FOTO DO DIA

Rudolf Ratzenberger com o capacete do filho em Ímola, na semana passada. Hoje faz 28 anos da morte de Roland Ratzenberger na classificação para o GP de San Marino de 1994.

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Rafael
Rafael
23 dias atrás

Reassisti a esse video semana passada, depois de 28 anos.
Não há a menor dúvida que o piloto teve parada cardiaca ainda dentro do carro, com tentativas frustradas de reanimação na pista.
Foi criminosa essa manobra de retirar o óbito da pista e levá-lo ao ambiente hospitalar.

Marcus
Marcus
Reply to  Rafael
23 dias atrás

Isso é praxe no automobilismo. Se o óbito é declarado no local, é preciso periciar e fechar o circuito, encerrando o evento. Um exemplo notório foi o Gordon Smiley, que foi literalmente estraçalhado em Indianapolis, e sua morte foi “constatada ” no hospital com o que sobrou dele.

Last edited 23 dias atrás by Marcus
Thiago Azevedo
Thiago Azevedo
24 dias atrás

O pai, com boné do autodromo, o capacete do filho nas mãos e usando agasalho da equipe… triste demais essa foto.

Jeferson Araújo Pereira
Jeferson Araújo Pereira
24 dias atrás

Nossos tataravós já diziam que a ordem natural da vida é filho/filha enterrar pai/mãe.Não é o que aconteceu nesse caso.

Uma das fotos mais tristes já publicadas nesse blog, no mínimo, nos últimos cinco anos.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
25 dias atrás

Sempre uma tristeza… a Vida é para ser vivida e não para ser entendida. Que tristeza.

Zé Maria
Zé Maria
25 dias atrás

Deve ser dilacerante a dor desse pai, que viu numa inversão cronológica, o filho partir de maneira tão trágica e violenta.
Obscurecido pelo ocorrido no dia seguinte, poucos se dão conta de que Roland também foi vítima naquele fatídico final de semana.

Igor
Igor
25 dias atrás

Essa imagem é bem triste. Perder um filho deve ser a pior dor possível.

Marcus
Marcus
25 dias atrás

Vi o acidente ao vivo, quando a Globo transmitia os treinos do sábado. Para um garoto, foi muito chocante.