MENU

segunda-feira, 30 de janeiro de 2006 - 15:50A1GP

Cada vez mais “inho”

SÃO PAULO (eu uso óculos!) – Não adianta reclamarem, de fim de semana eu não “blogo” mesmo, só em situações excepcionais!

A1GP na África do Sul. Nelsinho, de novo, foi mal. O rapaz está comendo o pão que o diabo amassou nos dois campeonatos verdadeiramente duros que enfrentou/está enfrentando.

2006 vai ser uma temporada decisiva para ele. Talvez a facilidade que teve nas Fórmulas 3 (aqui e na Inglaterra) tenha iludido pai e filho. O fato é que da GP2 três saíram direto para a F-1, dois como titulares (Nico e Speed) e um como reserva (Kovalainen). E na F-1 ninguém mais toca no nome de Piquet Jr.

28 comentários

  1. polé queiroz disse:

    cês viram a copa das nações no final do ano na frança?
    o massinha andou pacas, mas o jr. afundou o time,,,

  2. roberto paulo silva disse:

    O Piquet no passado disse que o Senna era homossexual!
    O castigo vem em cavalos!!!!!!!!!!!!

  3. VELOZ-HP disse:

    Não tem jeito, o único piloto que superou o seu pai correndo na mesma categoria foram Valentino Rossi, absurdamente melhor que seu pai Grazziano Rossi e Alberto Ascari, bem melhor que seu pai Antonio Ascari. O resto é só manezinho pegando carona fácil às custas do papai.

  4. Jorge F. disse:

    A verdade é a seguinte: muita gente está fazendo comentários sobre a capacidade técnica de Nelson Piquet Jr.. Mas pergunto: quantos de vocês já o viram correr?
    Poucos são os que podem realmente falar se ele é bom ou não pois o viram “in loco” ou acompanharam mais de duas corridas completas pela TV.
    Alguém sabe se o cara freia reto ou não?
    Alguém sabe se ele prefere um carro que saia de traseira ou de frente?
    Fala-se muita besteira sem estar a par do assunto.
    Vão vê-lo correr no autódromo ou assistam pela TV e aí sim exponham suas opiniões.
    Estou farto de gente que comenta sobre automobilismo e não sabe engatar uma ré num Fusca.

    Um abraço.

    Jorge.

  5. Rangel disse:

    Por que Di.abos o sobrenome Piquet é uma Maldição e o sobrenome Rosberg (mais fraco por sinal) não é ??

    Ninguem fala do Guri aqui porque ele é filho de Piquet e sim porque teve todas as oportunidades de aprendizado e de chegada que outros não tem. Ele acelera mais ou menos mas como acerto de carro não tem 10% do talento do Pai. Mas a questão aqui ainda não é comparar com o Piquet Sênior posto que ele está a anos luz, a questão é que ele não reúne talento para a F1, simples e claro. Ele não tem obrigação de ser bom, concordo que é o Pai que levanta a bola e que ele fica na dele, mas tem de ficar mesmo pois sua bola é murcha, com a grana do seu Pai aposto que ele vai descobrir o seu verdadeiro talento.

  6. PedroJungbluth disse:

    Olha, concordo com o Fabio RC completamente!
    Pura implicância!!
    Ninguém nunca viu a corrida que o piquezinho correu com a suspensão totalmente torta, na F3 inglesa?
    O Guri é bom, por favor. Se ele não tivesse o sobrenome Piquet, certamente iam respeitar ele mais.

  7. Henrique disse:

    Tava na cara que isso ia acontecer. Igual ele tem um monte. A única diferença e que tem grana e contatos mas talento igual ao pai, eu diria que tem 30%.

  8. Edgar disse:

    Com certeza Fabio RC… O que conta é a grana… nao ve esse indiano na williams, arranjaram até um lugar de segundo piloto de testes…até eu se tivesse um patrocinio ignorante se chegar na williams hoje eles me arrumo um lugar de piloto… nem que seje pra pilotar a cadeira de rodas do Frank…

  9. Fabio RC disse:

    Se o problema for idade, pode chamar aquele moleque das motos (o brasileiro, de 9 anos que escandalizou o Flávio). Mas o que me refiro nao é a idade, e sim a testes: o Senna nao entrou logo no primeiro teste, aliás quantos entraram? Nao é só habilidade do piloto que conta, tem a questao de patrocínio também. O incrível é que tem gente aqui que acha o indiano e o Vagaroso Monteiro bons pilotos…. claro, nao sao brasileiros, se fossem, seriam massacrados, com certeza…

  10. Sucrilhos disse:

    Uéee… Falam de pegar no pé, mas ninguém tá pegando no pé… Que o Piquetzinho faça que nem o alemão, responda as críticas com resultados. Mas isso ele não faz, né? Então não é pegar no pé, são fatos. Fatos não tem opinião e nem mentem. Ele está se saindo mal, fazer oq? E quanto ao Senna não ter entrado de cara na F-1, oras, era outra época! Não é que nem hoje em dia que moleques de 19 anos saem acelerando F-1. O Rubinho que quando estreou era considerado precoce, hoje em dia não seria mais do que normal…

  11. Max disse:

    Acho que o Junior está comendo o pão que o pai dele amassou… O Piquet fala pelos cotovelos e só está fritando o rapaz, que como disse o Fábio RC, é bem na dele e está levando ferro por um mau paitrocinio.

    Aquele lance do Rubinho é verdade. O Piquet adora meter o p a u nele e esquece a carreira do filho que não está grandes coisas. O Piquet é o tipo da pessoa que senta no próprio rabo para falar do dos outros.

  12. Fabio RC disse:

    Acho que existem duas razoes para a má vontade com o Ângelo Piquet: primeiro, que o Nélson fala demais, às vezes mais pra tirar onda com a cara de quem escuta que em sério (mais ou menos como o Gomes com essa campanha das Kombis). Daí, o pessoal transfere a raiva que sente pelo Piquet (a maioria aqui é Sennista, nao esqueçam) para o filho, o que é uma tremenda injustiça, o garoto é super baixo perfil, tá sempre na dele; a segunda razao é que estamos sempre esperando um novo gênio brasileiro da F1, nao podemos nos conformar com menos, afinal de contas, veio um alemao e “roubou” a atençao do mundo todo que antes era, principalmente, pro Senna. Que desfaçatez, hein? Entao, se o cara nao arrebenta logo de cara, danou-se, nao serve, vai correr de Stock. E ainda, mesmo sem querer, desmerecem os pilotos da Stock e de outras categorias! O cara levou pau do Nico? Quando Senna fez o primeiro teste, foi bastante duro pra ele, tinha um certo alemao (nao lembro o nome) que quase meteu pau nele. E tampouco Senna entrou de cara na F1, demorou um pouco. O fato é que depois dele, a mídia, principalmente Globo, começou a criar tremenda expectativa em cada piloto que apareci: Gugelmim, Zonta, Diniz, Burti, Cristian Fittipaldi… todos com a obrigaçao de ser gênios. E Gomes: é impressao minha ou você tem uma certa implicância com o garoto?

  13. Léo Engelmann disse:

    Citando o meu xará, nesse comentário: “foi o resultado de carros que estavam muito rápidos e pouco seguros”. Mas esses carros estiveram, digamos, fora das especificações de segurança. Senão, teríamos mais mortes até Ímola, porque depois todos ficaram espertos.

  14. Rangel disse:

    Acho que o Piquezinho teve todas as oportunidades de se tornar um grande piloto, um chefe e Pai tricampeão do Mundo que todos sabemos que de mole não tem nada. Se ele não consegue mostrar nada agora não será no futuro que irá mostrar, já foi dito que tomou um p.a.u do Nico nos testes, aparece um Jos Vestarppen que sempre foi um piloto interessante na F1 mas nunca chegou a realizar grande coisa e destrói na A1 GP, é só comparar, infelizmente eu como Piquetista tenho de admitir que o Piquet Jr. não serve para a F1, talvez uma IRL ou Nascar, Stock Car já é pisar no cara né ???

  15. LéOo disse:

    queria só dizer ao meu xará Léo que postou que o acidente do Senna foi mera catástrofe e que havia segurança naquela época na f1:

    não sei se você sabe, mas um dia antes do Senna, morreu outro piloto naquele fim-de-semana macabro de ímola, um cara chamado Roland Ratzenberger que corria pela equipe Simtek. o Barrichello quase morreu na espatifada que deu com a Jordan também em ímola. O Karl Wendlinger também quase se foi num acidente em Mônaco. Ou é muita coincidência, ou essas “catástrofes” não foram catástrofes %[email protected]$&@#nenhuma, foi o resultado de carros que estavam muito rápidos e pouco seguros.

    quanto ao piquet jr, eu nunca achei ele tão bom quanto diziam, ganhou aqui no Brasil com um carro bem melhor do que o dos seus competidores que tinham carros padronizados. Agora, sentindo a pressão ele tá penando, afinal, agora não tem sobrenome famoso, nem papai pra protege-lo e coloca-lo na frente.

  16. PedroJungbluth disse:

    É bom que não se fale dele na F1. Piquezinho mostrou sim ter muito talento, e agora mostrou que tem que dar uma lapidada antes de voos mais altos.
    Espero que ele amadureça bem antes de queimar o nome na F1. Entrando na hora certa, ele pode ir bem.

  17. Alessandro disse:

    bem feito!!!
    espero que continuem não comentando!

  18. do contra disse:

    Sérgio Magalhães, concordo consigo, mas acho que tem ainda, pr’a botar na lista, o Danilo Dirani, e, quem sabe, o Lucas di Grassi. (tenho certeza que errei a grafia, mas tô sem saco de ir conferir).

  19. Thiago Azevedo disse:

    O Nelsinho foi bem até onde o dinheiro do pai foi tinha maior força. Tanto no kart como no carro a estratégia do pai para o filho foi a melhor: bota o menino para treinar. O cara tinha um kartódromo e praticamente um autódromo no quintal, e quando começou na F3 ele foi bem, mesmo com equipe “independente” (que na verdade deve ter tido algum tipo de ajuda das equipes Amir Nass ou Cesário Fórmula). Com a quilometragem que ele teve, ele aprendeu a guiar estes carros. E guiava bem. Apesar de competir com uma geração fraca (o maior concorrente dele era o se não me engano Thiago Medeiros, piloto bem fraquinho). Ele estava guiando bem o fórmula 3, tanto é que venceu o Campeonato inglês. Acontece é que agora o negócio complicou, os carros são mais potentes, mais caros, não há a mesma liberdade para treinos. Na fórmula 3 sulamericana, naquele ano de treino (que ele disputou meio campeonato), ele já tinha uma quilometragem muito maior do que a maioria dos pilotos que participaram do campeonato desde o início. Não sei… Talvez falte nele aquilo que o pessoal chama de “dom natural”. Geralmente pode ser notado quando um piloto arregaça já no primeiro teste, ou em poucas voltas, como fez Senna com a Williams, como fez Schumacher com a Jordan. Quando ele disputou a vaga com o Nico, ele tomou um coro, (tanto é que depois disso o pai não fez outra coisa senão provocar o Nico e o Keke). Outra coisa pode ser a adaptação do piloto a um carro mais potente. Veja o Pizzonia. Teve um redimento perfeito em categorias menores (até a F3), na fórmula 3000 teve uma queda de rendimento e na F1 teve um rendimento fraco. E não foi por falta de treino. Neste caso ele simplesmente não se adaptou ao carro mais potente, sua pilotagem não é adequada e ele não consegue mudar isso. Pode ser isso.
    Mais acho que o melhor negócio é esperar, quem sabe se o Nelsinho treinar mais ele não pega a mão destes carros? Vamos torcer. Quanto mais brasileiros melhor.
    E que seja dada oportunidade ao João Paulo Oliveira, que para mim, é um dos melhores pilotos do Brasil.

  20. Galvão disse:

    Concordo com o Magalhães

  21. Ana disse:

    Parece que eles achavam que tudo iria ser muito fácil.Quebraram a cara. Como o Rubinho disse quando o Piquet deixou vazar sua ida pra BAR e ainda o chamou de Burrinho:’Nelson Piquet cuida da carreira do seu filho porque não parece que ela vai muito bem’. E outra coisa baixa a bola, sandálias da humildade.
    Para o Léo:Vc faltava catecismo e eu não ia para os plantões de exercícios do cursinho no ano passado (para assistir o Gp de Mônaco, pelo menos um pedacinho, tive que fazer um simulado correndo).
    B-jinhos

  22. SERGIO MAGALHÃES disse:

    Sabem a grande mancada que eu acho que está afundando o Nelsinho? Foi essa histporia do Piquetzão em montar equipe para ele correr na F-3 e na GP2. Isso deu certo na época do Piquet, quando não existia tanta tecnologia, havia um pouco de amadorismo em quase tudo que envolvesse esporte. Hoje não, a coisa é profissional demais. Acho que o ideal teria sido conseguir um lugar para o Nelsinho numa equipe bem estruturada, com gente experiente, que já tivesse passado pela F-1, sei lá. O Piquet (pai) achou que era o mais certo, e com isso o Nelsinho correu sem aquela presão de um chefe de equipe que cobra, exige. No esquema em que o Nelsinho correu, ele era dono da equipe, e talvez por isso deixou de aprender muito com os métodos de trabalho de uma equipe experiente e vitoriosa. Lamento muito porque não vejo no momento outro piloto despontando para a F-1 depois do Nelsinho, além dos que já estão lá. Talvez só o João Paulo de Oliveira seria o nome a ser observado pelos chefes de equipe, afinal, esse rapaz está ralando muito e merece uma chance.

  23. Edgar disse:

    Coitado do rapaz… e ele é até bem esforçado e acho que tem talento mais… a vida é feita de momentos e o dele agora é péssimo…

  24. Jonny'O disse:

    Acho que Piquet.Jr está patinando,essa é a verdade nos dias de hoje,o resultado tem de ser rápido,senão cai no esquecimento.
    Ele pode emplacar de repente três seguidas e voltar ao noticiario,é assim que funciona.Mas cá pra nós,nos testes que fez na F1,não mostrou nada de genial.

  25. Léo Engelmann disse:

    Será melhor para o pequeno Nelson, pois a maioria dos pilotos provenientes do nepotismo automobilístico não forão tão bem quanto os seus velhos.

    Casos conhecidos, para ilustrar, de Michael Andretti, Cristian Fittipaldi, Jacques Villeneuve ( chegou a ser campeão uma única vez quando pegou uma Williams extra-terrestre ), e agora puseram na mesma Williams ( que voltou a ser da Terra ) o filho de Keke Rösberg, considerado pela própria escuderia terrestre como uma grande revelação, mesmo antes do campeonato começar.

    Vale lembrar que Schummi é o campeão da velha guarda da Fórmula um, época em que havia competitividade verdadeira com segurança ( o que aconteceu com Senna foi uma catástrofe mesmo ), quando competia com Senna, Berger, Prost e outros que nos davam razão para acordar mais cedo num domingo para ver a corrida, seja qual for o tempo e temperatura, seja qual foi a hora que se chegava da noitada, seja até para matar aula no catecismo.

    A verdade é que estão tentando trazer de volta a competitividade na Fórmula Um e estão levando-a para mais longe ainda.

  26. Alexandre Carvalho disse:

    Neste caso o raio não caiu duas vezes no mesmo lugar. Se falta talento antes da F1, melhor parar agora e tentar outra profissão. Ou volta pra correr por aqui.

  27. jujuba disse:

    moleque %[email protected]$&@#..ninguém fala nada se fosse parente do Rubinho já tava morto…

  28. Lucas disse:

    É, acho que para a F1, ele foi pro brejo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>