LORENA ZERO?

SÃO PAULO(quem joga hoje?) – Meninos, o Rogério Matos, vemagueiro histórico do Rio, me mandou as fotos e as seguintes informações, que me deixaram de queixo caído:

Algumas fotos quando de nossa visita à fábrica do Lorena GT. O proprietário é o ex-piloto Luiz Fernando Lapagesse. Para quem tiver interesse, seus dados são:

Telefone (22) 2655-2478, 8114-1417, 9816-7867

E-mail: fernandolapagesse@yahoo.com.br

End fábrica: Estrada dos Leigos, quadra 10, lotes 1 a 5, Praia de Itaúna, Saquarema, RJ

Olha que isso aí é de levar qualquer um a fazer uma loucurinha…

Comentários

  • Realmente depois de ver estes comentários vi q. o Luiz Fernando é muito educado e tem muita pergunta boba e ele tira de letra mas assim ……fui ex dono de Villa gt, gt adamo gt malzoni , todos similares em mecânica do Lorena q. foi um sonho de consumo meu mas n~consegui mas uma sugestão q. se colocasse um ap 2.0 com um flange na caixa vw longa além de encher o cofre daria mais credibilidade no carro tive um miura 80 q. foi o melhor carro do besson & gobbi e depois do meu sta mat. e do malzoni 78 adaptado com ap 1.8 e caxa da Kombi diesel e miolo do próprio .

  • PARABENS POR ESSA LOUCURA E DE DEIXAR QQ UM DA MINHA IDADE (55) VOLTAR AO TEMPO. MANDE MAIS FOTOS DE SUA FABRICA, DOS CARROS JA CONSTRUIDOS E COMO É A LINHA DE PRODUÇAO, PELO AO MENOS DAR AGUA NA BOCA. ABRAÇAO.

  • Final de semana em Novo Hamburgo, na Expoclassic, recebi a visita em nosso stand de um pessoal olhando nossos produtos, e para minha surpresa disse ser para os Lorenas que estavam sendo fábricados. Conversamos um pouco e hoje procurei na net e encotrei esse post. Só quero lhes parabenizar pela iniciativa e me colocar a disposição para o que precisar no projeto, pois somos uma pequena empresa aqui no RS dedicada a fabricação de peças para veículos, tanto de rua como de competição. Meus parabéns, pois precisamos de pessoas assim em nosso país, que acreditam em seus ideais e são surdos as críticas.

    • Olá Ricardo,
      Acessei o site de vocês agora a pouco e teci alguns comentários…
      Muito obrigado pelo seu incentivo…
      Você, que é do ramo, sabe quão difícil é encarar um projeto desse tamanho e com tal responsabilidade…
      Estarei com o Mário Estivalet em novembro próximo e pretendo visitar a Ilmohr…
      Manteremos contatos e novamente muito agradecidos.
      Estamos também a sua disposição… Por favor, envie-me teu e-mail para mandar mais fotos para você saber mais um pouco do nosso projeto Lorena GT-L

      Abraços,

      Luiz Fernando Lapagesse

    • Obrigado, Luby, mais uma vez, pelo seu apoio.

      Sinto-me envaidecido com as visitas que estão acontecendo aqui na “fábrica dos sonhos” e, conforme falou a “Turma do Roliúde” do Rio de Janeiro, “Parquinho de Diversões do Tio Lapagesse”…rsrsrs

      Muito obrigado sempre pelo seu apoio e interesse.

      Valeu!!!

      Forte abraço,

      Luiz Fernando Lapagesse

    • Conseguimos seguir rigorosamente o projeto quando da confecção dos moldes.
      Realmente ficará original.
      Obrigado pelas suas palavras.

      Forte abraço,

      Luiz Fernando Lapagesse

  • Luiz Fernando, boa tarde!

    Apenas para lhe desejar total sucesso na empreitada, e que daqui a pouco possamos ver vários iguais ao amarelinho pelas nossas ruas, não importa com qual lanterna traseira, cada cliente que escolha a sua ou então siga a recomendação do fabricante, certo!!

    • Olá Zé Maria,

      Muito obrigado pelas suas palavras de incentivo!
      Oxalá suas palavras surtam efeito e se realizem…
      Dependendo da nossa disposição e aumento da estrutura produtiva, poderemos chegar a produção de 4 carrocerias por mês, num primeiro momento…
      Cada qual poderá personalizar o seu de acordo com sua vontade…
      Fornecemos tudo para a originalidade, mas o nosso desejo é que cada Adquirente tenha seu próprio desejo implantado no carro…
      Original ou não é questão de gosto!!!
      Um abraço,

      Luiz Fernando Lapagesse

    • Olá Fabio,

      Muito obrigado pelas gentis palavra…
      Conheci dois exemplares do Villa-GT, um deles em Brasília agora em maio, e outro em Caldas Novas-GO.
      Veja o site do Lorena GT do Mário Estivalet…
      Lá você encontra toda a história do Lorena GT, inclusive muitas informações atualizadíssimas sobre o meu projeto do Lorena GT-L.

      Forte abraço,

      Luiz Fernando

  • Luiz fernando, só posso dizer uma palavra. Parabens!
    Acompanhei teu trabalho desde o início da idéia de “replicar” o Lorena (um pouco de sugestão minha, eheheh….) e lá se vão dois anos de muito trabalho, dedicação, busca por “fazer bem feito”, despesas, incomodos, sucessos e alegrias. É um prazer ver um “galpão” cheio de Lorenas (acho que nem o Leon Lorena viu tantas juntas….), e só posso repetir a palavra. Parabens!

    • Mário, você é um dos “culpados” por todo esse “inbroglio” alegre e feliz que estamos vivendo!!!!
      Parabéns para nós, tenha certeza.
      Mais ainda para o teu êxito na Expoclassic de Novo Hamburgo, com o Fitti-Vê…
      Pace deve t4r dado pulos de alegria lá no Céu…

      Abraços e VIVAS!!!!!!!

      Fernando

  • Lopagesse

    O pessoal do Veteran Car Club estava querendo dizer que parece coisa de parque temático. Mas se você não levar ao ao “limite extremo” essa história do carro de competição e pensar mesmo como um carro de diversão bolado para competição como eles te sugeriram pode dar certo, mesmo! O marketing viral está pronto é uma questão de manter o foco. Fora que tem o lance “do homem do carro do amarelo”. Uma piada que pode trazer sérios resultados.

    • Rsrsrsrsrs

      Mas você já pensou em algumas provas unimarcas, mesma preparação e todos idênticos???
      Se aparecer um grupo disposto, temos tudo para fazer…
      Eu e você poderemos fazer a primeira das duplas…hehehehehe
      Um abraço

      Luiz Fernando

  • Parabéns Luiz Fernando pela sua iniciativa. Tomara que outras pessoas tivessem a iniciativa e “coragem” de fabricar automóveis, réplicas e protótipos mesmo que de forma artesanal aqui no Brasil. Não é facil não!!!
    Quanto aos comentários sobre as lanternas traseiras do Lorena GT, não liga não. É coisa de quem não tem competência e está morrendo de inveja.
    Que você tenha muito sucesso na sua empreitada !

    • Caro “Guerreando”…

      Em primeiro lugar, muito grato pelas palavras gratificantes e altamente incentivadoras à atividade a que me propus, de forma muito voluntária e sem constrangimento de incidir no erro!!!

      Como homens, devidamente enquadrados na categoria HUMANO, permito-me receber toda e qualquer crítica…
      Acho que todos têm esse direito, e a nós cabe recebê-las com dignidade e sabedoria, buscando um aperfeiçoamento ao produto que estamos lançando na praça…

      Cheguei ate mesmo a explicar ao Interveniente os motivos que me levaram a me servir do modelo das lanternas e quais serão as lanternas recomendadas…

      Em jantar com Anísio Campos, um dos maiores “designers”,nosso Pinninfarina tupiniquim, disse-me ele, enfatica e categoricamente, que … ‘eu me servisse dos meus instintos para lançar o que fosse no modelo Lorena GT-L, pois estava aberta a relação “criatura e criação”…

      Preferi seguir Anísio Campos…rsrsrs

      Um abraço fraterno,

      Luiz Fernando Lapagesse

    • rsrsrs,,, Você teve um Lorena GT????? rsrsrsrsrsr
      Pois é assim mesmo que era a questão!!! Carro para andar de dia, tempo fresquinho, mas sem chuva… Era um pânico só…
      Mesmo sem modificações radicais no sistema, podemos dizer que melhoramos sensivelmente o sistema das portas e teto, com a aplicação de uma borracha-vedação no teto junto às portas e o estancamento diferenciado do fluxo de água com as borrachas vedadoras das portas e colunas…
      Mas não é um submarino, amigo ‘Pé de Moleque”…rsrsrsrs
      e mais alguns rsrsrs

      Forte abraço e muito obrigado pela participação…

      Luiz Fernando Lapagesse

  • Que lanterna horrorosa! Se eu invento (ou copio) um carro e meto essa lanterna o FG seria o primeiro a me malhar!!!!
    Pô, dava pro cara fazer o negócio com capricho, né? Sem inventar.

    • Olá Rogério.
      Muito obrigado pelo seu comentário, o que traduz com o seu conhecimento a respeito de automóveis.
      Permito-me apenas explicar-lhe que tal lanterna foi aplicada à trazeira do Lorena GT-L em caráter emergencial, para efeito de levá-lo à apresentação em uma exposição local e municipal. A que será “sugerida” aos adquirentes do Lorena GT-L será redonda, tanto a sinaleira quanto a de luz de lanterna;freio.
      Essas, sim, são as genuinamente originais do Aztec que veio a originar o Ferrer GT.
      Parabéns e recomendo-lhe a manter contacto sempre que precisar com o Lorena.gt_replica@yahoo.com.br, e marcar uma visita ao nosso estabelecimento quando lhe for viável.
      Prazer em conhecê-lo, ao menos virtualmente.
      Forte abraço,

      Luiz Fernando

  • O “Lorena GT” foi um carro derivado diretamente do modelo americano “Ferrer GT”, produzido nos Estados Unidos pela “Ferrer Motors Corporation”, e montado sobre a plataforma do Volkswagen Sedan 1300

  • Hoje o Lorena até é divertido. Mas quando saiu dava vontade de tocar fogo. Aliás chamar carro alegórico (ao GT40) de carro já é muito. A tecnologia alemã do Fusca com criatividade brasileira dos anos setenta. Um precursor da bolha.

    • Olá Lucca Furquim,

      Muito obrigado pelas suas palavras incentivadoras.
      A Lorena GT-L amarela é uma original, está com um motor 2.0 a ar.
      As demais carrocerias foram copiadas dessa amarela, genuinamente original, pois nunca havia sido montada até quando eu a comprei.
      Faça-nos uma visita, pois teremos o maior prazer em receber todos os admiradores do Lorena GT aqui em Saquarema-RJ.
      Para tanto, marque um dia que lhe for favorável pelo lorena.gt_replica@yahoo.com.br.
      Um forte abraço e prazer em conhecê-lo, ao menos virtualmente por enquanto.

      Luiz Fernando Lapagesse

  • Nunca tive um, mas nos anos 70 andei de carona em um Lorena branco que pertencia a um piloto de formula V chamado Gilmar Green. Muito espartano e apertado, mas era o que tinha, junto com o Bianco, de bom na época. Esse Lorena tinha o seu motor preparado por um cara chamado Spada, lá pros lados da Vila Ipojuca.

    • Olá Valter, prazer pela sua intervenção!!!
      Realmente trata-se de um carro de competição, e, por esse motivo, teria de ser muito espartano mesmo.
      Como estou “ressuscitando” o modelo, hoje tão raro, estou buscando sanar esse detalhe.
      Gostaria de que você nos visita-se, marcando uma visita para o dia que lhe for favorável, pois moro bem próximo à fábrica dos Lorena GT-L…
      Acesse lorena.gt_replica@yahoo.com.br
      Um forte abraço,

      Luiz Fernando Lapagesse

    • Olá Rafael D. Santos,

      Muito obrigado pelo seu comentário.
      Apenas permita-me esclarecer alguns detalhes.
      O Lorena GT, originalmente, era um carro destinado á competição, daí a espartaneidade dele, despojado e aliviado em todos os sentidos, menos mecânica (VW 1600 para cima e Porsche 2.0, como o do Colégio de Arte e Instrução, do Sidney cardoso.)
      Esse amarelinho está com um VW 2.0 cc, e dupla Webber.
      Quanto aos frisos, basta escolher a borracha compatível, adquirir-se o friso e trocar. É uma opção que poderá ser praticada durante a negociação.
      Quanto as lanternas, tambem poderão ser trocadas e utilizadas as que o adquirente desejar.
      A sugerida pela fábrica será a lanterna redonda, tanto para lanterna-freio, como para a sinaleira de seta.
      Quanto ao belo brinquedinho, muito obrigado, pois fico envaidecido, pois a fábrica foi denominada de “Parque de Diversão” pelo grupo do Veteran Car Clube do RJ que aqui esteve nos visitando…
      Venha nos conhecer, dando-nos esse prazer em recebê-lo aqui em Saquarema-RJ. Basta marcar pelo lorena.gt_replica@yahoo.com.br

    • Não estamos brincando não, amigo Sérgio.
      Trata-se de um investimento de primeira qualidade, desde a confecção dos moldes, laminação e acabamentos, buscando sempre e em primeiro lugar a qualidade e a originalidade do projeto.
      Não bastasse isso, investimos pesado na construção de um prédio de dois andares, com 500 metros quadrados de área, destinado EXCLUSIVAMENTE para a construção das carrocerias, montagens, elétrica e tapeçaria.
      A atual área ficará destinada para a construção de chassis tubulares para o Lorena GT-L (além de outros já na “prancheta”) e estufa para pintura.Visite-nos, quando lhe aprouver, pelo lorena.gtreplica@yahoo.com.br, que teremos o maior prazer em recebê-lo aqui em Saquarema-RJ

      Luiz Fernando Lapagesse