RUBENS E A INDY

SÃO PAULO (putz)Barrichello vai testar um carro da Indy semana que vem em Sebring. A informação foi confirmada agora há pouco por Tony Kanaan, piloto do time e amigo de Rubens. Pode ser apenas algo parecido com o teste que Senna fez na Penske lá em 1992, “patrocinado” por Emerson Fittipaldi. Era mais um lance de conhecer o carro. Não havia intenção séria de Senna de correr na Indy. No caso de Barrichello, não sei. Ele sempre diz que não quer saber da Indy por causa dos ovais. Mas nunca se sabe.

Comentários

  • Tem que aproveitar e já ir conhecendo outras categorias como a Indy,Nascar,DTM…p/ conseguir uma vaga rapidinho em outras categorias,pq não adianta pagar p/ correr na F1.
    Mas mantenha os olhos bem abertos c/ o Tony pq ele era “muy amigo” do Helinho antes de aprontar c/ ele dentro e fora das pistas.

  • Muito, mas muito difícil prever se ele irá correr ou não. Ele estaria desmotivado a correr após deixar a categoria mais visada no mundo? Seria realmente somente uma ajuda para Tony? Se ele conseguir bons tempos, será que anima?
    Creio que no exato momento, nem mesmo Rubens sabe o que irá fazer em 2012. Talvez decida terminar o tão temido livro contando os podres da Ferrari. :)

  • Acho que o marketing do Rubens sempre foi e realmente muito ruim. Um dia nao vai correr na Indy, na outra semana ele vai testar o carro.
    E dificil enterder pq nao contrata alguem descente para fazer o servico

  • Ainda acho que o Rubens tem lugar na F1. É uma pena ver ele fora e pilotos mediocres como Romain Grosjean, Pastor Maldonado, Nico Hulkenberg (estes dois últimos batidos por Rubens na Williams), Kovalainen em equipes médias.

    O maior problema do Rubens é que seu nome não é atrativo aos patrocinadores do Brasil e hoje para correr na F1 (com exceção de RBR, Ferrari, Mercedes e Mclaren) tem que ter um patrocinador Forte

    Se tirar as 4 equipes grandes, todos os outros 20 pilotos que estão no Grid estão pagando para correr (a única exceção é o Raikkonen)

    • hermes. na indy uma das prioridades de corrida é a preservação do carro para a parte final, e isso o rubens faz como ninguém.
      tirando os ovais onde ele não tem experiência ainda, ele pode surpreender muita gente.
      e se ele fosse tão ruim como muita gente apregoa, não teria ficado 19 anos na f1. não teria esse curriculum: 323 corridas, 11 primeiros, 29 segundos, 28 terceiros, 68 podiuns, 14 poles, 17 voltas mais rápidas e 658 pontos. no ranking de pilotos ocupa a 8 posição.
      quanto ao que todo mundo critica nele sobre o, tempo de ferrari, ele era segundo piloto, tinha uma fera como companheiro de equipe, mas fazia sua parte direitinho, diferente desse que hoje ocupa seu lugar e que não vai a lugar nenhum.
      queria ver os que tanto criticam o barrica no lugar dele o que fariam, seriam sumariamente demitidos da equipe por insubordinação, se queimariam para a formula 1 em definitivo.
      o massa como segundo do alonso deveria fazer mais do que faz com o mesmo carro, o rubens pelo menos tentava andar junto do alemão, se não conseguia, pelo menos não decepcionava igual a esse outro
      que tenha um futuro brilhante na indy, e que se divirta bastante. longe das pressões do circo da f1.

  • Não faço idéia de como é esse circuito. Só espero que nã seja como uma pista de kart, parecido com o teste feito pelo Senna na época. Naquele circuito não deu para ele abrir aceleração máxima em nenhum momento, de tão travado que era. Não vi muita graça nesse teste.

  • Bobinho o Tony!
    pega um dos grandes acertadores de carros em atividade e coloca para andar em um totalmente novo inclusive em se tratando de motos.
    Vai receber muita informação e isto nesta situação vale muito!

  • Estou muito ansioso pra ver os tempos do Rubens. Como é um carro com regulamento TODO novo, será novo para TODO MUNDO. Quero ver o comparativo de tempos do Rubens com os demais pilotos da Indy. Go Rubens!!!

  • Se Barrichello se considera piloto de bom nível, competitivo e ama o que faz, deveria agarrar essa chance e buscar uma vaga na Indy!

    Pelo que ouvimos dos pilotos brasileiros que correm nos EUA, o clima, ambiente do automobilismo lá é bem mais leve que na F1. Se não gosta de correr em oval, vai mais devagar, oras!!! kkkkkk

    E na Indy, vai chegar com moral. Antes numa equipe média ou grande na Indy, do que ser piloto de testes ou piloto da Hispania na F1!

    Isso, claro, se ele ainda quer vencer alguma corrida…

    Particularmente, não gosto muito da F-Indy. Muita bandeira amarela, corrida em oval…E tem muito, demais até, pilotos cabeça-de-bagre…

    Embora já sem condições de ser competitivo na F1, Barrichello pode ir pra lá e elevar o nível dos pilotos do grid. E ainda tem chances de ser campeão por lá! É só parar de se lamuriar, esquecer a F1 e ir pra cima!!

    Vencendo um campeonato lá, já pode encerrar a carreira com muito mais respeito e satisfação pessoal.

  • Interessante ver como quase todo mundo acredita que o Barrichello seria campeão fácil, numa hipotética temporada de estréia, com os dois pés nas costas, correndo de ré, com uma marcha só no carro, de olhos vendados…como se não houvesse mais ninguém na pista !
    Menos, pachecada, menos…beeeeeem menos….

  • Se o senhor não sabe, o Senna esteve bem perto de ir para a Indy, não tem nada deste papo de conhecer o carro, o Emerson estava mexendo os pauzinho na Marlboro para o Senna ir para a Indy. Ron Dennis é que babou o negocio…

  • Flavio Gomes, eu sei que não é muito sua praia responder pergunta nos comentários, mas enfim, eu tenho essa curiosidade e gostaria de saber:

    Tirando as questões de estética e tradição, seria viável botar bolhas sobre o cockpit dos monopostos para melhorar a segurança dos pilotos em ovais?

    Aparte antigas discussões ligeiramente ríspidas neste seu blog, ficaria agradecido se você pudesse me responder essa dúvida.

  • Para quem é bom sempre aparecem convites e oportunidades.
    Seria bom vê-lo correr em uma nova categoria, ele ainda tem o entusiasmo e a garra para competir e vencer.
    Lembrei do Emerson… Que encarou o desafio e foi campeão nos EUA.
    Sorte e sucesso, Rubinho!

  • Creio ser um ótima opção por não ter algumas coisas chatas que acontecem na F-1, acredito que na Indy ele terá reais chaces de ser campeão.

    Em um exercício que fiz, imagino ele participando de algumas etapas este ano na Indy, dependendo de seu desempenho neste treino, e talvez preparando um retorno a F-1 em 2013.

  • Se o Barrichello vai correr na Indy?
    Rapaiz, isso eu não sei não. Melhor vc piguntá no Posto Ipíanga.

    Barrichebra na Indy seria uma boa oportunidade de ele ser campeão de alguma coisa. Lá tem muito neguim barbeiro. É a chance!

  • Pesssoal, o cara é fodão mesmo, antigamente um pilto de formula 1 corria ate de carrinho de rolemã, não tinha medo de nada, éra piloto e corria sem medo, vejo que ele gosta de correr, não tem medo de enfrentar novos horizontes, pensou, que legal seria?, apesar que acho que o tempo dele já foi, mas não sou dono da verdade, mas pensou ele dando pau nos pilotos da INDY e o
    pessoal da Williams F1 só andando devagar?, vou dar muita risada e tem mais pensou a GLOBO
    PERDENDO DA BAND? , nossa vou amar ver isso!!!!!!!
    RUBENS, ainda sou que seu tempo passou, mas por favor me prove que estou literalmente errado!!!!!

    • carlos, engraçado foi ver hoje dia 27 no jornal nacional eles mencionarem que ele irá fazer um teste em outra categoria, sem dizer o nome desta.
      o bairrismo da globo é de matar à estilingada, brincadeira.
      se ele realmente assinar com a indy, será persona não grata nas transmissões de fl.
      o galvão nem irá lembrar, como? barrichelo?, nunca ouvi falar.
      parodiando o oscar: the black bag go to…..

  • O Rubinho não é bobo. Quando ele estava na Honda, o Ross Brawn perguntou à ele se era boa coisa ir para lá. Ele disse que justamente o que estava faltando na Honda era alguém como ele para gerenciar a equipe. Quando o Ross comprou a Honda, devolveu a gentileza, mas principalmente, optou pelo Rubinho e não pelo Bruno por causa da experiência, ainda mais que ele era um dos únicos, se não o único que já tinha andado com tanque cheio e com pneus sem ranhura. Se o Rubinho pilotar carros da Indy que agora estão com motores V6 turbinados, ele será o único que conhecerá como estes motores funcionam. Apesar da Chevrolet ser a fornecedora da KV, ele poderia correr em outra equipe com motores Honda que parecem que voltariam à F1 como fornecedora dos V6 turbinados. O que não quer dizer que a Chevrolet ou a Opel não se interessem também. Além da própria Lotus que com certeza resolveram fazer os motores para a Indy pensando no desenvolvimento dos motores da F1 também, não que sejam iguais, mas seria a única fornecedora com experiência em corridas. Desta maneira, o Rubinho estaria reabrindo as portas para 2014 ou até mesmo para 2013 para já ajudar no desenvolvimento do carro de 2014.

    • Bem exagerado o comentário, mas é por aí… o Barrica é um dos melhores pilotos brasileiros da atualidade mesmo. Isso demostra claramente o quanto o Brasil tá em total decadência no automobilismo. Entre os 10 do mundo? vixi maria – os torcedores mais fervorosos do Barrica são tão exagerados como ele… obviamente se identificaram com as histórias de pescador do piloto. Se fosse isso mesmo estaria correndo de RedBull no lugar do Webber ou na McLarem no lugar do Button, e não correndo de carroças desde que saiu da Ferrari (salvo Brawn que foi algo totalmente ao acaso e mesmo assim o Button o dominou facilmente).

  • É, levando em consideração que nesse ano das 16 etapas da Indy, vamos ter só 4 ovais, seria uma boa pro Rubinho andar lá… mas eu tô achando que esse teste é só um “teste” mesmo, só pra ver como é que é a coisa lá

  • Bourdais, Franchitti, Dixon, Briscoe, Alesi, Barrichello, Kanaan, Briscoe, Power e Servia – podem fazer parte das 500 Milhas de Indianapolis. De todos os citados, só Rubinho ainda naõ pode ser confirmado. Alesi, ex-piloto de F1, correrá pela Lotus a etapa mais importante da temporada.

  • Eu acredito que na Indy é muito mais fácil o piloto conseguir contratos por poucas corridas, então existe a chance do Rubens correr lá sim, em pistas mistas apenas. O Tony Kanaan falouq ue o teste é para o Rubens dar ajuda com o carro, é provável que seja isso mesmo, mas provavelmente vai deixar Rubens com vontade.

  • Existe a especulação de que o Rubens correria apenas nas etapas em circuitos mistos ou de rua. Como nesta temporada de 2012 apenas 4 etapas da Indy serão em ovais, daria tranquilamente para ele acertar com a KV. Nas corridas em que o brasileiro não participasse, entraria o argentino Esteban Guerrieri – ex F3 Inglesa, World Series e Fórmula Superliga.

    Caso seja confirmado um contrato para o Rubens correr neste ano, a Indy, que inicia uma nova fase com novos motores e chassis, ganharia muita imagem no Brasil. Já imaginaram a grande festa que seria feita na etapa em São Paulo, no Anhembi? – aliás, eu, se fosse presidente da BAND, faria uma proposta em dinheiro para que o piloto corresse pelo menos na etapa brasileira, desde que, logicamente, ele não acerte antes com alguma equipe. Certamente o público iria comparecer em grande massa, torcendo por uma tão sonhada vitória do piloto brasileiro aqui no Brasil.

    Embora eu ache que correr na Indy não seja o melhor negócio para o piloto brasileiro, já que existe a DTM, mais semelhante ao orçamento e infraestrutura da F1, ou então o novo Mundial de Endurance, com equipes de fábrica, como Audi e Toyota, devo concordar que estou ansioso para ver o desempenho do Rubens frente aos outros pilotos da Indy, ainda mais em um carro onde ninguém tem muito conhecimento, já que estréia esse ano.

    Vamos aguardar os próximos dias para saber o que sairá de verdade nisso tudo.

  • É a Silvana Barrichello que não quer saber da Indy por causa dos ovais. Se depender do Rubens, o contrato já está assinado. E ele acabará conseguindoconvencer a esposa, até levando-se em consideração a vida que poderão levar nos EUA, teoricamente mais tranquila do que a agitação européia. E assim, a mediana (mas com muito potencial) KV terá uma das duplas mais fortes do grid em 2012.

  • O Bourdais tinha competido o ano passado só nos mistos, não?
    Acho que, como as chances de título na KV seriam na melhor das hipóteses escassas, poderia ser válido para eles ter o Rubens nos mistos e algum outro piloto (americano, provavelmente) nos três a cinco ovais da próxima temporada.