ALDIR

SÃO PAULO – Aldir Blanc também se foi. Num rabo de foguete. Encontrar o Henfil, o Betinho, e quem sabe o Brasil que tentamos fazer e fracassamos miseravelmente.

Comentários

  • “No estabelecimento do império da lei, os primeiros cinco séculos são sempre os mais difíceis.” Quando ex-premier Gordon Brown construiu esta frase tive o entendimento (otimista) de que ora, o Brasil com a constituição de 1988, prestes a completar os seus 5 séculos, estava sim no caminho de encontrar seu destino, de grande democracia ocidental…
    Hummm tolinho…li e acreditei no Sergio, pai do Chico, no homem cordial. Assenti q o softpower brasileiro, na boa era o Macunaíma…
    Nos inicio deste insano período 2014-202…., li Flavio Gomes (profetizou?!?!): “O Brasil se tornou o pior país do mundo para se viver”. A geração millenium diria, lacrou!
    Se eu nunca imaginei que viveria pra ver um golpe de estado, putz, vivi para ver mais. Para ver um Brasil, num mundo já numa encruzilhada civilizatória -crise climática, crise econômica, refugiados-, mergulhar numa inacreditável fossa de merda podre.
    Vivi para ler novamente FG, agora para constatar que sim, falhamos . Miseravelmente falhamos. Se antes da pandemia já não tínhamos motivo para sorrir, agora só temos motivos para chorar.
    Sem ilusão alguma, resta lamentar, os 5 séculos “para trasmente” e o futuro de gigante anão. “Taoquei?”

  • Mais uma morte a lamentar. Quanto ao Brasil… TODOS nós somos culpados pelo que vivemos nos dias de hoje.

    Uns pela incompetência (pratica ou sua defesa) e outros pelas picaretagens sem fim (prática ou sua defesa).

    Não adianta resmungar ou chorar. Tem que fazer o “mea culpa” e mudar.