MAIS DOIS ANOS

SÃO PAULO (no surprise) – Sergio Pérez fica mais dois anos na Red Bull. Para quem nos segue aqui, não é algo espantoso. Temos dito que para a equipe é confortável ter um piloto como ele. Não brilha, mas ganha uma ou outra corrida, faz pontos e não incomoda. Tem maus momentos — está vivendo um deles agora — que duram quatro ou cinco corridas, mas depois se apruma e faz a lição de casa. Que, em se tratando de Red Bull, é ajudar a equipe a ser campeã de construtores e não perturbar Verstappen.

No quadrinho da esquerda acima (clique na imagem para abrir em outra janela) temos os pilotos confirmados para 2025. Tem muita coisa para acontecer ainda. A renovação de Pérez acaba com as tênues esperanças de pilotos como Tsunoda, Lawson, Ricciardo e Sainz de correr pela Red Bull. Nunca fizeram parte dos planos. Tsunoda é problema da Honda. Lawson entrará pela porta da filial de Faenza, que hoje se chama Visa Qualquer Coisa. Ricciardo se equilibra num contrato que não lhe garante nada a partir de 2025. E Sainz…

Bem, Sainz que corra para assinar com a Sauber/Audi. Daqui a pouco não sobre lugar algum para ele. A não ser que queira apostar na Williams, o que me parece uma insanidade. A Mercedes poderia ser uma opção? Pelo que sei, ofereceram apenas um ano de contrato. Não é algo que se deva aceitar. Os alemães, no fundo, querem mesmo colocar o menino Antonelli para correr. E acho que é o que farão.

Pérez, 34, estreou na F-1 em 2011 pela Sauber. Em 2012, no time suíço, conseguiu três pódios. Despertou o interesse da McLaren, que o contratou em 2013 para o lugar de Lewis Hamilton. Ficou apenas um ano na equipe de Ron Dennis. Em 2014 foi para a Force India e lá permaneceu por sete anos. No meio de 2018 o time foi comprado por Lawrence Stroll e, no fim da temporada, mudou o nome para Racing Point. Hoje é a Aston Martin. Na Racing Point, que defendeu em 2019 e 2020, Pérez ganhou seu primeiro GP. Foi no Bahrein, em 2020 — o GP do Sakhir, disputado no anel externo, naquele calendário compacto e meio improvisado no primeiro ano da pandemia. O mexicano está em sua quarta temporada pela Red Bull. Pela equipe, subiu ao pódio 29 vezes e ganhou cinco corridas. Fez três poles, apenas. No currículo, são 265 GPs com seis vitórias, três poles, 11 melhores voltas e 39 pódios. No ano passado foi vice-campeão com 285 pontos, seu melhor resultado em Mundiais. Mas marcou 305 em 2022, quando terminou o campeonato em terceiro. Neste ano, é o quinto colocado com 107 pontos.

Subscribe
Notify of
guest

31 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio
Fabio
13 dias atrás

Aparentemente as ultimas experiências de modo geral das equipes com pilotos novatos, deixou uma impressao tao ruim que os mais experientes, estao se garantindo no grid

Neto
Neto
13 dias atrás

Haja Drive to Survive para popularizar a F1. Dentro da pista, infelizmente, sem mudanças de pilotos entre 2023 e 2024 e com alguns pilotos que não merecem o carro que têm permanecendo até 25/26, fica um panorama dos mais entediantes desde que comecei a acompanhar a F1 em 1981. Ainda insisto em gostar, mas começo a desanimar.

Jorge Luis
Jorge Luis
13 dias atrás

Senhores a explicação maior é que Sergio Perez leva um caminhão de dinheiro pra equipe. A RB está certissima: Um piloto ganha as corridas e outro traz o dinheiro … Não tem ninguem bobo nesse meio ….

Carlos
Carlos
13 dias atrás

Se fizessem uma eleição entre os fãs da F1 para marcar cada um dos pilotos que merecem sair do grid, creio que metade rodava.

Tem que chamar o tio Bernie de volta. :)
Talvez ele colocasse em pauta um recrutamento de pilotos de F2 e um rebaixamento para os piores pilotos da temporada.

Marcio Klitzke
Marcio Klitzke
Reply to  Carlos
13 dias atrás

Um pouco radical, mas interessante. Talvez atrelar à super-licença. O problema que a componente “dinheiro” funciona mais forte que a “performance”…

Celio Ferreira
Celio Ferreira
14 dias atrás

Acho que foi mais ou menos assim : se não atormentar o Max
vc pode ficar mais 2 anos .

LEANDRO MONTEALVERNE SANCHEZ MARTINS
LEANDRO MONTEALVERNE SANCHEZ MARTINS
14 dias atrás

Perez na RBR eh muito carro p pouco piloto..eh um desperdício de cockpit!!! Perez nao eh ruim, mas nao orna com esse carro… Ele seria otimo na Aston no lugar do stroll!!!

Zebras São Cavalos Terríveis
Zebras São Cavalos Terríveis
14 dias atrás

Já imagino uma palestra do Perez nas Farias Lima da vida, título: Um ano atrás eu era defenestrado no meu emprego, hoje, assinei por mais anos. Como sobreviver em um ambiente hostil das melhores equipes por Sérgio “Checo” Perez.

lagebeer
lagebeer
14 dias atrás

Se o Perez decidir ser tão rápido quanto a expansão da rede mexicana Oxxo aqui em Sp, o Verstappen deve se preocupar

O crítico
O crítico
Reply to  lagebeer
14 dias atrás

Afinal, o perezba acabou não largando o oxxo…

Paulo Mendes
Paulo Mendes
14 dias atrás

A Aston Martin ainda não confirmou o Lance Stroll, mas ele disse numa entrevista que vai continuar por muitos anos ainda. Ele disse que acredita no projeto, na nova fábrica etc.
Sobre o Perez, disseram: é rápido o suficiente (as vezes) para incomodar os adversários, mas não tão rápido para atrapalhar o Verstapen

Nuno
Nuno
14 dias atrás

lembrar tambem que ele tras dinheiro para a equipa, e não é pouco, e no fim das contas os dolares maxicanos contam muito

O crítico
O crítico
Reply to  Nuno
14 dias atrás

Dólares, de qualquer origem, sempre gostam muito…

O crítico
O crítico
Reply to  O crítico
13 dias atrás

*contam muito

jaime
jaime
14 dias atrás

Acho que essa decisão de renovar com Perez, é mais uma disputar de poder interno do que qualquer outra coisa. A RBR corte o risco de perder o campeonato de construtores , que é o mais importante para equipe, para os concorrentes.

Renato
Renato
14 dias atrás

Fraquíssimo Perez! Mas…..é que a RB quer. Que nada atrapalhe o MimiMax..

Jonny'O
Jonny'O
14 dias atrás

Decepção total pra mim. Acho que Perez já entrou em decadencia a 2 anos, teve uma carreira boa , venceu com time pequeno e teve a chance no melhor carro !!! por 4 anos!!!! Essas coisas me tiram um pouco o interesse da F1 , e pensar que Perez iniciou meio que junto com nosso amado Kobayashi ,correram juntos ,mas o japa jamais teve as mesmas chances que Perez , que alias , já teve chance na Mclaren . Outra coisa que me chama atenção , creio que Helmut Marco , nunca foi implacavel , era o dono das latinhas que dava as ordens sobre qual cabeça seria cortada . Helmut ficou com a fama , mas agora se mostra um gatinho.

Eduardo Kalil
Eduardo Kalil
14 dias atrás

Só comentando que eu sempre leio o blog. Vejo os vídeos tb, mas ainda existem leitores. Poucos, mas existem.

Plinio
Plinio
15 dias atrás

Dois anos de contrato pro Perez? Devem estar querendo agradar ao Verstappen pra que ele continue por lá sabendo que não haverá a mínima concorrência. Só pode!

Fravio Comes
Fravio Comes
15 dias atrás

Decisão arriscada da Red Bull. Se o Pérez não se recuperar em 2024 e fizer a equipe perder o campeonato de construtores, estarão amarrados com ele até 2026. Deve ter alguma cláusula de desempenho. Em contrapartida, ótimo pro Pérez garantindo uma vaga no carro mais rápido, pelo menos até agora

Diego Ximenes
Diego Ximenes
15 dias atrás

teste

Luis Henrique
Luis Henrique
15 dias atrás

Serei eu o primeiro a comentar???
Tem piloto bom e o bom piloto.
Nos 5 anos de Ocon o Perez o superou e muito, Ah Ocon não era nadaesmo diriam… Nos últimos 4 anos Perez comeu Hamiltinho, Fernandinho e o Sebastian Vettel de sobremesa, quer mais ou tá mole, ano passado até Char Lhequer foi nocauteado….

Luis Henrique
Luis Henrique
Reply to  Luis Henrique
13 dias atrás

Tão achando rui!!!??negativando o Peres?!!!….. Se o Peres não vale nada então os que perderam pra ele são o que mesmo???? E esse ano não acabou Feerrarries e McLars que se cuidem….

Alfredo Ramos
Alfredo Ramos
15 dias atrás

O mexicano é um menino obediente. E, com a idade com o talento que ele tem, é melhor ser segundão de uma equipe de ponta, do que primeirão de uma equipe mediana.

Igor
Igor
Reply to  Alfredo Ramos
15 dias atrás

Pro Perez não tenho dúvida que é a melhor opção. Mas pra equipe é uma insanidade…

Alfredo Ramos
Alfredo Ramos
Reply to  Igor
14 dias atrás

Não vejo por esse lado. Ele é o atual Mark Webber somando pontos suficientes para a Red Bull levantar os títulos de Construtores.

Fernando Bonato
Fernando Bonato
15 dias atrás

Enfim. Disputa interna na Red Bull não terá mais. Agora é torcer para a Ferrari, Mercedes Mclaren virem fortes para termos um campeonato.

Junior
Junior
Reply to  Fernando Bonato
15 dias atrás

Ferrari com Hamilton vai ter disputa interna? Quando isso?

Barreto
Barreto
15 dias atrás

Meio brochante a notícia, mas esperada nestes tempos modorrentos.
Parece que temem a síndrome de Hamilton onde um novato chega dando trabalho .

Luis Henrique
Luis Henrique
Reply to  Barreto
15 dias atrás

Se tu brochas não culpe o Peres

O crítico
O crítico
Reply to  Luis Henrique
13 dias atrás

Chamada, turma A, quinta série: Luis Henrique! – Presente!