EXISTE GP EM SP (9)

Pérez, mais rápido no treino livre: Red Bull forte, como sempre

SÃO PAULO (24°C lá fora, 49° no asfalto) – Findo o primeiro treino livre, Sergio Pérez, o Checo, fez o melhor tempo dos últimos tempos em Interlagos. Minhas referências são distintas daquelas que vocês mortais, que só veem F-1 na frente e ignoram todo o resto que se passa no mundo, possuem. Correrão aos seus cartapácios amarelados para contestar o escriba, bradando: “Hamilton fez 1min09s050 no primeiro treino livre no ano passado! E fez o melhor tempo do Q3 com 1min07s934! Com qual autoridade vindes vós, do alto de vossa prepotência e arrogância, afirmar que este 1min11s853 do chauffeur mexicano se coloca entre, como chamais, de ‘melhor tempo dos últimos tempos’?”.

Porque os últimos tempos incluem todas as corridas que aconteceram em Interlagos desde o GP da afamada Fórmula 1 de 2021, e entre elas incluo aquelas das quais participei, e na minha categoria quem vira 2min05s já faz muito, e eu conseguiu um 2min12s no começo do ano que considerei muito bom, não me colocaria em posição confortável entre esses veículos que cá estão neste fim de semana, mas foi muito bom mesmo assim.

Portanto, este um onze oito cinco três do, como vocês dizem, chauffeur mexicano me pareceu excelente, o melhor tempo dos últimos tempos. Dele se aproximaram dois outros pilotos quase tão velozes quanto, Chaleclé, que dirige automóvel vermelho fosco, e Max Emilian Verstappen, que por sua vez conduz viatura preta fosca. Um ficou a 0s004 de Pérez. O outro, a 0s008. Em quarto, o madrilenho Carlos Sainz, que aconteça o que acontecer mais tarde perderá cinco posições no grid porque sua equipe, a mesma de Chaleclé, andou trocando o motor de seu carro.

Russell, sexto: Mercedes discreta

Hamilton, Russell, Vettel, Schumacher, Bottas e Gasly completaram a sempre mencionada relação dos dez primeiros, porque quem veio depois disso já nem importa tanto. Talvez valha uma menção a Ricciardo, o último colocado a 1s506 do líder da tabela. E talvez valha dizer que do primeiro ao 14º, o riquinho Stroll, a diferença foi inferior a um segundo — 0s906, em nome da precisão.

Oh, que equilíbrio maravilhoso, que coisa espetacular, deve ter gritado alguém! Não se iludam. Interlagos é uma pista curtinha, de 4.309 metros, e os tempos sempre são muito próximos, mesmo. Não teve equilíbrio algum, é Red Bull x Ferrari, e não haverá surpresas.

Os tempos do primeiro treino: tudo aí

Novamente recorrerei ao formato “no sentido horário” para legendar as fotos acima: Leclerc, Magnussen, Drugovich, Alonso e Schumacher estão acima. Vocês verão muitas fotos como essa de Alonso, com as bandeiras ao fundo desfocadas, como se estivéssemos diante da sede das Nações Unidas em Nova York. Esse ângulo é, de fato, muito fotogênico.

Mas, de novo, não se iludam. Fotógrafos são espertos. Isso aí é a subida da entrada dos boxes, os caras vêm devagar, é mais fácil fazer o foco e fica bonito. Todo mundo faz igual.

O tempo fechou em Interlagos. São 14h15 agora, esfriou, há nuvens escuras e acho que vai chover. A definição do grid acontece às 16h. Forma-se a grelha para a minicorrida de amanhã, a Sprint, programada para as 16h30. Do resultado desta extrai-se o grid do GP, domingo.

Agora vou ao boteco.

Subscribe
Notify of
guest

2 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo Júnior
Paulo Júnior
1 ano atrás

Na verdade, poderíamos utilizar o termo “últimos tempos”, ou “novos tempos”, sei lá, para separarmos qualquer coisa ligada a este ser abominável, inominável, deplorável que AINDA está presidente no Brasil. Trabalho para apagar estes 4 anos (6, acho que podemos incluir o golpista aí) da minha cabeça.

Carlos Jose Pimenta Franco
Carlos Jose Pimenta Franco
1 ano atrás

Forma-se a “GRELHA”, o escriba éstá em êxtase no reino da fumaça dois tempos.