CHILIQUENTO

SÃO PAULO (e até segunda, ou em edição extraordinária) – Os chiliques de Luca di Montezemolo, que de tempos em tempos resolve querer mostrar que a Ferrari está acima de tudo e de todos, são o tema da coluna Warm Up de hoje. Para ler, clique aqui. Para comentar, volte aqui.

Comentários

  • Houve uma época de saudosismo quando as montadoras entraram em peso e as pessoas diziam: “oh! não temos mais equipes independentes…”, Agora, prevalecem as tais e querem o retorno das montadoras. Ora, essa!

  • Vamos polemizar o assunto, a F-1, tem que ter motorzão, V-8, ou v10 e v12, com 750hp,quem gosta de 4 cilindros, o motor de fusca(tudo bem eu sou apaixonado por fusca) Nelson Piquet, foi campeão do mundo m com motor BMW de 4 cilindros, pela Equipe de Bernie a Brahman ,mais com absluta certeza vai tirar todo o brilho da F-1, quer igualar as condições com outras categorias, vai errar muito feio;Vejamos ä fomula Indy, te motores V-8, honda, vai no futuro receber motor GM, e Ford,vamos compararar as duas temporadas, em público, espetáculo e emoção

  • Parabéns Flavio Gomes, escreveu tudo o que um verdadeiro admirador de corridas gostaria de ler. A Ferrari quer vencer as corridas antes mesmo que elas aconteçam.

    Se querem colocar 3, 4 ou 5 carros nas pistas, ora, que faça sua própria categoria. Que criem a Fórmula Ferrari e deixem a F1. Duvido que faça falta.

    Jogo de equipe em uma categoria que tem 6 carros somente em disputa pelo título, em uma categoria que tem 24 carros, parece exagero. Dá a impressão que não existem disputas, e não existem mesmo.

    Se as reclamações fossem para ajudar que a F1 se tornasse uma categoria mais disputada, com mais equipes em condições de disputar ou pelo menos achar que podem disputar o título, tudo bem. Mas suas reclamações são para que a Ferrari domine. A Ferrari há mais ou menos 1 ano divulgou nota dizendo que sua marca sozinha era mais valiosa que a da F1. Acho que a Ferrari estava avaliada na época em sétimo lugar e a F1 em oitavo, se não me engano. É com isso que Montezemolo conta para fazer pressão e tentar pender as coisas para o seu lado.

    Tem gente que acha que torcer pela Ferrari é algo esportivo, meros otários.

    Reclamar da F1 é fácil. Principalmente para quem assiste.

  • verdade ferrari é carro pra aparecer ja pra pegar umas mulheres gostosas uma mercedes é melhor,anda pode virar poeta e dizer pra ela AMOR QUER VER ESTRELA ? VEM NA MINHA GARAGEM
    mas uma ferrari da pra comprar uma 1993 custa 300 paus se vender todos os dkw e os ladas vc deve arrumar uns 40 ou 50 ml reais ja da pra entrada da ferrari ai so compra uma bota de salto carrapeta e carcar as danada das das ….nao sei se devo … vai rimar mas na sei se pode nesse horario pode ou não ?
    feliz natal e prospero ano novo FG

  • O Luca di Montezemolo tá chilicando pq com a nova regra de motores pra 2013, o Bernie conseguirá trazer a VW. Essa sim fabrica motor 1.6 de 4 cc mas declarou anos atrás que a F-1 não os fascinava. Depois desse anúncio para que eles ficaram bem fascinados.

    Mesmo não sendo fã da marca to pagando pra ver um fusca andando em Spa com um alemão na pilotagem (de preferência o Schumacher)

    Seria um belo tapa na cara da Ferrari.

  • Penso exatamente da mesma maneira acerca de quem compra uma Ferrari.
    Quanto a quem compra um Porsche, entendo ser mais racional e “pouco menos” exibicionista. A não ser aqueles que desfilam com aquela coisa horrorosa chamada Cayenne, uma das maiores aberrações estilísiticas da indústria. Na minha opinião, lógico.
    Quanto ao fato de os caras nunca venderem um Ferrari de 4 cilindros, entendo que eles podem se surpreender, uma vez que há grandes filas de espera por esportivos elétricos (Tesla e Fisker), com excelente desempenho e muito prazer “entusiástico”.
    A cabeça das pessoas está mudando muito rápido, salvo raras exceções.
    Se bem que o universo de clientes Ferrari é formado somente por raras exceções, o que faz com que meu post não tenha o menor sentido.
    Já viu um cara mudar de idéia no meio do texto e enfiá-lo no lixo? Mesmo assim, vou postar esse aqui.

  • É interessante observar como de uns 15 anos pra cá a Ferrari vem fazendo de tudo pra perder todo o carisma conquistado nos 50 anos anteriores.
    O comendador deve estar se revirando no caixão…

  • Bem lembrado que os parceiros da FOTA se pirulitaram quase todos. Imagine se essa tal “liga independente” tivesse ido adiante… que fracasso seria!

    Também gostei da menção ao fato que os atuais representantes da Ferrari quase sempre não honram seu posto, tomando atitudes que mais prejudicam que ajudam na história da Scuderia.

    Só discordo de rotular os propietários de Ferrari de exibicionistas. Claro que há, como também encontramos em donos de Porsches, BMW´s e até de Audis os que só os compram para aparecer. Mas certamente há donos de Ferraris que amam o Cavallino de Maranello de verdade.

  • Ja que estamos falando de F1, alguem viu as declaracoes do mau-carater e cara-de-pau Alonso?

    Ele disse ser contra ordens de equipe, enquanto o companheiro ainda tiver chance.

    Eh muita falsidade. Ele certamente se “esqueceu” que o Felipe foi forcado a dar passagem para ele no meio de campeonato, e certamente se esqueceu que ele chantageou a McLaren a “frear” o Hamiltou – o que nao aconteceu – e ele levou pau do ingles novato, e preferiu sair da McLaren chorando e se fingindo de vitima a ter que andar atras do talentoso Hamilton.

    A CARA DE PAU DO ROUBONSO EH ABSURDA!!!

  • Desculpe Flávio mas, achei exagerada, de conteudo distorcido, patrulheira e “Marxista” demais, a sua crônica. Esse seu “lado negro da força” é definitivamente o seu calcanhar de Aquiles.

  • E sobre o seu apadrinhado STUPIDO DOMENICALE,o pior chefe de equipe de todos os tempos,ele não diz nada sobre a incompetência do mesmo.Será que foi por que ele mesmo o colocou numa posiçãopara qual não esta capacitado? Isto seria assumir uma falha pessoal, e para tal, ele não tem essa grandeza.
    Quanto aos motores,eu acho(coitadinho de mim) que no maxímo deveria-se estipular a capacidade cubica,a duração e o consumo por prova,talvez tambem nivel de CO,agora se terá 1 ou 20 cilindros seria opção do fabricante
    Muita normalização só irá matar essa F1 moribunda,Criaram tantas normas para se construir autódromos,como se fazer curvas,como deveria ser o raio das curvas,KM max, e outras baboseiras e o que temos atualmente,não mais que chatódromos que ninguem passa ninguem se as condições dos carros forem semelhantes.
    BOM FINAL DE SEMANA A TODOS!!!!!!!!!!!!

  • FG, peço licença para divulgar a “carta ao presidente” que enviei no site Controlar (inspeção veicular em São Paulo):

    “Sr. presidente, a a taxa de inspeção veicular foi devolvida ao contribuinte em 2009. Em 2010, os valores não serão restiuidos. Logo, os valores deveriam ser mais baixos que em 2009, ou então a sua empresa está visando um lucro absurdo e abusivo, correto?
    Não acredito que o Sr. irá me responder, mas fica a pergunta para que o Sr. não pense que somos todos bons cordeiros, pagadores de impostos sem conhecimento mínimo de número e administração .
    Além disso, se o meu carro polui com os 30 km percorridos diariamante, o Sr. sabe me dizer o quanto um ônibus, desses que trabalham com o logo da prefeitura de São Paulo, polui diariamente? ”

    Não tenho acompanhado regularmente seu blog, mas já li boas críticas suas à respeito da inspeção.
    Me parece estranho que as pessoas, de maneira geral, estão tão passivas com essa questão.

    Muito obrigado!
    Abraços.

  • É assim,de tempos em tempos a pressão da ferrari extrapola e a merda sobe pra cabeça.
    Tudo não passa de balão de ensaio do Bernie que já tem as resposta que precisa ,se mantem na midia em epoca de ferias coletivas e assim caminha a humanidade.

  • Perfeitas palavras, FG.

    Principalmente no que se referre (pra lembrar a sua (e agora de tds nós) Dilma) aos motores. Quem tem uma Ferrari, salvo raríssimos casos, é puramente pra mostrar que tem grana (na real nunca conheci um que não o fosse, mas vai que tem…). Pois todos sabem que existem vários outros carros que apresentam desempenho, esportividade e conforto muito superior. Mas, sabemos como é o mundo atual, paga-se pela grife, e pronto. O mundo todo pensando em proteger o meio ambiente, em alternativas menos poluidoras e vem o Sr. Dono do Fantástico Mundo da Ferrari bradar contra tal iniciativa? Ah! Vai pastar Luca!

    Motores mais econômicos e que mantenham o desempenho é o sonho de qualquer empresa de engenharia. Se a Ferrari não quer isso, que se exploda, pois o resto do mundo quer.

  • Concordo com a ideia de conceder o direito às equipes de colocarem um terceiro carro na corrida, mas teria de ser opcional.

    Red Bull, Ferrari, McLaren poderiam acrescer mais 3 pilotos na briga pelo título, mesmo com ordens de equipe.

  • Valeu Flávio, muito bem escrito. Apesar de não concordar com muita coisa que você escreve, dessa vez ficou ótimo.

    Feliz natal, tudo bom, paz, saúde, harmonia e prosperidade para você e sua família, inclusive a de 4 rodas.

    Armando

  • sempre disse q uma das saidas pra F1 entrar no jogo politicamente correto ecologico etc e tal, será + viável o desenvolvimento dos motores downsizing com Kers, até a tecnologia chegar a um ponto q somente uma carga na bateria na largada (ou captação da mesma energia só q solar) o carro chegue ao final da corrida só com eletricidade sem a utilização de um combustível fóssil
    isso não é impossível nem visionário, é só gastar um cascalho em desenvolvimento.
    1° poderíamos ir pro etanol depois pro diesel até chegarmos ao hidrogênio e depois só eletricidade. haja cascalho.