VENDIDA

vendidacat

RIO (mais uma) – A Caterham já era. Ou, ao menos, do jeito que a conhecemos, com o malaio Tony Fernandes à frente. A equipe anunciou hoje oficialmente que tem novos donos, com efeito imediato. São eles os caras de “um grupo de investidores da Suíça e do Oriente Médio”. Colin Kolles intermediou a negociação. O Rodrigo Mattar é fã dele.

Hum…

Bem, não sei quem são. Nem quanto custou. Christijan Albers, ex-piloto holandês, é o novo chefe. As nanicas de 2010, assim, agora estão todas em outras mãos. A Hispania mudou de dono antes mesmo de estrear. Depois foi vendida de novo e depois fechou. A Virgin era do dono da Virgin e agora é dos donos da Marussia. E a Caterham, nascida Lotus, passa a investidores misteriosos.

O nome Caterham será mantido. Mas é por enquanto. A Caterham que faz carrinhos esportivos de é de Tony Fernandes, ainda. Impossível prever qualquer coisa quanto ao futuro dessa equipe.

Comentários