MENU

sexta-feira, 5 de agosto de 2011 - 13:06F-1

CHUTOU O BALDE

SÃO PAULO (com razão) - Rubens Barrichello, em entrevista na Itália, deu um bico no balde da Williams. Com meros quatro pontos no Mundial, sem conseguir chegar ao Q3 nenhuma vez no ano, o veterano brasileiro, que ainda não renovou seu contrato, escancarou sua insatisfação com o time. Que é fraco, mesmo. Uma ex-grande, com parcas perspectivas de melhora no ano que vem. Vai trocar o motor Cosworth pelo Renault, o que não quer dizer muito (é só ver a Lotus verde, que fez o mesmo neste ano e continua lá atrás, apenas um tiquinho melhor que Hispania e Virgin). E está renovando seu corpo técnico sem estrelas ou loucuras financeiras, até porque a grana é curta. Vai seguir igual.

Rubens, ainda segundo a imprensa europeia, diz não saber se quer continuar, desse jeito. Talvez não seja nem uma opção. Sendo honesto, Barrichello pode ter a bagagem que tiver, mas não está nas suas mãos a decisão de ficar. A Williams é que vai escolher quem corre no segundo carro em 2012, porque o primeiro é de Maldonado, ou de quem a PDVSA indicar. Ah, antes que comecem a esbravejar, os ordinais “primeiro” e “segundo” na frase anterior se referem ao carro, não ao status de cada piloto. E se quiser dispensar Barrichello, dispensa.

Vai perder muito? De novo, sendo muito honesto, não. Claro que Rubens, com sua experiência e motivação, ajuda. Mas não depende dele transformar a Williams numa equipe vencedora. E quando começa a expor seu desagrado publicamente, passa a atrapalhar. O clima não fica legal. Daí que nomes começam a surgir no horizonte, sendo o de Hülkenberg o mais forte. Até porque o alemão já correu lá e foi o responsável pelo solitário brilhareco da Williams nos últimos anos, a pole em Interlagos na temporada passada.

O poderoso Hulk custa menos que Barrichello, é novinho e pode até ajudar nas finanças se sair atrás de patrocinadores na Alemanha. Rubens há anos não leva dinheiro para lugar algum. É bem remunerado e não tem patrocinadores brasileiros. É um funcionário que pesa na folha de pagamento.

Mais uma vez sendo muito honesto, Barrichello não é exatamente um bom negócio para o atual momento da Williams. Suas qualidades, que não são poucas, representam pouco na conta final quando se trata de avaliar investimento e resultados. A história de custo/benefício. O custo está ganhando.

Vão dizer que estou aposentando o piloto, mas não se trata disso. Trata-se de olhar para a situação com o distanciamento necessário, algo que a imprensa brasileira geralmente não tem quando fala de “nossos” atletas. A carreira de Barrichello, bom piloto, de currículo sólido e respeitável, está chegando ao fim. A questão relativa ao seu futuro se resume a: quem quer/precisa de um piloto como Barrichello?

Hoje, acho que ninguém. Porque a fila anda, é assim e pronto.

126 comentários

  1. Denison disse:

    “Não é por aí. Se for oferecido um carro que não é competitivo… Têm equipes boas que estou conversando. Na Williams teve muita coisa para mudar, e esses problemas são ótimos para melhorar”, disse Rubinho.
    http://esporte.uol.com.br/f1/ultimas-noticias/2011/08/11/barrichello-afirma-que-tera-reuniao-com-williams-na-proxima-semana-para-discutir-renovacao.htm

    Vou rir muito de você quando vê o Barrica correndo no prox. ano.

    É acho que tem gente que precisa dele.

    Mais uma vez vc se enganou…

  2. Cristiano disse:

    E quem precisa de Schumacher do jeito que está? E nem por isso vc está aposentando-o.
    Distanciamento não é a melhor palavra pra se dizer quando vc escreve sobre o Barrichello.
    Aliás, se dependesse de vc — e ainda bem que não depende –, ele já seria carta fora do baralho.

  3. João Maximo disse:

    Pior do que ver o Rubinho nesta situação e ver o Massa sendo aniquilado pelo Alonso, ele jamais deveria der acatado a ordem da equipe naquela corrida que ele estava liderando.Se fosse o Buttom, o hamilton, webber ou vettel jamais teria aceitado tal pedido.Com isso mesmo ele mesmo aceitou ser segundo piloto.

  4. Marcelo Pereira disse:

    Sou um dos maiores fãs do velho Barrica, mas não há como discordar de você nessa Flavio.
    Infelizmente a saga do Rubinha na F1 acabou, no meu ponto de vista com mais méritos que outra coisa; mas ao custo de uma imagem ruim no Brasil, lá fora ele é muito considerado, mas no Brasil infelizmente não.
    Vou ficar com saudades.

  5. Antonio disse:

    Pelo que sei Rubens deixou sua proposta para renovação de contrato
    com a Williams e está esperando resposta..
    A Williams pode chamar o Hulk , mas vai perder em desenvolvimento.
    Complicado para a Williams. se a coisa piorar ano que vem, vira uma Virgin

  6. Felipe disse:

    Sempre é bom olhar para a própria carreira antes de criticar/encerrar a de alguém, principalmente quando a mesma figura em um mundo que daqui ninguém conhece nada…

  7. luiz carlos barbosa disse:

    Tavez todos estejam enganados, quem sabe a Mercedes não queira o Rubens para acertar o carro em 2012, já que o Shumy não teve capacidade para o mesmo.

  8. Mauricio disse:

    Parabéns pelo artigo.
    A Rubens, parabéns pela brilhante carreira.
    A você Flávio uma sugestão para levantar o tema. É impressão minha ou existe mesmo um movimento dentro da F1 para tornar todos os pilotos pagantes, ou pelomenos todos menos aqueles que já são campeões. Ou seja apenas 3 ou quatro pilotos teriam salário e os demais pagariam para correr. se isso ocorrer creio que será o fim do esporte como conhecemos hoje.

  9. Marcelo Rezende disse:

    Ninguém entende que o Rubinho gosta do que faz, se der para ele ficar mais uma ou duas tempradas, ele vai ficar. Todo mundo critica mas deveriam tentar entender:

    Barrichello não é um gênio como Senna, Prost, Schumacher, Piquet, Alonso, Steward, Emerson, etc… porém está longe de ser um piloto fraco, se ele não fosse brasileiro o pessoal aqui não malhava tanto o cara. Alguém aqui fala mal do Berger, Patrese, Alesi, Laffitte entre outors? O Rubinho fez um ótimo trabalho one esteve, mas não conseguiu chegar ao nível que a torcida brasileira sonhava depois da morte do Ayrton.

    Se ele parar este ano, sai de cabeça erguida, com uma bela carreira, dinheiro pra caramba e histórias pra contar por 10 gerações.

    Em vêz de ficar todo mundo malhando, deveríamos aplaudir. Aposto que se ele for para uma DTM, Indy, Nascar ou algo deste nível ainda vai ganhar umas corridas, quem sabe títulos, antes de pendurar o capacete de vez.

    Valeu Rubinho, quem ama o automobilismo sabe reconhecer o seu valor!

  10. luiz oliveira disse:

    RB nunca foi piloto de ponta. Era apenas uma aposta da globo e do gavião burrueno. Desistiram dele a alguns anos e passaram para a Massa de pão dormido. São cartas viradas na F1. 2012 sai o barrica. 2013 sai o massa. E “zéfini” , como dizia o bordão do Mario Tupinambá, na “Escolinha…” do Chico Anisio

  11. MSM disse:

    Já passou do tempo, esse Barrichello. Mas ele é tão cara de pau, que, se for mandado embora pelo dono da equipe que disse que nunca o chamaria para ser piloto da Williams, que duvido que se a Virgin ou Hispania o chame, ele não aceite correndo.

  12. Lecticio Luiz Bueno Lycarião disse:

    Analítico ,frio e proficional o comentário do Flavio Gomes , tudo bem, sou obrigado a concordar embora como fã do Rubinho e da sua carreira isto me magoe . Mas concordo também com o Pedro Araújo( 58 ) nos seus comentários , por sinal bem abalizados , mas infelizmente por mais experiência que possa ter o nosso Rubinho, sem um bom carro não há o que fazer. Assim continuo torcendo pelo Rubinho sim ,acho ele ótimo ,e para os sabidões de plantão que estão ai só para bater palmas para quem ganha . Que torção para o Tião da Red bull e sejam felizes, mas parem de encher o saco do Rubinho , porque com certeza ele não precisa da torcida de vocês .E cá entre nós, cade o grande campeão alemão que não ganha mais nada. Bota uma Red bull na mão dele pra vocês verem se ele não volta a ganhar.
    Abço a todos.

  13. Luiz disse:

    Quando a gente pensa em desistir,as coisas começam a conspirar para que não. Veja a Williams, no ano que vem, vai ganhar aquele mesmo tiquinho que a Lotus ganhou com o motor Renault, e no caso dela é suficiente para subir no grid e disputar os Q3.Vai ser como a Brawn: Vai começar ganhando tudo, e no final do ano o companheiro de Rubens levanta a taça! hahaha

  14. Pedro Araújo disse:

    Interessante.

    O Stirling Moss nunca foi campeão, e nunca vi ninguém falando mal dele. O Villeneuve nunca foi campeão – inclusive porque concordou com a Ferrari em maneirar pro Schekter em 79 – e ele é lembrado e respeitado. Alguém lá em baixo citou (acho) o Chris Amon.

    E aí aparece uma notícia de um jornal italiano que é repercurtida aqui, e aparece esse bando de brasileiro recalcado, xingando o Barrichelo porque ele tá fazendo o que gosta até hoje, com 39 anos de idade. E sendo pago por isso.

    Pra mim isso é mais um tipo de notícia pra esquentar esse intervalo de temporada. Jornais precisam se vendidos, e estamos sem nenhuma atividade na F1 nessas semanas. Inclusive o Barrichelo já desmentiu essa versão que o jornal divulgou. Ele mesmo sabe que não existem muitas chances para ele em outras equipes, portanto falar mal do empregador hoje é pedir pra ser demitido amanhã.

    É claro que deve estar havendo uma discussão pesada sobre valores de salário pra possível renovação de contrato do Barrichelo. Acho que vai haver essa indefinição até no final do ano, até pra que o Barrichelo seja forçado a baixar um pouco as “pretenções salariais”. Como eu disse: ele deve saber que os opções de cockpit pra ele são muito limitadas.

    Mas assim como alguns acham que ele não renova, eu acho que ele ainda fica mais um ano na F1.

    E aí sim para de vez. Mas só depois de correr em 2012 pela Williams.

    No final desse ano a gente volta aqui pra ver qual opinião foi confirmada, certo?

    PS: o Massa também chegou a ser o salvador da pátria, lembram-se? E agora ele também é o pária da sociedade, volta e meia sai notícia demitindo ele da Ferrari… São excelentes pilotos, mas ser campeão é fruto de mais do que isso.

    Quem crucifica os dois hoje vai ter saudades daqui a alguns anos. Porque não vejo nenhuma chance de outro Brasileiro na F1 depois dos dois, e aí a Globo deve abrir mão de transmitir ao vivo as corridas.

    Encerrando esse longo PS: Pessoal, a década de ouro da gente passou faz 20 anos. Vocês ainda não aceitaram essa realidade? Relaxem, e aproveitem as corridas. Não me lembro de ter visto tantas corridas divertidas como as desse ano.

    • galileu disse:

      muito feliz o seu comentário pedro araujo, jogastes um balde de agua fria em um bando de recalcados e de memória curta.
      o brasileiro é uma piada, adora idolatrar o bronze dos outros e se esquece de polir a prata da casa.
      fulano é o bom, sicrano é ótimo, já o nosso cara não é ninguém.
      voce lembrou bem de stirling moss, o,villeneuve, quem citou o,chris amom fui eu, tem o patrese. o berger, cevert, de angellis e uma infinidade de segundos pilotos que sentavam a bota e nunca foram sequer vice, alboreto, alesi, jochem mass, jack icix ,(esqueci como escreve o sobrenome desse belga safado, mas bom de volante), regazonni que não afinava nem pra mãe dele de mini saia, enfim, a lita é
      enorme, todos eles são venerados em seu páis de origem.
      nosso barrica é chorão, é, chato, é, mas tem dois vices campeonatos correndo com o melhor do mundo na atualidade, analisem o contrato castrista, escorchante que ele teve na brawn e
      comentem depois porque ele perdeu para o jason buton.
      é duro para um esportista não ser reconhecido em seu próprio país por maiores que foram as representações por ele feitas em nome da pátria.
      veneramos um cara que até em lavagem de dinheiro esteve envolvido lá, no nordeste, esquecemos de um cara que montou uma equipe de f1.
      veneramos um astro do futebol que deixou a filha morrer a mingua sem tê-la reconhecido, o castigo foi ter um filho drogueiro.
      graças à essa mentalidade retrogada que ainda somos um país de terceiro mundo, até uma parte da letra do nosso hino foi surrupiada, justamente onde se falava de patriotismo.
      tenho dito, publique-se.

  15. Ze' Taubate' disse:

    Hahahahahahahahahahahahahaaaaa… Rubens, o Lerdo, e’ mesmo um boco’. Sempre reclamando dessa “vidinha” besta que ele leva… Aí, ai… PUTA nego chato! Vai pra casa, Lerdo!

  16. MARCO ANTONIO disse:

    Acho melhor a GLOBO passar a transmitir a MOTO GP. O ERIC GRANADO é muito talentoso e vai nos dar muitas alegrias nesse recesso brasileiro na F-1.

  17. MARCO ANTONIO disse:

    Infelizmente o BARRICHELLO não muda. Sempre reclamando e lavando roupa suja na rua. Será que ele não percebe que todos estão saturados com as desculpas dele? É melhor aposentar na hora certa a ser compulsoriamente aposentado. Você escreveu muito bem. A GLOBO quis substituir SENNA elegendo o BARRICHELLO como aquele que garantiria o sucesso crescente de audiência no esporte mais caro do mundo. Ocorre que nós que conhecemos e gostamos de automobilismo sempre soubemos que RUBENS jamais atenderia às expectativas criadas pelo GALVÃO BUENO. O pior é que o próprio RUBENS acreditou no GALVÃO. E o público SENNISTA também. O resultado virou a CHACOTA nos Cassestas e Planetas da vida… O público restrito e assíduo como nós nunca se enganou com imposições GLOBAIS. Abraço.

    • galileu disse:

      não só o publico sennista como voce disse marco. e sim o brasil todo, naquele momento difícil ele era a tabua de salvação, (isso na linguagem do galvão), e o povo todo foi no embalo, mas o acidente por ele sofrido naquele gp aliado à morte do senna abalou as estruturas dele, o resto nós já sabemos bem como se desenrolou.
      admiro o cara, não aceito suas desculpas, mas ninguem pode enganar tuo e a toldos o tempo todo.
      tambem acho que a época dele já passou, não precisa mostrar nada para ninguém, e digo conttra fatos não há argumentos, analisem as chegadas dele em 300 gps

  18. Fowler T Braga Filho disse:

    Uma hora o Rudículo Barrichello vai entender que não tem mais espaço para ele na F1. Ma Dio Santo ! Como é difícil para ele aceitar isto !

  19. Eduardo Britto disse:

    Considero demais esse piloto, que deu boas alegrias, em alguns momentos, aos brasileiros que gostam de automobilismo. Fala um português bastante elogiável, expressa opiniões com personalidade, não é um boneco de ventríloquo. Nem a questão da falta de um título, mas nunca ter vencido um GP Brasil em 15 anos, pesa. Vai encerrar a carreira, como os Estados Unidos, com rebaixamento de nível: AA-.

  20. Rodrigo Monassa disse:

    Rubinho já deu o que tinha que dar. foi um dos melhores segundo piloto dos ultimos vinte anos, ams nunca teve e nao tem cacoete de campeão,d e lider de equipe. sem falar que é chorão demais, meu deus..kk
    como o flavio fala, o ‘pachequismo’ aqui na impresnsa oficial (leia-se GB da RGT) acaba criando um mito , um super piloto que jamais existiu…
    um hiato muito grande desde a morte do senna, uma rpessão acabou estragando o piloto, pq se cobrou dele algo que ele jamais seria.
    e a williams tá mal das pernas, antes do final do ano a lotus passa ela, só tá faltando o kers pra lotus do tony fernandes.
    Rubinho pode se divertir onde quiser, kart, indy, stock, grana ele ja tem, fez todos os puxadinhos e lages que a patroa silvana queria. tá na hora de desencanar e ir pra casa.

  21. Samuel disse:

    Larga o osso Rubinho , não aguento mais ver você chorando na F1 , dê oportunidade para os novatos seu egoísta, já deu …
    Parabéns pela carreira , mas já chega…

  22. karkara disse:

    O piloto que nao esta na F1 pra ganhar… mesmo daqui a alguns anos… esta la pra que? Pra participar? Ganhar dinheiro? Lamentavel.

  23. williams disse:

    Um outro ponto contra o barrica na Williams é que ele não tem condicoes alguma de um dia ser campeao mundial, mesmo que a Williams construa um carro venceeor. Acredito que para uma equipe isso pesa: ter um piloto que daqui a uns 4 ou 5 campeonatos possa estar brigando por vitorias e pelo titulo. Achei uma pena a saida do Hulkemberg porque vi nele o potencial de ser um piloto vencedor. Como time, em minha opiniao, o Rubinho ja deu certa contribuicao, e como as regras nao vao mudar tanto assim pra ano que vem, nao so pelo custo beneficio financeiro, como o flavio citou, mas pelo custo de investimento mesmo em um piloto com potencial a medio e longo prazo. O rubinho nao tem mais o que evoluir… o potencial de crescimento dele é quase nulo. Bastar ver que o Maldonado ja esta andando nos mesmos tempo dele em seu 1 ano, falta um pouco de ritimo de corrida. Enfim, decisao dificil, mas eu contrataria o Hulk e mais, tentaria um contrato de 3, 4 anos pra tentar fazer carreira mesmo no time.

  24. Carlos Roberto da Silva Junior disse:

    Adeus Rubens Barrichello o Brasil precisa de uma geração nova que ainda não vingou e ainda o nosso Felipe Massa levando surra do Fernando Alonso vai se desvalorizando e breve irá pilotar um carro mediano ou ruim e com isso para o Brasil sobreviver na F1 precisará se renovar com urgência.

  25. faledi disse:

    A questão do Rubens é muito simples, coragem para aposentar como todos os outros esportistas, trabalhadores, traficantes, prostitutas, etc, etc, etc. Todo mundo para um dia, Rubens tem que entender que a hora dele chegou é como o Flavio diz, não tem mais nada a somar na F1 então para oras, vai ficar no lugar do Luciano, vai correr de StockCar…

  26. Fernando Monteiro disse:

    Tá, ok, tudo bem, Rubinho é um cara que chegou lá, conseguiu correr na F1, pilotou para equipes de ponta, vários anos de Ferrari, foi o primeiro brasileiro a correr por Maranello na F1, correu pela Honda cambaleante, para o Ross Braw que tinha o melhor carro, tudo bem ele conseguiu. É bem sucedido, concordo, em termos financeiros ele venceu na vida, e, puxa, verdade, ele mereceu é um batalhador. Mas vamos analisar, se tratando de um piloto de F1 que correu pela Jordan, custou para emplacar, foi para a Ferrari, ficou lá vários anos, depois pela Braw GP e não conquistou nada. Nunca vi um piloto brasileiro com tanta rodagem pela F1, com uma história tão comprida na categoria em equipes de ponta não ter ganho ao menos um campeonato, nem um GP Brasil ele ganhou,e confesso que torci muito por ele, para ele pelo menos ganhar em casa. Infelizmente tenho a certeza que assim que ele se aposentar, terá em seu íntimo um sentimento forte de frustração para com ele mesmo.

    • Pedro Araújo disse:

      Ô Fernando, custou pra emplacar é uma informação errada sua sobre o cara:

      sobre o segundo ano do Barrichelo na F1:

      “Barrichello and Irvine returned for the 1994 season, as did the Hart engines, but Irvine had a bad start to the season, earning a three-race ban for reckless driving. Barrichello earned the team their first top three finish in Japan at the Pacific Grand Prix, but was nearly killed during the following race in San Marino following a frightening qualifying crash. The team overcame these difficulties and returned to their initial form as they finished fifth in the Constructors’ Championship again. Barrichello earned Jordan’s first pole position, and finished 6th in the Drivers’ Championship with 19 points. This achievement stunned the Formula 1 big teams given the fact that a team with such a low budget with an engine designed and built by Darrell O’Brien/Hart Engineering achieved 5th in the constructor’s championship with 28 points.”

      http://en.wikipedia.org/wiki/Jordan_Grand_Prix

  27. André Nascimento disse:

    Se aposentar será que o Rubim lança a biografia “A F1 Segundo Rubens”?

  28. Andre disse:

    Boa analise, tambem acho que aposenta.

  29. Thiago Azevedo disse:

    Complicado…

    Curto demais o Rubens, torço demais por ele, mas esse ano ele não faz um bom campeonato. E não é só pelo carro.
    Não acho o Maldonado lá grande coisa, mas dá para ver como tem sido difícil o brasileiro largar na frente dele. na corrida o brasileiro melhora, mas a diferença é pouca. Vendo isso acho que o pessoal da Williams já deve pensar: ele não é tão mais rápido e, sem os treinos, não ajuda muito a desenvolver o carro.
    Difícil dar qualquer palpite. Torço para que ele continue, mas é interessante ele não reclamar muito do carro e da equipe se quiser que isso aconteça.
    Boa sorte ao Rubens, que aconteça o melhor.

  30. Flavio Almeida disse:

    Caro, FG.
    Excelente texto. Parabens!!!. É sem duvida a verdade do momento F1, quem precisa de Barrica, mesmo sendo um grande piloto, a atual F1 é movida a $$$ quem custa menos vale mais, tem lugar. Certissimo. É uma pena, somos brasileiros e não gostamos de perder mais um piloto na F1. Mas o mundo gira como bem falou. Natural, nada é eterno nesse mundo de competição, 20 anos, 300 e tantos GP´s, é de tirar o chapéu.
    Nada a acrescentar, muito menos descordar da pura realidade. Fica a pergunta, com quantos pilotos barrica teve a oportunidade de dividir o Grid de F1….acho que mais de 60….sei lá. Mas deve ser um numero fora do comum, sem duvida.
    Saude a todos.

  31. Faster than you disse:

    Será que só eu acha que o Schumacher é um cara muiiiiiito estranho?? Creio que a maior alegria do alemão será ver o Rubens fora da F-1. Com 7 títulos mundiais, o alemão parece nutrir uma inveja do Rubinho. Após se despedir precocemente da F-1 o alemão parece não ter se conformado com a continuidade da carreira do brasileiro, ainda mais com grande chance de chegar ao título com a Brawn. Seu retorno pífio, parece indicar que a única motivação de Michael é acumular GPs, esperar a saída de Rubens e então quebrar o único recorde do brasileiro que é o número de Gps disputados. Garanto que Schumacher se deliciaria em bater o brasileiro em mais essa item. #Será?

  32. Muchacho disse:

    muito bom o texto, e seguindo a sua linha de raciocínio do custo x beneficio , a mercedes poderia muito bem trocar o alemão pelo barrica, o benefício seria praticamente o mesmo
    a um custo muito menor.

  33. Carlão disse:

    Infelizmente, é assim mesmo. Em qualquer empresa, a relação custo/beneficio é o que mais pesa. E na F1, não poderia ser diferente. Afinal, aquilo ali não é um grande negocio ??? Ou tem alguém que ainda acredita em esporte ali ???
    Como dito, tem belo currículo, mas isso somente não conta. Foi assim com Piquet também. Ou não ?

  34. Defensores del Rubin disse:

    Como o Rubinho disse: “Seria dar um tiro no próprio pé.”

    O duro é ver as pessoas acreditarem nessas publicações. Já faz tempo que eu só acredito que o fulano disse tal coisa, se tiver o vídeo e o áudio da declaração. Caso contrário, é tudo factóide pra gerar notícia.

    Não acreditei que o Rubinho tenha dito tal coisa. Mas será que agora alguém acreditará que ele não disse, mesmo ele vindo desmentir? E será que desmentiu mesmo? Como eu disse, só acredito com áudio e vídeo.

    Abs

  35. Paulo disse:

    Não vejo a Wiliams como uma equipe tão ruim. Acho que como as demais, precisa de uma boa gestão. Equipes como a Ferrari, que contam com um orçamento invejável, embora tenham conseguido melhores resultados nesta metade do campeonato, ainda deixam a desejar. Tenho a impressão de que a gestão do pessoal talvez seja o mais relevante nesse caso. Pois a mesma tem uma excelente equipe técnica. Vejo a Williams de forma semelhante. Todos teimam em exaltar o Rubens. Dizem que ele é o melhor “acertador” de carros, o mais experiente etc. No entanto, por razões obscuras (para os ufanistas) e óbvias para grande parte inclusive dos brasileiros, este piloto nunca conseguiu converter todas essas qualidades em títulos. Não se pode dizer que o Rubens nunca esteve em posição de conquistar um único título, pois ele correu em equipes em situação de domínio em duas ocasiões: na Ferrari, e com a Brawn GP em 2009. Muitos tentam argumentar de várias formas, afirmando que ele não foi campeão por cláusulas no contrato e blá blá blá. Recordo de uma afirmação do Schumacher quando indagado sobre as questões relativas ao “Barrica” nos tempos de Ferrari. Ele disse que uma cláusula no contrato não torna um piloto mais lento. Afirmou que o piloto é simplesmente rápido ou não. Exemplos disso não faltam na categoria. Pilotos como Vettel, que venceu em Monza com o claudicante Toro Rosso. Alonso, que venceu 2 campeonatos com a Renault, saiu e disputou o título com a McLaren. Hamilton, que andou de igual para igual com Alonso. O mesmo Alonso, quando voltou para a Renault, tirou “leite de pedra” com aqueles carros mal projetados. Será que o Kubica (ou qualquer outro piloto realmente bom) não conseguiria “mordiscar” ao menos um pódio, com o péssimo carro da Williams desta temporada? Acho que uma onda de honestidade cresce no Brasil, pois vejo muitos fãs brasileiros da F1 reconhecendo que o Rubens não rende mais. Eu admiro a paixão que este piloto tem pelo esporte, mas a F1 é um esporte onde o desempenho fala mais alto. Os fãs querem ver um espetáculo, e não infinitas desculpas para o ma rendimento.

  36. Fabiano disse:

    Que dê espaço pra mais novos e mais talentosos,e que se divirta em outros ares e pistas.

  37. Marcelo disse:

    Rubinho:
    “Ao falar mal da Williams agora, eu estaria dando um tiro no próprio pé”,

    Tá certo o Rubinho, a gente não pode só tacar um caminhão de pedras, ele esta esperando assinar o contrato, aí pode falar mal a vontade!

    Fez isso em 2010, desceu a ripa, disse que o carro era porcaria! Isso porque era sonho correr na Williams…

  38. Marcelo ao Marcos s disse:

    “Existem inúmeros outros pilotos inferiores a ele e continuam correndo; WEBBER, TRULLI, SUTIL, KOVALEIN, BUEMI, ALGUERSUARI, GLOCK, LUIZI, HEIDFELD ….. OU VÃO ME DIZER QUE ALGUNS DESTES É MELHOR QUE O RUBENS???”

    Pera aí Marcos, todos esse aí acima, alguns ainda tem um restinho de piloto pra mostrar, caso de Webber e Heidfeld, estão no final da data de validade. O Rubinho já é caso de chamar o ministério da saúde, já esta fazendo MAL de tanto ver!!!

    Rubinho pode levar o Trulli na mala, esse não escapa..rsrs

    O resto entraram a pouco tempo na F1, portanto estão na data de validade: SUTIL, KOVALEIN, BUEMI, ALGUERSUARI, GLOCK, LUIZI! Deixa os caras brincarem de autorama também, não seja egoísta!!!

    O Rubinho já brincou muito de autorama, olha só:

    Começou correndo nos tempos de: Senna e Prost em 93!

    Na sua geração correu contra: Schumacher/D.Hill/Hakkinen/Villeneuve…só levou FERRO!!!

    Depois, veio outra geração: Alonso/Button/Kimi/Massa…de novo, só levou FERRO!!!!

    Agora corre em outra geração que tem: Vettel/Rosberg/Hamilton…E O FERRO ENTRANDO!!!

    Chega né…

    Já correu, já ganhou, já chorou, tomou surra de todo jeito, não vai ser campeão nunca, e o melhor, não morreu e ficou MUITO RICO!!!

    Eu pergunto:

    “Não esta bão?”

  39. Beto disse:

    O Rubinho tem que sair fora..já deu que tinha que dar a William está uma porcaria…vai torrar seu $$ Barrica e pegar mulherada

  40. Jeambro disse:

    Infelizmente acho que você tem razão. Rubinho é um cara muito gente boa, ótimo piloto, mas sem grana, na atual circunstância, não dá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>