MENU

Thursday, 31 de July de 2008 - 12:37F-1, Vídeos

INTERLAGOS, 1980

SÃO PAULO (quando acaba?) – Talvez vocês já tenham visto o vídeo acima, enviado pelo meu brother Fabrício Lima. Um resumo do GP do Brasil de 1980 com ótimas imagens de Interlagos antiga — nunca é demais ver a velha pista. Arnoux venceu de Renault e De Angelis ficou em segundo. Muito legal a alegria de Colin Chapman (que vive em Mato Grosso até hoje) com a posição de seu pupilo. Vejam como ele corre atrás do carro de De Angelis nos boxes para abraçar o piloto. E imaginem o Ron Dennis fazendo isso hoje em dia…

Bela dica para começar a quinta-feira, embora ela já tenha começado há algum tempo. A propósito, quem da blogaiada estava em Interlagos nessa corrida?

45 comentários

  1. Ideraldo says:

    Assisti essa corrida trepado no muro da curva três. Vi Ricardo Zunino rodando na minha frente, o Emerson sendo ulrapassado pelo Rosberg (ambos copersucar) e acenar furioso de dentro do cockpit.
    Ah… o Piquet acessou pra mim. Isso foi na volta de apresentação: Quando a Brabham passou pela curva 03,quase caí do muro, mas fechei o punho com toda a força para o Piquet. Para minha surpresa (supresa mesmo), a Brabran terminou de contornar a curva 04 (entrada do miolo) e, de costa para mim, o Piquet levantou o punho fechado (quase caí do muro de novo). Terminada a prova, houve uma invasão da pista e quando fui ver, depois de caminhar bastante, estava nos boxes. Velhos tempos.

  2. Rianov says:

    Sensacional!!!!!!

    Isso sim é F1 nostalgia!
    lindo o hurru desses motores.
    E como era ruim o asfalto de Interlagos, os carros pareciam pipoca

    Saudações Soviéticas
    Rianov Albinov

  3. nilton says:

    quer mais detalhes ??? quando na volta de retorno do arnoux depois da bandeirada de chegada, o carro deu pane seca na entrada do box, tinha um rombo na tela que separava o público da pista, lógico eu e mais nem sei quantos invadimos via rombo diretamente para os box, quer mais, a tampa de válvulas do motor da renault tinha a inscrição “gordini”, quanta diferença para hoje !!!

  4. pedro arnaldo says:

    Para quem não viveu essa época…neste tempo ainda era possível “acampar”, isso mesmo eu disse acampar na parte interna do circuito em fim de semana de corrida ! ! ! Em 73 passei a noite de sabado nas arquibancadas com a pauliceia desvairada e ninguem dormia….só era o aquecimento para o passeio do Emerson no domingo…Eta tempinho mais ou menos né?? rs rs rs rs rs
    Acredite se quizer…………………………….

    • Cesar says:

      Com certeza é verdade, estive lá em 80, não acampei, mas via-se as barracas atrás do muro da reta oposta, que não existiam arquibancadas, e assistimos sentado no muro, com guardas tentando evitar que a gente pulasse para dentro. Apesar que tinha um alambrado depois. Bons tempos. Nunca perdi F! de Interlagos, Nos últimos anos tenho ido no setor A, a única arquibancada que existia nem 80. Melhor visão da pista, só perde o S do Sena, e pequena parte da reta oposta! Já comprei o ingresso para novembro próximo!

  5. DINO says:

    Muito bonito o filme com certeza deixou muita gente com agua na boca e com a cruel certeza de que estas imagem jamais irão se repetir. Ver um piloto fazer a um e a dois com o pé em baixo não tem preço.Uma ideia legal seria fazer uma curva semelhante ao S do Senna entre o antigo retão e a reta oposta pouco antes da atual curva do lago,permitindo assim que uma das mais belas e desafiante curva volte a fazer parte da pista. Não custaria tanto e ainda preservaria o “kartodromo” da F1.

  6. Roberto says:

    Se Colin Chapman estiver por estas bandas fala que eu mandei um abraço p ele e que curta os seus melhores momentos na nossa “terra brasilis”.

    Curiosidades do nosso GP Brasil 1980
    -Nosso bombeiro atencioso. (Que soneca)
    -Alegria vibrante de um chefe de equipe.
    -Arquibancada lotada. (será estádio de futebol?)
    -Mulheres no pódio.
    -O agarra-agarra. Piloto vencedor tinha vida boa naquela época.
    -Troféu Coca-Cola! rsrsrrsr E ainda falam mal da Santander!
    -Coroa de louros (Será que é mesmo esse nome)?
    -Nosso fittipaldi com a propaganda da Skol (Ainda sonho em ver uma equipe brasileira na f-1 novamente). O Emerson teve os seus méritos.

  7. jureswski says:

    O mais interessante é ver que cada carro, tinha uma personalidade ,uma cara, porque cada equipe buscava um caminho diferente,ao contrario de hoje onde as limitações aero dinamicas do regulamento fazem os carros muito parecidos.

  8. Caca says:

    Esse é um trecho do filme “Pole Position – I guerrieri della Formula 1”. Trata-se da continuação do sensacional “Speed Fever – Febbre della velocittà”, que chegou até a passar aqui no Brasil nos cinemas, no fim dos anos 1970.

    Houva ainda um terceiro, “Turbo Time”, que focava mais na temporada de 1982.

    Para mim, essa trinca é o que de melhor já foi feito em filmes sobre F1. Pena que os originais italianos foram esquecidos e os DVDs só foram lançados no Japão, há pouco menos de 6 meses. Paguei os tubos, mas valeu cada centavo!

  9. Rodrigo Gomes says:

    Entaum falaram do trofeu santander e esse troféu ai da coca-cola???

  10. Claudio Ceregatti: troco minha juventude pelas suas histórias e ainda te volto uma grana.

    quando fechamos o negócio?!

  11. Sombra says:

    Eu Tambèm …

  12. Lembrou-me dos tempos em que ficava na cerca da curva 1 observando as manobras!!!! Parece que as coisas um certo grau de amadorismo ficam mais leves e bonitas.

  13. Sergio Mancini says:

    Foi a primeira corrida de F-1 que estive ao vivo. Tinha então 19 anos. Conseguí uma credencial com um amigo, que conhecia alguém de uma fábrica de bonés eu acho. Me lembro do som grave dos motores da Alfa Romeo, da beleza das Lotus e das Arrows douradas que tinham um design bem original.
    Com a credencial pude transitar livremente pelos boxes durante o warm-up, e até uns trinta minutos antes da largada.
    Com a permisão dos mecânicos da Tyrrel, entrei dentro dos boxes da equipe p/ tirar fotos do cockpit do carro.
    Dá para imaginar alguma coisa parecida na F-1 de hoje ?

  14. nico says:

    Hej Guys:
    I was was there… indeed!
    eheheheh
    Good times I remember.
    Alan Jones, Alan Jones… isn´t he the very same guy who crashed into Piquet in Montreal that year?

  15. JR says:

    Tem mais emoção neste 6 minutos que em toda temporda de F1 atual. Também estava lá. Ahhhh que saudade daquele tempo que piloto era de verdade e carro também. E olha que isso só tem 28 anos. É inacreditável. Era tudo verdadeiro, nada como essa F1 de mentira de hoje. Tem mais ultrapassagem nestes 6 minutos que na tenmporada de 2007. Depois eles dizem que sou saudosista…… She loves you yeah yeah yeah……….

  16. Pedro Pintacuda says:

    Eu tava lá … passei a noite na arquibancada, tomando cerveja em lata que eu levei numa geladeira de isopor (bons tempos). Tinha um monte que fez o mesmo e não lembro da corrida ser interrompida por causa de latinhas voadoras. Era uma baita farra, a noite toda zuando com gente que vc nem conhecia. A corrida foi mais ou menos, o Fitti-Skol era uma m…
    Agora as gostosas do grid e do pódium .. êta tempo bom … e o Arnoux “pegou” … dá pra ver ele combinando com a donzela ….

  17. Thiago says:

    Se inventarem máquina do tempo, me chamem hein!!!!
    Pelamor…..
    cara, acho impressionante ( é impressionante hoje o que um dia era natural…quando essa lógica – ou contra-lógica- acontece, algo tá errado…não sei) a galera que fica ali pendurada nos barranquinhos de grama que tinham em Interlagos….
    O que deveria ser assistir uma corrida dessas a tarde inteirinha ali debaixo duma sombrinha dessas….. e com os ases passando a milhão, flat…..

    Nasci na época errada, tanto pra aviação, quanto pra automobilismo….

  18. Cristiano, o ruivo says:

    Sobre o carro da Skol, misericórdia, hein?

    Equipe Skol-Fittipaldi, pilotos Emerson Fittipaldi e Keke Rosberg…

    Esse carro era da Wolf, que foi comprada pela Fittipaldi, deram uma garibada e se tornou o F7. Rosberg chegou em 3º na corrida da Argentina com esse carro.

    A Skol foi comprada pela Antárctica, que retirou o patrocínio no fim do ano e f*&¨% a equipe…

    Voltando ao vídeo, o sr. Villeneuve deu uma senhora queimada de largada, hein? Por isso foi pra ponta…

  19. Guilherme Nascimento says:

    Flavio Gomes parabéns pelo sucesso do blog e do site.
    Fantastico video. F1 de verdade

  20. renato says:

    cadê as GOSTOSAS no pódio da F1?
    Na MotoGP ainda tem.
    Movimento Gostosas Já

  21. sérgio barros says:

    o bombeiro dormindo, o xaveco no pódium super povoado, tudo muito natural e espontâneo….. + a pista, e tudo mais….. maravilhoso…

    quanto ao Chapman, Eric, a morte dele nunca foi bem explicada, pois, por exemplo, ninguém nunca viu o corpo e o velório foi com o caixão fechado, coincidentemente na época que estourou o escândalo de empréstimo feito ao governo britânico, que envolvia o john de lorean junto nesse rolo.
    Além disso, a esposa dele sempre fazia questão de dizer que odiava o Brasil e não suportava a idéia de ter de vir aqui, e depois dessa época foi vista algumas vezes aqui, sendo até reconhecida pelo Émerson no aeroporto.
    Vai saber…. um gênio que infelizmente não teve um parceiro que tornasse tudo isso sustentável e lucrativo, como aconteceu com a Williams por exemplo – um cuidando da parte técnica e outro da parte financeira.
    Além do mais, quem conhece de perto a Lotus poderia explicar que tem (pelo menos para mim) muitas sutilezas e pistas que ligam muito ela ao Brasil…. os matuzas que se pronunciem e quem já andou pelos lados de Norwich pode explicar melhor….

  22. D.Pierotti says:

    Tive a ligeira impressão que nas arquibancadas, a turma já gritava um “Chupa Ceregatti”.
    Não sei……

  23. Ali says:

    Que carro é aquele com patrocínio da Skol sendo ultrapassado? `

  24. J. Carlos says:

    ow … Ó respeito !!
    negocio dele é outro !!

    Abs.

  25. o mis interessante é o amor do campeão com a garota da coca-cola no podium!!

  26. EdisPJ says:

    O Chapman não só está vivo, como dizem que vive de uma pequena indústria de exportação, de ‘tijolos ecológicos’…hehehe.

  27. Claudio Ceregatti says:

    Tohmé:
    Assim como voce, tambem estava lá. Ouvir o Gilles Villeneuve de pé cravado na 1 e 2 era indescritível, mesmo.
    Vi a primeira vez nos testes de pneus Michelin que a Ferrari e a Renault fizeram em Interlagos. Depois desse dia, era Villeneuve para Divindade Suprema… Não nos esqueçamos que Ronnie Peterson estava morto, não tinha outro.
    Sorte de quem viu, como a gente.
    É bom que a geração dos que não viram percebam em apenas 6 minutos de vídeo a mudança da F1.
    O FG citou o Chapman correndo atrás do De Angelis, suado e de camisa aberta. Hoje em dia o Briatore nem fala com o Piquet depois de uma prova, inacreditável.
    Essa F1 asséptica além de impessoal, virou um big business. Corrida mesmo fica pra segundo plano.
    Só sobraram as imagens e sons. Os cheiros me recordo quando fecho os olhos e inspiro na freada do S.
    Não é melancolia, é constatação.
    Corrida de carro era isso, e não o que suportamos hoje.
    Pista era essa, e não as que dizem que são hoje.
    Pilotos eram esses, e não os que pensam que são hoje.

  28. Se esta é uma na qual o Piquet furou o pneu (não lembro se foi em 79…), eu estava, dependurado no morrão. Geralzona mesmo, não tinha nem barba!

  29. J. Carlos says:

    Não só esta vivo lá em MT. como ja vi ele umas 2/3 Vezes !! inclusive conversei com ele é logico que não falei que sabia que ele era o Colin…

    Ta gordo.. (mas com uma saude de ferro),só continua com aquela custeleta a lá Fittipaldi !!

    Mais não posso dizer !!

    Abs !!

  30. Eric says:

    Chapman no Mato Grosso???Junto com o Veloz então…Colin morreu em 1982 de ataque do coração.

  31. Zanão says:

    Alguém ai sabe o nome da equipe e o piloto que estava correndo com o carro amarelo patrocinado pela Skol?

    Abração a todos

  32. Nick B. says:

    Adoro quando o Fla usa a expressão “enviado”.
    É enviado pra cá, enviado pra lá.
    Oba!

  33. Belair says:

    Formula 1 É ISSO !!!! Carros sendo levados no braço mesmo, não por um computadorzinho… E o piloto garantindo a noitada ainda no pódio, f *** -se o patrocinador….

  34. regi nat rock says:

    Era uma festa.
    Nada a dizer, só suspirar.

    Interessante se alguém por aqui, conhece esse bombeiro, identificando-o e explicar PORQUE e como conseguia dormir no meio daquela barulhão.. Aí deve ter…

  35. Blackbird says:

    Olha quantos pontos de ultrapassagem a pista tinha! Hoje é só o S do Senna e olhe lá… Fora as curvas abertas de alta!!!!

    O que ele fala no começo do vídeo? Não tô conseguindo entender o motivo dos pilotos terem ameaçado boicotar a prova de Interlagos.

  36. JONAS says:

    …Olhando esses videos dos anos 70 e 80, dá pra ver como a F1 ficou um clubinho de frescos….Legal ver os mecânicos de bermudas, e a mulherada agarrando os caras no pódium….

  37. Tohmé says:

    Eu estive lá, inclusive na torre das autoridades (belos velhos tempos). Tenho algumas fotos safadas da época. Quanto ao filme, um dos melhores que já vi. E ouvir o Gilles fazer as curvas 1 e 2 sem tirar o pé era um orgasmo.

  38. Fabio says:

    Ninguém prestou atenção no bombeiro dormindo???….hehehe

  39. Rubem Rodriguez González says:

    Pera lá Flávio, “iscraresse” melhor essa história do Colin Chapman, sempre caçei esse “mistério” até comentei um post do Pandini sobre o fatidico lotus de dois chassis que o levou a essa situação, morreu ou tomou doril? poxa se quiser passa em off para o meu e mail, sempre fui fã do mais carismático e folclórico chefe de equipe que já existiu, um abraço e sds.sugiro você fazer um post daqueles como a advertencia “qualquer semelhança com fatos ou pessoas reais é mera coincidencia…” tipo um romance do que aconteceria se efetivamente Clin não tivesse morrido….

  40. Rafael Dellevedove says:

    Gomes, repare ao 05:46 do video, o trofeu do Elio de Angelis!
    É uma garrafa de coca-cola!
    depos falam do trofeu do Santander!
    isso já existe faz tempo!

  41. Além de ver como era Interlagos, o que acho mais interessante é ver como não tinha muita frescura na F-1 naquela época.
    Hoje em dia a gente ningué vê o piloto ajeitando o próprio retrovisor. Até pra isso tem um “personal regulator tabajara”…

  42. Leo says:

    Que musiquinha safada no início hein… é Menudo isso?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *