N’UOL

Na coluna de hoje no portentoso portal, a história do GP de Mônaco de 1992. Para ler, clique aqui.

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Plinio
Plinio
17 dias atrás

O Mansel era mole demais. Alguém duvida que se fosse o contrário (o Senna perseguindo o Mansell em Mônaco) haveria uma batida? O Senna enfiaria o carro de um jeito ou de outro. O Mansell ficou dançando atrás e o Senna (habilidoso como era) com o carro no meio da pista. Mônaco já era ruim em 1992. É uma procissão de luxo essa corrida. Quanto à punição, o Senna mereceu várias. Era um piloto absolutamente desleal em disputas. Mas ele construiu uma narrativa forte em torno de si e o deixavam fazer o que queria. Bom pra ele.

Marcus
Marcus
Reply to  Plinio
17 dias atrás

Absolutamente desleal é um exagero. Como todos os campeões, não era santo e aprontou das suas para ser um, mas nem de longe era mau caráter ou criminoso.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
17 dias atrás

Quanto tempo…30 anos atrás… tô ficando muito… mas muito… experiente (para não dizer velho).

Peixe
Peixe
17 dias atrás

Eu lembro dessa corrida..
Era piá, com 8 anos, e lembro!

Sempre que assisto a algum vídeo dessa corrida, dá arrepios!

Mas agora também lembro do capítulo do Imola1994, e a descrição do Edgard Mello Filho batendo na mesa e gritando! Cara.., só de imaginar a cena, já começo a rir!

Marcus
Marcus
17 dias atrás

Pior que o McLaren parece mesmo mais largo que o Williams.

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Marcus
17 dias atrás

Questão de perspectiva.

Vinicius
Vinicius
Reply to  Marcus
17 dias atrás

Os sidepods eram maiores, assim como a tomada de ar (o motor Honda era mais largo que o Renault). O Williams era mais “magro” e tinha mais eficiência aerodinâmica, além de todos os recursos eletrônicos.

Marcus
Marcus
Reply to  Vinicius
16 dias atrás

É, e sempre acreditei que a distância entre eixos do FW14B fosse menor que a dos outros.