IMPERDOÁVEL

SÃO PAULO (antes tarde…) – O blogueiro Ricardo Soares lembrou, ainda bem. Porque ontem passou batido o 30º aniversário da primeira vitória de Nelson Piquet na F-1, no GP dos EUA/Oeste de 1980, em Long Beach. Foi, também, o último pódio de Emerson Fittipaldi.

O esquecimento é imperdoável, mas sempre é tempo de lembrar aquela corrida, não? Contem tudo, vocês que se recordam dos detalhes. E nossas homenagens a esses dois monstros do automobilismo mundial.

Subscribe
Notify of
guest
111 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Júlio Slayer
Júlio Slayer
12 anos atrás

Grande prova!! Tenho a corida inteira transmitida bela Rede Bandeirantes e o compacto da BBC (com a imagem um pouco melhor). Na Bandeirantes a corrida teve a narração do Galvão Bueno e comentários do saudoso Giu Ferreira. Além do triste acidente do Regazzoni, o Elio De Angelis também fraturou o pé em um pequeno engavetamento no começo da prova. Muito legal a felicidade NATURAL do então Nelsinho Piquet ao vencer sua primeira prova.

Fernando
Fernando
12 anos atrás

Inicio dos anos 70, ganhei o mais cobiçado presente de natal: um autorama Fittipaldi, com o Emerson e Wilsinho na capa da caixa. Ou seja, sou fã do Emerson desde pequeno.

Geraldo Flávio Chaves
Geraldo Flávio Chaves
12 anos atrás

Boa lembrança esta sua xará. É muito bom relebrar este pódio com dois Grandes Campeões. É uma pena que as mídias não dão valor as estas lembranças de dois Campeões Mundiais. Mas se fosse um outro piloto por aí estavam lembrando até a cor da sapatilha que ele usava. Outro detalhe no pódio que me chama a atenção é a presença de Riccardo Patrese nesta primeira vitória de Nélson Piquet. Coincidentemente na última vitória de Nélson Piquet, no GP do Canadá em 91, lá estava o velho Patrese em 3º lugar.
Abraços!

Ra
Ra
12 anos atrás

Realmente incrivel!!

Lúcio
Lúcio
12 anos atrás

Pódio com grandes pilotos (os brasileiros, ao menos) e de uma singeleza franciscana. Justamente o oposto de hoje em dia.

Fernando Toscano
12 anos atrás

Me lembro bem. Poucos dias depois cheguei na loja do Ênio Garcia, tinha 19 anos, fui colocar um som no meu Passat TS (hehehe). Aí, surpresa geral: O Piquet chegou (era grande amigo do Ênio) e ficaram conversando perto de nós. Ainda lembro uma frase do Piquet: “O Clay Regazzoni se ferrou lá no final da reta e não corre mais…”.

Pagodeiro Bello
Pagodeiro Bello
12 anos atrás

Caramba, acabei de baixar essa corrida. O Piquet dominou de ponta a ponta e o grande Emerson completou a festa.

Weimar de Carvalho
Weimar de Carvalho
12 anos atrás

Tenho essa corrida gravada nos meus arquivos e a assisti ontem pra matar a saudade.

Pirata
Pirata
12 anos atrás

Pois é,
Iniciava-se a era mais emocionante da F1. Em minha humilde opinião.
Infelizmente a mídia atual não tem como dar o devido valor ao que foi a Formula 1 dos anos 80 e de como tínhamos veradeiros Pilotos àquela época.
Mas como a maioria do amantes da F1, me contento com meus torrents em HD daquelas fabulosas corridas.
O Piquet sempre foi meu Piloto favorito.

Abs.

Orlando Salomone
Orlando Salomone
12 anos atrás

Concordo plenamente com ZF1 Clássica. O que fizeram com o Emerson foi uma puta sacanagem, como outras tantas que se cometem até hoje, com o Rubens, por exemplo. É como aquela velha história: depois que morre, todo mundo vira santo.

Mário Mesquita
Mário Mesquita
12 anos atrás

São dois gigantes do esporte, não precisa se falar mais nada…

BRASIL DE TODOS NOIS II
BRASIL DE TODOS NOIS II
12 anos atrás

essa tal de “globolização” que vão deixando para trás também além do coperçúcar, outras grandes marcas e marcos da conquista nacional e não se esqueçam de nomes no atletismo…, ufanismo barato é isso puxar o saco só de um lado.