QUE FIQUE EM VEGAS

SÃO PAULO (quero só ver) – O GP de Las Vegas, semana que vem, tem tudo para dividir o mundo da F-1 em adoradores e “haters” da corrida na qual a Liberty, com o perdão do trocadilho, aposta boa parte de suas fichas.

O primeiro grupo vai apontar o dedo para o segundo acusando-o de retrógrado, ultrapassado, avesso a novidades. Exaltarão, seus integrantes, a incrível capacidade que o EUA têm de “fazer espetáculos”, o “show de luzes, luxo e organização”, e defenderão com a própria vida o “american way of life” que a atual dona da categoria vem tentando impor a um campeonato nascido na Europa — e que torce o nariz para a breguice que vem do lado de lá do Atlântico.

Do outro lado da trincheira, os detratores de Vegas vão fundear seus ataques em uma premissa: isso aí não é automobilismo, não passa de uma pirotecnia gigante e artificial para ganhar dinheiro, a corrida é o que menos importa. Um comentário que li numa postagem do perfil oficial da categoria no Instagram resume bem tal pensamento: “Depois que a geração Netflix e TikTok descobriu a F-1, nosso esporte virou um circo”.

Por enquanto, não há nenhum prognóstico muito positivo para a prova. Na lista de potenciais problemas aparecem a temperatura — nesta época do ano naquele pedaço do mundo o clima é glacial –, o desenho medíocre da pista e o ódio da população local, que teve a cidade virada de cabeça para baixo para a montagem da estrutura necessária para receber um GP.

No momento em que escrevo, 21h44, os termômetros na capital da jogatina marcam 3°C. Lá são 16h44. Las Vegas está cinco horas atrás do fuso de Brasília. Na história da F-1, há o registro do GP do Canadá de 1978 como o mais gelado de todos os tempos, disputado no começo de outubro daquele ano com pinguins tremendo a 5°C.

Já peguei coisa parecida em Nürburgring na véspera de um GP da Europa ou de Luxemburgo, não vou lembrar quando. Mas a geladeira só ficou aberta até quinta-feira à noite. Na sexta, quando começaram os treinos, o sol apareceu e a temperatura subiu. E as atividades eram diurnas. O GP de Las Vegas, como se sabe, será noturno, no sábado (25). Para nós, 3h do domingo (26).

Se a F-1 se esforça para criar uma expectativa de enorme sucesso, essa corrida corre o risco de ser um baita fracasso. Com muito frio, os pneus não atingirão temperaturas compatíveis com as necessidades dos carros atuais. Não por outro motivo a pré-temporada da F-1 já não acontece mais na Europa, no fim do inverno do Velho Continente. Tem sido realizada no Bahrein. Pneus gelados são inimigos da aderência. Os carros vão escorregar como se estivessem andando no gelo. É pista de rua, com muros próximos. As chances de acidentes são grandes.

O traçado de Las Vegas: longo e desinteressante

O traçado é uma bobagem de mais de 6 km feito para que a propaganda oficial alardeie “velocidades de até 500 km/h” ou coisa do tipo. Assim tentarão convencer os locais de que verão uma exibição extraordinária de perícia e coragem no meio dos cassinos. Foi concebido muito mais para ser “instagramável” do que, propriamente, para uma competição com carros de corrida que apure alguma técnica ou talento de seus participantes.

As imagens geradas serão, claro, fantásticas e impressionantes. Para quem gosta de letreiros de neon, roda-gigante, iluminação feérica, pirâmides falsas e torre Eiffel fora de Paris, um prato cheio. A pista e o evento serão chamados à exaustão de “espetaculares” na TV. Não esperem grande senso crítico. De ninguém.

Hoje apareceu aquela foto lá do alto deste post, que mostra a pintura das zebras. Os quatro naipes do baralho estão representados. Oh, que sacada. Por aí dá para imaginar o que vem pela frente, A única certeza dessa corrida é que será menos ridícula que as de 1981 e 1982, realizadas numa pista despropositada montada no estacionamento de um hotel. Aquilo ultrapassou todos os limites da sensatez.

Gosto, em geral, de novidades no calendário. Curti quando a F-1 foi para a Malásia, aventurou-se pela Índia, Turquia e Coreia do Sul, voltou à Argentina e à África do Sul sem ditadura e apartheid… A passagem por Indianápolis teve um peso histórico, Austin é uma bela pista, Baku tem seu charme, até o circuito do Bahrein, país à parte, merece elogios. O que não quer dizer que todas as novidades sejam um sucesso absoluto. Sochi era uma merda, assim como Jedá, Miami, Paul Ricard e Abu Dhabi.

Pelo que vi até agora, o GP de Las Vegas vai ser uma porcaria. Mas será considerado por muita gente sensacional, aconteça o que acontecer. Procurem, nos próximos dias, ouvir os pilotos e o que dizem nas entrelinhas — são raros os esculachos públicos e explícitos. Eles são as estrelas da companhia. E os que mais entendem do assunto.

Depois, façam seu juízo.

Subscribe
Notify of
guest

76 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo Saldanha da Silva
Marcelo Saldanha da Silva
6 meses atrás

Pelo que vi até agora, o GP de Las Vegas vai ser uma porcaria. ” Porcaria eu não sei mas fracasso comercial pode ser. Olha só: F1: falta de interesse pelo GP Las Vegas força “descontão” nos ingressos dias antes da corridaApós o título de Verstappen a procura por ingressos caiu drasticamente para a inédita corrida”
https://autoesporte.globo.com/automobilismo/noticia/2023/11/f1-falta-de-interesse-pelo-gp-las-vegas-forca-descontao-nos-ingressos-dias-antes-da-corrida.ghtml

Jair Senna.
6 meses atrás

As expectativas sobre a corrida são imensas e me parece prudente aguardar os primeiros dias de treinos para termos noções reais do comportamento dos carros e pilotas na pista, ok pessoal,

Ilmar
Ilmar
6 meses atrás

Las Vegas 1981/1982, e Las Vegas 2023, para efeito de comparação:
https://i0.wp.com/thejudge13.com/wp-content/uploads/2022/11/vegas-circuit.webp?ssl=1

Plane vs Tank vs Bear vs Helicopter vs Shark
Plane vs Tank vs Bear vs Helicopter vs Shark
7 meses atrás

Las Vegas, Camboriu e Dubai são os lugares mais horrorosos que a humanidade já pariu. Quanto a F1, desde Mônaco, eu vi 4 corridas – Spa, Singapura, Mexico e Interlagos in loco – já tá mais do que bom.

Last edited 7 meses atrás by Plane vs Tank vs Bear vs Helicopter vs Shark
Marcus
Marcus

Acrescente Riviera de São Lourenço e Jurerê Internacional à lista.

Marcus
Marcus
7 meses atrás

(Filmam o Ricciardo na pista durante o Q1, depois rindo nos boxes e declarando que ama Vegas), aí corta para o Will Buxton falando “ele sabe que o futuro dele na RBR depende dos resultados”, como se ele estivesse anunciando a descoberta da fusão nuclear controlada para fins energéticos.

Mc Breu
Mc Breu
7 meses atrás

Vamo Lá torce pro meu amigo Hamilto, aproveita faze umas apostas nos cassinos e quem sabe sair de lá com uma graninha, também vo da uma chegada na loja de penhores dum brancão gordão careca chamador Ric que tem até seriado na tv curto demais aquilo. Nos vemos em Las Vegas

João Lopes
Reply to  Mc Breu
7 meses atrás

Cuidado brother pra não sair rapado dos cassinos, manda ve

João Lopes
7 meses atrás

Veja quantos especialistas aqui que a FIA deixou de consultar antes de programar este GP Las Vegas…,uma lástima

Vinicius
Vinicius
7 meses atrás

O traçado do circuito é especialmente horroroso. Parece uma espécie de anel viário, não uma pista de corrida. Não sou contra pirotecnia, luzes, neon e tal, desde que o básico seja entregue: uma pista decente com condições mínimas para ter alguma graça na corrida.

Marcio
Marcio
7 meses atrás

O desenho do traçado parece um joão-bobo deitado. Deve ter sido inspirado no público que irá comparecer ao “evento”

Paulo Eduardo Szwec
Paulo Eduardo Szwec
7 meses atrás

Tem um quê de racha em volta da pracinha do bairro, bem anos 80, Maveco X Opalão azul brilhante rabo de peixe com farol redondo do pai

Valmir Lopes
Valmir Lopes
7 meses atrás

O que acontece em Vegas, que fica em Vegas. E tomara que não passe da primeira.

João Lopes
7 meses atrás

Vai ter PAPAI NOEL?

Filipe Jeferson
Filipe Jeferson
7 meses atrás

Flavinho esse tipo de corrida daria muito certo como evento promocional, sem valer pra campeonato. Eu tenho certeza que vai ser muito ruim essa corrida.

Celio Ferreira
Celio Ferreira
7 meses atrás

Na F1 atual , deixou de lado grandes pistas da Europa , para infiar goela abaixo , Vegas , Baku, Catar etc… O dinheiro manda e todo mundo obedece.

Rodrigo
Rodrigo
7 meses atrás

A expectativa é que tanto a temperatura, quanto as longas retas, propiciem ao menos um desafio maior e possíveis disputas e ultrapassagens da RedBull 2 pra baixo do pelotão, a depender, também, que uma possível ondulação da pista force as equipes à elevarem a altura dos carros e possamos contar com algo parecido à Singapura.
Especulações à parte, que seja uma corrida segura e minimamente competitiva, o resto é apenas confete.

Talles
Talles
7 meses atrás

Baixa temperatura, baixo downforce, altura dos carros elevada, um retão de 2 km. No TL3 terá uma chicane no meio do caminho por causa de alguma panca. Mas torço para que tudo corra bem, pelos pilotos e por quem gosta de boas corridas. Acho que a Ferrari vai dar trabalho e o Albon larga na 1ª fila.

José Roberto Pedreira
José Roberto Pedreira
7 meses atrás

Apesar de ser um espetáculo discutível será um bom laboratório para testar equipamentos e pneus. Alguma surpresa pode surgir nesse circuito pouco convencional.

Edson
Edson
7 meses atrás

Os profissionais da Liberty não sabiam que nessa época do ano faz frio em Las Vegas?

Mauricio Rocha
Mauricio Rocha
7 meses atrás

Pois é. Não duvido nada se tão logo eles inventarem uma intervalo no meio da corrida, montam um palco para Show da Taylor Swift e depois voltam à pista com grid invertido.

Carlos Jose Pimenta Franco
Carlos Jose Pimenta Franco
7 meses atrás

Paul Ricard com a antiga Mistral já foi palco de boas provas, assim como Interlagos, com a 1,2 e 3 curvas velocíssimas, proporcionou boas provas, mas perdeu muito da técnica, apesar de boas provas depois de matarem pista, mas a técnica exigida se perdeu. Acho que a F1, como conheci nos fim dos anos 60 até anos 90 acabou. Nada de saudosismo, apenas acabou. Vida que segue.

Marcus
Marcus
Reply to  Carlos Jose Pimenta Franco
7 meses atrás

Paul Ricard era ruim demais. Um calor camusiano como o do Rio.

Carlos Jose Pimenta Franco
Carlos Jose Pimenta Franco
Reply to  Marcus
7 meses atrás

Você está sertu, o corridas como no CATAR, clima glacial que são boas.

Marcus
Marcus
Reply to  Carlos Jose Pimenta Franco
7 meses atrás

Catar, Jeddah, Abu Dhabi e a trilogia americana também são tão ruins quanto.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
7 meses atrás

Espero que seja legal, adora F-1… podia até ser nas ruas esburacadas dos suburbios de Havana que seria legal.

Segue o jogo… melhor… Sigue las carreras!!!

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Ricardo Bigliazzi
7 meses atrás

Pelo Windy.com (otimo site de clima do Mundo) em Las Vegas teremos apraziveis 14 graus as 22:00hs.

Fernando (Pai do Clark)
Fernando (Pai do Clark)
7 meses atrás

Boa FG, parafraseando e ajustando aquele jargão estadunidense: “altos riscos, baixa recompensa (nesse caso)”.
Entubaram uma fortuna, viraram a cidade de ponta cabeça e garantiram a birra dos citadinos.
E o que teremos?
Condições climáticas adversas e imprevisibilidade; quem surgiria como favorito a dominador do final de semana?
Max Verstappen, aquele que (incautos) dizem que acabará com a curva de adesão da turminha Netflix/Tiktoker à Fórmula 1; o que a proprietária deste evento não se permite nem nos piores pesadelos.
“Oh, surpreendente!” dirão…
Ah, sim… Super. O moleque é uma máquina, está no auge (ou ainda pode estar perto, ainda não dá pra saber) físico, técnico e mental, não erra, nem se desgasta e ainda está se divertindo; o mesmo de seu equipamento, não quebra, aparentemente é poupado GP após GP …
Infelizmente, aposto (sic) que a FIA jogará suas fichas (sic) nas interrupções por safety car para tentar neutralizar (em vão) a luneta que ele vai meter na galera.
Gostaria de me enganar, mas não jogaria um dólar furado nessa mesa (sic final).
Abraços!!

Edson
Edson
7 meses atrás

Se a corrida for ruim já é lucro, tem tudo pra ser horrível.
Só os Enzos que estão na expectativa para essa prova

Alexandre Neves
Alexandre Neves
7 meses atrás

O que acontece se os pneus demorarem para atingir a temperatura ideal? Pouca aderência e carros no muro?

Cícero
7 meses atrás

Claro que F1 é circo o NELSON PIQUET já afirmou isso a Uns 50 anus atrás, não lembram.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Cícero
7 meses atrás

Chega a ser uma obviedade, sempre foi um Circo, outros poderiam dizer que mais parece um Cabare… onde o sujeito entra Bilionario e sai Milionario. GRANA… GRANA… GRANA… tudo eh uma questao de grana… das 500 Milhas da Granja Viana, passando pela F-1 e chegando nas 500 Milhas de Indianapolis… tudo eh uma questao de grana… uns injetam um caminhao de grana de um lado… se faz uma corrida… e no final sobram alguns caraminguas para os mais afortunados… pode perguntar para o Bilionario Tio Bernie. Abraco e que venha Las Vegas

Ilmar
Ilmar
7 meses atrás

Bem, pelo menos não é um ”Tilkódromo”, pelo que eu sei.

Victor
Victor
7 meses atrás

Informo, ao estimado escriba, que sou leitor assíduo deste excelente blog, mas é minha primeira vez comentando. Espero que o mantenha no ar, com suas análises pertinentes e que vão, sempre, no âmago da questão.

“Chamados de ‘espetaculares’ à exaustão”… excelente referência ao narrador da rede Bandeirantes, que parece desconhecer outros adjetivos do léxico. Insuportável ouvi-lo semana após semana; por causa dele, para aliviar meus tímpanos, tive de assinar o F1 TV.

Quanto à corrida de Las Vegas, concordo plenamente. Tratar-se-á de um evento depauperado de emoções automobilísticas, com o “showbiz” como protagonista, em detrimento do esporte. Infelizmente, essa parece ser a tendência nos últimos anos na F1. Pior do que o eurocentrismo é o “americanocentrismo”… Lamentável que estejamos vendo um esporte que recorre, repetidas vezes, ao artificialismo para tentar criar emoções e corridas dignas de nota (DRS, efeito-solo, cada vez mais corridas de rua e por aí vai).

Sobre a temporada, de modo geral, bastante decepcionante. Nenhuma equipe conseguiu sequer fazer uma sombra à Red Bull e acredito que esse domínio deva se manter ao longo da temporada 2024, ainda que em menor escala. Provavelmente teremos uma competição de fato em 2025, antes da mudança das regras do ano seguinte. De qualquer forma, é um prazer testemunhar um talento sublime como Verstappen, que apresenta exibições “espetaculares” (hahaha) em todo grand-prix.

Filipe
Filipe
7 meses atrás

Verstappen ja meteu a boca, no que esta corretissimo. Correr com temperatura menor do que 5o é de uma insensatez galopante.

Marcus
Marcus
Reply to  Filipe
7 meses atrás

Depois que você se torna campeão do mundo, dá pra meter o f…-se.

Rodrigo
Rodrigo
7 meses atrás

Concordo, mas não sei se 100%, porque ora o texto parece ser pragmático, ora parece pender pra um lado.

Por um lado, não acho bom negócio só ficar atirando para trás num esporte que sempre atirou para frente, e romantizar demais o tempo eurocêntrico em que largavam 40, chegavam 4, e um ou outro morria no processo a cada ano. Era lindo, mas não cabe mais, então não adianta ficar reclamando.

Por outro lado, o GP de Vegas será brega porque Las Vegas É brega. Essa bobageira toda já estava lá nos tempos do Ceasar’s Palace. Se fosse o oposto é que seria estranho e deslocado.

E isso tudo é subproduto da globalização que a F1 sofreu nos últimos 30, 40, 50 anos, a mesma força que hoje atrai os petrodólares controversos do oriente médio mas ajuda a argumentar a favor de um GP na América do Sul. Para bem e para mal.

Last edited 7 meses atrás by Rodrigo
Pedro Leonardo
Pedro Leonardo
7 meses atrás

Nessas condições climáticas, tem tudo pra dar errado. Mas, essa F1 atual topa tudo por dinheiro. A corrida é só um detalhe.

Fumio Kurihara
Fumio Kurihara
7 meses atrás

hahaha…. por principio não gosto dos EUA. então eles que se divirtam com esse “show artificial”. não vou assistir a essa corrida, no dia seguinte basta saber o resultado. nunca fui fã de Indianápolis, onde é só pé no acelerador. é disso que eles gostam, eu prefiro ver habilidade.

Chupez Alonso
Chupez Alonso
7 meses atrás

Uma porcaria.

Gostei.

Parece um porquinho de cabeça pra baixo.

Pururucado.

IMG_6305.jpeg
Marcos Bassi
Marcos Bassi
Reply to  Chupez Alonso
7 meses atrás

Me lembrou mais o Floquinho da Mônica…

Fernando
Fernando
Reply to  Chupez Alonso
6 meses atrás

Pessoal tá chamando essa de “Porco-Aranha”.
https://www.youtube.com/watch?v=Sp3dHWKh4K0

Diego Gomes
Diego Gomes
7 meses atrás

Em relação ao conflito geracional, muita gente de início aplaudiu artifícios como o DRS, criados justamente para atrair a garotada que já nasce com celular na mão e desenvolve o limiar de atenção de um peixe dourado; agora agüentem. Muitos outros das antigas, como eu, já largaram de mão, vide o escriba reclamando semana após semana que ninguém visita o blog (fora que o antro reaça do automobilismo não virá ler o que um ‘petista comunista’ tem a dizer). A ‘emoção’ atual é tamanha que os comentários da corrida passada estão falando mais do hino do que da prova. Precisa dizer mais alguma coisa?

E em relação ao conflito cultural e promocional do evento, curioso como pilotos e equipes nunca perderam uma chance de esculachar o Brasil (e, em menor medida, o México; vide o pirata do olho de vidro) mas se sentem maravilhados e seguros num país com milhares de pessoas morando em barracas e carros, e malucos armados baleando pessoas a esmo em lugares públicos todo dia. Para contrastar um pouco a breguice propagandística dos EUA, fecho com um videozinho (liberalóide, mas é o que temos) lembrando o GP da URSS que quase ocorreu há 40 anos.

Wbj
Wbj
Reply to  Diego Gomes
7 meses atrás

Qta groselhaiada…afff

O crítico
O crítico
Reply to  Diego Gomes
7 meses atrás

O número de negativações que esse comentário brilhante teve é diretamente proporcional ao número de idiotas que infelizmente infestaram este blog, liderados pelo campeão (rumo ao 8cta!) de besteiras publicadas, misto de trivialidades, baba-ovismo sem noção e pouco disfarçadas e generosas porções de racismo e homofobia, numa demonstração explícita de que o que essa pessoa faz não é torcer, mas distorcer. Que pena que foi esse quem fez escola…

Wbj
Wbj
Reply to  O crítico
7 meses atrás

Qto odio nesse coraçaozinho peludo, cara palida !

O crítico
O crítico
Reply to  Wbj
7 meses atrás

Ódio? De jeito algum. Só penso que não temos de aguentar esse festival de asnices aqui proferidas calados.

Edson
Edson
Reply to  O crítico
7 meses atrás

É bem por ai

Edson
Edson
Reply to  Diego Gomes
7 meses atrás

Os bolsominios ficam negativando os comentários que eles não gostam…. patéticos.
Mas é bem isso mesmo, tem tudo pra ser uma bosta esse GP de las vegas.

Luiz Araujo
Luiz Araujo
7 meses atrás

Vai ser espetacular! Pra quem gosta de show.

Edson
Edson
Reply to  Luiz Araujo
7 meses atrás

Show de horror… corrida noturna no outono (quase inverno).

Jonny'O
Jonny'O
7 meses atrás

Vendo o traçado, claramente a reta é gigante!!!!! Pode ser uma ótima corrida, historicamente , se foi o pessoal da Indy ( algum tecnico de lá ,das antigas), os caras sabem fazer pista de rua. O desenho pode parecer simples , as vezes menos é mais!

victor penteado
victor penteado
7 meses atrás

Eu acho que tanta propaganda pra uma corrida que provavelmente vai ser uma porcaria deve ser um tiro no pé.

E ainda escolheram um horário péssimo pra Europa. (Pro Brasil não, eu prefiro assistir as corridas de madrugada mesmo)

Acho que eu preferia a ideia de chuva artificial do Bernie do que essas palhaçada

Lucas Orly
Lucas Orly
7 meses atrás

Do jeito que tá indo você vai ter aquele retão e nenhum piloto conseguindo colocar o pé embaixo porque perde aderência

Mais engraçado ainda é o esforço hercúleo para impedir que os locais vejam a corrida sem pagar

Plinio
Plinio
7 meses atrás

O traçado parece sem graça. Acelera, freia e dobra a esquina. Acelera de novo, freia e dobra a esquina. Faz uma curva de 180°. Acelera freia e dobra a esquina novamente. Seis km disso. A ver como será.

Marcelo Duarte
Marcelo Duarte
7 meses atrás

Minha modestíssima e desinteressante opinião: a temporada já ta definida – a única “emoção” é a chatíssima disputa pelo vice campeonato; então nada mal uma coisinha diferente, essa de ver como andam esses carros nessa temperatura. Acho que falta um piloto finlandês nessas horas na F1…

Wbj
Wbj
7 meses atrás

Pre julgamentos (pra qquer lado) nunca terminam bem e nao passam de meros achismos. Vamos ver no que vai dar, escutar depois as opinioes de pilotos e chefes de equipes pra depois fazer um juizo com base nessas informacoes.

Marcus
Marcus
7 meses atrás

A pessoa que defender Las Vegas e afirmar que a Europa é cafona não pode ser levada a sério.

Pedro
7 meses atrás

VERemos.
Eu penso que será uma prova dinâmica disputada e vibrante só atrapalha o fato do campeonato estar decidido já campeão e vice do resto não interessa, já ofato de ninguém conhecer a pista e o frio vão “esquentar” a corrida e digo mais NORRIS vencerá, quanto a LASS VEGAS devemos lembrar que é uma cidade turística por isso tem essas características, os Estadunidenses e aí inclui se os LVs não se acham brega e pensam “os brasileiros se vestem como os mexicanos “domingo a gente se ffala

Flavio M
Reply to  Pedro
7 meses atrás

“Pedro onde océ vai eu também vou”
Valeu Pedro essa pegou na veia, demoliu os amadores.

Max Wilsom
Reply to  Pedro
7 meses atrás

Vale Pedrão você f*de* os picaretas charlatões sensacionalistas de narrativas podres

Hedryk
Hedryk
7 meses atrás

Acho que é isso aías quem mesmo, mas sabe vem uma boa corrida…

Marcos Bassi
Marcos Bassi
7 meses atrás

Lembro até hoje da corrida que deu o título pra Piquet…no estacionamento do Hotel…um horror…a transmissão foi um terror…não tinha estrutura. Parecia uma câmera só acompanhando o carro pelo miolo. Se é que podemos chamar aquilo de miolo. Nem vai precisar de refletor pra andar…o tanto de letreiro…quase vai entrar naquela Sphere…enfim. Unica coisa boa que tem por lá é poder assistir Adele num daqueles hotéis a la Elvis…ou o U2 na esfera…de resto…

Valmir Passos
Valmir Passos
7 meses atrás

Excelente texto. Concordo 100%. Infelizmente é a realidade. Circo. Acompanho F1 desde os tempos do Emerson. Mas essa corrida, não verei. Tende a ser uma merda.

Paulo E T Vasconcellos
Paulo E T Vasconcellos
7 meses atrás

Las Vegas ,como a capital da Máfia ,é apenas uma roleta clássica

Veremos ,com mais propriedade ,quem serão os reais perdedores(apostadores)

Os operadores nunca perdem

Aposto que a narração(locutor + comentaristas) irá perder tudo, sairá dela pelado

Leon Neto
Leon Neto
7 meses atrás

Eu gosto de discordar do Flavio Gomes. Mas, dessa vez não vai dar… Ele está coberto de razão.

André
André
7 meses atrás

Corridas em Vegas sempre foram um circo. Não entendo o espanto da galera. Mônaco também é um circo, porém mais comedido.

Emerson Moraes
Emerson Moraes
7 meses atrás

Triste , muito triste. Para nós que gostamos do esporte, é de se lamentar tal posicionamento.

Foc
Foc
7 meses atrás

Três horas? Sem chance, faz tempo que não perco meu sono por F1.
Serão 6 horas em Londres? Menos pior.
Agora, de noite? Gastando zilhões de dólares em iluminação?
Fui ingênuo em supor que as mudanças eram pelo esporte. Elas são só pelo dinheiro e a categoria se foi.