917

SÃO PAULO(ritmo intenso) – Ainda não chegamos a esta categoria nas apurações de nossas eleições, mas é provável que o 917 tenha vencido como protótipo de Marcas mais bonito de todos. Enquanto isso, que tal uma olhadinha neste vídeo curtinho e lindo enviado pelo André Merguglio? Um tributo ao Porsche que vive em nossos corações.

Comentários

  • Simplesmenta o carro de corridas mais espetácular da história!!!

    Cenas maravilhosas, a se destacar as de chuva em Spa e Brands, entre outras e a do famoso “Pink Pig”, mesmo de relance!!

    E os pilotos, então!! Só gente de primeira linha, incluindo o Steve McQueen, que mesmo sendo ator por profissão, sempre guiou o fino!!

  • Quem souber, discorde ou não, o Porsche 12 branco não era um pilotado por autríacos e conhecido como “long tail”? Esse carro foi o recordista de velocidade absoluta enquanto havia a reta sem chicanes passando dos 400 km/h, recorde que foi batido bem depois numa das últimas provas antes das chicanes.

  • Peguei a ideia do Antonio e identifiquei os mostrados pilotos do video – por favor ajudem a completar as lacunas. Obrigado!

    0:08 – Brian Redman
    0:10 – ?
    0:13 – Jo Siffert
    0:17 – Siffert (de costas)
    0:21 – Gérard Larrousse
    0:32 – Vic Elford, ?, Richard Attwood, Hans Herrmann, Rolf Stommelen (de lado, rosto encoberto)
    0:40 – Siffert
    1:07 – Larrousse, Elford
    1:17 – Pedro Rodríguez
    1:18 – Steve McQueen em cena do filme “Le Mans”, piloto não identificado passa na frente
    1:42 – ?
    1:48 – Redman
    1:52 – ?
    2:14 – Redman, Siffert

    A ultrapassagem mencionada pelo Alessandro (1:24) é a largada dos 1000 km de Spa de 1970, com o Rodríguez e o Siffert se espremendo nos 917 da John Wyer Racing (Gulf) em Eau Rouge.

    Antonio, concordo com você, a cena aos 1:14 parece mesmo ser o “aftermath” do acidente com o David Piper durante as filmages de “Le Mans”.

    Abraços a todos!

  • Compilação de imagens interessante. As primeiras cenas mostram o 917 ainda com o pequeno vidro acima do parabrisas, depois abolido. nas fotos aparecem diveros piltos conhecidos, entre eles Redman, Siffert, Rodriguez, Larrousse e até Steve McQueen.
    A cena do 917 partido ao meio me parece ser do acidente de David Piper durante as filmagens de 24 h de LM, no qual o piloto perdeu parte da perna.

    Antonio

    • Antonio, acho justamente que é o oposto, o pequeno vidro acima é posterior à estréia do carro, acho até que foi em Daytona 70 ou 71 que foi usado pela primeira vez!

      Apenas para registrar, este carro foi realmente a mais fantástica máquina de corridas jamais contruida pelo homem!!

      O lance do chassis tubular ser pressurizado para evidenciar qualquer trinca é realmente espetacular!!

      Tem um site argentino muito bom que destrincha a história do mito em todos os detalhes!!

  • NA CENA DA BATIDA, O STEVE DISSE: NÃO QUERO DUBLÊ, EU MESMO FAÇO, MAS FAÇO APENAS UMA VEZ, FOI LÁ E FEZ E DEPOIS DEVE TER IDO TOMAR BANHO E TROCAR A CUECA, O CARA ERABOM, DEMAIS, COMO ATOR E COMO PILOTO, QUEM NÃSO LEMBRA DAS TROCAS DE MARCHA NO MUSTANG EM BULLIT, QUANDO ELE PERSEGUIA DO DODGE CHARGER NA SUBIDA DE SERRA, ÉW PURA MUSICA, VRMMMM…VRMM…VRMMMMMM

  • Realmente os 917, em todas as versões, são incríveis. A um tempo atrás assisiti um programa chamado “ultimate cars” (se não me engano até o Emerson aparece) que elegia os melhore dez de cada categoria e os Porsches 917 “paparam” o título de melhor carro de corridas de todos os tempos.

  • Em um mundo “cheio de carros de corrida” esse é um pequeno tributo ao maior de todos os de corrida….insuperável.

    Juro por tudo nesse mundo, se eu pudesse, compraria um lá fora, custe o que custar, para poder andar no templo de vez em quando.
    Leia-se uns 2 milhões de euros…carai….

    • Eric, seguinte:

      Em primeiro lugar, bom ver você de volta, mesmo que apenas de vez em quando. . .

      Segundo, como comprar um autentico não deve ser fácil, independentemente da bufunfa, existe uma réplica, veja bem, réplica americana muito bem feita, apenas que sem o famoso boxer flat 12.

      Custa mais ou menos uns US$ 85K e dá para sediverit bastante!!!

      Abraço e feliz 2011

      Zé Maria ( da pizzaiada do Luizinho em São Vicente/2008)

      PS: cadê o Belair?

  • Gomes, sem dúvida os Porches, todos eles eram lindos. Vc teria alguma foto do Ford J, uma retaliação da Ford à FIA que proibiu, forçada pela Ferrari, os motores 05 litros pq os GT 40 estavam papando tudo. Ford fez o J com 03 litros ganhou Le Mans e aposentou o carro. É por aí a história, ou não?
    abração. Maron

    • Não é assim. SMAron. O Ford J era equipado com um big block de 7 litros, e uma carroceria no formato “breadvan”, algo como um teto reto até a traseira. Era feito pra ser muito bom de aerodinamica, mas o resultado foi justo o oposto: o carro tinha serios problemas de aerodinamica, que se manifestavam acima das 220 miha por hora, dificultando a dirigibilidade. Tina sido projetado com ajuda dos computadores (da epoca !) e estava previsto para atingir quase 250 milhas por hora (400 km/h) na reta de Hunaudieres e virar abaixo dos 3:30 em Le Mans, coisas que nunca acontcerem. O melhor temo do carro foi algo em trono de 3:35, e ia apenas um pouco acima dos 350 km/h. Como referenica os MKIIA viravam em 3.31 e ultrapassavam os 350 por hora na longa reta. Levado para um teste em Riverside, e pilotado por Ken Miles (que também era engenheiro e trabalhava no desenvolvimento dos carros da Ford), 2 meses depois da primeira vitoria da Ford em Le Mans, o carro acidentou-se em plena reta, matando Miles.
      O projeto foi então abando nado pela Ford, sendo que o seu chassis em “honeycomb” foi aproveitado no projeto do MKIV, que acabou vencendo Le Mans no ano seguinte (67).
      O Prototipo da Ford com motor 3 litros (Cosworth) era o P68, que era muito lindo, mas se mostrou um carro ruim, igualmente de dificil dirigibilidade, e ao que me consta, nunca venceu nada. Como curiosidade, Clark foi convidado pra pilotar o carro em sua estreia em Brands (ou Silverstone ?) em abril de 1968, e acabou desistindo por conta do imposto de renda ingles, preferindo ir pilotar um F2 em Hockenheim no mesmo fim de semana, quando acabou se acidentando e falecendo.

      Antonio

  • simplesmente demais, depóis de grand prix, le mans foi o melhor filme de corridas já produzido, stvie macquem estava soberbo , a cena do acidente, quem sabe a historia?
    tenho o filme e o video de como foi produzido, e o carro fantastico.