DE OLHO NA F-1

SÃO PAULO (sol, enfim) – Esse moço sorridente é Nyck de Vries, 26 anos, novo campeão mundial de Fórmula E pela Mercedes, que levou o título entre as equipes mas pode, nos próximos dias, anunciar sua saída da categoria. Audi e BMW se despediram hoje em Berlim.

De Vries quer a F-1. Toto Wolff estava lá assistindo. Ele já ganhou a F-2 em 2019. Se Russell substituir Bottas, é ele quem deve ir para a Williams. O jovem holandês venceu duas das 15 provas da F-E neste ano e subiu quatro vezes ao pódio. Foi a temporada mais equilibrada da história da categoria elétrica, que chegou à última prova do ano com 14 pilotos com chances matemáticas de título. Entre eles Lucas di Grassi, que fez corrida apagada, recebeu uma punição por jogar Antonio Felix da Costa no muro e encerra o ano sem ter onde correr.

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Amaral
Amaral
8 meses atrás

Que vá pra Williams caso Russell mude de ares.
A equipe, se continuar evoluindo, vai pro meio do pelotão. Pode se dar bem.
O espertão vai arrumar alguma coisa, mas não faço questão de torcer por ele. O mal do malandro é achar que todo mundo é otário. Se arrumar vaga de reserva em corrida virtual não vou ficar triste por ele. Pode ser reserva do Abt nisso.

Zé Maria
Zé Maria
9 meses atrás

F1 aos 26?
Já era, melhor se contentar com qualquer outra categoria.

João Paiva
João Paiva
9 meses atrás

Flavio, os comentários foram desativados?