MENU

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017 - 17:20F-1

FORCE INDIA VJM10

SÃO PAULO (vai, Lusa!)Hoje foi dia da Force India. O VJM10 foi apresentado em Silverstone, que fica do outro lado da rua onde está desde sempre fábrica da equipe — sucessora da Jordan. Meta ambiciosa para 2017: ficar em terceiro no Mundial. Dá? Dá. Terceiro, no caso, significa terminar a temporada atrás de Mercedes e Red Bull e à frente da Ferrari. No ano passado, o time acabou em quarto, um resultado surpreendente, deixando a Williams para trás. Ambas com motores Mercedes. Foi uma façanha e tanto.

Bater a Ferrari é meta plausível, porque os italianos reformularam a equipe de cabo a rabo na parte técnica e, sinceramente, essas coisas não costumam dar muito certo quando se trata de Maranello. Saberemos depois dos testes de Barcelona se os objetivos poderão ser alcançados. Mas, desde já, posso jogar minhas fichas nas duas primeiras — Mercedes e Red Bull — sem muito medo de errar. Na Ferrari em terceiro eu não jogaria muito, não.

A dupla de pilotos é boa. Sergio Pérez fez um ótimo campeonato em 2016 e Esteban Ocon é um garoto muito promissor. Foi locado à Force India pela Mercedes, que aposta muito no seu futuro. Motor bom, estrutura estável, pilotos qualificados, bom retrospecto recente, tudo parece conspirar a favor da equipe.

O carro veio pintado de prata e preto, com detalhes em laranja. Vijay Mallya, dono do time — que batiza os carros, inclusive, com suas iniciais e o número que indica ser este o décimo modelo de sua já não tão curta história –, continua às voltas com a Justiça de seu país. Deve para Shiva e todo mundo, mas misteriosamente não vai à falência.

Do ponto de vista técnico, o degrau no bico difere dos carros já apresentados, assim como sua extremidade. O formato tosco da barbatana atrás da tomada de ar não significa nada. Lucas di Grassi, ontem no “Paddock GP”, contou que nessas apresentações oficiais ninguém mostra nada “de verdade”, para que os outros não copiem. As cerimônias servem mais para mostrar pintura, layout e patrocinadores do que para qualquer coisa.

Ficará em terceiro, a simpática Force India? Torcerei para isso, gosto quando as pequenas derrotam as grandonas. E crise na Ferrari sempre é divertido.

Motor Racing - Sahara Force India F1 VJM10 Launch - Silverstone, England

Claro que passei o dia telefonando para Silverstone até conseguir o número de um velho contato ainda dos tempos da Jordan que hoje ocupa alto cargo na equipe indiana — inclusive se converteu ao hinduísmo. Pedi a ele uma entrevista formal por WhatsApp, hoje é tudo WhatsApp, e ele topou, desde que não fosse identificado. Segue a íntegra, já traduzida.

Flavio Gomes (FG) – Como vai, faz tempo, hein?
Fonte da Force India (FdaFI) – Brahma esteja convosco.

FG – Brahma não dá. Gosto de Amstel e Estrella Galicia.
FdaFI – Gelada, amigo, qualquer uma.

FG – Concordo em parte.
FdaFI – Eu tomo até quente.

FG – Bem, podemos conversar sobre o carro?
FdaFI – O que você quer saber?

FG – Por que escolheram prata e preto?
FdaFI – Porque só tem carro prata e preto por aí hoje.

FG – Tem vermelho também.
FdaFI – A gente não quer ser confundido com carro ruim.

FG – Essa barbatana branca é de cartolina?
FdaFI – Acrílico.

FG – Mas pode?
FdaFI – Era o que tinha mais barato, mas vamos trocar.

FG – E vai ser nesse formato tosco, mesmo?
FdaFI – Fizemos testes. Ela melhorou muito os fluxos de ar à direita e à esquerda. E por baixo do carro também. E por cima. É uma peça incrível.

FG – E aquele degrau ridículo depois do cockpit?
FdaFI – Somos uma sociedade de castas. Na nossa cultura milenar, bico de carro vale menos do que cockpit, o degrau indica isso, que para um bico um dia virar cockpit, terá de subir muitos degraus.

FG – Você tá me zoando, né?
FdaFI – Não, foi o que falamos para o Vijay para explicar essa coisa horrorosa.

FG – E ele acreditou?
FdaFI – Claro que não, mas disse que sim.

FG – Por que ninguém prende esse cara?
FdaFI – Porque ele é da casta dos comerciantes.

FG – Bom, e os pilotos? O que você espera deles?
FdaFI – Não falo com pilotos, eles são dalits.

Nessa hora, achei melhor me despedir e desliguei.

29 comentários

  1. Guga Gordilho disse:

    Foda! Esse furo foi foda. Melhor entrevista de 2017. Mas não tô botando fé nessa porra de carro. Feio pra cacets. Mas o que vale e pista.

  2. J Fernando disse:

    Gostei de todos os carros. Só não gostei da “barbatana” nesse Force India.
    O mais bonito até agora é o da Sauber.

  3. Luís Otávio disse:

    Esse cara aqui https://www.youtube.com/watch?v=5mLjUSoydfs fez uma análise muito legal do VJM10, comparando com o carro do ano passado. Vale a pena assistir.

  4. Rocker disse:

    Ainda não perdeu a cara de pilha Ray-O-Vac.
    Feio que dói.

  5. Alessandro Silva disse:

    E nasceu o carro mais feio da temporada! Pode apostar. Não vai ter outro pior que isso. Na verdade não pode haver nada pior, isso é definitivamente o fundo do poço. Do bico à pintura o carro já nasceu morto.
    Que deus o tenha!

  6. René G Barreto disse:

    “Deve para Shiva e todo mundo”, kkkkkkk, rindo até agora!!!

  7. Felipe disse:

    Os carros tinham tudo para serem mais bonitos este ano com asas mais largas e baixas, além dos pneus mais largos, mas esta barbatana estragou tudo.

  8. Francisco disse:

    As conversas entre vc e suas fontes são fodas! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  9. Boca disse:

    Não há nada demais em “olhar pra frente” e querer o terceiro posto no campeonato.
    Mas a Ferrari fez isso entre 2015 e 2016 e a RedBull atropelou.

    A Force Índia fará muito se repetir o quarto lugar do ano passado, e até se ficar no top 5 vai ser muita coisa.

    Esse quarto lugar vai ser bem disputado:
    Willians
    Mclaren
    Renault
    Force Índia
    Toro Rosso

    Imagino que todas essas estão na briga, ficando o top 3 destinado a Mercedes, RedBull e Ferrari, nesta ordem.

    Ps: carro feio bagarai, inclusive o esquema de cores.

  10. Rafael disse:

    Feio como sempre o Force India.

    E Vettel e Raikkonen não vão andar atrás dos indianos!

  11. … as raríssimas crises da Ferrari são tristíssimas, não são divertidas!
    As entrevistas são sensacionais, e esta é a melhor até agora!

  12. marcos bertolo disse:

    pqp Flavio essas entrevistas com suas fontes são foda kkkkk

  13. marcos bertolo disse:

    pqp Flavio…essas entrevistas com as suas fontes são foda kkkkk

  14. Carlos disse:

    Excelente. Foi s melhor até agora!!! Quero ver o bate papo c alguém da ferrari!

  15. Douglas disse:

    O carro feito da peste, a conversa pelo WhatsApp de novo muito boa kkkk, parabéns Flávio.

  16. Kkkkk disse:

    Kkkkkk, essa foi boa. A FI levou os bicos curtos a um outro nível. Ano passado em algumas corridas a FI esteve bem melhor que a Ferrari, disse isso aqui e quase fui apedrejado, kkk.
    Crise na Ferrari com o chiliquento do Vettel não tem preço.
    #GoKimi!

  17. Eduardo_SC disse:

    Sei lá, tinham que proibir essas barbatanas. E esses bicos fálicos também.

  18. moisesimoes disse:

    - Bem. Fazer a casta, digo, o degrau já é algo diferente dos demais. Também simpatizo com a equipe, e espero que a feiura funcione. Mas se a moda pega, a gente vai ter esse modelo daqui pra frente? Espero que não.

    Smirnoff sai e entra Johnnie. Veremos Brahma?

  19. Zé Maria disse:

    Curioso, a Inglaterra tá parecendo o Brasil, onde todos os encrencados ainda estão soltos por aí. . .
    O pilantra do VM, segundo consta com prisão preventiva decretada pelos indianos e pedido de captura imediata para deportação solicitado aos britânicos (corrijam-me se eu estiver equivocado), aparece na festinha todo faceiro, chegando inclusive a comer alguns brigadeiros e matar a sede com um Caçulinha e uma Grapette e nada!!
    Nenhum oficial de justiça para executar a ordem?
    Tá certo que ele não é o único bandido da categoria, muito pelo contrário, mas é a batata dele que está em processo de cocção avançado agora. . .
    Desse jeito, essa brasileirada toda que segue escorregando mais que bagre ensaboado das garras da nossa justiça (vai em minúsculas mesmo!), pode pegar gosto pela garoa, neblina, frio cerveja quente e fish&chips dos brits e acabar dando wazary para a terra da rainha. . .
    Quanto ao carro, deixa prá lá, mais do mesmo como sempre, apesar do parça do FG haver assegurado que houve particular cuidado em relação à otimização dos malditos, indesejáveis e inevitáveis fluxos de ar!
    Quem me dera a F1 fosse disputada no vácuo, daí um abraço aos ditos-cujos!
    Abraço.
    Zé Maria

  20. Cenzi disse:

    Degrau à la Caterham, ridículo. Conseguiram fazer um carro mais feio que a Sauber.
    Quanto à Ferrari, mais uma reformulação. Que época bisonha o Vettel foi pegar.

  21. Victor Manoel disse:

    Hahahaha, Flavinho, quando li “Brahma” sabia que vinha tiração de onda pela frente :D

  22. Marcelo disse:

    Corrigindo : é um dos carros mais feios que já vi.

  23. Marcelo disse:

    Acompanho a fórmula 1, desde 1991 e afirmo que, sem sombra de dúvidas, é um dia carros mais feios que já vi. PQP !!!!!!

  24. Luis Felipe Silva disse:

    Quero crer na McLaren como terceira ou, quem sabe, segunda força, mas tá difícil. Adoraria ver o Alonso com carro pra brigar de igual pra igual com o Hamilton.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>