ENCHE O TANQUE

SÃO PAULO(e a proporção?) – Meus blogueiros no exterior sempre têm prioridade nesta seção. Vamos à mensagem do Cristhian Camilo: “Estamos curtindo férias em Quedlinburg, a cerca de 200 km de Berlim, e meu sogro me mostrou esse dispositivo, que está numa casa vizinha à que nos hospeda. Esse cilindro era de um antigo posto de abastecimento de máquinas e carros que usavam gasolina e óleo. A segunda válvula de cima para baixo liberava a gasolina (Benzin) e, depois de colocar a quantidade desejada, quem abastecia mudava a alavanca para mistura (Gemisch) e completava com o óleo. Infelizmente, não há indicação da data em que isso funcionava. Abraços direto de Germânia!”.

Comentários