“GP ÀS 10″: ANDRE & MARTA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 29 de novembro de 2018 - 16:37Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: ANDRE & MARTA

12 comentários

  1. Edison disse:

    Como diria Charlie Brown: “que puxa”!

  2. Jonny'O disse:

    Caramba…. que noticia chata, a F1 tá meio sem graça, e quem ajudava a dar a graça a coisa, vai parar!

    Desejo ao André sucesso em novas empreitadas!

  3. Ely Sandro Sandes disse:

    Vou sentir muitas saudades da Coluna Apex! Acredito que li e reli todas as colunas pós-corridas escritas por André Jung e lindamente ilustradas por Marta Oliveira. E engraçado que eu geralmente concordava com todas as descrições e argumentações contidas nos textos, sempre bem escritas! Felicidades ao André Jung e a Marta Oliveira. E um muito obrigado a eles.

  4. Alex disse:

    Uma pena pra nós, para o GP. E para o falecido Brasil também… É muito reveladora a extinção desses ministérios e o próximo passo deve ser começar a queimar livros “partidários”…tipo Paulo Freire, Milton Santos, Celso Furtado, Gilberto Freyre….

  5. Tumari disse:

    Flávio, vou ser chato pra kcta….te peço desculpas de antemão. Não tem a ver com o post, mas com o patrocínio que vem antes dele. A petroleira que patrocina o GP às 10 é uma estatal e por isso parte do governo golpista (entre aspas ou não). Dada a sua opinião, claramente exposta nesse blog (que tanto gostamos) a respeito desse governo, aceitar esse patrocínio não te deixa meio “puto” não? Ou, se eles quiserem pagar que paguem, já que sabem que você não deixará de criticar o governo quando sentir necessidade já que, afinal, o blog é seu? E se fosse uma empresa de armas, por exemplo? Não quero polemizar não, se pudesse te mandava a pergunta por qualquer outro meio “não público”….Abraço!

    • Flavio Gomes disse:

      A Petrobras é uma empresa respeitável que concorre no mercado com Shell, Ipiranga e outras petroleiras. É empresa com vínculos com o automobilismo e com o mundo do automóvel. Não misturo as coisas. E, como se pode perceber claramente, em nada esse patrocínio condiciona minhas opiniões.

      • Tumari disse:

        Muito legal Flávio! Obrigado pela resposta e pela qualidade dela. Confesso ter ficado com certo receio de incomodar vc ou nossos companheiros aqui do blog. Saio com minha dúvida sanada e ainda mais seguro que acesso, todos os dias, o blog certo! Valeu e grande abraço

    • pedro araujo disse:

      tumari, so pra completar a argumentacao do gomes:

      petrobras é uma empresa do estado brasileiro, nao do governo brasileiro

      existe uma distinção importantissima entre estado e governo.

      o governo pode ter suas diretrizes modificadas de tempos em tempos, mas os projetos de estado devem ter continuidade, independente do tipo de governo

      um dos grande problemas do brasil é os eleitores (e varios homens publicos, como varios da turma do messias) nao saberem a diferenca.

  6. pedro araujo disse:

    Morro de pena de não saber à época que conseguia visitar o camarim do Ira! aqui em belo horizonte (fins dos ’90 até inicio dos ’00) que o André sabia tanto de F1 o papo iria bem mais longe do que “somente” musica…

    O que mais gosto (porque acabo relendo de tempos em tempos colunas antigas) do texto dele é essa capacidade de sempre trazer um detalhe ou assunto que passa despercebido por outros colunistas.

    Mas um relato me marcou muito: o encontro dele com o Piquet numa ponte aérea qualquer. Vivo contando pras pessoas sobre o que o André escreveu quando tento explicar que essa imagem do Piquet mal humorado é falsa. (Outro episódio é o do Gomes passando pro Piquet o telefone do Crispim). Acho que tenho o texto copiado no computador em algum lugar…

    O que me leva a um pedido: Gomes, deixe organizado por favor e em um link acessível o acesso pras colunas do André, seria muito legal esse acervo ficar à disposição dos antigos e futuros leitores…

    O que me leva a uma constatação: tenho saudades das colunas. O processo de esperar pelo dia da semana pra poder ler nossos colunistas favoritos era uma coisa legal, hoje as opiniões aparecem na frente da gente numa quantidade que nem sempre vem acompanhada de qualidade…

    E pra fechar: cultura e arte são contestação e contraditório. Messias e companhia não admitem contestação e contraditório, não sabem lidar com isso. O que vai sobrar de cultura e arte aqui no bananal são as sambistas no pódio de Interlagos. Voltaremos à cachaça/carnaval/mulatas.

  7. Leandro disse:

    Deixará saudades André, obrigado por todo o tempo dedicado a coluna.

  8. Rodrigo Moraes disse:

    Puxa! Gostava muito da coluna. Era uma fuga do lugar comum. Assim como outra que perdemos recentemente, do Roberto Nasser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>