BACK TO LIFE

SÃO PAULO(palmas) – Olhem que legal isso… A Penske restaurou o caminhão que a equipe usava quando venceu pela primeira vez as 500 Milhas de Indianápolis, em 1972 — foram 16 no total. O piloto, na ocasião, era Mark Donohue, a bordo do #66 Sunoco McLaren Offy — americano adora colocar os patrocinadores no nome do carro. O caminhão era um Fleetstar azul conhecido como “The Blue Hilton” e foi usado pelo time até 1983. Levava, também, os Porsche de Can-Am para cima e para baixo.

[bannergoogle]Abandonado numa pequena cidade de Illinois sabe-se lá quando, ele foi encontrado em 2015. Estava à venda e quem viu o anúncio numa revista foi um velho funcionário da Penske. Foram atrás do dono, um certo George Boyd, que o usou para corridas depois de comprá-lo da Penske. Era o segundo dono.

Depois de constatado que era o “Blue Hilton”, a equipe fez uma oferta, comprou de volta e, depois de oito mil horas de trabalho na empresa de caminhões da Penske, ele terminou de ser restaurado. A pintura reproduz a original — nada de adesivos, letras pintadas a mão — e ele ficou pronto a tempo para o aniversário de 80 anos de Roger Penske.

Grande exemplo de preservação da história.

blue-hilton-now

Comentários