MENU

Friday, 11 de January de 2019 - 0:38Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10”: VAI, JP!

17 comentários

  1. Paulo Fonseca says:

    Prezado F&G : Tudo leva a crer que o Piloto JP, teve uma puxada de tapete,com viés de perseguição política interna da empresa NISSAN ,uma vez que CEO Carlos G. em cana no Japão,será forçado a firmas um acordo de leniência, ou confissão mitigada, o efeito colateral respingou na carreira do Piloto. Isso ocorre nas grandes equipes.

  2. Gabriel Medina, O outro says:

    Eu ficaria no Super Gt, passando pra GT300 a bordo de um GT3, isso abriria um mercado gigantesco nos vários campeonatos que usam esses carros, principalmente na europa.

  3. Luís Renato says:

    Off topic: Viu a estória do fusquinha de 51 anos, Flavio? Bacana o vídeo da Volkswagen USA: https://youtu.be/VxeslTCGjaU

  4. Paulo Rickli says:

    Não acredito e nem gosto de teorias conspiratórias , mas é preciso identificar e constatar tendencias ..
    Quando um país como o nosso resolve embarcar numa aventura fascista imbecil e que ao mesmo tempo revela parte daquilo que realmente somos , é preciso reconhecer as consequencias nos mais diversos campos e contextos .

  5. Luciano Vido says:

    Vem pra Stock Brasil . Se aposenta campeão .

  6. clodoaldo lelli says:

    puts vc foi lembrar logo do rubinho teve uma chance de ser campeão com a brawn e perdeu pro botton mas não foi só isso ficou em terceiro atraz de um moleque chamado vettel, o cara não conseguiu nem ser vice em um campeonato que a equipe dele sobrou e muito

    • Marcos Ferreira says:

      Ainda bem que não se lembrou de você. O Rubinho tem 2 vice-campeonatos e 2 terceiros lugares. Nesses campeonatos ele tinha como companheiro nada mais do que Schumacher e na equipe inglesa Braw ele tinha como companheiro um inglês. Se isso não importa muito, dá para se entender que você não entende mesmo de automobilismo.

      • clodoaldo lelli says:

        cara perdeu pro button que esta longe de ser um piloto brilhante gente boa e tal mas assim como damon hill daqui uns anos ninguem vai lembrar dele e esse papo de a o companeiro era o shumi ou o button é ingles é desculpa o massa desbancou o kimi na ferrari antes da molada na testa pra não comparar com o piquet que venceu o mansel com a williams toda apoiando o ingles descaradamente
        .
        não desmereço os feitos do rubinho mas o que conquistou na sua carreira era o que estava ao seu alcance do seu talento só isso

      • Zanetti says:

        Em 6 anos cujos companheiros de equipe foram campeões, o Rubinho teve dois vices. No outros 4 anos e com o melhor carro, nem isso conseguiu.

        Pela escrita, você não entende nada da Língua Portuguesa. Pela lógica, não entende nada de automobilismo.

  7. Gustavo says:

    É apenas coincidência, ou existe alguma relação entre a saída de JP com a de Carlos Ghosn da Nissan?

    • Claudio Lac says:

      Eu queria saber a mesma coisa. Alguma relação pelos dois serem brasileiros? Para mim não faria muito sentido.
      Será que por ele ser crítico do Bolsonaro ao mesmo tempo em que a maioria do meio automobilístico é pró governo, isto poderia atrapalhar uma possível volta dele às corridas nacionais? Levando em consideração o nível de ignorâcia de alguns Bolsonaristas..

      • Ricardo Bigliazzi says:

        Ditado Maçon: “Os fantasmas sabem para quem tem que aparecer”.

        Segue o jogo

      • Marcos Ferreira says:

        Não viaja Claudio, não deve nem passar na cabeça dele voltar para o automobilismo nacional. Como a grande maioria das cadeiras ocupadas, inclusive no automobilismo nacional, esse ano ele deve fazer uma ou outra corrida e esperamos que ele venha forte em 2020.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *