UM CARRO, PLEASE | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010 - 18:05Automobilismo internacional

UM CARRO, PLEASE

SÃO PAULO (em pílulas, hoje) – Recebi na semana passada o comunicado, mas esqueci de avisar aqui. É que o Alessandro Zanardi mandou um e-mail triste, dizendo que acabou seu contrato com a BMW e ele não vai mais defender a marca alemã. Pelo menos por enquanto, o italiano está fora das pistas, onde brilhou no WTCC nos últimos anos. Como diz o Fábio Seixas, Zanardi é um dos heróis deste que vos bloga. No caso dele, herói não é exagero.

Vamos esperar seus próximos movimentos. O cara é um exemplo.

21 comentários

  1. JONAS MONTANARO disse:

    Ele é o exemplo da pessoa que se superou. Seria bom que alguns bonecos que correm por ai, o tomasse como exemplo e deixasse de reclamar de tudo na vida.

  2. Régis disse:

    Zanardi…uma pessoa de exemplo ímpar, que mostrou o que é possível fazer quando a vontade impera e doma as dificuldades.

    Até que a idéia dele na Stock não é má não….e na V8 australiana melhor ainda…

  3. Pelo que li no final do ano, o italiano vai se dedicar as maratonas. O objetivo são as Para-olimpíadas de Londres 2012. Ele participou da maratona de NY e venceu uma na Itália no ano passado.

  4. Rodrigo Moraes disse:

    Mas que bola fora da BMW, hein? O cara é super simpático, tudo o que ele toca vira ouro! A fábrica que der um carro pra ele vai estourar de ganhar fãs.

  5. Elvys disse:

    Baita piloto!!!O “Cara” do automobilismo de competição sem dúvida alguma!!! Notaram que foi o segundo Alessandro à passar por uma situação extrema e voltar a competir? O primeiro foi o Alessandro Nanini (acidente de helicóptero, onde quase (ou perdeu) um braço. Flávio, você pode dizer por que o Zanardi não detonou na F 1 da mesma forma que na Indy? Nunca entendi o porque disso.

  6. moacir disse:

    é, o gringo (gaúcho chama italiano de gringo, ñ me perguntem o pq) é show. Mas os tempo$ andam bicudos pra burro no automobilismo europeu.

    Mas para um cara que perdeu quase todo o sangue do corpo, sobreviveu e ainda voltou a guiar NADA é impossível – salvo, naturalmente, tirar sarro dos próprios tocos de perna, coisa que ele faz assustadoramente bem.

    Forza, Zanardi!

  7. Carlos Henrique disse:

    Essa é a diferença entre mito e herói…fico com o último e o Zanardi é realmente um HERÓI.

  8. Antonio disse:

    Sentiremos muita falta do Zanardi este ano aqui em Curitiba, onde ele sempre era o mais paparicado dos pilotos que participam da WTCC. Gente finíssima, sempre atendendo com um sorriso aos seus fãs, legião na qual me incluo.

  9. luisfernando disse:

    até hoje quando vejo o acidente eu fico impressionado.

  10. greyhound disse:

    E aí Carlos Col ? Arruma um carro pro homi !!

  11. Rogerio disse:

    É meio utópico, mas que venha para a Stock Car, seria um atrativo a mais para a categoria que já conta com nomes q já andaram na f1.
    Utopias a parte, tomara mesmo que não fique parado em 2010.

  12. Felipe Passos disse:

    Bem que ele poderia correr aqui no Brasil. Poderia ser até uma boa para a categoria que o Felipe Massa está montando, uma baita jogada de mkt.

  13. Antonio disse:

    E verdade,ele toca muito e que determinação?

  14. Com a metade da capacidade de superção do italiano eu já estava contente.

  15. rosemeyer disse:

    Piloto e gente de primeira qualidade.Que consiga um carro.

  16. Com ele nem dá pra usar a expressão “pendurar as chuteiras”.

    Desculpe o humor negro, mas o Zannardi é um cara que leva sua deficiência com muito bom humor.

    Bem que ele poderia tentar correr na V8 Autraliana.

  17. Fábio Amparo disse:

    Realmente Zanardi é o melhor exemplo de superação. Muito melhor do que novelinha global, com patricinha podre de rica reformando o quarto cem vezes pra atender às necessidades.

    Ele é o cara

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>