a isso Hamilton já está encostando na pontuação…

    Ron Dennis já está de volta a equipe, eu acho que Button está ferrado (igual ao Alonso em 2007)

  23. Thiago Azevedo disse:

    Uma pena que o Button tenha “abortado” a tentativa de ultrapassagem. Foi uma bela disputa.

    Mas não vejo motivos pro Hamilton fazer aquela cara de bebê birrento. Bem mimado, o garoto.

    • kong disse:

      Ele não aortou.. foi ultrapassado, com arrojo, Umas das boas brigas de 2010.

    • Thiago Azevedo disse:

      Kong, me expressei mal.

      O Button abandonou a briga, e não aquela tentativa de ultrapassagem. O Hamilton se defendeu muito bem, mesmo.
      Mas acho que faltou um pouco de malandragem pro Button. Quando ele pôs por dentro na curva que antecede a reta dos boxes, ele devia ter dado motor um pouco depois e, com isso, tirado o “embalo” do Hamilton, que tinha tangenciado melhor. Agora já foi…

  24. Rafael Chinini disse:

    fogo é..se Button tem uma pilotagem diferente e não precisava economizar, azar do Lewis

  25. Ubaldir Jr. disse:

    Ainda bem pra nós que o Button deu uma miguelada. E ainda bem pra Mc Laren que ele tirou o pé depois da tentativa frustrada. O Hamilton não deixaria ele ficar na frente nem a base de reza, podem apostar. Deixou isso bem claro na disputa. Se tivesse que misturar tinta, misturava.

  26. Tatiana disse:

    Nada contra o jogo de equipe, ainda mais quando há pilotos que não entendem muito bem a ordem e contribuem pra deixar a corrida mais interessante.

  27. Assis disse:

    Deviam abolir o rádio da F-1 ….

  28. Gustavo disse:

    A maclaren não era a aquela equipe santa que deixa todos livres para competir???? Palhaçada esses bando de pirata ingleses.

  29. Luiz Forjaz disse:

    FG só acho que se Button economizou gasolina e poderia acelerar no final, ele deveria tentar a ultrapassagem ,pois o outro é que gastou combustivel demais.
    É logico que dentro da mesma equipe este negocio é complicado,mas o Button não levou nenhuma vantagem na economia , ou seja deveria ter ido pra cima desde o começo

    • Assis disse:

      Amigo, não tem problema de gasolina nenhum, isso é só mais um código para “tragam as crianças pra casa” como o amado galvão diria …. entende ? ( esta última, com o ‘sotaque’ do pelé rsrs )

  30. Mac disse:

    Ordens de equipe, jogo de equipe, favorecimentos, “economizar gasolina”, como queiram definir(tudo a mesma coisa) sempre existiram na F1 desde 1950! Já vi isso com:

    Piquet/Patrese,83
    Senna/Berger,90/91/92
    Mansell/Patrese,92
    Prost/D.Hill,93
    D.Hill/Coulthard,94
    Hakkinen/Coulthard,98/99/00
    Schumacher/Rubinho,01/02
    Raikkonen/Coulthard,05
    Alonso/Trulli,06
    Raikkonen/Massa,07/08
    Hamilton/Kovalainen, 08
    Button/Rubinho, 09

    Curioso não? Na listinha acima, os que estão a esquerda só lucraram, os da direita só levaram FUMO…rs. Mas o Raikkonen ajudou o Massa em 08 no GP da China entregando um segundo lugar, dívida paga! Ahhhhhh e teve Schumacher entregando uma vitória a Irvine no GP da Malásia em 99!

    Esse favorecimento a Hamilton foi bem claro, mas a equipe esta errada em preservar a dobradinha como faziam a Ferrari algumas vezes? Lembrem-se quem teve muita dobradinha do Schumacher vencendo mas ele colocava 15/20/30 segundos no Rubens, então nem entra como “favorecimento” de equipe! A Mclaren não é louca de arriscar, ainda mais depois de ver o que aconteceu com a RBR na mesma corrida. A verdade é uma só, se não avisaram Button para “aliviar” a equipe pisou na bola com Hamilton, Button fez o dele, foi chegando, chegando e deu o bote! Mas se avisaram Button a coisa vai esquentar na equipe, Hamilton não gostou nada de tirar o pé e ser ultrapassado! Curiosamente depois que Hamilton ultrapassou Button o atual campeão não mais atacou Hamilton na liderança, com certeza foi “orientado” depois pela equipe para se manter atrás. Ué mas então favoreceram Hamilton? A Ferrari e o Schumacher não foram esses vilões como o mundo afirma, eles apenas dançaram conforme a música…evidentemente a equipe errou na AUT/02 pois o alemão estava muito a frente de Rubinho na pontuação, sequer uma vitória a mais ia fazer a diferença na carreira do alemão. Mas depois a Ferrari pegou leve, esse também foi um dos motivos que Rubinho ficou na equipe até 2005, o problema é que no “braço” na pista o Rubinho era apenas um brasileirinho conta aquele alemão todo…rs

    Fizeram muita tempestade em copo d’água com esse GP da AUT/02, esses “favorecimentos” sempre existiram nas grandes equipes. Uma coisa é certa, desde 2007 aconteceram muitas trapaças e muitos “favorecimentos”, o Schumacher deve ter dado boas risadas, a cada dia sua moral esta cada vez mais salva, pois ele apenas dançou conforme a música! Está certo o alemão, não existe santo na F1, ele não fez nem mais e nem menos que os outros grandes na F1, essas coisas já existiam antes do alemão entrar na Formula 1!

    • RCRG72 disse:

      Essas coisas acontecem por causa dos altíssimos custos para as equipes colocarem dois carros nas pistas.
      Não seria o caso de rever o regulamento para a construção dos carros, para que ficassem mais baratos, e o risco de um enrosco entre pilotos da mesma equipe ser mais bem absorvido?
      O fato de as equipes precisarem de um orçamento astronômico, para sonharem em ser bem sucedidas na F1, não faz também com que tentem evitar a todo custo os enroscos para os patrocinadores não ficarem “zangados”?
      Por exemplo, materiais raros entram na construção dos carros de F1, por causa de restrições na construção dos carros. Encarecem muito o orçamento e talvez torne difícil para os dirigentes de uma equipe não enxergar as coisas de modo corporativo.
      A F1 não está cara demais? As equipes nanicas, como diz o Flávio, contraíram compromisso quando tinha teto máximo de orçamento. Esta regra foi derrubada, então os carros das nanicas só vão levando um fumo ridículo de se ver.
      Gosto de pilotagem, e acho uma baita sacanagem o cara ser fera lá na hora da corrida e não levar a vitória que merece por decisão da equipe.

    • Falou tudo, Mac. E não é só no automobilismo. É o esporte-empresa estuprando o espírito da competição esportiva do “vença o melhor”. No caso da Ferrari, o esporte-empresa acha melhor vencer o Massa ou o piloto do banco patrocinador espanhol? Quem paga para a Ferrari botar os carros na pista? Isso influencia no jogo de equipe?

  31. Guilherme Prata disse:

    E a maioria , na qual eu me incluo, pensava que a Mclaren priorizaria o Hamilton em detrimento de Button. Mas …

  32. RCRG72 disse:

    As ordens de equipe são ruins. Na minha opinião deve chegar na frente quem estiver em melhores condições e mais rápido. Estamos falando de esporte, não de uma empresa.

    Para um piloto, não deve ser fácil tirar o pé do acelerador e deixar passar o outro por uma decisão corporativa. Sou bem implacável com o Rubinho, mas reconheço a razão dele ter ficado chateado no episódio da Áustria 2002.

    Quem não é esportista, em um esporte de alto risco e de alta performance talvez não entenda o que há demais nisso.

    Acho comparável a casos de doping no atletismo. Um atleta se valer de substâncias ilícitas, para vencer outros que estão se valendo apenas de esforço, é equivalente ao piloto que ganha posição ou a própria corrida por ordens de equipe.

  33. Jean disse:

    Button mostrou que era capaz de ganhar a corrida, mas a equipe não deixou.

  34. Ricardo Barbosa disse:

    Espero sinceramente que sempre existam Buttons que “dão um migué” e finjem que não entenderam ou que o rádio não funcionou kkkkkkkkkk…..

  35. Tohmé disse:

    por isso a cara de café frio, após o GP

  36. diogo c. disse:

    uma vez ouvi o brundle falando numa transmissão algo que acho muito certo: é um esporte de equipes também. não vejo nada mais em ordens de equipe.

  37. ALEX B. disse:

    Another one bites the dust!

  38. Os filmes da prova e do treino (on board) no site oficial da F-1 estão muito bons neste ano.

    As ordens de Equipe sempre existirão… quando não haviam ordens havia a hierarquia natural de primeiro e segundo piloto.

    Segue o jogo…

    Imperador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>