MENU

sexta-feira, 4 de julho de 2008 - 16:13Kombi & cia.

FILHAS ÚNICAS

SÃO PAULO (descobertas) – Ótimas matérias no Webmotors indicadas pelo Eric Drugovich, sobre dois exemplares raríssimos de Kombi, uma luxo, diesel, para exportação, e outra, vejam só, produzida com tração 4×4. Os textos são de Rodrigo Samy. Ambas estão com o mesmo proprietário, um ex-funcionário da VW que trabalhou na montadora por 33 anos. Diz que vende, mas não falou em preço. Isso não importa. O que vale é saber que elas existem.

11 comentários

  1. Dagoberto disse:

    Conheço está Kombi aqui do sul, pois eu conheci ela aqui em minha cidade Uruguaiana – RS, quando ela se encontrava fazendo a sua documentação.

    Sendo que aqui tem uma também que é Diesel motor 1.9 com direção hidraulica freio a disco nas quatro rodas, teto solar, rodas 15, com um radiador na lateral traseira direita.

    No qual é o veículo mais INTELIGENTE que a VW já fez.

  2. Fernando disse:

    Há um tempo eu me perguntava onde que foram parar estas kombi 4×4(que já vi antes nessa mesma cor bege, talvez essa mesma).

    Achou!

    Já essa outra, tanto vende, que já está com belo anúncio.

  3. Pedro Jungbluth disse:

    Sempre adorei e sempre vou adorar Kambis. Esses dois modelos são muito bacanas e deveriam estar em museu.

  4. Muller disse:

    Sei até quem é o dono… se for o mesmo colega do meu pai, que trabalhou na VW em SBC por também 30 anos…

    Lembro dos meus tempos de crianção. Detestava andar de kombi, mas na luxo diesel dele era diferente… quase uma limousine…

  5. Germano disse:

    A propósito…postei no meu blog um pouco sobre o Fusca 4×4

  6. Germano disse:

    a VW alemã teve a mesma idéia…mas a Kombi tinha sido substituída lá pela Vanagon

  7. vitão disse:

    Longe de ser especialista em kombosas, sei que a versão 4X4 era ítem de catálogo na Alemanha até final dos anos 60. Trabalhei numa emrpesa cujo principal sócio tinha uma fazenda em Campos do Jordão, uns 3 km depois do palácio Bela Vista, e lá tinha uma 4X4 ano 65 ou 66 . O capataz era um suiço doidão, e ele pilotava a bicha nas estradas internas como se fosse o Rally de Monte Carlo. O sistema era da Styer-Puch , e ele subia no embalo, só acionando a traçao dianteira numa curva bem fechada. Não sei se o sistema era “shift on flight” ou “chuta e vê o que acontece” . Acho que a adaptação era feita pela Karmman-ghia , porque tenho quase certeza absoluta que o pão de forma era made in SBC .

  8. Wladimir disse:

    pessoal;

    nada contra a kombi, foi o primeiro carro de dirigi aos 12 anos de idade, era uma 1973 vermelha 0 km.

  9. Wladimir disse:

    a kombi sempre foi um pão de forma móvel, mas fazer um pão de forma 4×4 é muito curioso, tem gente com capacidade inventiva e disposição pra tudo.

  10. Tohmé disse:

    Tinha um amigo que possuía uma Kombi 4×4, que foi desenvolvida na fábrica que fazia o JEG. Desenvolvida para a VW, mas abandonado pelo alto custo que teria o carro.

    Ele ainda tem 2 JEGs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>