MENU

quinta-feira, 15 de setembro de 2011 - 18:15F-1

PENSKE, 35

SÃO PAULO (sem problemas) - Passou batido no dia certo, 15 de agosto. Em 1976, 35 anos atrás, a Penske ganhou sua única corrida na F-1, na Áustria. O piloto era John Watson. Foi a primeira das cinco vitórias de sua carreira (as demais foram pela McLaren). Era linda essa pista de Zeltweg, ou Österreichring, como queiram. O lugar é o mesmo onde fica hoje o circuito da Red Bull, entre Spielberg e Zeltweg e as vaquinhas. Quem mandou o vídeo foi o blogueiro Ronald Wolff.

34 comentários

  1. Túlio Bittencourt disse:

    Isso sim eram carros, isso sim é uma pista, isso sim são pilotos……isso sim é uma corrida de automóveis….como eu gostaria de ter vivido nessa época…….

  2. JOSÉ CARLOS disse:

    Fui dar uma olhada na classificação desta prova e notei que entre os 10 primeiros colocados, nove estavam com Ford Cosworth DFV 3.0 e apenas o Ligier com Matra.

  3. JOSÉ CARLOS disse:

    Eu havia esquecido desta vitória do watson.Pensava que o Roger Penske tivesse se retirado da categoria no final de 75 após a morte besta de Donohue.

    Valeu

  4. Eduardo Britto disse:

    Pista classuda. Muito legal ver flashes do Coopersucar Fittipald.

  5. Carlos Castro disse:

    Assisti a essa corrida pela Tv na época…aquele carro era o que diz o locutor oficial hoje…era um projeto bem nascido…começou a frequentar as primeiras filas do grid…haja saudade…de tudo aquilo…principalmente dos circuitos….bem diferentes destas coisas horriveis do tal…como é mesmo o nome do maldito?.. .Tiuk…Tilque… Tik….Ah!!!! ….pelas merdas que ele faz qualquer coisa serve!!!!!

  6. Penataba disse:

    Pista mais sem graça; sem grampos, sem cotovelos, sem chicanes…

  7. galileu disse:

    bem lembrado danilo

  8. Rafa disse:

    Na boa….quanto carro feio hem? E olha o tamanho dos pneus traseiros em relação aos dianteiros!

    Por outro lado, essa pista antiga de Zeltweg devia ser um tesão pra se pilotar……retas, curvas malandras, descidonas….

    • galileu disse:

      não,acredito no que esse rafa está postando, carros feios, esse realmente é de outro planeta, se ele ver os charutinhos da decada de 60 ou os da decada de 50 vai passar mal.
      esse é o tipo que eu classificomde comotário, comentárioo de otário
      vai jogar video game garoto.

  9. Ricardo Diniz disse:

    Acho que um ano depois de Donohue morrer na mesma Zeltweg pilotando um Penske, eis que Watson dá a primeira – e única – vitória ao time. Vendido para a ATS em 77.

  10. Virgo disse:

    A pista que o Emerson chamava de “alucinante”… um tesão!

  11. Maurício Freitas disse:

    Essa pista tinha uma interessante particularidade de vencedores totalmente inesperados de pilotos que não venciam.
    1971 – Jo Siffert – BRM
    1975 – Vittorio Brambilla – March (detalhe: era um Fórmula 2 adaptado para a Fórmula 1)
    1976 – John Watson – Penske
    1977 – Alan Jones – Shadow
    1982 – Elio De Angelis – Lotus

    E ainda, há o bônus da espetacular capotagem de Andrea De Cesaris com a Ligier, em 1985: http://www.youtube.com/watch?v=yuglyUW6-4o

  12. Renato Breder disse:

    O mais curioso é ver uma Penske e uma March liderando um GP de F1… e ainda por cima, ambas com a mesma pintura e patrocínio!! (First National Bank / Travellers Check ou algo assim…)

    Que variedade nos designs dos carros… quanta diferença pros dias atuais…

    um abraço.

  13. Ivan disse:

    Maravilhosos anos 70, a melhor época de corridas, e de tudo!

  14. Danilo Candido disse:

    Foi essa típica bagunça na largada com os carros do fundo do grid largando em movimento que causaram o acidente do Peterson em Monza/78….e o Patrese levou a culpa sozinho…

  15. Marcelo disse:

    Completando: Villeneuve, Prost, Arnoux e também Pironi eram estilo arrojados…

  16. Marcelo disse:

    Olha que legal, John Watson venceu o GP USA 1982 largando em 17º com Mclaren, e em 1983 venceu novamente esse GP largando em 22º, seu companheiro Lauda largou em 23º, “dobradinha” fantástica da Mclaren.

    Nessa época Watson, Lauda, Laffite, Jones, Piquet e De de Angelis tinham estilo parecidos, faziam corridas na base da inteligência e muita paciência poupando equipamento.

    Villeneuve, Prost, Arnoux eram estilo arrojado, não poupavam muito o equipamento(motor turbo também atiçava muito), Rosberg era arrojado e cerebral sabia dosar o motor . Prost só mudou o estilo em corridas depois do acidente com Pironi nos treinos para o GP da ALE 82(Prost nunca mais foi o mesmo em piso molhado, ele mesmo admitiu que, depois desse acidente foi mediano na chuva até o fim da carreira), o francês também mudou depois de observar Lauda em 84, aí passou a fazer temporadas mais estratégicas, administrando a pontuação. Prost declarou que se fizesse corridas mais “inteligentes” poderia ser campeão muito antes de 85. Em 82 Prost quebrou 9 vezes quando liderava, em 83 e 84 também teve muitas quebras, se não fosse tão “pé pesado” poderia ter marcados mais pontos e seria campeão.

  17. Mauro Batera disse:

    Minha pista predileta!

    Pista Fantástica!!!

    Segue um video onboard na Lotus do Nakajima em um dos treinos para o GP de 1987!

    http://www.youtube.com/watch?v=KxUXpnGI648

    Show!!!!!

    Abraço!

  18. Everson Abreu disse:

    O ” açucareiro ” tomando um passão do Wolf – Williams na primeira volta. E o Brambilla perdendo o bico do carro de novo no mesmo Osterreichring, só que um ano depois e sem vitória.

  19. Marcos Júnior disse:

    Reparem que a Ferrari não participou desta prova. Foi um protesto por conta do acidente de Niki Lauda na prova anterior, em Nurburgring.

  20. dg disse:

    Repararam no fitti F1 na prova?

  21. do amaral disse:

    linda mesmo essa pista; era o GP que eu mais gostava de ver na TV nos agora longínquos anos 70.

  22. FTrack disse:

    Vale lembrar que em 1987, na última vez que a F1 correu nesse traçado, já com a chicane no fim da reta, Nelson Piquet fez a pole com a Williams à média de 256,62 km/h.

  23. FTrack disse:

    Ambiente que nunca mais a F1 ou outra categoria top terá, com grande parte do público acampado dentro do autódromo.
    Pista lindíssma e bucólica, traçado desafiador… quanto seria a média da volta de um F1 de hoje, 280-290 km/h?

  24. Ronald Wolff disse:

    Depois de Spa, considero essa a melhor pista onde os F1 já andaram….pensar que teve um brasileiro que foi o melhor em 2002 em todo fim de semana e abdicou de vencer lá……..

  25. Italo Drago disse:

    E por causa dessa vitória, como promessa, Watson cortou a enorme barba que ostentava até aquele dia e nunca mais voltou a ter…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>