MENU

terça-feira, 31 de agosto de 2010 - 2:28Brasil

RIO, RIO…

SÃO PAULO (dói na alma) – Eu e o brother Rogério “Trovão Azul” Tranjan fomos ao Rio nesta segunda-feira. Daí o sumiço do blog. Tínhamos uma encomenda para trazer, depois conto.

Eu adoro o Rio, e já disse isso aqui milhões de vezes. Morei no Rio, em Copacabana, e tenho daqueles anos as lembranças mais doces.

Mas o Rio de hoje, putz… Pegue a Linha Amarela, atravesse a ridícula Barra, que quer ser Miami, passe pelo moribundo autódromo de Jacarepaguá e saia da cidade por Campo Grande para ficar deprimido. Cada vez mais, só sobra a Zona Sul clássica — Leblon, Ipanema, Copa, Lagoa, Leme, Urca, Botafogo, Gávea. A cada dia que passa mais cercada pela incúria de seus governantes, que simplesmente não conseguem conter o crescimento das favelas, do crime, da violência, da miséria, da esculhambação.

Deu tudo certo na nossa jornada, não passamos por susto algum. Mas fiquei morrendo de saudades de um Rio que, nas minhas memórias, era como nessa foto aí embaixo.

116 comentários

  1. Sérgio disse:

    Você percebe logo o grau de boçalidade do cidadão quando ele chega com clichês do tipo “tá falando o que, SP nem praia tem!”. Quer dizer, apela pra um bairrismo digno de um chimpanzé estressado.

    Tanto Rio quanto SP estão sujas, são violentas e avacalhadas. Alguma dúvida?

    Infelizmente, existe uma parcela dos cariocas que não aceita a dura realidade (ou se acostumaram, sei lá). Amar a sua cidade é uma coisa, mas fechar os olhos e querer agredir quem aponta o óbvio é coisa bem típica de um sujeito que merece ser tratado feito gado. O carioca inteligente e sensato é aquele que, sim, tem saudade de quando seu Rio era como o da foto.

  2. Zé Maria disse:

    Fernandão, seguinte:
    É provavel que nem voce nem ninguem mais leia porque o post “já passou” e eu fiquei fora a semana toda, mas pelo menos fica registrado, ok!
    O certo desgovernador proibiu a policia porque um certo Dr. das comunicações, mesmo os dois sendo inimigos mortais, fez um acordo com ele e parou de denunciar o envolvimento dele com o jogo do bicho.
    Porque será que isso aconteceu?
    Elementar, cada um tinha seus interesses no ilicito, um pelo lado das drogas, E TODO MUNDO SABE DISSO, alias, hoje o “teste do sofá” é coisa do passado, o que vale é o “teste da bandeja”, o outro pelo jogo do bicho.
    Daí que os bicheiros perceberam que a droga dava mais $$ e se bandearam todos para ela.

  3. Guilherme RJ disse:

    Eu não sei o que foi pior, o seu texto ( irreconhecível e preconceituoso, nem parece o Flávio Gomes que eu já admirei ) ou as suas respostas agressivas nos posts ( de uma baixaria desproporcional aos comentários postados ) . Tem certeza que esse texto é seu ? Então o autor de “Copacabana” não foi você. Porque o que falta de sensibilidade no ” Rio, Rio…”, sobra no outro. Lamentável…

  4. Giovanni Vite disse:

    Essa do Joelma foi sensacional kkkk. O pior é que certa vez quando fui a Sampa ver uma corrida de F1 no início dos anos 90 um primo paulista de um amigo meu nos levou para ver o tal prédio. Bizarro. Fica zangado não Flávio, você tá caindo na pilha e na ironia dos cariocas…

  5. Luizão morungaba disse:

    Não esqueça a prainha flavinho, que é bom demais da conta…….rsrsrs

  6. Walter disse:

    Muito fácil falar mal da cidade dos outros Flávio. Mas quando vc compara com a sua… É como aquele cara que fala mal do Flamengo ou Fluminense , mas não diz o time. Quando vc descobre, o cara torce pro América ou Bangu… Falar mal do Rio e morar em São Paulo só pode ser mesmo brincadeira. Quer mais um exemplo ? É falar mal do São Paulo ou Santos e torcer pra Portuguesa…

  7. Alexandre Lannes disse:

    Porra, povo… calma.

    Vcs estão comparando RJ e SP quando o FG não fez isso.
    Ele comparou o RJ antigo e/ou das memórias dele, com o RJ atual e/ou partes do RJ atual.

    O cara fala X e neguinho vem comentar Y.

    Isso é coisa de maluco. Não dá nem para perder tempo argumentando.

  8. Christian disse:

    O Erik tem razão Flávio, qual é o cartão postal de São Paulo ??? Você não respondeu né ? Quem cala consente … rsrsrs

  9. Erik Cartago disse:

    O Flávio deve ter razão… O bom mesmo deve ser morar em São Paulo… uma das cidades mais feias e poluídas do mundo !!! Qual é a praia de vocês, o Rio Tietê ??? Me diz pelo menos um cartão postal da cidade conhecido no Brasil e no mundo. Não vale o edifício Joelma e os locais que caíram os dois aviões da TAM…

  10. Antonio disse:

    Ainda que sendo uma merrda, o Rio é melhor que Sampa .
    Mas bom mesmo é Petrópolis. um lugar mais civilizado e perto das coisas boas do Rio.

    O problema é que tem gente que acha que o Rio é só zona sul e esquece dos subúrbios e favelas onde moram 90% dos cariocas e são obrogados a andar em ônibus e trens de péssima qualidade além da sujeira.

    Prefiro muito mais Niterói ao Rio

  11. Arthur Ferraz Guerino de Andrade Figueira disse:

    Flavio, tem a Tijuca tbm…falar mal da Tijuca é injustiça

  12. Alexandre Bento disse:

    Por que Campo Grande te deixou deprimido? Passou no centro da localidade e encarou um transito infernal parecido com alguns locais de SP? Foi cortar caminho pensando em economizar um pedágio lá em Viuva Graça pela antiga Rio-São Paulo? Todos os seus lugares tem prós e contras e a cantada em verso e prosa Copacabana também tem os seus como as também deprimentes comunidades (eufemismo idiota para favelas). Ta certo que Campo Grande é perto de tudo que é longe, mas hoje não é deprimente. Você não pode apreciar as belas paisagens que tem lá e em seus arredores…. que pena!

    • Flavio Gomes disse:

      Quer uma lista? Mal-sinalizado, asfalto horroroso, buracos, sujeira nas ruas, trânsito caótico, semáforos (ou sinais, como queira) quebrados, motoristas que não respeitam nada, motoristas de ônibus enlouquecidos, animais pestilentos circulando entre pedestres, iluminação pública precária, lombadas (ou quebra-molas) espalhados pelas ruas sem critério algum e sem pintura, prédios pichados, ambulantes obstruindo calçadas… E você queria o quê, ô gênio da lâmpada? Que estando no Recreio dos Bandeirantes eu saísse do Rio por onde? Pelo Aterro? Acha mesmo que eu faria isso para economizar pedágio? Deixa de ser tonto.

    • ColinZeal disse:

      Desiste, Flávio. Tem gente que tapa os olhos pra realidade, e no dia-a-dia nem percebe mais essas coisas que vc citou.

      O trânsito em SP é terrível devido à quantidade de carros, ao contrário do Rio que é terrível devido a um monte de motoristas espertinhos que não respeitam nenhuma regra de trânsito e não tão nem aí se tão prejudicando os outros. Me vê dois trânsitos de São Paulo com fritas e uma coca-cola, por favor.

  13. ColinZeal disse:

    Eu diria que o Rio é perfeito pra quem gosta de natureza, calor, praias, e pra quem não tem o menor problema em viver no meio da sujeira, desorganização, miséria, trânsito e violência.

    Se vc acha que essas cinco últimas características do Rio são insignificantes ou talvez mesmo louváveis, essa cidade é pra você.

  14. Rodrigo Duarte disse:

    Cara, é por essas coisas que eu sou fã do Flavio Gomes. Ele não é um cara que só fala de corridas, de Fórmula Um, não é limitado. Ele é político, tem suas convicções, sua visão de mundo, e não esconde isso, não tem vergonha de falar, nem medo, de repente, pode até perder dinheiro com isso, mas o cara não se prostitui, não se vende, tem um ideal de mundo e não tem vergonha disso. É por isso que sou seu fã FG, você não é um jornalista escondido atrás de notícias, você põe a cara pra bater, fala o que pensa, e realmente cansa quem não aceita ler ou ouvir uma opinião contrária, ou quem está tão ligado a mediocridade, que não suporta alguém que está acima dessa falsa realidade que nos ronda, através da ridícula e patética Veja, com sua imbecilidade camuflada de direita néo-liberal burguesa.

    Daí ficam uns caras aí que só sabem falar, Flavio, volta a falar de automobilismo, volta a falar de corridas, volta a falar de carros. Porque? O cara não tem direito de ser um cidadão político, com uma determinada ideologia e ter sua convicção jornalística para falar de assuntos atuais, de problemas contemporâneos a todos nós? Sendo que o blog é dele? Às vezes não entendo isso. FG, desculpe o desabafo.

  15. Jason Vôngoli disse:

    Engraçado esse papo de Rio decadente, de Rio que acabou, de Rio entregue.

    Vivo intensamente o Rio, amo e curto isso aqui. Digo, sem titubear, que a cidade está infinitamente melhor do que há 10 ou 20 anos. (tá… perdemos o autódromo…)

    Não viveria em outro lugar do mundo.

  16. luisfernando-rj disse:

    era bom no tempo do moreira franco que recebia bicheiros no palácio guanabara e marcelo alencar que privatizou trens,barcas e metrõ e hoje é esse péssimo serviço.sem contar as empresas de õnibus,que lucram absurdos e o povão anda amarrotado. em coletivos velhos e sem manutenção.

  17. Alexandre reis disse:

    O problema do Rio é apenas um: O Rio se tornou uma Metropole e toda Metropole tem milhões de problemas.

    Mas ainda é o mlehor lugar do Brasil pra viver, na minha humilde opinião de carioca.

    Abs

    Alexandre Reis

  18. Giovanni Moreira Afonso disse:

    Ai Flavio, o meu Fusquinha vai ficar igual esse da foto, estou reformando um 68, vermelho granada.

  19. klaus disse:

    Encomenda, no Rio?
    Pode ser um VW 1600, o fusca 4 portas, zé do caixão, saboneteira (no RGS), já que havia bastante (táxis, também) dele por lá.

  20. Gabriel Gago disse:

    Flávio, permita-me discordar da sua opinião sobre a Barra.
    É o melhor lugar para se viver no RIo hoje, não a toa cresce mais que qualquer bairro da cidade, eu não troco por nada, e já morei em muito lugar por aí. Não, não sou riquinho que anda de Mercedes por aí, sou bancário e dirijo um Fiat Brava e acho muito engraçado, até “sonso”quando “vejo”alguém dizer que a Barra é lugar para rico.

  21. Roseli Lopes - São Bernardo do Campo disse:

    Que vista linda. Prédios com máximo de 10 andares, pista de sentido único, sem barracas na praia. Só guardas-sol (guardas-sóis ou seja lá o que for). E as pessoas andando calmamente pela orla. Que vista linda.

  22. Wilson disse:

    Foi ao Rio por causa de um Lada ou o Trabi chegou ????????

  23. geraldo nunes disse:

    “Encomenda”… Será o Gerd?

  24. Igor Mello disse:

    Caro Flávio,

    O Rio de Janeiro nunca foi só “a Zona Sul clássica”. Sempre houve pobreza, criminalidade e esculhambação, da mesma forma como sempre houve (e há) a beleza de um povo tão bonito como o subúrbio do Rio, a Zona Oeste (até mesmo a minha Campo Grande). Esse Rio Maravilha, sofisticado e cheirando à maresia só existe na visão dos turistas. Quem é carioca de verdade (não esse povinho esnobe e elitista que só conhece Barra, Zona Sul e Tijuca) sabe que o Rio é Madureira, Bangu, Campo Grande, Penha…

  25. wellington Lemos disse:

    Será que o Flavio Gomes, veio ao Rio por causa de um Lada?!?!?! Se foi !!!! Ficarei feliz, pois mandei email com fotos de um lada que está a venda?!?!?

  26. Alexandre Lannes disse:

    Sim… o RJ tá entregue. Tenho 35 anos e uma família com raízes totais na Zona Sul e praticamente “fundadora” da Barra junto com o velho “Osvaldo”.

    Minha mãe foi criada na Barra. Diz que trabalhava num salão na Aristide Espinola no Leblon e, qd as clientes perguntavam a ela (isso lá por 1960… 62) onde morava e respondia que era Barra da Tijuca, as clientes ficavam com pena. Pq só existia areia de praia e uma ou duas favelinhas na Barra.

    Sou criado na Barra da Tijuca. Como a Zona Sul não tinha para onde crescer, a Barra acabou sendo o espaço natural a ser ocupado. Em 30 anos a Barra saiu do “nada”, para se tornar um bairro “fake”. Fake pq tenta sim se destacar do resto do RJ se colocando como “americana”. É o sonho de consumo de 9 em cada 10 suburbanos. Que sonham com ela… sem conhecer a Zona Sul.
    A Barra de hoje é elitista. A de 30 anos atrás, era lugar de quem não podia morar no Leblon ou em Ipanema (Copa já é decadente desde os anos 80).
    A Barra é um “querer” tao grande que fez com que o Recreio deixasse de ser terreno baldio! O Recreio só existe (de fato) de uns 20, 25 anos pra cá. E a Barra alargou tanto que, lugares que ontem eram Curicica, Recreio e Jacarepaguá… hoje são “Barra”. Como explicar: Autódromo de JPA, aroporto de JPA, estão mais perto da praia que muitos condomínios que se colocam como… Barra!! É um festival de engana trouxa!! Alegam que se trata da “BAcia de Jacarepaguá”. Uma pena.

    Quem levou o RJ a isso, foi o Brizola e sua política de “não suba a favela”. De superfaturar Cieps e etc.
    A polícia perdeu a moral. A corrupção que havia mas era pontual, virou o lugar comum. Pontual é ser bem tratado pela PM e Civil. Quem já foi abordado pela PM do RJ sabe que argumentam como bandidos e te tratam como banco.

    Agravou o RJ, a política de César Maia e família Garotinho.
    Em quantos anos de absurdos estamos falando? Quantas vezes o Brizola governou o RJ? E o César Maia? E a família Garotinho?

    É torcer para as UPP’s darem certo.
    Por enquanto, tá dando.

    Mas como fica o resto do RJ?

    Ou o meu RJ é só o da Zona Sul, Barra e a Grande Tijuca?
    A grande Tijuca ainda resiste. É um vale cercado de favelas, mas ainda tem o seu charme. E as UPP’s deram um alento a esse notório bairro da Zona Norte, levando consigo o meio de campo que é a excelente Vila Isabel.

    Amo essa cidade. Conheço o Brasil todo e acho isso aqui o melhor que há.
    Mas é triste ver o que éramos e comparar com o que somos hoje.

    Há até excelentes lugares na Zona Norte e Subúrbio, como o Méier. Mas são ilhas… para vc chegar nesses lugares, tem que pegar vias perigosas como a 24 de Maio e Marechal Rondon. Talvez… a Linha Amarela. Não tem como… vc fica preso ao bairro ou a horários onde não se cagará de medo para sair/chegar.

    E o jovem carioca (não sei se o brasileiro de maneira geral) é cada vez mais obtuso.

    O RJ, lúdico e digno de músicas, não existe mais. Porém, ainda é digno de amor… até de quem não é daqui.
    Mas só se apaixonam por parte da Zona Sul.

    • Merchan Neves disse:

      Reveja “Cidade de Deus” e perceberá que essa merda toda (polícia corrupta, CV…) começou antes do Brizola que, com certeza, ajudou muito pra agravar o quadro, junto com Moreira Franco, Garotinho e Garotinha, Saturninos, Maias, Condes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>