MENU

quarta-feira, 22 de abril de 2015 - 16:36Automobilismo internacional, F-1

DESÂNIMO

SÃO PAULO (o que foi sem nunca ter sido) – Há alguns anos, o nome de Nico Hülkenberg foi cotado para correr na McLaren, na Mercedes, na Williams (equipe pela qual estreou) e na Ferrari, até. Era um jovem promissor, foi campeão da GP2 em 2009, fez pole em Interlagos em 2010, mas acabou não tendo chance alguma em time grande.

Assim, engatou uma carreira na Force India (com uma breve saída para a Sauber) onde, obviamente, não tem condição alguma de decolar para voos mais altos — quem decola fora das grandes hoje em dia?

E está desanimado. “O carro é lento”, diz. A única coisa que o anima é correr as 24 Horas de Le Mans pela Porsche. Para, quem sabe, trocar a F-1 pelo WEC.

Quem diria, hein, dona F-1? Neguinho querendo sair para correr de coisa mais legal e competitiva. Abre o olho.

40 comentários

  1. Paulo Pinto disse:

    Está chorando de barriga cheia. Muitos queriam estar no lugar dele.

  2. Antonio disse:

    É um piloto mediano. É normal que esteja num carro mediano.
    Sinto falta mesmo é do Kubica.
    Esse Hulk é mais um água de salsicha.

  3. Marques disse:

    Mais um supervalorizado.
    Quanto a chance veio quem entregou resultados? Isso mesmo, Sergio Perez;
    Sergio Perez tem um pódio pela Force India (e 3! pela Sauber) numa corrida que deu pau no alemão. E olhe que é um baita de meia boca. Hulkenberg, bom piloto, mas se borra todo quando realmente importa. Largou na pole no Brasil? Na segunda curva tava em terceiro já. Quando teve a grande chance da carreira em 2012 o que fez? Rodou bisonhamente e acabou com a corrida dele e de Hamilton.
    Seguindo o caminho de tantos outros que tomam ferro na F1 e tem de correr pra outro lado. Claro, mas antes tem de meter o ferro na categoria, pq a culpa é da categoria, não deles, né Mark Webber? Buemi, Davidson, Chilton, Nakajima, Di Grassi, Webber.. Oferece um contratinho da F1 pra ver se não vão correndo.

  4. Edgar disse:

    Piloto muito bom, senão me engano, o único rookie (tirando o Rosberg que ganhou quando todos eram rookies) a vencer a GP2 até hoje.

    Mas as portas nunca se abriram, ele não leva grandes patrocínios, se é que leva, e já fez muito em resistir tanto sem levar. Vai sair por falta de perspectiva e estabilidade, já que a equipe dele vive na corda bamba, não porque tem algo mais legal pra correr.

  5. Bernard Fonseca disse:

    Vocês leram a estranha “acusação” que Marko H. consultor da RedBull falando que a Mercedes ajudou a Ferrari a desenvolver o motor e com isso fazer rivalidade com a Mercedes??? Pois é… isso pode explicar o porque a Willians também andou tanto para trás.
    E com isso ter uma falsa rivalidade entre M e F e aumentar audiência e atrair público recuperando um pouco do brilho da F1.
    Vejam quantas declarações a Willians tem feito falando que tem o mesmo motor….. “SABE DE NADA INOCENTE”
    Assim a Ferrari já quer manter os V6 Turbo e jogam a RedBull para o fim do grid e quem sabe etá para fora da F1, e aí se vigam da RB …

  6. John Player disse:

    Não é bem assim.
    Ele sairia por não ter perspectiva de pilotar um carro melhor ou um carro de uma equipe maior. Não pode ser condenado por isso. Pelo contrário.
    Mas é uma coisa comum na F1 e em todas as “categorias mais legais” (segundo alguns pensam). A maioria dos carros (ou pilotos) do grid não tem, nem terão um dia condições de disputar o título ou vencer corridas. Como em todos os esportes. NÃO SÃO TODOS QUE TEM AS MESMAS CONDIÇÕES PARA SER CAMPEÃO. Há as equipes grandes e as equipes pequenas.
    Alguém, ou alguma equipe será a favorita e outros tantos serão zebra. Faz parte.
    Quanto mimimi pra criticar a F1 hein? Já lamentamos bastante coisa (“unidade de potência” ao invés de motor, o ronco ausente, as limitações do regulamento esdrúxulo, o “pagar para garantir vaga para correr”, a ausência dos circuitos clássicos e históricos no calendário, etc), mas algumas reclamações/queixas são infantis.
    Cada um interpreta de acordo com o contexto que julga conveniente, pelo jeito.
    Quem só vê negatividade só faz procurar pelo em ovo pra criticar.

  7. Leandro Batista disse:

    Desanimo nosso também. Ja arrancaram a Ostkurve e periga perdermos a Parabolica também. Se bobear, rodam Eau Rouge, Curva do Lago, Bico de Pato e S do Senna. Vai sobrar o que? Os Tilkodromos enfeitados de LED que agradam o chefe velho e caduco???

  8. Fabiano Lacerda disse:

    Morreu e já está fedendo, a tal da F1. Quem sabe um dia desencano logo desse cadáver. rs

  9. Bráulio Pinto GG disse:

    O dinheiro é a mola mestra do mundo, se ele estiver ganhando mal na F1, deve sim procurar uma melhor oportunidade, mas se estiver ganhando o suficiente então pode até ficar com o carro parado no grid, que não tem problema. Motivação de piloto é dinheiro na conta, o resto é estória pra boi dormir.

  10. Fernando Kesnault disse:

    A F-1 virou um negocio apenas isso nao é competição, por isso esta acabando e torço por isso.

  11. Lourenço Pillar disse:

    Mark Webber teve posição que pode ser colocada como semelhante, mas que teve pouca repercussão pela sua idade avançada e pela sova de tomou do Vettel. Quem já viu corrida da Fórmula E já percebeu a satisfação dos pilotos, e do público, apesar do silêncio dos carros. Até Alonso deixou algo no ar e depois desmentiu, o que já é de praxe na F1 há algum tempo. F1 ainda encanta, mas com Bernie doido de pedra e a insistência dos demais dirigentes, e até de alguns pilotos, em não enxergar a necessidade de mudança, cada vez mais a categoria perde espaço.

  12. Fernando Lima disse:

    O WEC já “roubou” da F1 o posto de grande laboratório automobilístico…as grandes e novas tecnologias do mundo automobilístico são desenvolvidas pelas montadoras envolvidas no WEC. Além do mais, antes do Hulkemberg, já se falou em Button (antes de renovar com a Mclaren…) e até em Alonso para correr em Le Mans. A questão não é se estes são campeões decadentes ou postulantes, e sim que a F1 há algum tempo perdeu a capacidade de encantar o fã do esporte a motor (o blogueiro já falou sobre isso…), e pelo jeito os pilotos também. Enquanto o endurance cresce e fica mais competitivo a cada temporada. Esse ano teremos Nissan na LMP1…ano que vem o descendente do mito Ford GT em Le Mans…enquanto que na terra do “tio Bernie” as coisas só mudam para pior…faz algum sentido??

  13. Antonio Ribeiro disse:

    Acabei de comprar ingressos pro WEC (6h de Spa). 30 euros para três dias de evento, com acesso total ao circuito e acceso ao pit no sábado (dia da corrida) para fotos/autógrafos.

    30 pilas para se divertir, ver corrida boa, carro de ponta, pilotos fodas.

    Se F1 é pra quem tem Rolex, WEC é pra quem curte corrida, WEC é pra mim.

  14. Sabonete disse:

    Não é porque a WEC é mais legal, até porque aquilo ali é um tédio só, sem glamour e o cara tem que ralar durante a noite. É porque ele está vendo o barco indo embora sem ele. Com Bottas, Verstappinho e vá lá, Sainz, Ricciardo enchendo os olhos da mídia e do público, só lhe resta procurar outros ares, onde possa ser o protagonista e não um mero extra fazendo volume no grid. Porque nem coadjuvante ele vem sendo.

  15. JP disse:

    Como já disseram, a F-1 está sem paciência pra ver um jovem talento crescer na categoria. Ou chega ganhando ou…nada.
    Nessa toada, Bottas e Ricciardo podem ir pro mesmo buraco, infelizmente.
    Fico pensando se Senna teria espaço nessa F-1 atual….

  16. LUZ PRATA disse:

    Bom dia Gomes e galera.

    Hulk… e excelente piloto…sua Altura e seu peso…o fizeram ser Descartado numa contratacao por time de Ponta…pode sair fora da F 1 mermo…agora..os prototipos serao Ideais para seu Porte fisico…quanto ao Naser…ele chegou. …e mostrou logo de Cara ! desde a pre temporada…e nessas 4 carreras iniciais…que e Fera ! tem futuro ! os Numeros na Mentem…valeu.

  17. Luis Felipe disse:

    Flavio,
    Vc Tem sido rigoroso demais c a atual fase da F1.. Qual a diferença tao grande do Hulk para o Kubica? E o Alesi , ou Boutssen e Berger?
    O Bottas , por exemplo , pega o que é dele e sem quebras de carro… Isto é uma evolução,’inclusive, percebo!
    NA Ultima prova o Hamilton ficou 3seg apenas a frente do Kimi.. Em 88 o Senna bateu a 55 s a frente em Monaco..
    Olha bem!! Existe sim um campeonato e , diferente , apenas, de 86 ou 2012 , tem uma certa competitividade até onde percebo, porém o Hamilton é disparado o melhor piloto , e tem o melhor carro..
    Calma com o andor , e que bom, inclusive, que neguin anima em tocar outros carros na carreira…. e vamo que vamo!

  18. Dan Patricio disse:

    O cara é um baita azarado, isso sim….sempre caiu na equipe mediana que estava em pior momento…na vida além de talento e determinação a gente precisa de sorte, senão não vai…

  19. Daniel Massa disse:

    Se o cenário se mantiver da maneira que está a Formula 1 sucumbe a ela mesma. Ninguém mais gosta de Formula 1. Me sinto um ET quando falo no assunto e todo mundo olha pra minha cara com espanto – “você ainda assiste isso?” Imagina quando falo que assisto as corridas da madrugada então.
    E continuando com o cenário automobilístico, analisando a Formula E, ela será o futuro. O formato é ótimo, tem apelo, tem aproximação. Tudo o que anda na contra-mão na Formula 1. E não é “puxasaquismo” falar isso. É imaginar um gráfico e as duas linhas indo para lados contrários. Ainda não se cruzaram no meio, mas tá perto. E quando cruzar minha teoria fará sentido.

  20. Bruno disse:

    Flavio,
    Moro fora do Brasil (infelizmente) e sempre acompanhei a formula 1 e continuo acompanhando, não consegui me acostumar com o automobilismo americano e esse ano pela primeira vez resolvi acompanhar WEC e MOTOGP, paguei assinatura para ver ambos e digo que foi o dinheiro mais bem gasto, WEC é algo totalmente diferente do que estava acostumado e MOTOGP apos a Argentina nunca sairá da minha mente, teve até momento Piquet na Moto3 (o cara desligando a moto do outro, isso depois de chutar) alem do que vi o Valentino fazer.. sinceramente, esse ano de corridas, vendo MotoGp e WEC vai me fazer repensar sobre a F1 (que sempre amei e sempre vou ver, mas não sei se vou querer acordar 2 da manha pra ver corrida)
    Abs

  21. Flávio Mendonça disse:

    A Indy, GP-2 e F-E estão muito melhores para acompanhar.

  22. junior disse:

    F1 tem q voltar a ser uma corrida onde ganha o mais veloz, em que o piloto ultrapassa porque é mais rapido e não porque usou drs ou seu pneu é macio e o do oponente é duro

  23. Sanzio disse:

    Ir de vez para a Porsche é a melhor coisa que esse garoto faz.

  24. Andre Nascentes disse:

    Talvez ele seja o melhor piloto para a Mercedes caso o Rosberg saia do time. E provaria de vez o que sabe fazer.

  25. thiago disse:

    Que bobagem.

    Escuto isso tem 20 anos.

    F1 isso , F1 aquilo , um monte de piloto desdenhando daqui , outros dali , no final das contas e so quem nunca teve chance numa grande e/ou nunca conseguiu chegar la.

    Voce nunca vai ver um top reclamando. Nao ta feliz Hulk? Passa o lugar pra outro , vai la brincar de porsche , tem quem queira , 99,99999% dos pilotos , mas que quando sao rejeitados adoram dar entrevista.metendo o pau.

    Vao enganar outros.

    • JP disse:

      Ah se o mundo fosse tão simples….

      • thiago disse:

        E nao é?

        Vai la ver o Buemi , Alguersuari , Lotterer , Di Resta , Sutil , so os medianos que adoram dizer o quanto “nao queriam a F1″…

        Recalque puro.

        O que e mais engraçado de sites/blogs de automobilismo é que vc so encontra especialista , é nego falando que ama o WEC , que 24hs e que e corrida de verdade , que a verdadeira corrida e ali bla bla.

        Querem enganar quem? So querem posar de entendidos.

        Ninguem assiste essas merdas.

        WEC e mais corrida de resistencia do que de velocidade , 80 carros na pista , carros de 1000cv dividindo pista com carros de 300 cv , uma zorra , tediosa , quem liga pra isso?

  26. Alonsete Turbinada disse:

    Espero que ele continue na Fórmula-1. Ele, Kimi e Alonso fazem a diferença, dentro e fora do carro.

  27. Jonny'O disse:

    Infelizmente não assisto mais a F1, não como antes, perdi o interesse por ela, não tenho mais aquela ansiedade de inicio de ano pra ver os novos carros , antes era de suspirar para ver os novos carros, sempre tinha alguma surpresa ou aquele que era maravilhosamente lindo. Hoje os carros ficaram desinteressantes porque são de uma mesmice tediosa a anos, ou melhor, década.No plano técnico é melhor nem começar a escrever qualquer coisa, ficou ridículo.

    Os protótipos de Le Mans ao contrario, depois da morte absurda do Grupo C no inicio dos anos 90, os carros que correm em Le Mans alternaram bons e maus momentos, mas agora parece ter engatado um plano técnico que agrada ao publico, fabricas e dá muita margem para riscos, veja a Nissan ,ela está capitalizando destaque através de seus projetos revolucionários , mesmo que não correspondem em resultado na pista , mas não deixa duvidas de que vai ter muita torcida este ano nas 24H.

    Le Mans …..vou assistir sem duvida!!!!….as 24H , isso já faço a anos ,lembro que a primeira que vi pela internet foi através de uma diga do nosso querido Rodrigo Mattar em seu blog para um link direto, depois não parei mais.

    • Emmanuel disse:

      Lembro bem que em 1988 e 1989, as duas Mclarens ganhavam todas as provas com uma volta de vantagem para o terceiro , via de regra. Mas como tinha brasileiro ganhando tava tudo certo. Acho que hoje está até um pouco mais competitiva!

      • César disse:

        Exatamente.
        Eram muitos retardatários no caminho. As vezes existia uma briga pelo primeiro lugar entre as duas McLaren ou duas Williams tempos depois.
        Ps. Estou buscando na memória, não fiz pesquisa na internet para confirmar quantitativamente.

      • Jonny'O disse:

        Pra mim 1988 foi ruim, diminui muito o valor da conquista, sorte que no time tinha dois pilotos de ponta, mas de uma forma geral a F1 sempre teve e sempre vai ter um carro melhor no campeonato.

        Mas, na verdade, não é isso que me refiro no meu comentário anterior.

  28. A Mercedes faria bom negócio se trocasse um Nico pelo outro.

  29. Daviks disse:

    Certamente é uma pena que pilotos promissores e velozes (fazer pole em Interlagos molhada com uma Williams e tendo um Barrichello como companheiro não é questão de sorte) do grid. E isso em meio a alguns pilotos que fazem apenas uma corrida boa e já são chamados de a “nossa salvação”. Hulkenberg é excelente e está certo em trocar a F1 mesmo que seja para andar apenas de kart, afinal, quem compete quer vencer, quer velocidade, quer disputar e não se arrastar pela pista torcendo para, no máximo, ser 8º enquanto vê a idade chegando e as oportunidades concentradas nas mãos de poucos. Certamente a WEC terá um brilhante piloto, mas na cabeça da F1 ele é “só um cara sem título. Não faz falta”.

  30. FRANCÊS disse:

    Hulckenberg sempre foi excelente piloto. Acompanhei tudo isso. Foi uma pena não ter chance em uma grande. Mas hoje é preciso talento ou dinheiro para ter chance em uma grande?Talento+dinheiro+sorte sei lá…………………

  31. Ricardo disse:

    A F-1 está cada vez mais sem paciência com jovens promessas, só tem chance nas equipes Top’s quem já chega sendo campeão nas primeiras temporadas como Hamilton, Vettel ou Alonso. Abre o olho Nasr!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>