SALDO HOJE: 8 CANCELAMENTOS

RIO(segurem-se) – Apenas atualizando os efeitos do coronavírus nos esportes a motor até hoje, 11 de março, considerando corridas canceladas e/ou adiadas: três etapas da Fórmula E (Sanya, Roma e Jacarta), quatro da MotoGP (Catar, Tailândia, EUA e Argentina) e uma da Fórmula 1 (China). Além disso, o GP do Bahrein de F-1 terá portões fechados.

E estamos falando apenas de campeonatos mundiais. Várias categorias estão cancelando provas ao redor do mundo. Em outros esportes, as consequências têm sido devastadoras. São torneios paralisados, jogos sem público e Olimpíada ameaçada.

E preparem-se porque as coisas no Brasil vão se complicar muito nas próximas duas semanas.

Comentários

  • Flávio, o vírus realmente não é tão mortal quanto lhe tomam, mas pode ser um problema sério aqui no Brasil.

    Imagine que daqui a uma, duas semanas dê um pico na doença e muita, muita gente fique doente (que seja gripada). Vai todo mundo no médico, quem tem o Corona ou quem tá com gripe ou até vresfriado ou rinite. O sistema, que já não funciona, ia se tornar um caos. Aí pessoas sensíveis, doentes, idosas iriam ter um tratamento pior, incluindo pacientes do vírus ou não. Ou seja podem aumentar as mortes sim. Drasticamente. De Corona, de Dengue, de gripe comum…

    E na economia o problema também pode ser grave, parando tudo. Imagine, por exemplo, que algumas professoras fiquem doentes. Iam faltar, deixando as crianças sem aula, que iria pra casa, fazendo que suas mães tivessem que deixar os empregos, causando um efeito cascata.

    Outro exemplo real, na Itália foi proibida toda diversão noturna até abril. Imagine todo mundo que vive da noite sem sustento.

  • E a ironia se completa, tipo Alonso vendo a RedBull vencendo corrida com motor Honda…

    23:56h – OMS declara pandemia;
    23:57h – Presidente minimiza coronavírus: “é culpa da imprensa”;
    23:58h – Secretário que viajou na comitiva do presidente testa positivo;
    23:59h – Presidente é monitorado, e faz exame;
    00:00h – Antiviral CUBANO é sucesso na cura de 1.500 chineses.

    Vai pra Cuba MITO!!!

  • Já está confirmado que a McLaren não participará do GP da Austrália, devido a um integrante da equipe ser confirmado com coronavirus.
    Honestamente, eu acho que a Ferrari também não deveria participar, pois está no ponto do planeta em que os casos mais se concentram, depois da China, até que se confirme que nenhum integrante esteja infectado.

    • Ao todo, são 12 funcionários da McLaren com o Covid. Me parece que não haverá F1 neste ano e os recordes de Hamilton não serão alcançados…
      Mas concordo que a mídia está exagerando no grau de periculosidade…