Onde está Wally?

SÃO PAULO (o onipresente) – O blogueiro André Grigorevski, passateiro histórico, perambulava pelas ruas de Petrópolis quando, de repente, olhou para cima e…

Bem, descubram na foto por que Petrópolis é uma cidade especial…

Comentários

  • Marcelo, só pra terminar, meu, porque tanto odio no coração, meu, voce deve buscar tratamento, um remedinho, sei lá, se vai ter um ataque de nervos qualquer dia desses,tudo porque o cara falou mal do Rio hehehe, ta loco cara, eu em!!! abraço pra voce e feliz dias da Mães.

  • Marcelo, na boa meu, eu escrevo mau mesmo, infelizmente, tenho dislexia, ou seja, dificuldade em escrever algumas palavras em com c, s, z, e montar frases tambem, não se pode julgar o carater de uma pessoa pela forma que escreve, mas blz, estamos ai, o que eu escrevi abaixo ainda vale, com ç ou s ou z.

  • HAHAHAHAHA, esse Veloz (lerdo de idéias) achou um amigo a sua (baixa) altura. Um cara que escreve ofensa com cedilha só pode ser mesmo da mesma turma. Pena é coisa de galinha meu caro….nas uma resposta inteligente jamais seria esperada, só mesmo o refúgio da pretensão….tsc, tsc.

  • Olá Petrus, concordo com você pois também procuro encontrar por aqui algo diferente da desgraça mundana normal, mas as vezes alguma alma penada e desesperada tenta assombrar esse pequeno canto aprazivel de idéias e cultura automobilística com suas certezas incertas e triste descontrole mental e espiritual.
    Mas estou contigo, vamos manter o nivel no patamar dos humanos.
    Grande abraço.

  • Ohhhh Amigos, calma ai, abrir o Blig logo de manha e ver essa troca de ofenças não é muito legal, pensem um pouco em quem está lendo que não tem nada com “rond 1 Fight” troquem e-mail e briguem particularmente, vamos falar do vale a pena, essa Bos…Ta de mundo já está complicado demais, abraço para os dois!!!

  • Marcelo, você é tão idiotamente burro que chego a ter pena.
    Seus comentários mais parecem um verme ferido do que algém que tem algo sério a dizer aqui.
    Eu disse exatamente o contrário de tudo o que você ridiculamente vomitou, mas seus recalques e frustrações cegam-lhe totalmente.
    Sinto pena de você, de verdade.
    Mas não serei nunca seu amigo pois, como já disse aqui, amigo não é quem tem pena de você, amigo é quem te ajuda a sair do problema ou tenta realmente te tirar da lama.
    Você, pelo jeito, preferiu viver com os porcos então, boa viagem.

  • Um tempão sem vir ao blog e vejo algo interessante, abro e começo a ler os comentários e…vejo o mané mais preconceituoso que tem por aqui falando mal do RJ. Esse Veloz, que deve ter mais de 60 anos e com certeza é chamado pela esposa pelo sobrenome (coisa de gente antiga, em idade e mentalidade), fica posando de grande conhecedor, contando histórias mirabolantes do avô que deixava ele dirigir de Santos a Sp com 10 anos de idade e etc e não passa de um semi-analfabeto que detona o português e acha que mora numa ilha de prosperidade onde tudo é exceção: da pobreza a violência, da saúde a educação, do transporte a habitação e etc. Nunca ouviu de falar de Caieiras, Carapicuíba, Franco da Rocha e outros. Se coloca acima de todos dizendo que temos problemas porque somos um subpovinho que permite que políticos façam o que bem entendem e assistimos passivamente. Vem cá, por acaso é algum militar orfão de 64? E aí em SP, a vida é um paraíso, como o baiiro? Ou todos os lugares são jardins? Fala do amigo que mora em Petrópolis e depois concorda que tudo é uma favela? Vai pra PQP seu medíocre!! Deve ser eleitor do Maluf e particpante da TFP (vc sabe o q é né?) . Ainda bem que o tempo vai depurar naturalmente pessoas com essa mentalidade tacanha e obtusa! Nunca acreditei nos seus relatos da juventude, quer malhar o estado/cidade dos outros, antes olha pro teu quintal. MANÉ!!!

  • Petrópolis cidade especial???
    Tá maluco???
    Rodeada de favelas, assaltos na subida prá lá a torto e a direito.
    Só para os bacanas que “dormem” em Itaipava devem achar tudo lindo, de cima! E não é de uma laje não, é de Helicoptero mesmo!!! Como nossos governantes adoram.
    Petrópolis, juntamente com Teresópolis só estão na mídia por causa de seu passado supostamente glorioso. Mas isso foi no século 19, quando será que chegarão ao 21???

  • Petrópolis é uma cidade linda e cheia de tradições automobilísticas, tanto em corridas como o circúito de rua, bem como oficinas de preparação e de morada de colecionadores.
    Também é o lar de um amigo meu, o Paulo Scali, grande advogado, colecionador e grande escritor de livros automobilísticos, tendo já editado 3 deles e que tenho a honra de colaborar com ele sempre que solicitado.
    Pelo que conheço do Paulo ele deve estar odiando essa loja, pois um carro antigo, seja ele qual fôr, não merece ser tratado dessa forma pobre, porque o automóvel encerra em sí muita história e reflete como muito poucas coisas materiais a história de um povo e sua cultura.
    Como o brasileiro não dá valor à memória e menos ainda à cultura, o resultado é essa cafonice ridícula estampada na foto e que também mostra, e de forma eloquente, o resultado disso que é o senhor desempregado e mal aposentado vivendo de vender alguma comida no meio fio da rua, certamente de forma irregular, se expondo ao risco de um acidente gravíssimo e tendo essa como última opção de vida.
    Essa foto é muito mais ilustrativa das mazelas brasileiras do que a maioria pode enxergar.

  • Como é que aquela tralha foi parar ali???
    Se encher laje já um trabalho ingrato, imagina ter subir aquele cacareco depois de tudo!!!

    Pelo menos ele deve estar com a kilometragem bem baixa, né?

  • Como já morei em Petrópolis, sei que isso é na Rua Tereza! E sei que a Rua Tereza, graças ao movimento avassalador, principalmente de turistas do Rio, tem estacionamento em qualquer buraco. Mas essa foi um pouco além da conta! :o)

  • valeu Marcello,

    Faz tempo, mas já fui no Kart do ABC shopping, como vc disse a pista é curta nem tem se me lembro bem uma reta de verdade, mas tinha uma curva de alta que vc tinha que fazer tangênciando duas pilastras uma na entrada da curva e a outra no final da mesma, eu e a galera que ia comigo se divertia horrores !!!

  • Foi exatamente na Rua Tereza que fotografei esse Belcar. Lembro de já estar ali há anos. Fazia tempo que eu não ia a Petrópolis e quando voltei lá em janeiro não pude deixar de conferir se o DKW ainda estava lá.

    Cheguei a entrar na loja da primeira vez que vi, lembrava que era apenas uma carcaça (não tem nem forração no teto), mas não lembrava que a frente estava cortada…

  • Esse DKW está na rua Teresa sim e para os que desejam saber como foi parar lá… ele está cortado ao meio, aliviado de toda parte mecânica. Ou seja, é só a lataria mesmo. Serve de decoração nessa loja, que é em um estilo meio urbano, muito legal, por sinal. Sorry, Flávio… um DKW a menos no mundo…

  • Rua Teresa, com certeza, e Felipe, se vc vai a Petrópolis, aproveita e anda mais um pouco, até o ABC Shoppingo e vai dar uma andada de kart, lá tem uma pista curtinha e escorregadia com uns karts de 9hp, não é um kartódromo, mas é muito gostoso de guiar naquele sabão. Ah, e os donos, o Seu José, o Luiz Felipe e sua esposa Vera são muito simpáticos e cordiais.