Comentários

  • Isso já ocorre desde o fim dos anos 90, com a sequência de trocas de equipes e já chegou em equiipes que nessa época estavam no topo com o Williams e a McLaren. Se não houver um equilíbrio de cotas, a categoria toda vai sofrer.

    Sobre o pacto da concórdia, a regra de unanimidade é absurda pois é idealista pq simplesmente não existe unanimidade! Aí ela torna a categoria absurdamente inflexível.

    Tem que ser dois terços para aprovação, aí a coisa anda.

  • Permita-me discordar.

    Mclaren tem grana pra chuchu. Honda então, nem se fala. Tiveram Alonso e Button e mal conseguiram marcar pontos. Falar que a Mercedes vence por causa da grana é simplista demais!

    Algumas “corporações” bem ricas que não prosperaram por falta de competência e não por fata de grana: Honda, Toyota, Bmw, Virgin (tem pouca grana) e Ford (Jaguar – pagando zilhões para o Irvine) para ser bastante raso no levantamento histórico.

    Zek, papinho de perdedor. Grana se viabiliza, se levanta. Agora, ninguém põe grana em algo que sabe que vai perder por incompetência técnica.

    Formula 1 é e sempre foi o suprassumo da competição em todos os níveis. Que continue assim.