MENU

Wednesday, 2 de October de 2019 - 17:42Foto do dia, Indy, IRL, ChampCar...

FOTOS DO DIA

A Indy começou os testes com o aeroscreen, que o pessoal do Grande Prêmio, no último “Paddock GP”, considerou mais bonito que o Halo. Quero saber a opinião de vocês.

62 comentários

  1. CRSJ says:

    O Halo da Indy tem uma cara de viseira do piloto, só que numa escala bem maior, se bater alguma coisa nele deve rachar.

  2. Zempa says:

    Meteram um parabrisa de Brasília no carro…

    Horrível.

  3. Roberto Borges says:

    Só para endossar o coro!
    Coisa tosca e horrorosa. Transformem em capota completa de uma vez, fica menos feio.
    Já que vão acabar com a LMP1 no WEC, podem passar a usar o mesmo tipo de carro na Indy. Ao que parece é esse o rumo dos saudosos monopostos abertos…

  4. Rodrigo says:

    Levando-se em conta que é um protótipo e que a tendência é que o design final seja mais integrado à carenagem, vai cair no mesmo do halo; já, já vira ponto cego também. Mais um passo rumo ao cockpit canopy.

  5. Wbj says:

    Mais feio que bater na mãe de vassoura

  6. Franco says:

    Halo ou aeroseilaoque … os dois são feios!

  7. joao says:

    lindo demais !!!
    um pouco estranho na vista frontal, mas é como o halo.

    Mil vezes mais legal e com uma solução bem mais segura.

    Indy 1X0 F1

  8. Gabriel P. says:

    Muito mais feio que o Halo e mais perigoso, pois vemos na câmeras dos carros, como voa óleo, esse vai ficar “emporcalhado” e sem visão ao final da corrida.

  9. Jonatas says:

    Muito feio, parece parabrisa de caminhão de tão grande.

  10. RODRIGO WAGNER DE SOUZA says:

    Na F-Indy não correm com chuva.
    Imagina esse “parabrisas” na Belgica, num daqueles dias?!
    Além de tudo é um ítem tosco.
    Não entendo porque nao inspiram-se na aeronáutica, e colocam uma bolha de um material super resistente, num formato como o do “Carcará”, o veículo da DKW Vemag construído para bater recordes de velocidade.

  11. Jonny'O says:

    Podem enfiar o que quiserem nestes carros, monomarca não vejo mesmo.

    Quanto ao modelo de segurança ,ache muito ruim, feio, na época achava melhor que o halo ,mas agora mudei de ideia ,olhando de frente é horroroso , antes enfiassem de vez uma capota a mode de um sportcar .

    Se preparem alpinistas e afins do voo livre, quando este povo mimimi chegar a té vocês………..
    Enquanto isso nas estradas, nada de gaiola de segurança nos carros ou áreas de escape nas curvas das estradas, e as centenas de pessoas que morrem nas estradas que se danem , que continuem arriscando suas vidas nestes carros de papel.
    É assim que vejo o automobilismo hoje, perderam a noção do ridículo, a noda agora é ……..”querem só de divertir” !

    • McLaren-12 says:

      Isso!

      Vamos enfiar gaiolas de segurança nos carros, vamos comprar carros sem consultar a nota de segurança, vamos aumentar o limite de velocidade das vias e também número máximo de pontos de infração na CNH. Se a cassarem, a gente paga um dinheirinho e a consegue de volta rapidinho.

      E vamos continuar andando acima da velocidade permitida, vamos ultrapassar em local proibido, vamos dirigir alcoolizados e com sono, vamos disputar racha, vamos disputar corridinhas com um desconhecido, vamos mandar aquele caralho de mensagem de texto urgentíssima com o carro em movimento, vamos cagar para o pedestre esperando para atravessar na faixa, vamos enfiar a alavanca de seta no cu, já que não a usamos, vamos cruzar faixa contínua, vamos ultrapassar pela direita, vamos andar no corredor de ônibus para ultrapassar os trouxas das outras faixas, vamos deixar para entrar no acesso lá no limite, enquanto os mesmos trouxas estão horas na esperando na faixa correta. Por fim, vamos dirigir sempre com pressa, pois nosso tempo é muito mais importante que o do outro.

      Se morrermos ou matarmos alguém, a culpa será da falta de gaiolas nos carros ou da falta da área de escape nas curvas.

      No trânsito brasileiro, não existe inocentes!

  12. JP says:

    Na época do “ralo”, quase todo mundo aqui falava que uma proteção de vidro/acrílico seria melhor. Sinceramente gostei mais da solução da Indy. Quanto à dificuldade de visão em caso de sujeira/chuva…..espero que eles estejam pensando nisto.

  13. Paulo Renato Lima da Costa Filho says:

    Opinar sobre esse assunto é igual a opinar se é mais feio bater no pai ou na mãe.

  14. Daniel says:

    Só eu fiquei com a impressão de que o da penske é menor e mais ajustado ao desenho do carro?

  15. Wanderson Marçal says:

    A Indy era a última que faltava. Agora a tampa está devidamente fechada. Aqui jaz uma modalidade do automobilismo que encantou a muitos e que costumava atrair caras destemidos que tinham bolas, coragem e que fascinavam justamente porque estavam desafiando o perigo de forma insana. Estas tiriças criadas no apartamento da avó à base de leite com pêra, cujos retratos mais bem acabados de bunda-molice se fazem representados em Jenson Button e Felipe Massa, só querem ganhar milhões, postar fotos no Instagram, curtir festas da high society e comer gente. É uma desgraça.

    No mundo de dodóis para o que tudo que foge da sensação de hiper-proteção dos seus apartamentos de classe média murados em condomínios fechados representa perigo, assédio, preconceito e barbárie; na era dos MeToo, na era dos snowflakes, na era do VAR, o open wheel tal qual conhecemos e corridas de carros não são aceitáveis.

    Uma geração de merda, de gente merda, de consensos merdas, tá tornando tudo que era bom em uma merda. This is it.

    • Jonny'O says:

      ……. è rapaz, enfiaste o pé na jaca, mas gostei !

    • António barbosa says:

      Concordo com tudo o que você disse e acrescento, aqui em Portugal corre o movimento para não se comer carne para não prejudicar o planeta, o lobby gay e do politicamente correcto manda em tudo, carro de corrida vai passar a ter autocolante com indicação de bebé a bordo e autocolante com limite de velocidade para 50…e ainda comparam estes meninos cheios de medo de andarem em carros abertos com os outros… Kkkkkk, não querem risco? Fiquem em casa a ler um livro… O mundo do politicamente correcto e do lobby do eléctrico vai acabar de vez com o automobilismo, antes de darmos um pum para o ar temos que ter cuidado por causa do efeito estufa… Bom o que me salva é que para a semana vou ter no circuito do Estoril os F1 históricos, daqueles abertos, com pneus gigantes, cheiro intenso a gasolina e a borracha queimada é cheios de patrocínios de tabaqueiras, com caixa manual e barulho que se ouve a 5 km… Até ao dia em que o politicamente correto proibir tamanha selvajaria, para a semana vou para os boxes do estoril ouvir, ver e cheirar os F1 Classic como um McLaren MP4. 1…. Até ao dia em que o politicamente correto proibir.

      • Wanderson Marçal says:

        O futuro do automobilismo é um gordo tetudo comedor de Doritos e Coca-Cola atrás de um computador ganhando campeonato dos tais E-Sports e sendo chamado de atleta. E vai ser bem feito pra esse bando de bunda mole que enchem o rabo de dinheiro e ficam querendo botar banca. Se os caras têm medo de expor a cabeça, por que diabos não vão correr no turismo? Não quer brincar, não desce pro play.

        O futuro são os e-sports. Até porque não falta muito pra concluírem que não vale à pena qualquer pessoa morrer atrás de um volante por conta de uma batida. Se for pra morrer segurando um volante, que seja um ligado ao computador e por índices elevados de colesterol.

    • Amaral says:

      Quanta ignorância.
      Só faltou dizer que bom mesmo era carro charuto com motor dianteiro e piloto usando luva e capacete de couro, e em toda temporada morriam três ou quatro.
      Se com tudo que temos hoje morreu um na f-2 e o outro tá todo estropiado nesse ano, imagina sem nada disso? Que noticiário esportivo virasse jornal sensacionalista de tragédias urbanas, relatando uma morte por dia?
      Evoluímos. Ponto. Aceite que dói menos. Não é mais aceitável um esportista morrer por não dar equipamentos de segurança que temos condições de desenvolver. Não estamos mais na década de 70. Já passou.
      Tem coisa Nutella no mundo, sim, mas segurança num esporte não é mimimi.

      • Wanderson Marçal says:

        Morreu e o risco de morrer sempre haverá porque trata-se de um esporte de risco. E quem decide correr nele deve estar ciente disso. Do contrário pede o boné e vai ficar atrás da televisão, como eu.

        Eu não sou contra o aumento da segurança desde que ela não afete o esporte. O cockpit sempre foi aberto. Durante 100 anos temos corridas de open wheel e daí acontecem um punhado de acidentes, raríssimos, e decidem fechar o cockpit. E você fala como se toda semana antes dessas trapizongas morressem pilotos. O open wheel já é extremamente seguro. O halo definitivamente é um capricho de uma geração que não quer lidar com as consequências das escolhas na vida — e uma delas, sinto muito, é se estrupiar num esporte de risco.

        Não vai demorar muito vai se tornar ignorância defender uma corrida do tipo da Indy500, afinal, onde já se viu carros andando em círculos a quase 400 km/h… Ó. E ignorantes somos nós.

  16. Wilhian says:

    Horrível!

    O Halo é feio, mas é mais simples visual e operacionalmente. Imaginem isso na chuva ou no calor intenso. Limpadores de para-brisa? Ar-condicionado?

    Sem falar que o reflexo impede a identificação do capacete/piloto.

    A Indy perdeu uma grande oportunidade para padronização de segurança, mas, como sabemos, a politicagem é maior que tudo isso.

  17. Leonardo Amorim says:

    E se chover, tem limpador? Bem, não é meu pescoço que está em risco, mas no quesito estético achei medonho.

  18. Flavio G. says:

    O Halo no começo parecia feio, agora me acostumei (acredito que tenham aperfeiçoado o desenho também), mas este aparato parece que minha filha de 3 anos desenhou e acharam legal encaixar no carro. Não tem fluidez com o desenho do carro. Enfim, mais feio que defender o Bozo ou falar Lula Livre (so’ para encher o saco de grego e troianos).
    Abs

  19. Alex says:

    A famosa “trapizonga”.

  20. Edgar Xavier says:

    Não podia seguir a linha do carro? Ficou parecendo aquela moto Amazonas….sendo ainda mais sincero: ficou horrorível (mistura de horroroso com terrível)

  21. FUMIO KURIHARA says:

    que coisa triste. tem alguma coisa errada na F1. lá no começo da historia do automobilismo era e sempre foi clara a diferença entre corrida formula e as de endurance. se o risco de acidente grave na formula está aumentando e estão colocando o halo, deculpe mas tem que voltar umas casinhas para trás e limitar o que é necessário para continuar com as diferenças de carro formula e endurance.

  22. OZZMAIR says:

    Deveriam acabar com os monopostos , substituir os F1 pelos LMP1 Híbridos , e substituir os Indy pelos DPi.

  23. Luis says:

    Tá mas uma pergunta? E para limpar isso ai? durante uma corrida o piloto usa sobreviseiras extras e vai tirando conforme suja. Imagine acumular sujeira e não conseguir limpar. Não vai acabar sendo perigoso?

  24. Clayton Araujo says:

    Bizarro!

  25. ALLAN PEREIRA GUIMARAES says:

    Cagaram no projeto!!! A abertura por cima da peça parece ter área maior que aquela do cockpit!!! Visto de frente, o protótipo parecia ver também de frente um Punto, agora parece um Sandero…

  26. Pedro says:

    É menos horrível, se é que isso seja algo bom. Por mim os carros não teriam nada sobre o cockpit, mas isso nunca mais vai acontecer.

  27. Andre H Tamura says:

    Talvez porque já tenha me acostumado com o halo, achei esse aeroscreen horrendo, horrível, horroroso. Trambolho gigante

  28. Thiago says:

    Bom, provavelmente ele já encaixado no chassi, sem ser só um protótipo instalado pra testes, deve ficar melhor. Em termos de proteção parece bem melhor, mas prefiro esperar os testes a noite e na chuva antes de ter uma opinião formada. Também deve esquentar mto o cockpit, já que o pouco de ventilação que ainda batia vai ser desviada pela viseira

  29. Bascuia says:

    Se colocar dois olhos, fica igualzinho ao Francesco, do filme Carros 2.

  30. Paulo Fonseca says:

    Prezado F&G : Eu gosto, fica melhorem termos de segurança, uma porca não transpassa e entra pela viseira do capacete ( case F. Massa), e outros pilotos que ficaram cegos , é uma peça muito singular nos aviões de caça, é chamada de canopi, peço que coloque fotografias de alguns F-1, dos anos 67/68/69/70, alguns tinham mais altos com aeroscreen, fica mais bonito e mais seguro que o hallo.

  31. Jack says:

    Acho que a beleza não importa nada e sim a eficiência. Aparentemente esse troço protege mais que o halo.

  32. Wbj says:

    A emenda ficou pior que o soneto. Coisa mais horrivel que o HALO, conseguiram….

  33. Paulo says:

    Jesus, e hoje acho o chinelão até bonito perto dessa marmota!!!

  34. Leandro says:

    De frente achei mais feio que o Halo, mas de lado é mais interessante.

    No fim das contas, já me acostumei.

  35. Parece meio tosco, meio improvisado. Espero que não seja em acrílico mas em policarbonato material 40 X mais resistente a impactos. Com toda a grana que existe nesta categoria poderiam tem investido em sistema de moldagem para o policarbonato.já que o shape dos carros é o mesmo , criando um canopy como um caça, ficaria top em termos de design, resistência e aerodinâmica. Para a F1 inicialmente estavam tomando este caminho mas justamente uma das dificuldades é que o molde para um canopy e muito carro e complexo e pela diferença de shape seriam necessários vários modelos.
    Indy se precisar a Short Motorsport esta por aqui. rsrsrs.

  36. Maurício says:

    Não preciso nem ver as imagens. Qualquer coisa é mais bonita do que o halo. Até eu!

    • Mauricio says:

      Nossa! Agora vi as imagens. O troço é feio pra burro!!!
      Vou mudar meu voto para nulo.
      Acho que deviam partir para cockpit fechado de uma vez. Fica ao menos mais elegante.

  37. Lagerbeer says:

    Fim da linha … tão lindo quanto um monster truck .. aff

  38. Celio Ferreira dos Santos says:

    Acho que os pilotos terão dificuldades de visão , principalmente lateral.
    Deveria ter a metade da altura..ainda sou o halo feio..

  39. Fabrício says:

    É melhor abandonar os fórmulas. Pega todo mundo, enfia dentro destes Transformers chamados LMP1 limita a 100 por hora e pronto, a geração leite de pêra e ovomaltino pode correr de automóvel em paz, sem riscos. Tudo o q esta geração quer. Não pagar pelos erros. Querem chegar atrasados no serviço e não tomar bronca do chefe, atrasar pagamentos e não pagar juros, roubar e não ser preso, correr de carro e não correr o risco de morrer. Puta bosta.

  40. Julio says:

    Ok, pelo bem da segurança e bla bla bla. Mas porque nao partem pro WEC direto? Tanto a indy como a F1

    • Jacob Lindener says:

      Pois é!
      Quando o halo foi lançado, argumentou-se que ele protegeria X % dos casos de acidentes em que peças ou carros inteiros atingem o capacete (não lembro a porcentagem agora), mas não na totalidade. O exemplo da mola que atingiu o Massa foi utilizado como uma situação em que o halo não seria eficiente.
      Na época me perguntei: porque não fecham logo todo o cockpit e resolvem essa questão de uma vez?
      O aeroscreen me parece muito mais eficiente que o halo, mas ainda permite que um pneu por exemplo, atinja o capacete por cima deste.
      Ainda poderemos ter pescoços quebrados por aí.

  41. Raul says:

    esse troço fez o halo ficar bonito

  42. marcio rezende says:

    Que trambolho! Já deviam por um teto e fechava o carro de uma vez.
    Tudo pela segurança.

  43. Plinio says:

    Tendo a achar mais bonito, mas isso é completamente irrelevante. Importa que, se bem ajustado, ele deve proteger bem mais que o halo, já que cobre uma área maior.

  44. Ricardo Talarico says:

    Mais bonito e mais eficiente, já que impediria a passagem de uma, por exemplo, mola…

  45. fredy says:

    A má liderança na ferrari realmente impressiona. Os caras querem inventar coisa que não existe. Isso desde a primeira corrida do ano, quando mandavam o vettel passar e despassar o leclerc no início da corrida. Um negócio sem sentido. Leclerc tem muito o que aprender mesmo. Era pra ter pego a parte interna da curva e deixar o vettel se virar. Não existe espaço para ser bonzinho nesse esporte. Custou-lhe a vitória. Mercedes mais uma vez precisa. Acho que a partir de agora todas as estratégias vão levar em consideração uma possível intervenção do safety car.

  46. Marcelo Saldanha da Silva says:

    Acho que poderia ter metade da altura que está, ficaria mais bonito.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *