MENU

quinta-feira, 2 de abril de 2009 - 11:31F-1

OS TRAPALHÕES

SÃO PAULO (que saco, isso) – Está no site da FIA a explicação para a punição a Hamilton. A entidade alega que quando chamou Hamilton e o chefe de equipe David Ryan à torre para analisar a ultrapassagem de Trulli sobre o inglês com o safety-car na pista, foi perguntado a ambos se a McLaren havia instruído seu piloto a deixar o italiano retomar a posição. A resposta foi que não. Então, perguntaram a Hamilton “especificamente” se ele havia deixado Trulli passar deliberadamente. O campeão mundial disse que não de novo.

A FIA argumenta que não usou as entrevistas pós-corrida de Hamilton, nem a gravação de suas conversas com a equipe pelo rádio, para tomar a decisão de punir Trulli. Acreditou no que a McLaren e seu piloto disseram e tirou o terceiro lugar do piloto da Toyota. Dias depois, diante de “novas evidências”, como as entrevistas e a ordem expressa dos boxes para que Lewis deixasse Trulli passar, resolveu voltar atrás e reconduzir Jarno ao pódio.

O motivo? A McLaren mentiu na torre. Só isso. Mas esqueceram de avisar Hamilton para mentir à imprensa, também. E esqueceram que a FIA poderia descobrir a farsa apenas ouvindo as conversas gravadas. É uma história esquisita. Para quê Hamilton mentiria na torre e minutos depois revelaria aos jornalistas que a McLaren tinha dado a ordem para deixar Trulli passar? Será que achava que ninguém iria contar à FIA o que ele disse à imprensa? Ou que ninguém iria ler nos jornais?

Muito estranho. Será que Hamilton é um mentiroso compulsivo e a McLaren gosta de brincar com o perigo, tentando enganar os comissários o tempo todo?

Bem, a equipe não nega que tenha dado a ordem. E não contesta a FIA quando esta diz que foi enganada na torre. Lewis também não. Seu silêncio indica que, de fato, mentiu na torre. Diante disso, refaço meu veredicto. A punição foi justa. Mentir é feio. Mas a FIA é candidata, já, ao troféu “Trapalhões do Ano”. Como é que pune um piloto, como fez com Trulli, sem ao menos consultar as gravações da equipe, se tem acesso a elas?

A única atenuante para a McLaren é o fato de ter consultado Charlie Whiting (isso está na gravação) sobre o que fazer. Portanto, a direção de prova sabia que a equipe estava tentando se informar sobre qual o procedimento que Hamilton deveria tomar. Não obteve resposta, ao que parece. E pode alegar que, diante disso, resolveu deixar Trulli passar e não considerou relevante reforçar a ordem aos comissários, na torre. O que, de qualquer maneira, não apaga a mentira.

Bem, ao menos a justiça foi feita com relação a Trulli, que mereceu o terceiro lugar.

70 comentários

  1. Oi, está fora de hora, eu sei, mas não resito:
    http://esporte.ig.com.br/grandepremio/formula1/2009/04/06/mosley+propoe+que+wrc+f1+e+f2+utilizem+o+mesmo+motor+5375908.html
    Insano. Não tô gostando mais dessa festa, vou pegar minhas cuecas e ir embora.
    É inacreditável!

  2. João disse:

    Devia ter algum órgão para punir a FIA. Foi incompetência deles que causou toda essa bagunça depois da corrida. Deviam multar a FIA em alguns milhões de dólares por essa incompetência. E o dinheiro da multa podia ser dividido entres as equipes independentes…

  3. leon disse:

    Como não sou fã do Hamilton, sinto-me tranquilo para dizer que ele, NA PISTA, não descumpriu as regras; logo, sua posição real (e pontos) deveriam ser mantidos.
    Quanto à tal “mentira”, presumindo que os comissários tenham feito as perguntas NECESSÁRIAS e de forma CORRETA para esclarecer o incidente (o que não ficou claro para mim até agora), entendo que caberia apenas uma multa à equipe e (ou) ao piloto.

  4. CorredorX disse:

    5 – Trulli, que teve a habilidade sair da pista com o SC
    6 – Scott Dixon, que conseguiu a mesma proesa ano passado

  5. Li-San~~ =] disse:

    Engraçado quero saber quem é o quarto trapalhão :P… 1 – FIA, 2 – Ryan, 3 – Hamilton, 4 – ???? Alguém me sugere um? =D

    Muito boa a imagem, hahaha perfeita.

  6. Filipe Araújo disse:

    Mantenho meu comentário do post anterior.

    O resultado da corrida é na pista. Ultrapassou? devolveu? Ótimo, resolvido.

    O fato de ter mentido na torre não tem nada a ver com o que fez na pista. Que dessem uma punição de um pentalhão de dólares, mas a corrida foi limpa e o resultado merecido.

    Imagina se fosse assim no futebol. Time perder ponto porque o dirigente mentiu pra CBF. Ia dar empate no campeonato – zero pontos pra todo mundo.

    A corrida não tem nada a ver com as atitudes do piloto fora da pista. Fosse assim Piquet não seia tri.

  7. márcio X-burger disse:

    Deveriam trocar os carros pelo video game…..

  8. João Kohl disse:

    A competência de um Brawn, que sabe muito de estratégias, também sabe tudo de regras, faz uma tremenda falta nas equipes grandes, sito McLaren e Ferrari; e que a falta de um elemento com tal talento tem prejudicado bastante, mostrando todo a incompetência das grandes, até para traçar estratégias do uso (obrigatório) dos pneus moles e duros durante a corrida. Faz-me rir.

  9. Ana Paula disse:

    Sei não… esses critérios de classificação mudam da noite pra o dia. Por que pune um e o outro leva o terceiro lugar. Depois volta atrás e desclassifica o que teria sido favorecido com a punição do outro? Ah… ele mentiu! Mentiu? E por que não fizeram uso de todos os recursos disponíveis para aplicarem a punição e daí sim decidir corretamente? Eu hein…
    Para mim, de qualquer maneira o Hamilton foi o melhor piloto nessa primeira corrida. E continuarei torcendo por ele.

  10. Mauricio disse:

    Caro Flavio e comentaristasO Hamilton nao mentiu na torre e depois contou a verdade a imprensa. Nao sei se alguem se deu ao trabalho de ler a nota original da FIA: “…Immediately after the race and before Lewis Hamilton attended the Stewards Meeting he gave an interview to the Media where he clearly stated that the Team had told him to let Trulli pass.” Traducao minha: IMEDIATAMENTE depois da corrida e ANTES de comparecer a reuniao como os comissarios, Lewis Hamilton concedeu uma entrevista a meios de comunicao onde ele claramente afirma que a equipe disse para que ele deixasse o Trulli passar. Eu acho que a McLaren tentou se proteger e deixar o Trulli passar. Eles alegam que imaginavam que os comissarios haviam ouvido as gravacoes. Pode ate ser, mas os trapalhoes aqui sao McLaren e Hamilton

  11. Dick Rambone disse:

    Antes de mais nada quero deixar claro que eu não torço para o Hamilton e não concordo com a atitude de mentir para os comissários. Contudo, a pergunta que eu quero fazer é a seguinte: um piloto (Trulli) durante a bandeira amarela perde o controle do carro, sai da pista e perde a posição deve ter o direito de retormar essa posição? Ou será que agora o piloto que vem atrás tem que freiar e esperar para ver o que vai acontecer com o barbeiro antes de seguir adiante?

  12. giorgio disse:

    AGORA E VIGARISTA QUANDO ERA A FERRARI A RECLAMAR DIZIAM QUE SABIAM PERDER

  13. Tom Ferreira disse:

    E aquela historia: Nao custa tentar…custou!!

    Como detetive experiente do FBI eu acho o seguinte:
    Acho que sobre o caso Hamilton, no fim da corrida ele mentiu pra
    ver no que dava, depois que a FIA desclassificou o Trulli e:
    1- a FIA nao costuma voltar atras nos resultados
    2- Seria a palavra dos comissarios contra a dele e nenhum comissario se
    expoe muito… mas…
    3- A conversa do radio poderia vir a publico (como veio)

    Ele resolveu nao mentir em publico porque ia ser muito feio ser desmentido
    pela gravacao…

    E o que eu acho…

    Tom Ferreira

  14. Murillo disse:

    MALANDRO NEM SEMPRE É MALANDRO…. É MANÉ !!!

  15. Don Victor disse:

    Flavinho, to mto revoltado… suas palavras dizem mto bem oq eu penso… mas a posição de direito é de Hamilton… qm mandou o trulli errar… azar dele… o trulli não pode ser punido, e sim os comissários q nada fizeram durante a corrida!!! Mas não, agora a Mclaren eh culpada de tudo, mesmo sem ter feito nada!!!!

    Isso se chama perseguição e das mais vagabundas…. tirem o campeonato da mclaren denovo!!! Essa roubalheira da fia dever-se-ia acabar, mas pelo jeito, a f-1 é mais comprada que os jogos de truco do barzinho da esquina!!! É revoltante!!!

    E espero um dia, para ao menos a f-1 limpar sua imagem, voltarem atras, devolverem a posição de terceiro a hamilton, a de quarto a trulli e afirmarem q os comissários foram incompetentes durante a corrida!!! Putz, eles são pagos pra isso e não notaram!!!
    Até minha avó teria notado!!!

  16. Nilo disse:

    FG, sua menção ao fato de na gravação terem dito ao Hamilton que estavam conversando com o Charlie, e, logo, a direção de prova sabia do que ocorrera, tem explicação.

    Eles mentiram até pro próprio Hamilton. Eles nunca falaram com o Charlie!!!!!!!!! Os caras são compulsivos.

  17. Roberto Zimmerman disse:

    Hamilton disse primeiro a imprensa e depois aos comissários. Como agora os pilotos são obrigados a dar entrevistas assim que acaba a corrida, ele deu a versão correta para os repórteres que foram questioná-lo, sem antes falar com a equipe. Aí, a McLaren soube que os comissários iriam investigar o porque das mudanças de posição dos dois durante o Safety Car. E mandaram Hamilton mudar sua versão pra tentar tirar o terceiro lugar do Trulli. Simples assim.

  18. Valmir Passos disse:

    Bem, o cara é um grande safado isso sim. Se mentiu, pau nele…..punição mais que justa.

  19. Ricardo Talarico disse:

    Os caras gastam milhões prá tentar construir carros rápidos e tecnológicos, mas os resultados mesmo vem mais de fora das pistas do que de dentro.
    Deviam parar de transmitir as corridas e passarem a transmitir as seções decisórias da FIA.

  20. Luis disse:

    Isso que a McLaren fez chama-se incompetência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>