MENU

quarta-feira, 25 de junho de 2008 - 10:41Automobilismo internacional, F-1

FÓRMULA 2?

SÃO PAULO (Alemanha ou Turquia?) – Nas decisões do Conselho Mundial anunciadas hoje, me chamaram a atenção, também, a taxa de inscrição para as equipes que vão correr em 2009 (309 mil euros, um aumento de 3% em relação a 2008, segundo a FIA) e a criação de uma nova categoria já no ano que vem.

Está lá, literalmente: “A FIA vai convidar candidatos para uma nova categoria pré-Fórmula 1. Este campeonato, que será chamado de Fórmula 2, será lançado em 2009 e usado como plataforma de baixo custo para desenvolver talentos emergentes para a Fórmula 1. Espera-se que possa ser disputado com um orçamento anual de 200 mil euros por carro”.

Não há detalhes sobre chassis, motores, pneus, pistas, nada. E nenhuma menção à GP2.

Tudo muito esquisito. Aí tem. E tem a ver com as recentes brigas entre Mosley e Ecclestone.

34 comentários

  1. Heron disse:

    gostaria de aproveitar o assunto e sabendo que ja passou um tempão! mas queria perguntar quando mais ou menos é o custo por ano das categorias de base ex gp2, f3 euro, inglesa,espanhola… world series?? aguardo resposta, e acredito que aqui conseguirei tirar essa minha duvida! obrigado.

  2. MSM disse:

    Essa briga imbecil dos dois chefes, vai acabar com a boa GP2, que é uma categoria competitiva e que está ano após ano revelando bons pilotos para a F1.

  3. Daniel Nishikawa disse:

    Até para mentir é preciso ter algum talento…

    Lançar um campeonato para 2009? Supondo que o campeonato começaria em maio (Olha como eu sou bonzinho), restariam 10 meses para elaborar calendário (Seria uma categoria satélite da F-1?), fórmula de disputa (Corridas simples? baterias duplas em cada final de semana? Com inversão de grid?), regulamento técnico e desportivo, etc.

    Após tudo isso, seria necessário colocar no plano prático todas as elaborações acima mencionadas: Fechar contratos com os organizadores das corridas, buscar patrocinadores, buscar equipes dispostas a participar do certame. Hummm… sei.

    Há de se especificar os carros que participarão dessa categoria (Qual será o tamanho do carro? E do motor? Será permitida ajuda eletrônica? Os pneus serão lisos? De qual tamanho?). Após definir isso será necessário desenhar, testar e homologar os carros.

    Então Sr. Max Mosley, pega esses 200 mil euros e enfia no meio do seu bolso. Porque com esse dinheiro você não corre nem de Fiat Uno.

    Fórmula 2, mais um produto da Mosleyshop.

  4. Pedro Jungbluth disse:

    Quando foram fazer a GP2, que era uma reforma na F3000, primeiro a idéia era chamar de F2.

  5. Milford Maia disse:

    Se nem a F-3 tem apoio, o que dizer de uma pretensa F-2, criada meramente para peitar o poder econômico de Bernie e Briatore?

    Lamentável, assim como os aumentos nos valores de Superlicença e Taxa de inscrição das escuderias.

    Enfim, mais um capítulo da briga entre FIA e FOM.

    Forte abraço!

  6. Tohmé disse:

    Esses caras são engraçados. Acabaram com a F2 e colocaram a F3000. Depois veio a GP2.
    Agora vem outra vez a F2…

  7. Paulo disse:

    Acho que dá alemanha… os turcos tem 13 jogadores disponíveis, sendo que 3 são goleiros… ( bom se o Zagallo fosse o técnico, ele ia achar que dava… 13 jogadores…)

  8. LBM disse:

    isto é briga de comadres. Não dar em nada ! A F3 já está a mingua no mundo todo.

    Paralelo : Gomes, niguém ainda fez um comentária da foto com balaclava?

  9. antonio disse:

    200 mil euros ? Quer dizer que com 5 milhões de euros o cara pode fazer um campeonato só para ele e se tornar campeão mundial ?
    Se for assim já, já , teremos um Negrão/Medley campeão do mundo ….
    Posso estar enganado , mas com 200 mil euros/ano o cara não corre nem no ingles de f3 …
    Com certeza uma grana destas é menor do que a VW gastou pra fazer 1 unica prova do sertões…

  10. Paulo R. Filomeno disse:

    Nos anos 70 (72, 73, por aí) houveram algumas corridas do que se chamava na época de Fórmula 2. Aconteceram até em Interlagos e haviam pilotos da F-1 de então que participavam dessas corridas. Alguém se lembra ou tem mais detalhes?

  11. Abreu disse:

    Beleza, esqueci de ler aí encima. 1,5 milhão.

  12. Abreu disse:

    Gomes. Você sabe qual é o custo da GP2 atualmente?

  13. rogerio disse:

    Já vi esta história antes…. (Indy/IRL)….
    Tem muita coisa por trás disto tudo!

  14. dado andrade disse:

    Flavio,parabens,aqui esta tudo mais CLEAN,rapido etc…etc.Quanto a F2,desde que nao seja MONO NADA,sou plenamente a favor e torco para ver briga de motores,chassis e tudo aquilo que fez da F2 ,antiga ,a maravilha que era,muito mais competitiva que a F1 de agora e de entao.Forte abraco DADO ANDRADE.
    PS. O precinho esta campeao!!!!!Tchau Stock,GT3 e os cambau.

  15. Flávio, vale a pena ler a matéria do Pitpass a respeito, lembrando uma declaração do Bernie no comecinho do ano:
    http://www.pitpass.com/fes_php/pitpass_news_item.php?fes_art_id=35224

    Sinceramente, a cisão entre FOM e FIA está mais perto do que muitos de nós pensa.

  16. Paulo Henrique Vicente disse:

    A idéia de realizar um campeonato de automibilismo na estrutura da F1 com custos relativamente baixos e igualdade tecnica para pilotos jovem é muito boa.

    Porém, sinceramente não acredito que saia do papel, pois, acho que é apenas fumaça do tio MAX, contra o tio BERNE.

    Acredito que até o final do ano o tio BERNE consegue sufocar esta idéia e manter sua GP2 como a categoria de acesso a F1

  17. Lei disse:

    Alemanha ou Turquia??

    Com certeza Alemanha!!! (e tomara que os turcos não repitam o incidente de 2005)

  18. Max disse:

    Deve ser mesmo um chute na canela do Bernie Ecclestone que o “xará” Mosley resolveu dar.
    Resta saber o que vai doer mais, o pé ou a canela…

  19. Bruno disse:

    capaz até da F3 ter um orçamento anual maior.
    e na boa, essa com certeza é parte da briga Max x Bernie.
    e outra coisa, GP2 é uma categoria consolidada, ainda mais agora com a “Asia Series”, a FIA vai é dar um belo tiro no pé se fizer essa F2, ainda mais com esse orçamento.

  20. Júlio Rissa disse:

    Em categorias de acesso à F1, gosto da idéia de equipamentos iguais e nivelados. Deixa o destaque para os pilotos. Só não concordo com isso nas categorias de ponta, ali deve ser tudo de ponta, tecnologia, pilotos, pistas, etc.

    Também não entendo a criação de outra categoria… será que já estão pensando em levar isso adiante na F1 também?? Para fugir da FIA???

  21. Rodrigo Zauli disse:

    Formula 2 era categoria cara e perigosa, chegava a usar os mesmos carros da Formula 1…

  22. Rogério Magalhães disse:

    É, se fosse para ter um diferencial, valeria a pena… mas cheira à velha história do dividir para acabar… e aí vão as duas para o buraco…

    Estranho…

  23. Alfredo Lelo disse:

    E por aqui choramos com a decadência de nossas corridas de fórmula.
    Parabéns ao novo Blog, eu que acompanho desde aquele Dezembro de 2005 com o fim das Kombis a ar. Lembram? Abraço!!!

  24. Lívio disse:

    me parece ser uma péssima idéia, eh capaz de acontecer algo parecido com o o q aconteceu com a formula indy quando houve a divisão. As duas categorias ficam fracas e depoies de anos tem que se juntar pra ficar forte.
    Deveria ser mantida apenas a gp2 e pronto

  25. Cristiano, o ruivo disse:

    Primeiro a super-licença (tem hífen?), agora a taxa de inscrições das equipes. Essa sede arrecadatória da FIA vem da onde? Tiveram aula com o nosso governo? hehehe

  26. Thiago disse:

    Tirariam a GP2 dos fds de F1? Palhaçada…

    Da GP2na F1 temos Lewis, Rosberg, Kovalainen, Nelsinho, Glock…

    Ta bom assim ja…

  27. Carlos Maciel disse:

    Concordo com o amigo Vantoil,

    muito melhor uma categoria com 30 carros do que uma de 15 ou 20, que seja.

    Categorias de acesso já temos muitas.

  28. Geraldo Netto Cavalcante disse:

    Não entendo o que se passa na cabeça do Max e do Bernie, eles acabaram com várias categorias do automobilismo em que eles não ganhavam um mísero tostão. Ambos deram dinheiro para o Tony George romper com a Cart, o que acabou com a verdadeira F-Indy, hoje tentem se levantar com carros horríveis, antiqüados e pilotos com pouco talento. De alguma forma tentam acabar com a DTM, primeiro criando o ITC e agora a WTCC. Acabaram com as provas de Endurance (onde corriam os McLaren F1 com o brasileiro Sala) e criarem a sem visibilidade FIA GT. Agora querem acaber com a GP2!? A F-3000 era sofrível! os próximos passos serão acabar com a LMS e ALMS, a Narcar e a MotoGP. A Stock…, não, eles não teriam esse trabalho!

  29. Rafael Aun disse:

    Politica na certa.

    Abraço,

    “Campanha Margem 0 na Esquerda.
    Isso tem que ter fim!”

  30. Darwin disse:

    Logo logo um dos 2 (Mosley e Bernie) cai. E essa queda de braço pode causar vários problemas enquanto não terminar.

  31. Tony Cazzo disse:

    Observem a quantidade de ações “antipáticas” da FIA ultimamente. 1) Aumento do valor da superlicença.
    2) Aumento no valor da taxa de inscrição.
    3) Essa F2.

  32. Zalex disse:

    Gostei do novo formato do blog.
    Sobre a nova F2, o nome é ótimo, mas com a A1GP com carros novos (Ferrari), a GP2 também de carros novos esse ano, é um desperdício de dinheiro o que querem fazer… mas fácil seria, apenas a mudança de nome, se não existisse essa guerra agora declarada do Mosley x Ecclestone.

  33. Vantoil Lima Jr. disse:

    Apesar de gostar da antiga F2 acho que uma nova categoria não é uma boa idéia (lógico que tem muito mais de política do que outra coisa nessa história).

    A F2 era legal pois existiam várias fabricantes de chassi, pneu, motor, etc… Os carros eram diferentes. Dúvido que essa categoria será assim , vai ser outra monomarca.

    Vai dividir a atenção com a GP2, não acho isso uma boa idéia. Não acho legal duas categorias com 15 carros, prefiro uma com 30…

  34. Rodrigo Ferreira disse:

    É para desbancar a GP2. Lá os carros custam 1,5 milhão!!! Vai ser difícil alguém atender com esse orçamento. a F-BMW, quem sabe? Mas chamar aqules Karts com asas de F-2 seria demais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>