INTERLAGOS, 1976

SÃO PAULO(imperdível) – Interlagos antigo, F-VW 1600 (a Super Vê, não?), 1976, Fernando Calmon narrando pela Tupi. Em preto & branco. Piquet, Troncon, Chulan, Guaraná, Chateaubriand, Pati, Lameirão, Catapani… Mais uma do acervo espetacular do Alessandro Neri, a quem conheci no Velo Città. Simplesmente espetacular. E o que andavam esses carrinhos?

Comentários

  • FORMULA SUPER V 1600,ERA SENSACIONAL,OS CARROS ERAM VERDADEIROS TORPEDOS,NAPISTA COM TRAÇADO ANTIGO NO RETÃO CHEGAVA A MAIS DE 200 KLM POR HORA,O BOM ERA VER OS CARROS NO DIA DE CHUVA,NO RETÃO VOCE SÓ VIA UM SPRAY DE AGUA,E OS PILOTOS ANDAVAM COLADOS,COM PÉ EMBAIXO.,ENTÃO ERA UMA BRIGA ENTRE NELSON PIQUET,E ALFREDO GURANÁ MENEZES.TEMPO BOM QUE NÃO VOLTA MAIS.

  • O nome do programa que Fernando Calmon apresentava na TV TUPI era o “GRAND-PRIX” e o reporter era o Wagner Gonzales.
    Eu estava nessa prova Flávio e nessa época eu escrevia uma coluna sobre automobilismo para o jornal “Gazeta de São Bernardo”…saudades!!!
    Vou enviar pro seu e-mail fotos de todos os pilotos no grid de largada bem como foto da largada.
    Na foto dos pilotos pode se ver: Piquet, Guaraná, Catapani, Lamerião, Patti Jr, dentre outros, aguarde!

  • Mas muito legal mesmo. Eu adorava super V como também a formula V, formula Ford, eram programações, eventos sensacionais. Pena que se acabou. Os carros, Polar e Kaimann se não estou enganado eram bem competitivos, bonito e bem patrocinados.. Gledson, Motorádio, Phillips. Poxa que época.Lembro que o Fernando Calmon tinha um programa na Tupi, que era dedicado na integra ao automobilismo, não recordo o nome..
    Aproveitando…. Alessandro Neri, você não tem em seu ótimo arquivo o GP do BRasil de 1975, que o Moco ganhou??? nunca vi essa corrida toda….
    Abraços a todos, ótimo final de semana

  • Corrida fantástica
    muito disputada , pilotos ótimos
    categoria de custo fácil e competitiva.
    os carros andavam muito bem , com tempos muito
    próximos dos formula 1 da época.
    casa cheia , grid cheio .

    me pergunto o porque é que dava certo
    em um tempo onde não existia internet,
    e informatica nem existia direito
    talvez estivesse engatinhando.
    recursos de mídia fracos porem criativos.

    e hoje esta dando errado com tudo o que temos de melhorias.
    Interlagos , antigo é único
    acompanhei varias corridas , varias categorias da época ,
    …..acabou …. só ficaram as imagens.

  • Tinha 14 anos… e provavelmente estava no Autodromo… pena que filme e foto eram coisas bem caras na época. Esse carro amarelo do Piquet e a Brasilia do Ingo marcaram a minha infancia… tinha também os carros da Hollywood e outros Mavecos (acho que da Itacolomy) e alguns “Fucas” que marcaram época também.

    Sem falar na pista de Interlagos… berço de uma geração de bravos… pena que os governantes da época não souberam resistir a furia capitalista (deve ter rolado uma grana bem legal) e acabaram com o circuito… claro que o retorno da F-1 era importante… mas a esse custo acho que ficou caro demais.

    Imperador

    Imperador.

  • Grid cheio e excelente publico!
    Alguns detalhes: quantos narradores / repórteres a Tv Tupi enviou ao evento? Parece que há um em cada ponto do circuito, e bem informados.
    Uma prova sem tédio nem blá-blá-blá… Igual hoje! Onde um “repórter” traz uma informação chocha e tem que pedir licença para a sapiência suprema do narrador “oficial” para falar. Sem contar as “traduções ” da comunicações do radio, onde um suspiro do piloto vira uma tese sobre automobilismo.
    Uma pergunta: alguém sabe quem e o narrador do autodromo? Não foi o mesmo que participou do filme do Roberto Carlos onde ele faz papel de piloto?

  • como corrida de carro tá chato nessa terra de tapuias
    nunca mais haverá uma corrida dessas com grid cheio e gente metida com automobilismo correndo.
    Veja essas coisas antigas que vc posta do mesmo modo que coloco um disco antigo do Pink Floyd ou dos Stones pra tocar. Com a plena certeza de que nunca haverá banda nova alguma que fará um som desses.
    nunca mais teremos categorias de base acessíveis por aqui. só um bando de playboy andando de mini ou afins pensando em comer a mulherada na festa de entrega de troféus ou falar por aí que é “piloto”…

      • Mas sempre foi mais acessível que hoje.
        E nos USA, até um ex taxista foi campeão da Indy. Esqueci seu nome.
        E aqui no Brasil mesmo, Benedito Lopes nunca foi rico.
        A própria F1 da década de 70 permitia a pessoas como Bruce McLaren, Jack Brabham e John Surtees construissem seu próprio carro. Caro, sim, mas não impossível…
        O ultimo a fazer algo assim foi o arquimilionário Lord Hesketh.
        Hoje, empresas grandes estão tirando o corpo fora…
        Eu estava em Interlagos nesse dia, voltei para o Rio depois da prova.
        Foi o ultimo dia também do Salão do Automóvel, que visitei na véspera.

  • Sem palavras.. espetacular, saudades do autodromo de Interlagos de verdade… curva 1 e 2 semi-parabolicas, a 3 em descida.. o retao entao…. estive ai muitas vezes.. turismo, formulas nacionais, a Ford tambem era bem legal, essa disputa dos Polas e dos Heve da VW, divisao 3, Formula 2, Formula 1, disputa de Adu Celso e Tucano nas motos… cada domingo legal de quando eu era crianca….

  • Flávio, aquela petição que rolou para reformar parte do antigo traçado deu em alguma coisa?
    De vez em quando aparece alguma coisa sobre reativar uma parte do antigo, pelo menos as curvas 1 e 2.
    Duvido que dê em alguma coisa, já que daqui a uns anos Interlagos vai virar um condomínio mesmo.

    abraço

  • Maravilha de categoria. Grid cheio, disputas acirradas o tempo todo, autódromo de sonho!

    Impressionante como acabaram os formulas. Poderia tranquilamente existir hoje em dia categoria similar com custo bem razoável. Tomara que a “V” atual engrene. E dá para evoluir na motorização. Algo tipo um AP com pouca preparação e consequentemente baixo custo.