No comments


Mais uma do acervo de Edu Carvalho. Mônaco, claro. Quando?

Comentários

  • amigos

    não tenho dúvidas que a foto é de 1965, reparem Stewart na direita na foto no seu ano de estréia na F1,vale registrar que nesse ano não houve a presença de Jim Clark que na mesma data ganhou as 500 milhas de indianapólis, em tempo Hill ganhou a prova pela quarta vez

  • Caros
    Claudio Ceregatti e Reginaldo, em 1965 a Princesa Caroline tinha no máximo 7 anos, peguem leve…. Agora, se a foto fosse de 1975 ou 76, eu estaria na fila, platonicamente, junto com vocês. Acredito que ela foi das poucas mulheres neste mundo a fantasiar a cabeça de tantos e diversos homens. Parece-me que representava ( e ainda representa)uma mistura de simplicidade e sofisticação ut %[email protected]$&@# que tanto desejamos e admiramos nas mulheres.

  • é isso ai !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Tem q tira aquele velho rabujento do Bernie eclestone q vai tirando tudo quanto é corrida boa e importante. daqui a pouco nao vai ter mais corrida europeia so aquelas carniças asiaticas.

    GP do Brasil vou levar UMa faixa contra esse destruidor da formula 1.

    Como ja dizia o bom poeta:
    “formula1, quem te viu nao te ve mais”

  • Comendatori: Veloz:
    Vcs estão enganados. Quem estava ali, era eu tentando paquerer aquela princezinha deliciosa que se tornou uma mulher espetacular.
    Eu bem que avisei que as escolhas não seriam boas, mas ela não acreditou e eu fiquei de longe só lamentando. Agora não tem mais jeito já que outra Princesa tomou o trono desocupado e de lá não sai, salvo, sponti própria.
    Eu ouvia as transmissões acho que pela BBC ou qq outra rádio inglesa – sei lá em onda curta. Não entendia absolutamente nada do que diziam mas o som….Dio mio…o SOM, a música que se ouvia cheia de estática era uma benção para mim.
    Compensava a implicancia da familia com minha mania inexplicável (até para mim!). Eu entendia alguns nomes e ficava alucinado porque nada se escrevia na mídia por aqui (e meu pai trabalhava nos Associados e tinha acesso farto aos noticiarios e nem assim se tinha informações). Estamos falando de 60/62 em diante, até que o Barão pegou o microfone da pan e começou a narrar o que acontecia. Putz!, hj com um aparelho do tamanho de uma azeitona pode-se ver, falar, até com a Lua. E como viajavamos profundamente em cima de meia duzia de linhas mal escritas e de umas radio fotos de quinta categoria. Eram puro Rembrandt em nossa imaginação.
    Foi muito bom. Pena que acabou.
    obrigado pelas lembranças.
    Alias, hj entrou duplamente premiado até pelo Episcolo, no post dos caminhões abaixo…
    Abração

  • Prezado amigo Veloz:
    Engano seu, meu camarada…
    Infelizmente não estava lá, e nessa época não havia transmissão nem de rádio, só lá pra 68/69 que passei a ouvir esses roncos maravilhosos pelo rádio, e cronometrava a diferença pelo som… Haja fanatismo.
    Masssss….
    Caso estivesse aí, certamente nesse momento estaria com um olho na pista e outro na Princesa Caroline de Mônaco, que tem poucos dias de diferença de idade comigo.
    Amei-a com carinho em mágicos sonhos, várias vezes, misturando F1 e esse cenário maravilhoso da abertura do filme Grand Prix, apenas dois anos depois.
    Sempre disse, por anos e anos a fio:
    Nesse ambiente frívolo por natureza, ela merecia bem mais do que os homens que teve, parece que não conheceu a plena felicidade.
    Pobre dela: Não nos conheceu…
    Escrevo hoje assim dessa minha maneira digamos… humilde-padrão.
    Acordei bonzinho hoje.

  • BRM, COOPER, VANWALL, LOTUS, BRABHAM, CONNAUGHT, COVENTRY-CLIMAX, Pneus Dunlop Racing.
    Nada disto existe mais !
    Foram os bons tempos, quando a Inglaterra era o reduto do automobilismo de competição.
    Pensando bem, acho que deveriam expulsar as fábricas, os japoneses e o Bernie Ecclestone !
    Talvez assim a F1 voltasse a ser interessante !

  • Monte Carlo 1965 – Largada

    Posição de largada :
    1) Graham Hill – Arthur Owen P261
    2) Jack Brabham – Brabham BT11
    3) Jackie Stewart – Arthur Owen P261

    Posição de chegada:
    1) Graham Hill – Arthur Owen P261
    2) Lorenzo Bandini – Ferrari 1512
    3) Jackie Stewart – Arthur Owen P261

  • Concordo com o chute do Lucas e o palpite do Peixe, pode ser 1965.
    Mas, pela largura dos pneus e o Brabham do Hulme à esquerda da foto além do Stewart à direita da foto na mesma equipe BRM do Hill, pode ser também 1966.
    Lá atrás aparece uma Cooper que acredito ser pilotada pelo Rindt encoberta pela Ferrari do Surtes.
    Atrás do Hil aparece a Ferrari do Bandini.
    É, mas acho que vou chutar 1966 porque se vocês observarem bem, abaixo do camarote da família Grimaldi tem um garotinho sentado na cerca de canos. Adivinhem quem é ?
    Sim, ele mesmo, o Comendadore Ceregatti berrando e xingando o Bandini pois deveria ter passado o Hill na largada, pazzo manco, vá fanculo…