MENU

segunda-feira, 13 de maio de 2013 - 17:35Brasil

DE QUEM SERÁ?

SÃO PAULO (uau) – Estamparam uma Ferrari 458 Spider num poste na madrugada de hoje em São Paulo. Um casal ocupava o veículo, mas não se sabe quem eram os pombinhos — que, felizmente, não se machucaram e não machucaram ninguém. No G1, a partir de um testemunho, comenta-se que a mulher dirigia o carro e era “uma figura pública”.

Se fosse um coió de Chevette já saberíamos o nome, endereço, profissão e situação do veículo no Detran.

96 comentários

  1. Mario Gasparotto disse:

    São vizinhos daqui de onde trabalho. Muros altos, muita segurança, muito esquisito. Melhor nem falar…

  2. Ulisses disse:

    Nesse país, não é aconselhavel, recomendável, indicado …. ter um carro desse “tipo” na garagem. Se der alguma merda, por mínima que seja, vão investigar a sua vida até aquela giárdia que voce teve na infância!

    Aqui no Brasil, muito melhor misturar-se na multidão, caso contrário, vai sobrar até para a passageira que terá sua vida particular desvendada publicamente pela polícia, imprensa, ministério público, promotoria, prefeitura, governo do estado, receita federal, CET, blogueiros, tudo porque ela estava a bordo de uma Ferrari que bateu na ponte …

    Então, “vivas” ao meu Voyage 1992!!! Que pelo fato de estar brilhando e “zeradinho”, anda chamando atenção até demais …

  3. Breno disse:

    “Coió de Chevette”. RACHEI!!!

  4. Fabrizio disse:

    E sobre o colega que citou os limites de faturamento de ME, vai se informar! Pára de ser mais um a “poluir” o blog do Gomes com tanta bobagem. Pelamor como escrevem merda por aqui também hein! Tá louco.

    Em primeiro lugar, seus numeros estão todos errados, segundo o cara tem umas 30 empresas, depois vc já ouviu falar em leasing? e por fim, quem fez as leis não foi ele certamente, está apenas as usando. Façam igual.

  5. Fabrizio disse:

    Sr Luiz Sousa, entao quer dizer que o cara é “pilantra”??? Porque? Pq bateu o carro que é dele? Seja infingindo normas de transito ou não, a verdade é que no momento não há provas, portanto, você deve ser mais um daqueles leitores de Veja que considera tudo como verdade absoluta e é guiado por uma mídia nojenta e asquerosa. Não seja além de pobre um ignorante e invejoso.

    Menos… bem menos colega…

  6. Claudio disse:

    Que pena que só o carro se arrebentou. Agora esse imbecil vai achar que é Deus e que nada vai acontecer com ele nunca, colocando em risco a vida de quem não tem nada a ver com o exibicionismo dele ao volante. Ou alguém aqui vai dizer que ele não estava a muito mais de 130 km/h ?
    Aliás, é somente mais um animal de teta de São Bernardo que pega um carro para fazer palhaçada. Em São Paulo nós temos medo dos bandidos, em São Bernardo eu tenho medo é dos motoristas.

  7. Andre Decourt disse:

    No Brasil, pelo visto, atrás de uma Ferrari há uma tinturaria….

  8. André Micheloto disse:

    É possível que vc já tenha descoberto de quem era a Ferrari.

    Caso não: http://blogdopaulinho.wordpress.com/2013/05/14/zeca-e-a-ferrari/

  9. Mefistófeles disse:

    A Ferrari oferece gratuitamente a todos os compradores de seus carros, curso de pilotagem nas suas duas pistas, basta o interessado pagar deslocamento, estadia e alimentação, o que é ninharia perto do preço do carro. Parece que poucos se inscrevem. A maior vantagem de ter o carro em nome de empresa, é que a aquisição, seguro, combustível e manutenção são pagos pela empresa, gerando mais despesa e menos imposto de renda para a pessoa jurídica pagar e o deleite gratuito do dono da empresa e usuário do carro

  10. Osmar Cassão disse:

    A Ferrari é um carro instável, perigoso de se dirigir. De cada 100 entregues, 20 voltam pro ferro velho em menos de um ano.

    • Regis disse:

      Amigo, acredito que você não sabe do que fala.
      Esta Ferrari, não pode nem ser considerada um carro comum, mas sim uma obra de arte tecnológica.
      Não é estável? Muito pelo contrário, tem tanta estabilidade que pode ser comparada a um carro de corrida. O problema neste tipo de carro, é que força e potência são tamanhas, que o carro não permite brincadeiras e que seja dirigido por motoristas “braço duro”. O carro é muito rápido e não instável.
      Pesquise e informe-se antes de falar algo do tipo.

      • Duílio disse:

        O cara foi irônico.

      • Valente disse:

        Vale lembrar que esse carro utiliza freios de carbono que só funcionam depois de devidamente aquecidos. Pilotos de competição “aquecem” os freios antes de começar uma corrida, e dificilmente motoristas comuns fazem isso como carros equipados com freios de carbono.
        Aliás, pouquíssimos motoristas comuns sabem como funciona o freio dos seus carros no limite, mas certamente a maioria já acelerou seus carros a fundo.

      • Ricardo Bigliazzi disse:

        Freios de carbono que precisam ser aquecidos são apenas utilizados em carros de corrida (resumi muito a questão… tá)… no caso da Ferrari “de passeio” os freios são excepcionais… porem não chegam aos pés dos utilizados nos carros de F-1… e não possuem os requirimentos de “aquecimento” de um carro de corrida.

  11. Acarloz disse:

    Empresário do setor de transporte coletivo José Romano Netto, integrante da família Braga, diretor executivo da SBCTrans, empresa de ônibus municipal de São Bernardo, e presidente da AETC (Associação das Empresas de Transportes Coletivos do ABC), fonte DIário do Grande ABC

  12. Sandro disse:

    Veja este blog com maiores informações da sobre o dono do Carro e principalmente como foi feita a compra da Ferrari
    http://blogdopaulinho.wordpress.com/2013/05/14/zeca-e-a-ferrari/#comments

  13. Jarzombek disse:

    Considerando que não atropelaram nem causaram qualquer tipo de dano a ninguém, saber quem dirigia é algo totalmente irrelevante.

    • Guilherme disse:

      Não fala besteira. Quem destrói uma Ferrari rodando em perímetro urbano coloca em risco outras pessoas. Pessoas com o seu pensamento contribuem para o caos no trânsito das grandes cidade brasileiras.

      • Nelson disse:

        Voce tem razão. É preferivel umas kombis com pneus carecas, uns carrinhos podres com pouco freio, uns caminhões sem iluminação, pois estes não batem nem machucam ninguem. Peça para o prefeito abolir os carros importados porque aí São Paulo volta a ser a cidade mais segura do Brasil e aproveitando peça para eliminar tambem todos os recalcados e invejosos.

  14. alberto disse:

    nossa, nem vou dormir direito por conta dos comentários… muito carro, pouco braço. mas tem muito neguinho aí falando besteira e tem carro 1.0 com 65 HP achando que se entrar num supercarro vai virar o Ayrton Senna.

  15. Gerson disse:

    “Mulheres ricas”, jogador de futebol com amante famosa ou “empresário da noite” de SP.

  16. Júnior disse:

    Segue link com informações sobre o proprietário e sobre a Ferrari em questão.
    http://blogdopaulinho.wordpress.com/

  17. Luiz Souza disse:

    Já acharam o pilantra Flavio:
    http://blogdopaulinho.wordpress.com/2013/05/14/zeca-e-a-ferrari/

    Só que a moça, não divulgaram o nome hehehe

  18. Ander disse:

    Pessoal segue abaixo os dados do dono da Ferrari
    Tratar José Romano Netto (foto), 38 anos, como mero dono de imobiliária é o mesmo que imputar a Silvio Santos o título de apenas vendedor de cosméticos por ter no seu rolde atividades uma empresa que negocia o produto.

    Na verdade, Zeca, integrante da tradicional família Braga, é o Rei do Transporte público no ABC.

    Com ligações fortíssimas no âmbito político, entre elas sindicatos, Ronan Maria Pinto e gente do PT.

    Participa também, nas horas vagas, do Iron Man, a maior prova de triátlon da américa latina, com 3,8 km de natação, 180,2 km de ciclismo e 42,2 km de corrida.

    Dono da SBC TRANS, é também integrante do grupo da Auto Viação ABC, ambos comandando quase 100% do transporte coletivo na região.

    Recentemente, incorporaram, também, Interbus Transporte Urbano e Interurbano e Empresa Auto Ônibus Circular Humaitá.

    Por consequência de tanto poder, ocupa também o cargo de presidente da AETC (Associação das Empresas de Transportes Coletivos do ABC).
    :
    O empresário e triatleta José Romano possui ligações com empresas de diversos setores de atividade, além do já mencionado transporte público.

    Embora, muitas vezes, segundo apuração, somente no papel.

    Além da referida “imobiliária”, a FARM, há outras, até de bom porte, complementando a relação.

    São elas:

    ORANGE PRESTACAO DE SERVICOS LTDA.

    SL BRASIL PARTICIPACOES LTDA.

    PONTO NEWS S/C LTDA.

    DIASTUR TURISMO LTDA.

    CARTAO LEGAL – SISTEMAS DE AUTOMATIZACAO E GERENCIAMENTO LTDA.

    SUN EMPREENDIMENTOS E PARTICIPACOES LTDA.

    CONSTRUTORA CAPPELLANO LTDA.

    PLENA ASSISTENCIAL LTDA.

    LAND EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS LTDA.

  19. André França disse:

    Engraçado, quando li a notícia pensei exatamente isso. É gente com quem a globo tem rabo preso, com certeza…
    Mas a qualidade do que se lê hoje em dia na internet é cada vez pior, olhe isso aqui. A chamada estava exatamente igual ao título na página PRINCIPAL da IG:

    http://lulacerda.ig.com.br/alta-ajuda-por-anna-sharp-medo-e-um-desejo-de-autopunicao/

    Pascoale nela!
    =P~

  20. Zeno disse:

    aqui no interioooorrrr temos o Zé-Coió e tem uma brasília toda “equipada”….

  21. Luciano disse:

    Se fosse Chevette Flávio, aí mesmo que ninguem iria querer saber e, portanto, não seria jamais notícia, sacou?

  22. Marcelo Lavanini disse:

    Nosso amigo, aquele Do Cardã, descobriu essa informação:
    “A Folha apurou que o homem era José Romano Netto, 38, sócio majoritário da empresa Farm Empreendimentos Imobiliários.”
    É coerente com o anunciado no site G1.

  23. Henrique Reis disse:

    “coió”

    euhaeihaehieaiuhea

  24. Thiago disse:

    Logo logo a Sônia Abrão diz pra gente quem é.

  25. Orlando disse:

    Um detalhe: Um carro em nome de uma pessoa jurídica não gera pontos na carteira do motorista infrator, pois não há uma exigência incontornável para que se identifique o condutor. Basta pagar a multa em dobro, ou seja, o poder econômico não se submete às leis de trânsito. Mais um motivo, entre muitos, para o carro não estar em nome da pessoa física.

    O que revolta, é que há poucos meses atrás tomei uma multa a 92 quilômetros por hora em plena via expressa da via Anchieta, porque algum filho da p… resolveu reduzir o trecho daquele local para 80 quilômetros por hora.

    É animador ler esse tipo de notícia, assistir no Youtube os vídeos do que fazem na rodovia dos Bandeirantes, ouvir a narrativa do tiozão da Hornet e por aí vai……

    • Gerson disse:

      Quando o carro está em nome de PJ, deve-se indicar o condutor, sob pena de multa. Não apresentando condutor, outra multa do dobro do valor e assim continuadamente… então, a PJ q não indicar condutor levará infindáveis multas. Concluo q ninguém será louco de levar multas pela vida inteira; basta indicar o condutor ou, sob risco seu, um “laranja” (irmão, mãe, primo, amigo, funcionário do condutor). Simples assim.

  26. Scarps disse:

    Pois é… Semana pasada detonaram a traseira do meu Marea turbo 99 que tem pouco mais de 10.00km originais desde zero comigo. Garanto que estou mais chateado que a dupla dessa Ferrari…

  27. Mauricio disse:

    Carro de primeiro mundo conduzido por motorista de terceiro…

  28. José Morelli disse:

    Tem muito carro da Ferrari indo parar na mão de gente incompetente, ou seja, pessoas que têm grana e compram o carro apenas por status e não entendem nada sobre carros e direção.

    Na América Latina isso se explica devido ao crescimento econômico da região, muita gente escalando classes sociais mais altas (legalmente e outras até mesmo ilegalmente – pra não dizer possivelmente traficantes) e aí estampa um carro feito artesanalmente na fábrica de Maranello no muro, após a primeira noitada com o carro.

    É muita gente burra. São os ditos “novos ricos”. Tem muito jogador de futebol que é assim por exemplo, sai comprando carro de luxo, não entende nem ao menos o lado filosófico de um carro Ferrari, e aí aquilo vira arma na mão.

    É um absurdo……é gente que precisava apanhar com taco de baseball de aço pra aprender a primeiro: não ostentar riquezas e segundo, apreciar o que há de bom com conhecimento.

    • Moita disse:

      Isso não é muito papo furado não?

      O mercado destes carros sempre foi este mesmo. Tem dinheiro, compra e boa. Não tem nada de filosófico nisto. Este é um produto de consumo para pessoas com muuiito dinheiro e pronto.

      Ainda estes dias estavam lembrando a história do John Lennon – tirou a carteira e ofereceram vários carros de luxo na porta da casa dele. comprou uma Ferrari.

      É só um bem de consumo e simbolo de status para quem tem montanhas de dinheiro.

    • henrique disse:

      Lado Filosófico???

  29. Celio Ferreira disse:

    EXCESSO DE POTÊNCIA PARA POUCO BRAÇO : RESULTADO SUCATA!!!!!!

  30. renato granito disse:

    Tudo bem, só estou indignado com uma coisa , vc posta esta notícia em detrimento do campeonato conquistado pela Barceluza , a A-2 do paulistão ,, com derrota espetacular neste domingo que contou com a presença ilustre do maestro nas arquibancadas ?:????:??

  31. Luccas disse:

    Na foto publicada aparece o numero da placa da plataforma que levou a Ferrari embora, se nao tiver nenhum outro jeito de localizar, localizem a plataforma. Como ja colocaram ai alguem tem que pagar os danos ao patrimonio publico pelo menos

  32. Daniel Cabron disse:

    Ainda bem que não sou coió, ando de gol quadrado!

  33. Oi? disse:

    Gomov:
    Maior defeito – socialista utópico.
    Maior virtude – senso de justiça apurado.

  34. Coiow, o homem-mola disse:

    ha ha ha, coió, gostei! FG também é “curtura do interiorrr”!

  35. Jaime Boueri disse:

    Dizem ainda que os funcionários do tal (ou da tal) motorista recolheram todos os pedaços do veículo. Inclusive paca e eticétera…

    Daqui a pouco aparece o dono.

  36. Pablo Muniz - Vitória disse:

    Aqui na minha cidade, mesmo quando não há vítimas o registro do acidente até onde sei é obrigatório. E quando há dano a patrimônio público (muretas, calçadas, jardins) ou a patrimônio privado (muros de casas, postes de concessionárias), o causador do acidente tem que pagar o prejuízo. Não há fotos, mas pelo estrago do veículo creio que as partes contra as quais ele se chocou também devem estar danificadas. Se cair nas mãos do delegado Contarato então… :-)

    • Luciano disse:

      Que discussão tola. A Ferrari veio do interior pela castelo Branco e estrada com muitas câmeras espalhadas cheia de pedagio, ou sera que passa uma Ferrari por minuto? Nada disto tenho certeza que so passou esta neste dia e ela deveria estar em alta velocidade a muito tempo, então as autoridades ja sabem quem fez a brincadeira e de prejuízo para o patrimônio publico e para o transito na manha de hoje. Acontece que ninguém vai falar nada. Concordo com o Flávio se fosse um carro de mortais ja teriam prendido o cara, passado na tv e saído no jornal em edição extra!

  37. Um detalhe interessante: a empresa a qual está registrada o carro é uma ME (microempresa) e para se enquadrar nesse regime não pode faturar mais que R$ 240.000 brutos anuais. Fazendo uma conta de padeiro e colocando uma margem de lucro líquida bem agressiva, digamos 50%, é necessário todo o faturamento da empresa por mais de 16 anos para comprar a máquina. Só para pagar o IPVA seria necessário o faturamento de 8 meses.

  38. Eduardo disse:

    Ferrari 458 spider SEMPRE será um modelo conversível. Não é o caso do modelo batido.

  39. Vidotti disse:

    O que você tem contra Chevette?
    Acha que só o Passat era maneiro em 70/80?

    Abs

  40. Lucas disse:

    Se fosse um coió de Chevette não teria virado notícia.

  41. disse:

    Gozado, é só a PM solicitar extrato e câmeras dos pedágios que já mostra a quantas as beldades estavam. Bafómetro nada.

  42. Geraldo disse:

    Vc “cola” a matéria do blog do paulinho e nem fica vermelho … cadê os créditos ?????

  43. Hast disse:

    Durante todo o dia de ontem, a grande imprensa do país tratou o caso do acidente envolvendo a Ferrari Spider 458, avaliada em R$ 2 milhões, com absoluta superficialidade.

    Certamente não agiriam assim se o condutor do veículo fosse, digamos, alguém menos abastado.

    Talvez por desleixo ou motivos inconfessáveis, o empresário José Romano Netto, o Zeca, que dirigia o veículo, não foi devidamente investigado, sendo então tratado como mero empresário do ramo imobiliário, dono da Farm Empreendimentos Imobiliários Ltda.

    Resolvemos nos aprofundar no assunto, descobrindo não apenas mais detalhes sobre o motorista, como também a origem, meio e fim de toda a negociação.

    Em primeiro lugar fica a óbvia impressão de que o empresário, assim como de hábito nesse país de cultura sonegadora, comprou um bem para fins particulares em nome de pessoa jurídica, no claro intuito de pagar menos imposto.

    Registrou-o em nome de sua empresa menos famosa, porque, como observaremos a seguir, diferentemente do que foi dito, se tem algo que nada tem a ver com o referido empresário, é o ramo imobiliário.

    O REI DO TRANSPORTE PÚBLICO

    Tratar José Romano Netto (foto), 38 anos, como mero dono de imobiliária é o mesmo que imputar a Silvio Santos o título de “apenas” vendedor de cosméticos por ter no seu rol de atividades uma empresa que negocia o produto.

    Na verdade, Zeca, integrante da tradicional família Braga, é o Rei do Transporte público no ABC.

    Com ligações fortíssimas no âmbito político, entre elas sindicatos, Ronan Maria Pinto e gente do PT.

    Participa também, nas horas vagas, do Iron Man, a maior prova de triátlon da américa latina, com 3,8 km de natação, 180,2 km de ciclismo e 42,2 km de corrida.

    Dono da SBC TRANS, é também integrante do grupo da Auto Viação ABC, ambos comandando quase 100% do transporte coletivo na região.

    Recentemente, incorporaram, também, Interbus Transporte Urbano e Interurbano e Empresa Auto Ônibus Circular Humaitá.

    Por consequência de tanto poder, ocupa também o cargo de presidente da AETC (Associação das Empresas de Transportes Coletivos do ABC).

    OUTRAS EMPRESAS DE JOSÉ ROMANO NETTO

    O empresário e triatleta José Romano possui ligações com empresas de diversos setores de atividade, além do já mencionado transporte público.

    Embora, muitas vezes, segundo apuração, somente no papel.

    Além da referida “imobiliária”, a FARM, há outras, até de bom porte, complementando a relação.

    São elas:

    ORANGE PRESTACAO DE SERVICOS LTDA.

    SL BRASIL PARTICIPACOES LTDA.

    PONTO NEWS S/C LTDA.

    DIASTUR TURISMO LTDA.

    CARTAO LEGAL – SISTEMAS DE AUTOMATIZACAO E GERENCIAMENTO LTDA.

    SUN EMPREENDIMENTOS E PARTICIPACOES LTDA.

    CONSTRUTORA CAPPELLANO LTDA.

    PLENA ASSISTENCIAL LTDA.

    LAND EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS LTDA.

    OS CAMINHOS DA FERRARI

    A Ferrari Spider 458, uma das sete que foram negociadas no Brasil, foi importada, pela concessionária VIA ITÁLIA, em nome da empresa Cotia Vitória Serviços e Comercio Ltda, denominada também Cotia Trading.

    Que tem filiais, com a mesma razão social, nas Ilhas Cayman e também no Uruguai, conhecidos paraísos fiscais.

    Empresa, das maiores do Brasil, no ramo do Comercio Exterior, porém investigada por diversas irregularidades, entre elas contra-bando, falsificação, corrupção, etc.

    No link abaixo você tem acesso a uma das denúncias.

    http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI32454-15223,00.html

    Estranho notar que o veículo, assim que registrado pela Cotia Trading, no dia 14 de abril de 2013, logo sofreu processo de transferência para o nome da “imobiliária” de Zeca, sendo emplacado em 23 de abril.

    Uma operação triangular, inusual, e que deveria ser investigada com mais seriedade pelos órgãos públicos.

    Até porque o histórico da Cotia Trading é assustador.

    Os maiores acionistas são herdeiros do banqueiro Pedro Conde, já falecido.

    Já há algum tempo o nome forte do grupo é o empresário Eduardo Mangabeira Albernez (foto), amigo de José Romano Netto.

    Também ligado ao esporte, Albernez é iatista, amigo de Robert Sheidt, por vezes se arriscando também no hipismo.

    Tempos atrás a COTIA TRADING foi suspensa de atuar pela Receita Federal por importação irregular de Home Theater.

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi2806200602.htm

    Episódio que ocasionou uma estranha “dança” de aberturas e fechamentos de filiais, mudanças de estados (Rio Grande do Norte, São Paulo, etc.), além de movimentação contínua de sócios nos documentos oficiais.

    A PASSAGEIRA

    Outro grande mistério foi a não revelação do nome da passageira que estava no veículo conduzido por Zeca.

    Nossa apuração chegou a dois nomes, uma do meio artístico, outra atleta, que supostamente faziam, digamos, hora extra para levantar recursos que não podem ser contabilizados.

    Pessoas de relação habitual e comercial com o empresário.

    Não há como afirmar, categoricamente, até então, qual das duas se encontrava no local no momento do acidente.

  44. Nelson disse:

    Puxa! Quanta responsabilidades tem um homem destes. Quanto gera de impostos, e quantos empregos oferece? Será que voce faz pelo menos um centésimo disto pelo país?

  45. Scarps disse:

    Cuidando diretinho ,óleo sintetico e olho no contagiro não tem segredo..

  46. Nelson disse:

    Verdade. Todo mundo esquece que são os ricos que pagam os salários dos pobres, ou preferem viver na Espanha com 28% de desemprego?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>