BLACK IS NOT BEAUTIFUL

SÃO PAULO (comece a pensar nisso) – O Beto Trabalglio foi quem mandou a notícia. Diz que uns cabras lá na Amérika chegaram à conclusão de que carros pretos absorvem mais calor e, por isso, fazem as pessoas usarem mais ar-condicionado e, por isso, gasta-se mais combustível e energia e, por isso, emitem mais dióxido de carbono e, por isso, os carros pretos estão condenados à fogueira do inferno para todo o sempre.

Eu só tive um carro preto na vida, um Uno SX 1985. Era bonitão, tinha teto solar e frente com quatro faróis, uma customização de uma revenda qualquer que não me lembro qual era — comprei usado. Depois, nunca mais. Mas não por alguma razão particular, acho até que alguns carros pretos são bonitos.

O problema é que a cor banalizou-se. Antigamente, carro preto tinha algo de especial. A Vemag, por exemplo, fazia apenas um modelo, o Belcar preto com capota branca e interior vermelho. Em pequena escala. Havia um modelo raríssimo, o Luxo, que vinha em preto. A Simca, posso até estar enganado, só fazia o Presidence em preto. A Volkswagen tinha pouca coisa de linha em preto no Brasil (nunca vi Variant, Brasília, TL, Karmann-Ghia ou Kombi pretos).

Os carros tinham cores. De uns anos para cá, a paleta reduziu-se ao prata e preto, e os tons de cinza entre eles. Preto deixou de ser sinônimo de carro luxuoso, requintado, solene. Já falei sobre isso: dá uma espiada na rua e veja se encontra carros verdes, amarelos, azuis, vermelhos. São raros, incomuns.

Bem, eu precisava de uma foto para ilustrar esta nota, escolhi do carro mais requintado que encontrei. Mais detalhes, aqui.

 

Subscribe
Notify of
guest
54 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Eduardo Alcantara
Eduardo Alcantara
11 anos atrás

Realmente considero a possibilidade de comprar um carro prata por conta do menor aquecimento. Ja tive dois carros pretos e os dois eram um forno. Moro numa cidade com sensaçao de quarenta graus o ano todo e talvez isso faça alguma diferença aqui.

Bianchini
Bianchini
13 anos atrás

O problema é que dentro de poucos anos só se achará carros que ficam no odioso espectro entre o prata e o preto, passando pelo cinza ratazana. Com o “intelectual” e “chique” consumidor brasileiro comprando apenas carros dessas cores pois “é mais fácil de revender”… Scheisse, se é para revender, para que compra o carro???????
Felizmente meu carro é marrom (ou ao menos assim veio no documento e no manual do proprietário), Marrom Alabama. E, se fosse comprar um carro novo, esperaria 90 dias que fosse mas não levaria carro prata, preto ou cinza ratazana de esgoto.

rodrigo
rodrigo
13 anos atrás

fg aqui em sao paulo eu ja vi fusca,brasilia e kombi da policia civil pretos.inclusive a delegacia de sales oliveira (interior de sao paulo ) possui uma brasilia 4 portas.quando leiloarem vou querer comprar….

Sergio
Sergio
13 anos atrás

Quer saber, foi feita mesmo com PSh.