MENU

terça-feira, 29 de junho de 2010 - 20:13Indústria automobilística

É PRATA

SÃO PAULO (calma, até meia-noite ainda é hoje) – Se Yuri Gagárin subisse hoje aos céus, não diria que a Terra e azul. É prata. Aquela minha implicância com a preferência brasileira por carros pintados de prata, agora temos dados para comprovar, pode ser estendida para o resto do planeta. Vejam neste link, com um gráfico bem bacana. Ele mostra que 33% dos carros brasileiros são prata. Na China, 36%. Na Coreia do Sul, 39%! Isso sem falar nas variações de cinza. No México, 15% — um bastião da resistência.

38 comentários

  1. Henrique Sousa disse:

    Cinza/prata/branco riscou nem aparece. Já preto/vermelho/azul da para ver de longe. Para mim este é um dos motivos mais influtentes.

    Fora outras conversas antropológicas e claro….

  2. André disse:

    no México, 80% dos carros são brancos!
    pra mim é pior!

  3. Bianchini disse:

    Nem sei direito onde se enquadraria a cor do meu carro, o glorioso Marrom Alabama da linha GM 1990… marrom claro? Bege escuro? Algo levemente dourado? CBF (Cor de Burro quando Foge)? Mas preto, prata e qualquer coisa entre esses dois extremos, estou fora!

  4. alexandre bento disse:

    E por que tem tanto carro verde na Rússia?? Vejam lá no site. Deve ser para quebrar o gelo de tanta neve e paisagem cinza..

  5. Walter - Poa RS disse:

    Penso que este problema de só ter três cores não é somente culpa do mercado.

    Acredito que as montadoras foram dirigindo este padrão até ficar consolidado, pois o lucro de operar sem diversividade de cores deve ser imenso.

    Aqui no Brasil, anos atrás inventaram aquela idéia de que câmbio automático não prestava e só mandavam carros com câmbio mecânico.

    Quando comprei o New Civic gostaria imensamente que fôsse vermelho, mas aí só o Si e este além de carissímo só tem mecânico, então teve que ser branco mesmo.

    Em 69 o meu pai comprou um galaxie e tinha no mínimo umas 7 cores com interiores combinando com a cor, preto, bege e até carro branco com interior vermelho.

    Depois com o Landau, no inicio, inventaram de o produzir só com uma cor, lógico que era o prata, a seguir fizeram pretos para os políticos.

    Talvez isso mude, acho difícil.

    Abraços

  6. Nada me alegra mais que meu Palio vermelho. É até mais fácil achar no estacionamento: “cinza, cinza, preto, preto, branco, preto, VERMELHO….” ehehheh

  7. Jorge Diehl disse:

    É por isso que gosto dos meus “velhinhos” – um gordini azul, um fusca verde e um DKW vinho. O mais bonito, em termos de cor é o fusca verde folha. Perto dele, fuscas brancos e beges somem…

  8. Tiago disse:

    Hoje vi um Fox cor de laranja. Achei interessante, pois eu nunca tinha visto um naquela cor.

  9. ALEX B. disse:

    Da vero, cameratta, da vero!

  10. Mário Salustiano disse:

    volta e meia Flávio, voce volta o tema das cores, não adianta reclama apenas das montadoras, vale lembrar que a FIAT já tentou inovar nas cores quando lançou o Palio e empacou nas vendas enquanto não fez a procissão de pratas e cinzas, a mesma coisa aconteceu com a GM no lançamento do Corsa, essa questão de pretos e pratas não tem a haver só com marqueteiros não, alias eles se baseiam em pesquisas de gosto do consumidor e as pesquisas já feitas sobre o tema mostram que o brasileiro vê carro como investimento e colocou na cabeça que é mais fácil vender o preto eo prata, basta ir numa loja e observar alguns clientes que fica fácil de entender, infelizmente somos um povo alegre de espirito mas de carros sem alegria nas cores

  11. Mauricio disse:

    Como já foi comentado aqui antes, vá a uma concessionária e tente pedir um carro de uma cor diferente de prata ou preto e veja a resposta.
    Eu mesmo queria comprar um carro vermelho (minha cor predileta, até meu notebook é dessa cor). A resposta do vendedor foi a seguinte. Vermelho, nesse modelo, tem de esperar de 45 a 60 dias para aparecer… Se aparecer.
    Resultado, estou com um preto na garagem. Assim fica dificil escolher cor diferente.
    Acho que não é o mercado que dita isso, mas sim a conveniência das montadores.
    Particularmente eu não acredito que tanta gente assim goste de ter um carro igual a todos os outros. Espirito de manada é bom para bois e búfalos. Humanos tem imaginação.

  12. Diogo Sorocaba disse:

    Tomara que o Novo Uno comece a quebrar esse padrão. Fica lindo em cores mais alegres, lembrando o Soul e o Cinquecento.
    O problema é que, dos modelos que vi, o mais “inovador”, foi um branco (uma cor da qual sempre gostei). O resto? Só prata, cinza e preto.
    Saudades do XR3 amarelo do meu pai… Minha mãe odiava o carro e o apelidou de “Pamonha”, rs.
    Pena eu ser moleque à época e não ter podido dirigir o Pamonha…
    O Senna teve um na mesma época. Por onde andará?

  13. fabio disse:

    infelizmente o mundo é prata, quem quer comprar carro usado, seminovo, acaba sendo obrigado a entrar nesse mundo monocromatico =(.
    mas a culpa é dos vendedores de carro zero km, eles intimam voce a comprar carro prata ou preto…. é uma desgraça…..

  14. Verde disse:

    Bastião da resistência é a Rússia, com 18,2% de carros verdes. Bom gosto, sem dúvida.

    E detesto carro com “cores sóbrias”. Não por acaso, meu carro é… verde. E achei simpáticos os novos Unos por causa disso. Cara de microcarro das grandes cidades do Mediterrâneo.

  15. Racer-X disse:

    Não é qualquer carro que fica bonito prata.
    Eu tenho um gol G5, preto, e as cores escuras são as melhores pra ele. Prata fica muito sem graça. É melhor para carros maiores. Os arranhões aparecem a toda hora? É o preço que se paga para ter um carro bonito.
    Gosto do meu carrinho preto… Preto BATMOBILE.
    E olha que nos velhos tempos, a minha cor era o AMARELO. EU NÃO ERA MOTORISTA DE TÁXI… ; )

  16. Celso disse:

    A Fiat inovou – ou pelo menos pretendia – ao lançar o novo Uno em ”cores” e que por sinal deixa o carrinho bastante charmoso. Olha o amarelo por exemplo ! Mas, dos sete ou oito que eu ví rodando por aí, a maioria era preto ou cinza…Só um vermelho e um verde. Andar por São Paulo fica parecido com o cenário de ” 1984 ” (J.Orwell).

  17. João Carlos Bifulco disse:

    Os marqueteiros das montadoras não querem arriscar nada!
    Se o mercado compra a trinca Preto, Prata, Cinza, prá que arriscar? Tome Preto, Prata e Cinza!.
    Os marqueteiros não querem perder competitividade!
    Se a Ford não inunda o mercado com Preto, Prata e Cinza, outra montadora o fará, logo, a Ford perderia participação.
    Viva a competitividade e mediocridade!

    • vitão disse:

      a questão não é perder competividade, é de análise financeira. Se forem feitas mais cores são necessárias mais unidades em estoque, e o giro diminui. Antes de ser um problema mercadológico, é uma decisão financeira para reduzir o investimento em estoque . Tente comprar o Fiesta 2.011 azul . Simplesmente não existe.
      Fui encomendar o meu carro na VW (importado) , e por causa da cor e do teto solar , o prazo de entrega é de 5 meses !! carros como o PAssat CC , EOS, tem prazo de entrega de 8 meses a 1 ano, e só na cor preta !

  18. Bill disse:

    Já tive carros, vermelho, azul e verde em tons mais escuros e preto, todos terríveis de manter e de cuidar, hj tenho um prata, não quero mais saber de outras cores, prata é a melhor de todas e nem me preocupo com a valorização, prata a gente lava não precisa nem enxugar, os outros, se não enxugasse ficava pior do que antes de lavar, concordo que ficaa horrível parar no sinal e só ter carros prata, mas não estou nem aí, continuarei no prata não importa qual marca ou modelo eu compre.

  19. Teo disse:

    Como bem disse o colega Victor, o destaque é a Rússia, com um ótimo equilíbrio entre todas as cores. E ainda um incrível azarão Verde, ultrapassando por fora e chegando em segundo lugar com surpreendente 18,2% da preferencia bolchevique, superando medalhões como o Preto e Branco.

    Mas verde, porque verde?

  20. Estou na faixa dos 10% pra baixo…

    Se bem que meu 78 é “Cinza Grafite metálico”, só que de cinza aquela cor não tem nada. Considero como “outros”.

  21. Juliana Guido disse:

    Boa noite, Flávio! Cheguei até aqui por conta daquele texto simplesmente ma-ra-vi-lho-so sobre a inspeção veicular. E percebo agora que eu não sou a única pessoa com birra de carro prata… Um abraço de Juliana, que está no terceiro carro vermelho e vai voltar amiúde para deliciar-se com seu blog.

  22. Cardoso Filho disse:

    Pela ordem:
    1970 – fusquinha azul ( lindo, como todo primeiro carro )
    1972 – fuscão – azul (acho que Niagara)
    sem lembrar anos mas em sequencia:
    Fuscão laranja monza / variant amarelo manga ( de doer os olhos) / variant verde ( sem gracíssima ),
    Karman Ghia TC – marrom ( a nome da cor acreditem era bronze fogo metálico e foi serie especial – como se pode ver pelo nome.
    Fiat 147 bege / Panorama marrom / Uno – bege / marajó – verde / belina verde
    de 1998 para cá – gol branco / gol prata / gol preto / gol prata / gol prata / gol prata / fox preto .
    CONCLUSÃO – A culpa é do fabricante que faz mais carros nas cores preta, branca e prata.

  23. Rovilson Portela disse:

    Veja que bonito fez a Mãe-Rússia! Vários cores! O verde ficou em segundo. É outro mundo mesmo…

  24. Mikhail A. Bakunin disse:

    É a indústria empurrando goela abaixo do consumidor o que é mais fácil para eles, o que eles lucram com essa pradronização é um absurdo!

    Tente comprar um carro “colorido” em uma concessionária, vão te dizer que demora mais de 2 meses para chegar; agora pergunte por um preto ou cinza.

    O mundo girou, girou e voltamos ao fordismo: “O carro é disponível em qualquer cor, contanto que seja preto.”

  25. Franco disse:

    Não tem nada mais aborrecido do que entrar em um concessionária da Ford. Você só vê carros prata e pretos. Coisa mais chata. Das que estão por aqui somente a Fiat merece elogios por arriscar mais nas cores.

  26. AS disse:

    Prata é a famosa cor de alguém que nao sabe realmente a cor que gosta… e sobe no muro.

  27. e a rússia fazendo bonito, com uma boa quantidade de carros de cor.

    impressionante como as nossas escolhas de cores são parecidas com as dos japoneses e coreanos. deve ser por isso também que nossos novos-ricos preferem tanto corolla e tucson…

  28. Jucabala disse:

    Pode Crer!!!
    Estava no semáforo parado e reparei que só eu estava de carro preto, todos os outros habitantes do planeta estavam em suas naves espaciais prata! Porque será???
    Será que é preguiça de lavar?? Ou é pra não aparecer os riscos???? Será que é por causa do Schumacher???? Mas a pura verdade é que o mundo está ficando cada vez mais prata!!

  29. Rodrigo disse:

    Se nego tivesse mais cuidado ao abrir a porta do carro, até que eu pensaria em voltar a ter carro de outra cor. Mas está simplesmente impossível sair do supermercado e não dar de cara com aquela marca vertical na porta do nosso carro. Em carro prata é só dar um encerada que fica supimpa. Já nos outros, é engolir seco e seguir em frente.

  30. Brown disse:

    Lembro só de uma frase de um filme nacional: “porque que é merda é prata e não preta?”

    Carro cor prata é fooooda!

  31. Hélton Fernandes disse:

    Se a pesquisa fosse em Brasília a maioria seria preta. Prata ficaria em segundo, com pouca vantagem sobre a vermelha.
    Da janela da minha sala vejo um estacionamento quase vazio, com 26 carros. 15 são pretos, 5 pratas, 3 vermelhos e o resto coloridos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *