ELEIÇÕES 2010 – APURAÇÃO (28)

SÃO PAULO (das mais esperadas) – Num ritmo alucinante de contagem de cédulas digitais e analógicas, uma das mais aguardadas categorias, com votação altíssima: os muscles nacionais. A Gabriel Araújo’s acaba de divulgar o resultado. A ele:

TOTAL DE VOTOS COMPUTADOS: 336
1) Maverick GT, 126 (37,5%)
2) Dodge Charger R/T, 113 (33,6%)
3) Opala SS, 75 (22,3%)
4) Nulos, 22 (6,5%)


Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Jairo
Jairo
7 anos atrás

Tirem as paixões de lado, e sejam, pelo menos de momento, um pouquinho racionais:
O que faz render aceleração e, velocidade final, é a relação peso versus potência!
Bonitos e bons de se “ouvir”, todos eles são, mas, querendo os fãs dos V8 aceitar ou não, o fato real, é que a relação peso versus potência do Opala, rendia uma velocidade maior no final.
Então, doendo para o time dos V8 e, não doendo em nada para os Opaleiros, fato é, que este comparativo se resume facilmente em cálculo matemático…

Dino Dragone
Dino Dragone
10 anos atrás

Sei não, acho q o Lombardi deve ter votado bem mais de uma vez pro Maverick ter ganhado. rs

Marcio
Marcio
10 anos atrás

É bom emitirmos opiniões embasadas em fatos. O comparativo entre os três foi publicado pela quatro rodas em março de 1976. É só acessar http://www.quatrorodas.abril.com.br , clicar em acervo digital e escolher a edição março de 76. Adianto alguns dados : velocidade máxima : Opala SS6 250 S : 189,479 Maverick GT 180,007 Charger R/T :179,563 0 a 100 Km/h Maverick : 10,85 Opala : 11,67 Dodge : 12,00 0 a 500m (s) Opala 19,62 Maverick 20,37 Dodge 21,20 0 a 1000m : Opala :31,20 Maverick 32,65 Charger : 33,62 . O Opala apesar de possuir um motor com menor potência(171 cv brutos) é beneficiado pelo menor peso 1172 Kg contra 197 cv e 1390 KG do Maverick e 216 cv e 1594 Kg do Charger . Obs: Este Charger ainda utilizava gasolina azul.

Paulo F.
Paulo F.
Reply to  Marcio
10 anos atrás

Quando os fatos são confiáveis sim. Mas toda a torcida do Corinthians sabe que o não existia Opala igual ao que foi testado pela 4Rodas. E que a potencia do RT e do Maveco eram superiores a declarada popr causa da faixa de taxação da TRU (o IPVA da época).
E que a Dodge esta se lixando se o RT tinha que usar azul, afinal de contas se o dono tinha bala para comprar um RT deveria ter grana para pagar a azul e o consumo médio de 5 km por litro. E a suspenção traseira do Maveco só existia no Brasil por que era uma herança do Aero e mais barata de fabricar. O Greco nos seus carros de pistas trocou as lâminas por elementos de plásticos e colocou conjuntos de mla e amortecedores integrados para “auxiliar” os “avançados” feixe de mola. Números são uma maneira fácil de mostrar ou ocultar a realidade.

Tiago Mio
Tiago Mio
10 anos atrás

Os dois só ganharam pelos seus motores V8 e pelo desing esportivo americano e porque os dois tem origem norte amricana. Mas o Opala SS 250/S com o motor 6cc deu uma surra no Maveckão e no Dodge. Isso sem falar que o Dodge Charger R/T tinha 216cv a 4.400rpm e Maveckão tinha 197cv a 4.600 e o Opalão tinha 141cv a 4.800.
Entre os 3 carrões o Opalão era o mais leve com 1.172kg (aferido), e o Maveckão com 1.390kg(aferido) e o Dodge com 1.594kg (aferido).

http://quatrorodas.abril.com.br/acervodigital/home.aspx edição de março 1976.

Álvaro Azevedo
Álvaro Azevedo
10 anos atrás

Pelo que sei o Opala 250/S deu um cacete nestes dois carros durante o seu tempo. Maverick até que é legal, mas não faz curva e não freia, além da suspensão traseira de carreta…mas é bonito. O Charger R/T é um puta carro, mas o peso da barca jogou contra. O eterno guerreiro Opala, provou em sua história que 6 é mais que 8 !!! Opala4ever!

Paulo F.
Paulo F.
Reply to  Álvaro Azevedo
10 anos atrás

Seis é OITO menos dois. O nome dado ao motor 6 é Stovebolt. Foi feito pela primeira vez em 1929! Moderno não?
Quanto a andar mais ou menos qualquer dos tres devidamente preparado fazia estragos e havia nichos, na Divisão 4 por muito tempo não houve páreo para o AVALLONE-CHRYSLER .
As fábricas não estavam muito interessadas em confrontos diretos entre seus produtos nas pistas, e a rivalidade Mavericks X Opalas nas pistas foi uma coisa efemera. Primeiros Opalas, e quando o Greco veio com o Berta, a categoria acabou!

Reinaldo Silveira
Reinaldo Silveira
10 anos atrás

Que beleza, adoro (e tenho) os três!
Votação equilibrada, concordo com os resultados. O Maverick GT da foto é meu. Foi fotografado pelo Fabio Aro em Paranapiacaba.
É um GT V8 74, com quadrijet e comando. muito rápido.
Tenho um R/T 78 automático e estou restaurando um R/T 72, mecânico, que espero ande mais próximo do GT.
Meu Opala é um Gran Luxo 73, cujo 4100 original converti em 250S e aumentei a taxa de compressão. Anda bem, mas longe do GT.

retka
retka
10 anos atrás

dou benga em opala com meu gol gti quadrado! merecida vitoria grande mavecao , opaleiros se conformem , 1 maverick 2 dodge charger 3 meu gol 4 opala.

Tiozão
Tiozão
Reply to  retka
10 anos atrás

Ao Retka, Gol é outro departamento.

Thiago Azevedo
Thiago Azevedo
10 anos atrás

Justíssimo, venceu o mais belo. Esse laranja aí ta demais!

Roberto Martinez
Roberto Martinez
10 anos atrás

Como diria Galvão Bueno : “Eu já sabia”

Como diria meu primo que tem um lindo Galaxie 67 branco e já teve alguns Mavericks :
” 6 bocas ? O fogão da minha mãe também tem “

Arthur Episcopo
Arthur Episcopo
10 anos atrás

Bela vitória!
Mas os três carros são fantásticos…
FG, você colocou uma foto da cor mais bela do GT!

João Cesar Colatrello
João Cesar Colatrello
10 anos atrás

Gostaria de saber que votou nulo o que ele considera de Muscle Brasileiro ( apesar que nenhum em vão são Muscle e sim Poney cars)

Guilherme
Guilherme
Reply to  João Cesar Colatrello
10 anos atrás

Pony-car aí nessa lista, no máximo, o Maverick, pois esse “conceito” começou com o Mustang. O pony-car da Dodge era o Barracuda, enquanto o Charger era muscle-car. Já o Opala não se enquadra em nenhuma dessas duas categorias.

galileu
galileu
Reply to  João Cesar Colatrello
10 anos atrás

mas na divisão 3 o unico quen andava na frentre do opala do pedro vitor era o maverick berta.

Faster than you
Faster than you
10 anos atrás

É,,,,, ninguém entende de carros neste país. Talvez por isso essa seca na F-1.

Jaison
Jaison
10 anos atrás

Devagar e sempre… o Flavio com essas apurações.
meu voto era para o Dodge.

vitão
vitão
Reply to  Jaison
10 anos atrás

é que a calculadora dele é feita pela Lada.

Rodrigo Lombardi
Rodrigo Lombardi
10 anos atrás

A fórmula contra a rotina.
Sempre.

Marcelo
Marcelo
10 anos atrás

…GT Laranja… Meca sobre rodas…
Mas se pudesse teria os 3 na garagem

ricardo
ricardo
10 anos atrás

kra, tem um amarelo lindo em sorocaba perto de onde moro. sempre que passo admiro.

victor freire
victor freire
10 anos atrás

justo, mas o opala merecia a segunda posição.

Alexandre Alves Andrade
Alexandre Alves Andrade
10 anos atrás

Resultado muito justo e foto fantástica!!!

Tiago N.
Tiago N.
10 anos atrás

Esta era a apuração que mais me deixou ansioso para ver o resultado. Votei e torci muito pelo Dodge Charger R/T, Mas qualquer um que ganhasse, que não fosse o voto nulo, lógico, já estaria bom. Os três carros são sensacionais.

Guilherme
Guilherme
10 anos atrás

Antes que algum opaleiros resmungue, o Opala precisaria tomar doses cavalares de algum tipo de anabolizante automotivo para querer ser um muscle-car.

Paulo F.
Paulo F.
Reply to  Guilherme
10 anos atrás

Faltam 2 cilindros!

galileu
galileu
Reply to  Guilherme
10 anos atrás

não o opala 250, S 6 cilindros, que deum pau no primeiro e no seundo colocado conforme teste da 4 rodas.
o salsichão engoliu os dois facil, facil, dois km a mais que um e quatro amais que o outro.

Guilherme
Guilherme
Reply to  Guilherme
10 anos atrás

Galileu, o Maverick nasceu como uma alternativa mais barata ao pony-car Mustang nos Estados Unidos e o Charger R/T já nasceu um muscle-car. O Opala foi “apenas” um derivado de um carro da alemã Opel, o Rekord.

vitão
vitão
Reply to  Guilherme
10 anos atrás

Galileu, o Cyro Caires deve ter rido muito com a reportagem. O carro era um ringer, carro preparado pela fábrica para ser testado, aliás pratica na qual a GM era craque, aqui e no USA . Vide http://www.caranddriver.com/news/car/08q4/oil_life_meters_where_test_cars_come_from_carbon-dioxide_emissions_and_the_diesel_cycle-car_news

e
http://www.caranddriver.com/features/08q2/the_skeptic_has_a_malibu_moment-column

Helton Garcia Fernandes
Helton Garcia Fernandes
Reply to  Guilherme
10 anos atrás

falta um V

galileu
galileu
Reply to  Guilherme
10 anos atrás

só se houver internet no céu para ele rir..
quanto ao opala ser apenas um derivado, quem durou mais no mercado?
contra fatos nãohá argumentos, critiquem a 4 rodas por ter aceitado fazer o teste.
laiás essa revista é de longe a mais entusiasta da linha VW.
todos os carros deles são melho9res que os da concorrência, são parciais demais.

Tiozão
Tiozão
Reply to  Guilherme
10 anos atrás

Ao Galileu, o Opala pode até andar bem, mas não tem graça, é um Opel Record com motorzão,
só quem acelerou um veoitão sabe o prazer de ouvir o seu ronco, que é uma sinfonia.