MENU

domingo, 14 de fevereiro de 2010 - 11:48Automobilismo internacional

VIDA NOVA

nelsinhotruckSÃO PAULO (solzão) – Começou para valer a nova vida de Nelsinho Piquet, com a estreia no campeonato de caminhonetes da NASCAR, ontem à noite. E começou bem, com um sexto lugar. O relato da prova de Daytona está aqui.

Que Nelsinho engate e olhe para a frente. Quando ele falou que agora só queria ser feliz, passei a simpatizar mais com o menino. O que ele fez não se apaga, claro. Teve consequências, ele já foi julgado e condenado, mesmo que informalmente.

Mas ficou no passado. E é assim que tem de ser. O tempo se encarrega de atenuar as coisas. Piquet-pimpolho tem a vida pela frente para apagar a imagem de mau desportista. E continuar no esporte é a melhor forma de corrigir o que fez de errado.

141 comentários

  1. Roberto disse:

    Seria curioso o nelsinho se dar bem na pick-up Nascar e ir para Indy e de lá ser campeão. Seu pai bem que conseguiu correr, mas devido ao acidente ele não deu prosseguimento. E mais curioso ainda é o carro do nelsinho. A equipe Menards não é a mesma que o Piquet pai disputava na indy?

  2. JULIO DIAZ disse:

    esse garoto merece ser feliz, fez besteira como todos já fizeram. Se fossem me punir eternamente por tudo que já errei teria que nascer mais cem vezes, força Nelsinho.

  3. marco a giosa disse:

    Todos falam do Nelsinho que bateu no muro, mas o Alonso tambem bateu nos treinos ,sera que o Briatore nao tinha planejado isso,assim nao levantaria suspeita ele saindo la atras, sabendo quando teria que parar para abastecer e o nelsinho batendo no muro assim que o Alonso tivesse abastecido ele ficaria em primeiro lugar como ficou.

  4. marco a giosa disse:

    Todos falam do nelsinho que bateu de proposito e o alonso sera que nao bateu de proposito no treino ,podendo ser planejado tudo pelo britore para ninguem levantar suspeita .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>