CARA DE UM…

SÃO PAULO (sinceridade?) – …mas não necessariamente o focinho do outro. O iG fez uma interessante comparação fotográfica entre o Mini e seu genérico chinês, o Lifan 320. É só clicar aqui e arrastar o mouse sobre as fotos. O chinês é feinho. Se eles aumentassem o entre-eixos, colando a caixa de roda dianteira no bico, ficaria mais legal. A gente já falou desse carro aqui. Tenho visto alguns rodando, com pinturas “customizadas”. Mas as canelas finas e o aspecto de botinha ortopédica não me seduziram muito.

Subscribe
Notify of
guest
24 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Leonardo Xr3
Leonardo Xr3
11 anos atrás

Flávio,
apesar de não concordar com essa história de copiar carros de outras marcas, pelo que custa esse carrinho é bem convincente, minha irmã tem um já faz 5 meses e não tem reclamações a fazer hoje mesmo andei com o bichinho e ele até que é valente pelo motorzinho que tem, a assistencia técnica tem sido bem atenciosa e aqui em Curitiba já existem vários rodando. e pelo que custa é um bom negócio, a não ser que se ache um bom negócio, um Gol pelado, um Celta, ou um Palio….

Gabriel Araújo
11 anos atrás

E agora está chegando ao Brasil o Chery QQ, mini de quatro portas da marca chinesa que está instalando uma fábrica na minha cidade, Jacareí (SP). O carro tem motor 1.0 e custará R$ 22.900,00. É o quarto modelo da Chery a ser vendido aqui (além dele, tem o Face, o Tiggo e o Cielo). A marca vende cerca de 900 unidades por mês.

EduardoRS
EduardoRS
11 anos atrás

Nem é questão de qualidade ou beleza. Eu acho incrível como os chineses simplesmente COPIAM tudo na cara dura, e não estão nem aí. Certa vez copiaram o desenho de um compacto da GM, e GM processou a fábrica e perdeu, porque obviamente o processo foi julgado na china, com um juiz chinês. Essa do Mini acho que a BMW nem vai tentar fazer nada, porque já sabe que não adianta.

A China já tem tecnologia pra fazer produtos de boa qualidade, já se foi o tempo em que produto chinês era sempre sinônimo de quebradeira. Ainda tem muito lixo, mas já tem muito produto bom vindo da China. Se eles conseguirem botar air bag, ABS, e tantos outros acessórios num carro a R$ 30 mil, vai vender que nem pãozinho quente, porque o público desse carro não tá nem aí pra estética, eles querem é preço. E se tiver preço com um monte de opcionais embutidos, melhor ainda.

Pessoalmente eu sempre achei esse Lifan medonho, tenho vontade de quebrar todos que vejo rodando por aí, mas quem diz se o projeto deles está certo ou não é o Sr. Mercado.

Rodrigo Barreto
Rodrigo Barreto
11 anos atrás

Eu fui a uma concessionária ver de perto o carrinho e apesar da qualidade evidentemente inferior ao Mini, não achei o acabamento pior que o de um Mille, de um Gol da geração anterior ou de um Fiesta. Poucos chineses passam pelos testes NCAP, mas os brasileiros que passaram pelos testes não foram bem. Acho que em termos de qualidade os chineses não estão muito piores que os brasileiros de baixo custo. O maior problema deles continau sendo a alta depreciação e a falta de pontos de manutenção. Dizem que o motor dele nem é tão ruim. Tem boa potência e bom torque pro porte do carro. Os veículos de comunicação brasileiros especializados estão praticamente todos comprados por marqueteiros. Ou será que todos acreditam que a Hyundai fabrica os “MELHORES CARROS DO MUNDO” como o cara do comercial fala de jeito tão empolado?
Estamos tão mal acostumados com o lixo que sempre nos venderam que quando uma marca como a Hyundai ou a Kia começa a vender no Brasil carros que lá fora são vistos com reservas em alguns mercados achamos que estamos comprando alta qualidade.
Atualmente tanto a Kia quanto a Hyundai estão colhendo os resultados dos investimentos que fizeram na Europa há uns 10 ou 15 anos.
A GM fabrica no Brasil apenas carros defasados. A Volks cobra sempre muito caro pelo que vende (seja defasado ou não). A Peugeot (marca da qual sou um infeliz proprietário) engana a todos vendendo aqui um 207 que nada mais é que o carro da geração anterior com uma revisão de desenho que o deixou no meio do caminho…
Hoje eu também acho que não se deve arriscar a compra de um carro chinês. Mas creio que em 5 ou 8 anos as coisas podem realmente mudar.

tecpix
tecpix
11 anos atrás

Semana passada eu vi passar um Lifan, olhando este carrinho chegar de longe na avenida até pensei que fosse o MINI, e parei para aguardar sua passagem, mas quando ele passou por mim com aquele motorzinho com timbre de motoserra entendi porque original é original, e cópia é cópia..

Custo benefício o escambal.. ele é horrivellllllll

abs

Fernando Oliveira
Fernando Oliveira
11 anos atrás

O cúmulo da cara-de-paudade foi no salão do automóvel o tal do lifan ficar cara a cara com seu famoso e bonito “inspirador, os estandes da Mini e da Lifan estavam lado a lado. E não tem comparação, esse Lifan é totalmente mal acabado, parece que vai se desmanchar, os detalhamentos e cuidados que o Mini tem de sobra faltam ou melhor não existem no chineizinho é até um desrespeito …. mas compra quem quer, né?

Jackson S. Batista
Jackson S. Batista
11 anos atrás

A CAR & DRIVER fez um artigo excelente comparando o Lifan e o Mini..
Na minha opinião aplausos aos Chineses..

Apartir de um modelo de linha alta, desenvolveram um carro para a massa da sua população, e que com todos os impostos ainda chega aqui por R$29.900,00 com 4 portas, rodas aro 14, vidros eletricos, direção hidraulica, ar condicionado e um porta-malas com o dobro do tamanho do que tem no mini, num carro que tem praticamente as mesmas dimensões.

Jackson S. Batista
Jackson S. Batista
11 anos atrás

A CAR & DRIVER fez um artigo excelente comparando o Lifan e o Mini..

Na minha opinião aplausos aos Chineses..

Apartir de um modelo de linha alta, desenvolveram um carro para a massa da sua população, e que com todos os impostos ainda chega aqui por R$29.900,00 com 4 portas, rodas aro 14, vidros eletricos, direção hidraulica, ar condicionado e um porta-malas com o dobro do tamanho do que tem no mini, num carro que tem praticamente as mesmas dimensões.

Rogério Magalhães
Rogério Magalhães
11 anos atrás

Tô começando a me acostumar na rua a olhar e primeiro verificar para depois dizer, porque várias vezes eu fui traído pensando estar vendo um Mini e ver que é o Xing-Ling… é impressionante a cópia, confunde mesmo na rua, numa primeira olhada sem cuidados…

Andre Decourt
11 anos atrás

Mas mecanicamente deve remeter aos saudosistas ter um legítimo carro inglês…..

Luciano Monteiro
11 anos atrás

Um dito entendido no assunto me contou, com ares de razão, que a Lifan comprou os projetos tanto do Mini Cooper quanto do Corolla, e lançou modelos parecidíssimos.

Contou-me o sabichão que há uma legislação/regulamentação que permite a uma fábrica executar o projeto da outra, desde que alterando-o em no mínimo 30% – já se chega quase a isso trocando todos os parafusos que vão num carro pelos de uma marca de parafusos concorrentes.

Carlos Santista
Carlos Santista
11 anos atrás

o maior problema desse carro é que ele imita na cara dura o visual de outro ( que tem um visual super diferenciado dos demais carros).

gleitef
gleitef
11 anos atrás

Mini é mini. Este Lifan é uma marmota. E tem neguim que acha parecido.
Também acho a Geise Arruda parecida com a Gisele Bunchen…

FES
FES
11 anos atrás

Gomes, eu vi o carro de perto (só não me deixaram dirigir :( ). O carro é bonito, interior bonitinho e tal. Claro que não se compara ao Mini… sem chance, mas é como comparar o Fiesta 94 com o Peugeot 305 que se parecem um pouco.

O problema do Lifan é o acabamento. Meu… foi o pior carro do Salão do Automóvel que eu vi. O acabamento era tão ruim que lembrava aqueles carros destruidos (P.T.) que alguem comprou no leilão e passou o numero do chassi para outra carroceria e montou tudo nas coxas. Cara… é ruim!

Garanto que se tivesse um controle de qualidade legal como os outros chineses da JAC, com este preço de R$29.xxx,xx e o pacote de itens de série (ABS, EBD, Airbag, direçao, alarme, Bluetooth, MP3, Ipod, etc) venderia uma barbaridade.

É uma pena que o carro seja um amontoado porcarias, senão eu já teria metido um carnê num 0km. Não tenho coragem.

Celso Renato de BH
Celso Renato de BH
11 anos atrás

Só falta uma coisa no Lifan: história. Isso não dá para copiar. Ou vocês acreditam no mito do segredo da formula da Coca-Cola? Pode pegar a formula, fabricar, colar numa garrafa sem rótulo e põe pra vender. Oque vcs acham que vai acontecer? nada. O segredo de uma marca é o que ela representa e isso gasta-se tempo e trabalho sério.

willian
willian
11 anos atrás

Esse Lifan oferece por R$ 30 mil alguns itens que nós gastariamos no minimo uns R$ 45 mil pra ter em um carro brasileiro, por ex, em um Agile ou em um Punto.

Batista Lara
Batista Lara
11 anos atrás

Muito caretinha para ser comparado ao Mini.

eduardo
eduardo
11 anos atrás

Eu tenho uma interessante atração por carros feinhos, por isso achei esse tal lifan bem legal.

José Augusto
José Augusto
11 anos atrás

Flávio, realmente para alguém desatento, engana. Um dia desses passou um por mim. Mas não dá para confiar na qualidade chinesa.

Williams
Williams
11 anos atrás

Eu vi um Lifan aqui em meu bairro com pintura customizada – branco, teto preto e uma faixa preta na lateral – que achei bem bacana – até atravessei a rua pra olhar que carro era! Certamente se eu visse um mini do lado não acharia tão legal, mas ainda sabendo dessa diferença de preços… R$30 pra R$80, é uma ótima opção

Fabio Amparo
Fabio Amparo
11 anos atrás

Flavio

Esses chineses deveriam ser presos ou processados por plágio.

Na revista Car And Driver do último mês soltaram uma comparação entre os dois carros. Além disso, algumas outras cópias XingLing foram listadas na matéria.

Esses caras deveriam bronzear o rosto com Óleo de Peroba… vai ser cara de pau assim no inferno.

Abraços

Carlos Caramujo
Carlos Caramujo
11 anos atrás

Flávio, a questão creio que não é sobre o carro ser bonito ou feio, mas sim de ser completo em itens de segurança e conforto a um preço abaixo dos “nacionais pelados”, que só têm plástico como item de série.

Assim, sou a favor demais da invasão chinesa. E antes que digam que “chinês não tem qualidade, tudo quebra, é frágil e não tem segurança”, é bom lembrar que nenhum dos nossos nacionais é testado pelo N-CAP, com exceção do Gol e Palio que tiraram 1 estrela sem airbag e 3 estrelas com airbag.

Al Unser Jr.
Al Unser Jr.
11 anos atrás

Eu já conhecia essa porcaria do E320, e é uma copia bem ruinzinha, como é normal dos carros chineses.
Agora, nesse texto do IG faltou uma coisa, agora esta OK:

O 320 foi lançado no início de 2009 pela Lifan e hoje é vendido em 43 países. O projeto, segundo a empresa, consumiu três anos de desenvolvimento e envolveu especialistas dos Estados Unidos, Alemanha, Japão, Inglaterra e Itália PARA COPIAR O MINI E MESMO ASSIM NÃO FICOU BOM!

Rodrigo Assis
Rodrigo Assis
Reply to  Al Unser Jr.
11 anos atrás

Se ele, com todos esses opcionais a esse preço, é uma porcaria? imagina o Uno e o Gol em amigo?