ONE QUESTION

SÃO PAULO(por mim…) – Pelo visto, o GP da Índia do ano que vem dançou. Sendo assim, Coreia fica. A pergunta: essa corrida aí vai fazer alguma falta?

Comentários

  • Quando se analisa um Grande Prêmio desse naipe, tem que analisar em duas frentes: a qualidade do traçado e o “clima” do evento.

    No que tange à qualidade do traçado, até que eu gosto do circuito de Buddh, acho que ele lembra muito Kyalami e suas curvas traiçoeiras e velozes. Mas em termos de clima, indianos que me perdõem mas não tem a menor atratividade….como já disse inúmeras vezes, nesses países não dá gente…..esse negócio de inventar moda em lugares daquele naipe pra F1 foi uma idéia esdrúxula do Ecclestone e o que mais machucou os fãs de verdade da F1 foi ver que a mídia não criticou este aspecto, virou cordeira do Ecclestone, sendo que a mídia especializada deveria, pelo menos em parte, ir de encontro com a opinião dos fãs hardcore em usa mairoria, a F1 como uma categoria fundamentalmente européia, deve ter suas bases majoritariamente na Europa e quando for sair, ir para lugares onde existe um apreço mínimo ao esporte, que é o caso de Brasil, Argentina, Japão e Estados Unidos. Agora querer enfiar automobilismo na goela abaixo de países como China, Bahrain, Coréia, Índia e etc, é um absurdo…..

  • “Todo-poderoso do Mundial de F1, Bernie Ecclestone revelou que o GP da Índia está fora da temporada 2014 da categoria e voltará a ser realizado só em 2015. Motivo é a realocação do evento para o primeiro semestre.”
    Jura que eu acredito nessa conversa do Bernie. Que nada! Ele está é querendo deixar os promotores do evento (e não ele mesmo, ao menos por enquanto) irem reclamar com o governo sobre o imposto que querem cobrar por lá. É a mesma coisa da FIFA em relação à Copa: maximizar lucro acima de tudo.
    Sobre o circuito, achei as provas meio sem graça na Coreia. Poderia ir embora junto com Abu Dhabi também.
    PS. A propósito, Hungaroring teve contrato renovado, não foi? O Bernie fez tantas exigências por lá como por aqui? Porque se não as fez e renovou fácil lá, então é na cara-de-pau mesmo que vem reclamar de Interlagos.

  • Absolutamente nenhuma, nao tenho a minima recordacao de uma corrida lah, exceto uma tremenda neblina de poluicao, alias essses autoramos como India, coreia e Abu_Dhabi podiam dar bye bye. Voltar, bom quem sabe, se em condicoes, Zandvoort, Paul Ricard com a Mistral completa, Le Castellet.. a franca tem cada pista… e corriam naquela fazenda em Magny Cours. Queria uma em Laguna Seca e ver a turma descendo a saca-rolha e sendo punida por fazer uma ultrapassagem espetacular….um abraco

  • ué, não querem vender mais carros na Índia então?não é por isso que levam os GPs pra esses “mercados”?ou será que agora que “descobriram” que existe pobreza isso acabou incomodando um pouquinho os integrantes (pilotos, mecânicos, dirigentes, organizadores, VIPs, patrocinadores) do grande circo? Dane-se o GP da Índia, da China, da Coréia, danem-se os GPs europeus , dane-se o GP do Brasil. No final de tudo nenhum faz falta de verdade.ùnica coisa que faz falta é não pagar o boleto bancário da FIA , FOM e todos os Fs de todos o FDPs que trabalham nisso. Só pra terminar a ira, do jeito que vão as coisas, dane-se a F1.

  • Pra mim é só um ensaio para retirar em definitivo, não vai ter em 2015. E que a corrida da Coreia também siga o mesmo caminho. E a tal corrida em New Jersey, será que um dia vai ou é aparentada da natimorta equipe USF1? E mais algumas corridas que poderiam sair, sugestões não faltam…

  • Não….Com França, Holanda, Austria (vamos aguardar), Suécia (essa faz muito tempo) e Portugal (Algarve) fora….essas todas aí do oriente (menos Japão/Suzuka , claro)…podem sair….E gosrtaria de ver uma em Watkins Glen (de volta) ou em Road América …
    Só isso…

  • Acho o GP indiano mais legal…o autódromo da Coreia é feito os carros da Kia e da Hiunday, bonitinhos, mas ordinários.
    Falando em outros Portimão parece bem legal…imaginem Elkhart Lake se fosse adequado a F1.

  • O calendário ideal teria volta do antigo Silverstone(usado de 87 até 93), do antigo Hockenheim e suas imensas retas, Paul Ricard(traçado usado de 86 até 90), Zeltweg(traçado usado até 87), uma corrida em Estoril ou Portimao, Imola(traçado usado até 94), Zolder, ou seja, só pistas para PILOTO e não para piloto.

  • Flavio, não sei se você viu, mas lembro que ninguém mostrou as ultimas voltas do Raikkonnen em Monaco, quando ele ganhou uma porção de posições e conseguiu chegar em 10º, depois do incidente com o Perez. Acabei de encontrar, show de bola! Como diz o locutor – “…pero hablamos de Kimi!”. E o Bottas ajudou mesmo, como haviam falado na época…

    http://www.youtube.com/watch?v=-6_rWTWgf2c

  • Nenhuma falta. Assim como não faria falta Malásia, Coreia, Bahrein, China, etc.
    Espero um dia voltar a ver gp’s em Paul Ricard, Kyalami, Estoril, Magny Cours, Donington Park, Hermanos Rodriguez, enfim. Acho que é pedir ou esperar demais.

  • Esses GPS nos tilkodromos podem todos ficar de fora. Queria ver a F1 de volta à Argentina, à França (quem sabe Paul Ricard), Imola e Estoril. E quem sabe Enna Pergusa e Laguna Seca, duas pistas fodonas que nunca receberam a categoria.

  • Acho que não fará. Já tem muito Tilkodromo no circo. O publico gosta das pistas antigas e desafiadoras. Tio Bernie talvez ganhasse mais dinheiro colocando as antigas novamente, pois certamente o publico aumentaria.