MENU

Sunday, 13 de June de 2010 - 21:24Automobilismo brasileiro, Corridas de clássicos, DKW & cia.

GLÓRIA ETERNA

SÃO PAULO (e gratidão idem) – O Alfredo Gehre, idealizador da Copa Clássicos de Competição, uma espécie de “Classic Cup Light”, organizou com seus amigos hoje em Interlagos uma homenagem à equipe Vemag. Estiveram presentes vários ex-pilotos, mais integrantes do time, como o meu mestre Miguel Crispim, e tanta gente boa que fez e faz a história do automobilismo brasileiro.

Por conta dos meus 300 empregos, não pude ir. Nunca fiquei tão triste por não poder ir a um evento.

O pessoal do Três Cilindros Clube de São Paulo também compareceu em peso, liderado pelo incansável Chico e seu filho Gabriel, além de vemagueiros de todos os cantos do Brasil. E os carros, claro: Pumas DKW, Malzonis, DKWs de corrida como a carreteira do Abrami (essa da foto, em primeiro plano).

Marinho e Bird Clemente são os dois que aparecem ao lado dos carros, na foto do Celso Santoro. A eles, todas as minhas homenagens. Todas mesmo. São duas figuras queridas, amáveis, felizes, inesquecíveis. Nos carros brancos da Vemag, preparados pelo Crispim e comandados pelo Jorge Lettry, escreveram capítulos lindos de uma história realmente gloriosa das pistas brasileiras.

Parabéns, Alfredo & cia. O Departamento de Competições da Vemag está fazendo 50 anos. Essa data não poderia, mesmo, passar em branco. Nas fotos do Artur Semedo, aqui, tem muito mais.

Lá de Passo Fundo, o #96, de férias, manda um abraço carinhoso.

24 comentários

  1. Luiz Evandro Águia says:

    Parabens ao Alfredo pela brilhante iniciatiiva, nao foi possivel comparecer pois estou residindo em Floripa,,,- meu Pai com 98 anos mudou-se para ca , e estou dando uma força para ele,…- abraçao ao meu grade amigo Bird,, e tbm ao Marinho,,,Luiz Evandro Águia

  2. Zebra says:

    Quem não foi realmente perdeu uma oportunidade única de estar ao lado desses mestres do volante. Desde os 7 anos de idade que freqüento a casa do “TIO” Bird, visto que moramos no mesmo condomínio na Granja Viana. Minha maior diversão quando era criança era brincar no salão que o Tio Bird guardava sua coleção de automóveis antigos, onde dentre eles estavam os dois formulas que o Emerson Fittipaldi foi Bi Campeão Mundial. Eu e o Birdinho deixávamos o Tio Bird louco da vida !!! Só sei uma coisa, foi incrível poder pilotar ao lado dele e do Marinho. Esse dia nunca sairá da minha memória. Agradeço a Jesus Cristo por ter me dado essa oportunidade. Um abraço, Marcelo Zebra / Zebra Motorsport / BMW GT GLAS.

  3. says:

    Histórico. E momento de gargalhadas do Crispim qdo. falei que ia buscar chave e velas para ele trocar as do DKW, funcionando…

  4. Parabéns ao Alfredo Gehre, à todos do CCC!

  5. Tiago Mio says:

    Parabéns. Alfredo pela iniciativa.
    Pena q não pode ir.

  6. GERALDO CASSELLI JÚNIOR says:

    Que maravilha ver a turminha viva e forte !!! O ” Espírito ” permanece !!! Valeu !!!

  7. Sérgio Castro says:

    E o bacana de tudo isso, é que não se trata de uma lamúria saudosista e sim uma intenção de tentar perpetuar grandes emoções que não se perderam durante uma vida toda…

  8. Assis says:

    Felizmente estive presente, e foi fantástico ver a nata e a raiz de nosso automobilismo reunida ! As voltas de apresentação foram de arrepiar ! Depois colocarei meus vídeos e fotos no u-tube . Parabens ao Alfredo , que tanto se empenhou para que esta comemoração acontecesse !

  9. Regi Nat Rock says:

    Pois é. Sou suspeito pra dizer qualquer coisa, pois tenho o privilégio (inacreditável) de poder privar da companhia do Bird com uma frequencia que até hoje me espanta.
    Não fui por um motivo nobre. Minha filhota estava fazendo vestibular na FEI e fiquei de driver. Nem podia ser diferente. (não adianta ficar contente Cerega pois o que ela quer é Poli, nada menos) digamos que foi um test drive para o ano que vem. Enfim sentar ao lado do Bird, ouvir histórias; e o que não falta são histórias, é uma alegria inconteste. Cada vez que o encontro, sempre tem novidades obscuras, recheadas de descrições. É um grande contador de causos. Sensacional foi a descrição do “S”. que raiva tenho dessa mosntruosidade.
    Caramba! e estava toda a trempa por lá. Que pena que não pude comparecer.
    Fiquemos, portanto, com os videos e fotos.
    Parabéns Alfredo pela iniciativa.
    Cumprimento todos que compareceram.

  10. ALEX B. says:

    Vi o seu Bird no Jô! O que ele tem de historias pra contar… merecia uma reportagem especial do LIMITE, hein Gomov??

  11. Infelizmente não pude comparecer, mas tive uma pequena, porém importante compensação, que foi também uma enorme coincidência. Moro em Sorocaba, e pedi ao técnico de computação de minha sogra, que eu ainda não conhecia, que me fizesse uma visita para manutenção do equipamento. Ao ver o fundo de tela de minha máquina, uma Ferrari 512M, me perguntou se eu gostava de automobilismo. Claro. Aí veio a surpresa: você deve, então, ter ouvido falar de meu irmão. Ele era o Cacaio, que fez parte da equipe Vemag, e faleceu em 1968, em um acidente numa prova de rua em Petrópolis. Entrou inadvertidamente na pista para sinalizar um acidente e foi atropelado pelo Luiz Pereira Bueno. Pode um negócio destes? Apesar da tristeza da história, mais uma vez o Universo conspira para aproximar pessoas com interesses comuns. O irmão do Cacaio chama-se José Mario, e espero ter conhecido mais um futuro amigo. Parabéns aos organizadores do evento.

  12. Mario Mesquita says:

    Bacana, a homenagem. Importante num país sem memória. E que belo Puminha. Parabens aos organizadores. Pena não ter isso aqui no Rio.

  13. Adriano "Chevette#8" Lubisco says:

    Infelizmente não pude comparecer, tenho que ficar um pouco com meu filhão, mas queria dar os parabéns ao Alfredo pela iniciativa. Nosso automobilismo, onde as federações não servem pra nada, precisa de pessoas assim.

    Grande abraço,
    Adriano “Chevette#8” Lubisco

  14. Boris Bulascoschi says:

    Estive em Interlagos ontem,e posso dizer que para quem gosta de automobilismo foi uma festa maravilhosa.Ver essas lendas do nosso automobilismo é uma honra,é uma alegria sem par.Por ter conhecimento pessoal com o Marinho.sou suspeito de falar deles,mas uma coisa eu digo,só para ilustrar,o Emerson na sua ultima entrevista disse com toda o honra que o seu grande mestre no automobilismo foi o Marinho,que para mim,junto com o Bird,foram os pais de tudo que o Brasil é no mundo do automobilismo.

  15. Adriana Greco says:

    Flavinho, vc perdeu!!! Foi demais. Tudo foi feito com muito carinho. Parabéns a todos os envolvidos em nos proporcionar este encontro que na verdade é reencontro.
    Boa semana pessoal

  16. O Alfredo está de parabéns pelo sucesso do evento e todos estão de parabéns pelo esforço(?) ou seria melhor dizer PRAZER de poder estar presente e dedicar-se a resgatar esta história.
    Lamentei imensamente não poder estar presente.
    Saludos acá de águas equatorianas,
    Flavio

  17. Claudio Ceregatti says:

    Hoje foi de cinema, FG.
    Pena voce não estar lá conosco. O amigo Alfredo “Bernie” Gehre pediu uma mão, aí então…
    Até o sol saiu hoje, para iluminar uma festa maravilhosa no Templo, junto de meu ídolo de infancia Bird.
    Espero que disponibilizem logo o filme que foi feito “de dentro” das duas voltas de apresentação, puxadas pelo Malzoni guiado pelo Marinho com o Alfredo a bordo, e pela lindíssima Deca #10 feita pelo Della Barba, tocada pelo Bird e com esse maluco aqui ao lado.
    Pensei que ia ter um troço, tamanha emoção que senti.
    O coração bateu forte, e pensei ao lado do Mestre as voltas que o mundo deu, desde quando o vi guiar ainda antes de meus 10 anos de idade. E estava a seu lado agora, uma vida inteira depois.
    Então depois da prova uma palestra no Salão Shell com fotos inéditas que foram do Jorge Lettry, cedidas pela famíla ao Bird. E conosco prestigiando o grande Chico lameirão, além do Crispim e de Bob Sharp.
    E toda a pilotaiada da CCC presente, debaixo de aplausos, risadas e lágrimas.
    Maravilhoso dia no Templo, palco do nascimento daquela geração inigualável de pilotos, que leva o nome do Moco, companheiro de equipe de Bird e de Marinho.
    Ambos saíram radiantes de lá, e sei bem o quão felizes ficaram a bordo das máquinas, fazendo o relógio andar para trás e trazendo todas aquelas emoções de volta.
    Feliz de mim e do Alfredo que estávamos tambem a bordo.
    Felizes de nós que compartilhamos esse momento, junto do Mestres do Ofício, a bordo de suas máquinas e ao lado de seus sorrisos marotos, voltando a acelerar por aquele asfalto tão íntimo deles.

    • Kico says:

      FG & Claudio,
      Graças ao Du Cardim, fiquei sabendo do evento, e fiz um pequeno registro hoje em Interlagos.
      http://www.youtube.com/watch?v=gCXPNA3M0mE
      Depois ouvi os Mestres falando no Salão Shell, inclusive de outros Mestres como o Luizinho e o Greco. Histórico.

    • Vecchio says:

      Imperdoável FG, você nunca poderia deixar de prestigiar e aprender com um evento como este, morando aí em São Paulo. Deve ficar muito triste mesmo, Se fosse eu, daria “cano” em 150 dos empregos empregos e teria prestigiado o evento.
      Grande abraço.

    • Claudio Ceregatti says:

      Obrigadão, Kiko!!!
      Por causa do sol que brilhava inclemente, Bird Clemente ficou na sombra escura ao volante. Mas garanto que o sorriso no rosto dele ficou pregado do início ao fim dessas duas voltas de sonho.
      E no início do vídeo quem mais aparece sou eu, correndo no meio dos carros e invertendo as posições do pace car e do Cobra V8 pilotado pela “Corujinha”, com o cinegrafista a bordo.
      Quando fico ao lado de Bird e aponto para a arquibancada, era por causa de sua esposa que acenava a ele, quase tão feliz quanto.
      No início da segunda volta, a frase do mestre sobre o S do Senna: “Até devagar essa curva é uma bosta!”
      Dá pra imaginar o que senti lá dentro ao lado dele?
      Pois nem imaginam o quão eufóricos estavam os dois, brincando um com o outro por aquela faixa de asfalto em que foram consagrados.
      Ao final do filme, numa única imagem aparecem no Box 20 Bird, Marinho, Crispim, Lameirão e Bob Sharp. E logo depois a clássica foto do banner quando ambos, ainda jovens há 50 anos atrás eram os primeiros pilotos profissionais do Brasil, e seus carros bem ali na frente.
      Ficou bacana demais, Kiko.
      Principalmente a camaradagem que transparece bem no filme entre esses homens e carros que fizeram história.
      Estar “na mesma fita” é mais um enorme honra para mim.
      Obrigadão de coração por registrar um dos momento mágico na vida de Bird e de Marinho, 50 anos depois.
      Agradeço por estar “na mesma fita”, tambem num dos dias mais émocionantes e felizes de minha vida em Interlagos, sentado ao lado do mestre mais de 40 anos depois de vê-lo passar debaixo de meu nariz, ainda garoto.
      Foi ele que fez a minha cabeça de vez.
      E como “és responsável por quem encantas”, sentei ao lado dele uma vida inteira depois.
      Não poderia estar mais pleno de felicidade e realização.

    • Caio, o de Santos says:

      Kiko, vc registrou e pendurou no Youtube prova cabal desse senhor de vasta cabelera branca rondando a pista cheio de boas intenções e apto a embarcar em qualquer carro que tivesse mais de uma porta!

      O que o Bird faria?
      Bandeira verde e puft, um Walmor Chagas pula para dentro do carro gritando, “verde… verde…”

    • Claudio Ceregatti says:

      Caio Sumido, ex-Mat Boy:
      Eu tambem te amo

    • Kico says:

      Claudio, FG & Caio,
      Bob Sharp e Bird, Lameirão, Crispim e Marinho.
      http://lh6.ggpht.com/_ZoVYdPhTl2w/TBbeuCq3uEI/AAAAAAAAAOA/v3OABhPTZhk/Bird1.png

      O Banner
      http://lh4.ggpht.com/_ZoVYdPhTl2w/TBbeuLkNswI/AAAAAAAAAOE/ko8IyjkJXNA/Bird2.png

      Muito legal suas palavras, Claudio. Quem estava lá, sentiu que estávamos presenciando História em estado bruto.
      Abraços

  18. Conde says:

    Beleza de homenagem . Parabéns ao Alfredo pela iniciativa e aos homenageados que são realmente “história” de automobilismo brasileiro . Eu tive a honra de escutar alguns deles num Blue Cloud . Incríveis .

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *