NAS ASAS

SÃO PAULO (end) – O Mriya acabou. Está confirmada a informação que começou a circular no dia 27 de fevereiro, de que o Antonov AN-225 tinha sido destruído nos primeiros bombardeios russos no aeroporto Hostomel, perto de Kyev. De início, a própria Antonov relutou em ratificar os primeiros relatos, e um ex-piloto do maior avião do mundo chegou a dizer/escrever que a segunda unidade do AN-225, cuja construção nunca foi concluída, é que tinha sido atingida. O vídeo do link aí no começo do parágrafo não deixa mais dúvidas.

O Mriya (“sonho”, em ucraniano) é um gigante dos ares entregue em 21 de dezembro de 1988 como parte do programa espacial soviético. Sua missão original era carregar o Buran, ônibus espacial equivalente aos “space shuttles” da NASA. Em 1994 ele foi encostado na Ucrânia, depois da dissolução da URSS em 1991. Alguns anos depois foi restaurado e colocado de novo em condições de voo. Isso foi em 2001. Transformou-se no maior cargueiro do planeta. Em setembro de 2001, chegou a carregar quatro tanques de guerra pesando 253,8 toneladas. Em 2009, foi o responsável pelo transporte da maior carga individual já colocada num avião, um gerador para uma usina de gás pesando 189 toneladas.

O Mriya passou por aqui duas vezes, em 2010 e 2016. No vídeo abaixo, o pouso dele em Viracopos. Neste link aqui, mais imagens de suas visitas ao Brasil. E, aqui e aqui, vídeos do Lito Sousa, do “Aviões & Músicas”, que contam toda a história do An-225.

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Marcus Jose Witzler
Marcus Jose Witzler
2 meses atrás

Eu morava em Campinas e o ví no ar. Parecia uma nave espacial. Foi Incrível! Ele vinha numa curva e rolou para entrar numa curva para o outro lado. Parecia muito mais manobrável que o tamanho dele pressupõe; devia estar sem carga naquele momento. Uma pena, junto com toda a boçalidade do que está acontecendo.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
2 meses atrás

A destruição deste item “único” é um tapa na cara da humanidade. Um recado explicito do Sr. Putin que ele está pouco se fudendo para o que se passa e o que se passará.

Segue o jogo, ficam as imagens e a lembrança que o homem é capaz de fazer obras de arte que literalmente são capazes de voar.

Belo trabalho Sr. Putin… belo trabalho. (ironic mode on).

Almir Zago
Almir Zago
2 meses atrás

O Putin, está puto com esta putaria.

Miguel Cardozo
Miguel Cardozo
2 meses atrás

A destruição do An-225 é um ataque à um símbolo ucraniano, e à moral do país, pouco afeta a estrutura de transportes do país. Foi a destruição, não apenas de um “sonho”, mas de milhares.

Fábio Amparo
Fábio Amparo
2 meses atrás

Essa é a prova de que imbecis iguais ao Bolsonaro (ou tão ruim quanto ele, diga-se) existem no mundo inteiro e são capazes de qualquer coisa.

Isso sem falar nada inúmeras vidas perdidas até aqui (tanto de russos que estão indo lutar por obrigação quanto de ucranianos acuados).

Não bastasse uma Pandemia, tem mais essa…

Leandro martins
Leandro martins
2 meses atrás

Será q foi de propósito ou apenas uma infelicidade?? Tem partes do míssel próximo do hangar, acho q isso já afasta a hipótese dos próprios ucranianos terem o destruído, igual fizeram com seu navio de guerra…. Uma pena !!! A Rússia vai varrer a Ucrânia e toda sua história, igual os exércitos a mais de mil anos atrás faziam com as cidades conquistaram, garantiam a destruição de toda sua história e cultura para serem esquecidas….isso mostra o qnto evoluímos!!!!

Diogo Rocha
Diogo Rocha
2 meses atrás

Que coisa triste ver o mundo assim.

Independente de ideologia, influência, de quem tem razão ou não, acredito no que você falou, Flávio: não tem gente boa nisso aí.

Talvez como o Muricy Ramalho colocou um dia: “não tem almoço grátis, meu filho”.

Enfim. Que triste tudo isso.

Simplesmente não evoluímos.

Celio Ferreira
Celio Ferreira
2 meses atrás

Guerra : imbecilidade de alguns , para o sofrimento de muitos ,
A história diz que sempre é apenas UM lider que desencadeia
a destruição de sonhos , conquistas individuais…..

Zé Maria
Zé Maria
2 meses atrás

Pode ser que sim.
Ou que não.
Mas ouvi de fonte confiável que talvez tenha sido destruído pelos próprios ucranianos, evitando assim de cair nas mãos da Rússia.

Bento
Bento
Reply to  Zé Maria
2 meses atrás

Toda história (ainda que suja) tem dois lados… e nessa guerra, até agora, só estamos ouvindo e vendo um deles… o tempo, com sempre, dirá a verdade….

Megas Alexandros
Megas Alexandros
Reply to  Bento
2 meses atrás

Nem sempre o tempo diz a verdade. Na maioria das vezes, ficamos apenas com a versão do vencedor mesmo.

Evandro
Evandro
2 meses atrás

Puta que pariu, Putin.

Paulo Leite
Paulo Leite
2 meses atrás

Meus sentimentos de profunda tristeza. Os bárbaros invasores não poupam população, residencias, usina nuclear, quanto mais um simples avião.

Marcus
Marcus
2 meses atrás

Acho que foi Karl Krause quem escreveu que a guerra começa com a gente tendo a expectativa de se dar bem, depois se regozijando com a desgraça alheia e no fim constatando que todo mundo se ferrou.

Alexandre Neves
Alexandre Neves
2 meses atrás

Algumas cargas somente o Antonov 225 conseguia transportar, como por exemplo aquele gerador para o Chile.

André
André
2 meses atrás

As ações do Sr Putin estão sendo desastrosas. Alguém precisa pará-lo.

Carlos Pereira
Carlos Pereira
2 meses atrás

Quando até SONHOS são destruídos, Putin já pode se candidatar ao posto de maior Carniceiro deste inicio do século XXI.