MENU

quarta-feira, 20 de maio de 2009 - 17:29Dica do dia

DICA DO DIA

SÃO PAULO (raríssimo) – Hoje a dica é do Jeison Kruger, e é automotiva. A matéria do Fabrício Samahá, no sempre excelente BestCars, trata do Tatra (“trata” e “Tatra”, sacaram? Repitam comigo: um Tatra, dois Tatras, três Tatras).

O carro checo era surpreendente no desempenho e belíssimo em sua elegância socialista. Pelo menos eu acho. Gozado que nem mesmo na República Checa se vê esse carro com facilidade. No ano passado, quando estive lá, não vi nenhum. Hoje eles fazem caminhões. Ótimos, diga-se.

Olhando sua arquitetura mecânica, motor V8 traseiro, quase central, fico pensando… Será que Max Mosley não se interessa pela marca na nova F-1 popular? É só trocar a carroceria por um charutinho.

48 comentários

  1. Tem no Youtube o video de um teste de um Tatra de corrida, muitissimo interessante!!!!

  2. Borges Borsatto disse:

    Tatra e Ilyushin, marcos da mecânica do Leste Europeu!

    Interessante o fato do motor ser traseiro. Seria a tração igualmente traseira ou integral?

  3. Anselmo Coyote disse:

    Sr. Yuri Papov,
    Quod gratis afirmattur, gratis negatur.
    Pacta sunt servanda et rebus sic stantibus.
    Ok?

  4. Gustavo Maronezi disse:

    Nossa………..imagino um carro desses em Jarama!!!!!!!!
    Iria dar aula de voo pro Rolf Stommelen com uma frente “baixa” dessas.

  5. Junior disse:

    Não sabia que os Checos fabricavam Passat com motor trasiero. Será que a VW não tentou processar a Tatra pelo uso indevido de seus desenhos?

  6. Cristiano Azevedo disse:

    O motor deve ser bem pesado. Olha a traseira.

    Gostei do CSA. Quando era mais moleque, usava muito para marcar meus desenhos.

    Cristiano da Silva Azevedo

  7. Eu via apenas um Tatra em Praga. O modelos da foto é raro porque só era oferecido para as autoridades do regime socialista e para a polícia; para o cidadão comum, eram oferecidos Skodas. Apesar de a Tatra ter sido direcionada para a fabricação de caminhões, o 613 continuou sendo produzido em conta-gotas até o final dos 80′s para atender à cúpula do governo.

  8. Yuri Papov disse:

    Gente que fala mal dos Ladas, dos carros Tchecos e dos belíssimos aviões Iliushyn não deveria participar desse debate de alto nível. O Tatra da foto é um belo exemplo dos mestres do desenho no Leste europeu.

  9. Fábio Mandrake disse:

    Flávio, a Tatra ja fez um F1 nos anos 50 nunca correu mas testou e participou de provas extra campeonato,Vou te enviar a foto pra vc publicar aqui.
    Abços

  10. Edilson Vieira disse:

    Cara, esse teu post me lembrou dois lances: 1. Quando o André Azevedo me falou que o caminhão Tatra que ele usava no Dakar tinha motor refrigerado a ar eu disparei na minha ignorância: – Putz! Que coisa antiquada! E ele rebateu: – Quer coisa melhor prá andar no deserto?
    O segundo lance: quando vc falou em “elegância socialista” me lembrou o livro do jornalista Marcelo Abreu “Em Busca da Utopia Kitsch”, onde ele conta as viagens que fez pelo Leste Europeu. Viagens feitas em busca de um modo de vida e de uma estética que dominaram metade do mundo durante boa parte do século 20, e que ainda persistem em muitos lugares, apesar da queda do Muro de Berlim e do fim da União Soviética.

  11. Danillo disse:

    Tatra? Desculpe FG, não confio em quem faz carro e também faz caminhões…Independente da linha do tempo…

  12. Anselmo Coyote disse:

    Eu só queria saber o quê faz o Ricardo Berzoini disfarçado de motorista de táxi, nessa nessa barca disfarçada de carro. Um coquetel molotov de 5 litros sobre essa jeringonça pode até não ser uma boa, mas que daria uma fogueira bonita, ah, isso daria.

  13. marcos disse:

    vai fazer na formula1 o mesmo que a Fiat/Lada faz na WTCC… os primeiros de traz pra frente…

  14. Fábio disse:

    Um amigo meu comprou um fuscão 73 vermelho todo equipado,, bancos em couro vermelho, rodas de liga leve etc.

    Vou falar p ele inscrever o carro na GP3… ops, na F1 popular.

  15. YPVS disse:

    Sinistro o Ilyushin no fundo. Fui numa porra dessa daqui pra Cuba com o c…. na mão! A Cubana tinha deles e fazia Guarulhos com ele! Foi um voo mto sinistro! O ar tava congelando! Todo mundo batendo queixo! Sem nenhum exagero, tinham vários pedaços de carenagem do teto remendados com algo similar a um silvertape. Ainda bem que nessa época eu ainda nem sonhava em trabalhar com aviação senão ia ficar com mais cagaço que eu já estava.

  16. Rodrigo Moraes disse:

    Não parece um TL anabolizado?

  17. JOSÉ CARLOS disse:

    No ano passado vc esteve lá e não viu nenhum????

    O pessoal da República Checa melhorou e muito o gosto por carros.

  18. Phil disse:

    Ilyushin 62 (versão standard) ao fundo da CSA OK

  19. Fábio disse:

    A Tatra é fantastica, tem motor traseiro, tem um modelo V8 traseiro a ar. Hoje o foco deles são os caminhoes, inclusive em rallyes.

  20. disse:

    O caminhão é show, mas isso ai, pelo amor de Deus.

  21. Jackie Fã LOVE (O(###)O) #96 , Futura Fã do OPALA #44 e EX-Futura Fã do LADARGH do # 69 !!!!! disse:

    Clezio Soares da Fonseca…

    POSTER DO # 69 AUTOGRAFADO PELO FG ??

    Só se for para atear FOGO !!!!!!!!

    ARGH # 69 !!!!! HORRORÍVELLLLLLLLLLL

  22. Geraldo Mesquita disse:

    Que geringonça!

  23. Renato Passos disse:

    Esse V8 a ar na traseira deve ser qualquer coisa magnífica!

  24. Andre Decourt disse:

    A Tatra seguiu a escola do Prof. Porsche até parar de fazer carros, as primeiras versões eram muito bonitas. As modernizações nem tanto

  25. ALEX B. disse:

    Mais um simple one comment: COISORROROSA 46!!!

  26. Baroni disse:

    Bacana!!!! Passatão maneiro, principalmente com esse motor de Fusca na “mala”.

  27. rafael jorgens disse:

    Feio igual batida de carreta.

  28. Gláuber Baldi disse:

    As calotas foram as precurssoras da F-1.
    Se alguém achar um desses eu piloto na Superclassic e faço 1:40:00.

  29. VaaaaLNeeeeY disse:

    Lembra o nosso Corcel

  30. G. B. disse:

    Perguntinha… pra quê esse Runway Tester? Para verificar as condições da pista de decolagem?

  31. Peixe disse:

    Não entendi como ele testava a pista

  32. Na Reversal Russa, o Tatra dirige Você!!

  33. Joaquim de Souza disse:

    Incrível como você pode ter esquecido de mencionar aquela “asa dura” atrás da foto.

    Claro meu amigo, é o Illushin IL-62!!!!

    Esta falha para mim foi imperdoável. Estou extremamente chateado com esta gafe.

    Sem Mais!!!

  34. Pavan disse:

    Pô, adorei o IL-62 do fundo, hehe!

  35. dcoelho disse:

    Concordo com o Edu Harmel, a primeira olhada do perfil me fez lembrar do Saab 9000

  36. Renan Veronezzi disse:

    Esse carro é uma beleza, bemm desengonçado (nunca vai ser um Série 5) e sem noção, mas passa uma imponência. V8, atrás??

    E com um capô que certamente caberia o motor de um Veyron, realmente mal pensado, mas…

    mas, sei lá, alguém aqui assistiu “O albergue” (The hostel), aquele lixo de filme tem uns carros parecidos no fim. Bem, odeio o filme por retratar a região do mundo onde tem os melhores teenagers ( e também alguns belos Bears) como uma verdadeira birosca.

    Mudando de assunto, quero agradecer pela dica do blog do Belote, aquele photoset com as mercedes 280 foi inspirador. Só acho uma pena que os caras da Tatra não se inspiraram num 280 CE para desenhá-lo;

  37. Carlos Bragatto disse:

    Achei um misto de Passat (até a porta do motorista), com Dodge Polara (a queda da traseira), com um quê de Corcel II (as lanternas).

    Legal !

    Carlão

  38. MASO disse:

    Para quem gosta de grandes obras de Engenharia, vale a pena ver o manual do Tatraplan 1950. http://www.tatraplan.co.uk/Tatraplan-Manual.pdf
    A antiga Checoslováquia sempre primou pela excelência, qualidade e confiabilidade quando o assunto é Engenharia Mecânica (as suas máquinas operatrizes são indestrutíveis e podem ser vistas em muitas fábricas e oficinas “deste país”).

  39. Clezio Soares da Fonseca disse:

    Ué, a Jackie Fã (0(###)0) #96 não era Love do Opalão 44?
    O muro tá caindo e logo,logo será Fã #69 e depois quem sabe?
    Love #69. FG, manda um poster para ela do #69 autografado
    com a marca do pneu, que pelo jeito tá se entregando pelo encanto russo.

  40. MASO disse:

    Embora os Tatraplan 600 fossem estilisticamente ousados (põe ousado nisso), com suas linhas exageradamente aerodinâmicas para a década de 40, e para um “potente” motor boxer 4 a ar, o meu modelo marcante de Tatra é o T2-603, dos 50, 60′s. Eu vi um desses exemplares, raríssimos, em Sampa no final de 1960 (por aí) e fiquei apaixonado pela sua exótica feiúra, que já conhecia através de fotos. Mas, ao vivo… Até hoje, quando vejo os caminhões Tatra naqueles rallies sangue e areia, lembro-me daquele curioso veículo. A ousadia e a criatividade são marcantes, sem dúvida. Hoje fazem falta…

  41. Sidinei disse:

    É um filho bastardo de um Passat com um Voyage!

    Abraços

  42. vitão disse:

    repita : três tigres tristes ….
    Agora, o carrinho aí tinha a fama de dançarino frenético de balalaika, com suspensão de braços oscilantes (talvez até os últimos), e enorme massa na traseira, fazia a alegria dos funileiros e papa-defuntos.

  43. Jackie LOVE (O(###)O) #96 !! disse:

    Um Feioso, Dois Feiosos, Três Feiosos…

  44. EDU H@RMEL disse:

    Não lembra os SAAB ??

  45. Wladimir disse:

    Flávio,

    Me desculpe, mas isto é a pior cópia do Santana feita até hoje.

  46. victor freire disse:

    ah, foi mal, fg. o tatra a que me referi é de 1956, o t603. mas nem por isso deixa de ser bonito.

  47. victor freire disse:

    esqueceram de comparar com o motor v8 do maverick e do galaxie também: enquanto as unidades ford 5.0 desenvolviam 200 cv, o do tatra desenvolvia 165 com 3.5 litros. nada mal.

    aliás, você já viu o modelo que deu origem a ele, de 1949? é uma peça de design da “era espacial” dos anos 50! aparentemente, checos e húngaros eram os mestres do desenho industrial no bloco europeu, seguidos de perto pelos russos…

  48. Eric disse:

    Motor refrigerado a ar,como manda a “old school”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>