SOBRE ONTEM DE MANHÃ

SÃO PAULO(copio mesmo) – A única coisa que presta que o Fábio Seixas inventou até hoje foi a seção “Pílulas do dia seguinte” no seu blog. São notas avulsas sobre o domingo, em geral sobre a F-1 (às vezes pingam algumas lembranças de outras categorias). Coisas que surgem ao longo do dia, depois que os tradicionais comentários sobre a corrida foram publicados (os meus são bem melhores).

Passei anos pensando em algo parecido (claro que é mentira, pensei só hoje), mas nunca encontrei um título bom o bastante. A tal da pílula do dia seguinte, admito, é muito boa.

Então, num rompante de genialidade, criei hoje o “Sobre ontem…”, que poderá ser sobre ontem à noite, sobre ontem de manhã, sobre ontem à tarde, sobre ontem de madrugada, dependendo do horário do GP. Da mesma forma que as “Pílulas…” do Seixas, esse título tem uma conotação quase sexual, se é que me entendem.

Podem aplaudir.

Agora vamos a elas:

sobre001– No fim das contas, não cheguei a uma conclusão de vocês sobre o acidente de Massa. Quem fica do lado do brasileiro? Felipe criticou duramente os pilotos novatos. Magnussen pegou leve e disse apenas que se tivesse algum espaço para escapar da batida, teria tentado. A FIA achou que foi um acidente normal de corrida. Eu também.

– A decisão da direção de prova de não colocar um safety-car na hora que Sutil rodou foi muito esquisita. Por muito menos já jogaram o Mercedão na pista. Aliás, Hamilton deu suas espetadas sobre o assunto. Alonso, idem. O Grande Prêmio discute a questão hoje. Vocês acham que foi proposital? Estão dando uma forcinha para Rosberguinho? Se sim, por quê?

– Seixas, num rasgo de generosidade, achou que ninguém lembrou devidamente de Schumacher na primeira corrida na Alemanha depois do acidente de dezembro. Não sei se a F-1, institucionalmente, faria algo. Não é hábito da categoria. Mas notei que não havia nada visível nas arquibancadas — se havia, acho que não mostraram, e se mostraram não percebi. A única lembrança segue sendo a inscrição #KeepFightingMichael nos carros da Mercedes. Alguém aí esteve em Hockenheim ontem e viu algo que não tenhamos visto?

sobre002

– Monisha Kaltenborn e Giampaolo Dall’Ara foram explícitos ao mencionar um “erro de procedimento do piloto” ao descrever a rodada de Sutil. A Sauber não anda muito satisfeita com o alemão, pelo jeito. Substituição à vista? Victor Martins fala disso em seu blog.

– Na Indy, outra rodada dupla em Toronto. As corridas não param na categoria, que resolveu concentrar sua temporada em poucos meses. Vocês estão conseguindo acompanhar tudo? Helinho é o líder do campeonato.

Comentários

  • PETER SAUBER JÁ TINHA SACADO A DO MASSA ANOS ATRÁS, QUANDO O DEMITIU POR BATER DEMAIS. ELE NÃO É AZARADO, TEVE ATÉ MUITA SORTE DE CHEGAR ONDE CHEGOU GUIANDO O QUE GUIA, ESTÁ RICO, MAIS DO QUE QUALQUER UM DE NÓS PODEREMOS SER ALGUM DIA, GARANTIU UM PÉ-DE-MEIA PARA UMAS CINCO GERAÇÕES DEPOIS DA SUA. ELE FICA CHATEADO COM AS CRÍTICAS, MAS ESSE É O PAPEL DO TORCEDOR, QUE FICA ANSIOSO ANTES DA LARGADA, COM OS OLHOS GRUDADOS NO CARRINHO BRANCO DO CARA COM O CAPACETE VERDE, QUE TODA VEZ SE DÁ MAL. TUDO BEM QUE UMA ALGUMAS VEZES A CULPA NÃO É DELE, MAS EM MUITAS OCASIÕES ELE TEM CULPA SIM. QUANDO CONSEGUE NÃO BATER, NÃO ACOMPANHA O RITMO DOS PONTEIROS E TEM ENORME DIFICULDADE EM ULTRAPASSAR CARROS MAIS LENTOS. ASSISTIR SUAS CORRIDAS É ALGO SIMPLESMENTE BROCHANTE. VEJO O NASR NA GP2,DÁ GOSTO, BRIGA ATÉ A ÚLTIMA VOLTA (MESMO EM CONDIÇÕES ADVERSAS), É RAPIDO, EFICIENTE, MOSTRA ARROJO E TÉCNICA NAS ULTRAPASSAGENS, POUPA OS PNEUS PARA ATACAR NO FINAL, SEU CARRO (QUE NÃO É O MELHOR DO GRID) É UM DOS QUE MAIS APARECE NAS TRANSMISSÕES, DANDO SHOW A CADA CORRIDA (ÁS VEZES LARGA MAL, MAS FAZ INCRÍVEIS CORRIDAS DE RECUPERAÇÃO). ESTOU ANSIOSO PARA VER ESSE GAROTO NA F1, ACHO QUE VOLTAREMOS A NOS EMPOLGAR COM A PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA NA CATEGORIA.

  • Felipe falando mal dos novatos, sendo que tem muitos deles pilotando melhor do que o próprio. Agora, não ter colocado o SC foi terrível. Estava torcendo por uma bela briga no final, mas para variar, como já é comum acontecer assistindo corridas, fiquei frustrado. O que ainda me motiva a acompanhar as corridas são as belas brigas do pelotão que não tem nada a perder, pois o campeonato mesmo, acho que já está sendo definido o vencedor.

  • O Massa falando dos jovens pilotos parece brincadeira! Em seu primeiro ano, fez tanta merda, destruiu vários carros, puta preju, que foi demitido da Sauber…por sorte a Ferrari o acolheu, para ser piloto de testes, senão já estaria correndo com o Luciano Burti faz tempo!! E o pior é que 201 GPs, continua fazendo merda e não reconhecendo!!…e ganhando muito bem, obrigado!! O Nars torce para que continue assim…………….

  • Sobre os questionamentos:

    1- Culpa é do Massa, não adianta ele pensa que só pq é experiente, que os novatos vão estender um tapete vermelho pra ele. Ele se arriscou demais naquela entrada de curva e pagou por isso;

    2- Decisão política, o Hamilton entrou no momento, claramente pensando que iria ter safety-car, acho que beneficiaram o Rosbesg. GP da Alemanha, Mercedes vencendo com um Alemão no volante…

    3- Realmente faltou uma homenagem de apoio ao Schumi, nisso os alemães tem que aprender um pouco com nós, vide o Beira-rio no último final de semana;

    4- Sauber está descendo a ladeira, parecendo a Jordan no seu fim de vida;

    5- É difícil, mas tomara que dê Helinho, ele merece!

  • Acidente de corrida, mas se alguém poderia ter evitado, esse alguém era o Felipe.
    Ele já deveria ter aprendido que na primeira curva sempre tem mais de 1 carro disputando os espaços.

  • Genial, ótimo post. Fazia falta a este blog, mesmo.
    Quanto ao Massa, foi clássico acidente de corrida. E é óbvio que ele vai culpar o novato.
    Senão seria culpa de quem? Dele mesmo? Culpa de deus? Não, ninguém culpa deus.
    Abraço!

  • Pra mim, Felipe Massa tem sérios problemas de ordem psicológica. Digo isso pois pra mim quem comete erros a olhos vistos e não os assume, joga a culpa no outro e distorce o fato, precisa de acompanhamento psicológico sério. Basta olhar as imagens para entender e fazer algumas perguntas que serão respondidas pelos fatos.
    Onde estava Magnussen no momento da colisão e qual sua trajetória inicial e final? Resposta (fato 1): Vinha pela direita, em trajetória reta, sem fazer tomada aproveitando-se do espaço que havia naquele ponto, passando por Massa e tentando passar por Bottas, mas ao ficar sem espaço, reduziu para não bater e deixou o finlandês passar. Sua manobra estava errada? Ele conseguiria concluir se não tivesse sido atingido pelo brasileiro? Ele foi afoito mesmo? E se fosse Massa no lugar de Magnussem? O que todos estariam dizendo? E as perguntas sobre Felipe são: Onde estava o carro 19 no momento em que tudo começou e qual sua trajetória? Resposta (fato 2): Estava em uma trajetória reta pela esquerda, do lado de fora da pista fazendo a tomada para acurva que se aproximava e resolveu tangenciar vindo da extrema esquerda para direita onde encontrou o carro de Kevin no momento em que este cedia espaço para o carro 77. Sua manobra estava errada? Ele conseguiria concluir se não tivesse atingido o McLaren? Não teria ele sido afoito? E se fosse Massa no lugar de Magnussem?
    E agora ele vem a público pedir calma para os pilotos novatos quando o que me parece é que ele é quem realmente precisa se acalmar. Lembrem-se ele recebe salário. Bottas não nem Felipe Nasr.

  • Olhando por esse ângulo acho que o menos responsável pela colisão foi o Massa. Mas logicamente… corridas são corridas… Quanto aos Jovens, normal que tenham o ímpeto mais forte… Quem não o foi, certamente não está mais na F1…

    • Tenha dó ,meu caro;tenha só um pouco de bom senso o seu pilotinho alterou a trajetória no minimo duas vezes e optou sempre pela mais errada,e mesmo que perdesse a posição para Magnussen ,ele com toda “experiência “que tem deveria saber que tinha carro para ultrapassar o jovem piloto em poucas voltas pois a McLaren não é um foguete em retas como a Williams,não tinha a necessidade de fazer uma manobra tão ESTUPIDA na primeira curva da primeira volta de um GP,isto é coisa de principiante afoito e inexperiente,não de quem já passou das 200 largadas.
      Pachequisse exacerbada é ridícula,e maior cego é o que não quer ver a realidade.Até o Gagalvão percebeu de quem era o erro e pouco falou sobre o assunto,para não ficar no ridículo,só disse que era coisa de corrida(talvez de carrinho bate bate,lembrando quando ia com os filhos no parquinho da Disney).

      • Você alguma vez disputou corrida de alguma coisa? F1 no playstation que seja? provavelmente não né… Olhando agora do conforto da sua poltrona é muito fácil… rsrsrs

  • Após rever a imagem da batida do Massa várias vezes tirei uma conclusão: o Massa deve tá ficando velho pra essa garotada que tá correndo hoje aí. Numa largada sai todo mundo embolada e é lógico que todo mundo quer passar todo mundo e todo mundo mete o nariz em alguma brecha. Me parece que ele acha que todo mundo, por ser mais novo que ele, tem que tirar o pé pra ele fazer a curva sozinho. Gosto muito dele, ótimo piloto, mas que tá estranho tá. Na minha modesta opinião ele foi o culpado pela batida.
    Um abraço a todos.

  • Pílulas do dia seguinte é imbatível… Esse “sobre ontem” parece o “about last night” que as menininhas publicam com um sustenido na frente naquele Instagram, para compartilhar as breves saias que vestiram na balada de sábado com a macharada babona de plantão.

  • O que interessa é que o Alonso deu uma bela cutucada em Raikkonen e Massa, ao declarar:

    – Nos construtores, claramente perdemos um pouco de terreno para a Williams, que foi ao pódio. Nós estamos contando com um carro só novamente e teremos que melhorar para a próxima corrida.

    “Correr com um carro só”, disputar o campeonato privilegiando só um piloto…esse tipo de choradeira que ouvimos do Barrichello, do Massa (Na Ferrari) e hoje Alonso já manda o recado para Raikkonen e seu fraco desempenho nesta temporada.

    Quem pode, pode.

    Raikkonen não ajuda a melhorar o carro, só bate boca pelo rádio e não traz resultado nenhum.

    Desapega. Aposenta Kimi.

  • Concordo com Victor Martins. A entrada do Safety Car provavelmente não mudaria muita coisa nas três primeiras posições. Mas a decisão de não colocá-lo na pista me pareceu mesmo “pachecada germânica”. No calor da prova é difícil analisar se ajudaria ou não o rival do alemãozinho, então, “vamos deixar como está”, devem ter pensado… Talvez a Mercedes prefira mesmo ser campeã com um piloto alemão (e, principalmente, que está na equipe desde a sua criação). Mas acho que talvez ele não precise da ajuda interna para vencer Hamilton. Vale lembrar que Nico sempre foi um piloto rápido e constante, que venceu tanto quanto o inglês nas categorias de base e sempre detonou seus companheiros de equipe – inclusive o temível Schumy (tudo bem que ele estava fora de forma). Foi Nico quem venceu com um Mercedes meia boca antes da chegada do Inglês. Acho até injusto colocar toda evolução da Mercedes da conta do britânico e jogar no lixo cinco anos de trabalho árduo do alemão no time prateado. A mudança de regulamento – e antes disso de boa parte do Staf técnico – com certeza tem muito mais peso na evolução do time. Hamilton pode até ser mais piloto, embora nem sempre o mais rápido seja necessariamente o melhor (Jason Button que o diga). E Nico tem sim, talento e regularidade o bastante para segurar o ímpeto do inglês, sem a ajuda de ninguém. É só não dar bobeira…

    • Primeira coisa que observo sobre seu comentário é que chamar Nico Rosberg de “alemãozinho” é no minimo de uma pobreza impar,pois ele deve ganhar em um mês o que muitos não ganham em anos(talvez você,pela sua arrogância,ganhe),segundo muitos gostariam de serem alemãeszinhos,pois a Alemanha ,mesmo sendo destruída em duas guerras no século XX é a maior economia da Europa, E o país dos Alemãeszinhos tem os criadores dos principais motores a combustão,as montadoras referência no mundo(que são próprias,nascidas e desenvolvidas no país). Quanto ao Lewis Hamilton,pelo que eu saiba ele é um excelente e rapidíssimo piloto mas não creio que ele tenha graduação em engenharia mecânica ou aeroespacial para desenvolver um carro de competição tão sofisticado em tecnologia de ponta como um F1,aliás;atualmente piloto não decide nem qual a relação de marcha que quer usar,que dirá coisa mais profundas e que exige maior conhecimento técnico.O que ele pode fazer(se bem que duvido ser possível com tão pouco tempo de treinos) é na geometria de suspensão e adendos aerodinâmicos ajustar o carro a sua características de pilotagem e só!O resto é conversa de botequim de quem acha que entende alguma coisa de automobilismo e fala muuuuuuiiito.

  • 1- acidente de corrida.se tiver algum culpado é o massa

    2- foi estranho pelas condutas anteriores mas aceitável…para isso servem as bandeiras amarelas localizadas. como torcedor, queria mais é que houvesse o SC pra embolar tudo.

    – to fazendo o que a familia pediu…esquecendo o schummi

    – substituição eu não sei..mas que ajuda a simona pra 2015…certeza!

    – o Kanaan que pegou 2 pódios. gravado ou ao vivo, vejo tudo.(f1, indy e gp2) helinho é lider e faltam 4 corridas. 2 mistos e 2 ovais.

  • Querem apostar que na última corrida da temporada, com a pontuação valendo o dobro, o carro do Hamilton vai apresentar algum problema???? A máfia da F1 é forte…um grande business, como diria Flávio Briatore!! Interesses (U$…) em primeiro plano e o esporte em segundo!!

  • Eu ainda nao concordo com a opiniao da familia de nao querer dar notícias, posso até respeitar. Schumacher fez toda sua fama e fortuna por causa do público da F1. Nao fosse o público, nao existiria tanta fama, sucesso, dinheiro e tudo mais envolvido. Quando ele corria, seu público sempre estava lá para o prestigiar e ele sabe que precisava do público, caso contrário seria somente mais um zé ninguém como é o caso da maioria das pessoas no mundo. Se ele está surpreendida com o apoio dos fas ou é porque é uma alienada ou porque nao tinha nada de útil pra falar! Do mais…. Keep Fighting Michael!

  • Achei duas coisas: 1) O Bottas nãoa deveria jogar se carro pra cima de seu companheiro de equipe na largada. 2) O Felie Massa não deveria tangenciar a curva omo se estivessa na 20ª volta. Pra mim a cula maior foi dele mesmo.

  • Acidente de corrida. Mas acho que era mais fácil o Magnussem evitar. Podia ele ter levado a pior. Não tinha a visão total mas quando o Bottas saiu de sua visao, tinha tempo pra evitar.
    Não daria o safety car. Colocaria no local um bandeira amarela mesmo, tinha espaço de sobra para os demais passarem. A F1 tem que ficar longe dos padrões Indycar de voltas sob safety car. O carro ficou em posição perigosa? Sim, até que ficou. Mas havia espaço pra resolver sem “parar” a corrida e influenciar no resultado, independente de quem estava na frente ou atrás.