MASSA, LOTUS, HULK, DTM, MERCEDES…

SÃO PAULO (tiro pra todo lado) – Uma ligeira atualizada na situação de Massa, Lotus, Hülkenberg etc e tal, para quem não acompanhou o noticiário dos últimos dias.

Felipe, como informei semana passada, segue tentando a vaga com a ajuda de seu empresário Nicolas Todt e seu pai, Jean Todt, presidente da FIA. Acordo existe (sempre é bom reforçar: não é contrato, é acordo) e o brasileiro precisa viabilizar um modelo de negócios que atenda às necessidades do time. Em outras palavras: precisa de um investidor, ou de patrocinadores.

Hülkenberg não tem carteira cheia, mas goza da simpatia da cúpula da equipe pela juventude e pelo potencial. Se a Lotus conseguir fechar acordos financeiros com investidores (e tem coisa em andamento), é possível que priorize o alemão e não fique esperando Massa. O “Bild” especula que um grupo árabe já topou as bases que a Lotus propôs e um anúncio de Nico no lugar de Raikkonen seria iminente. Mas o piloto também estaria conversando com a McLaren…

Enfim, está tudo bem confuso.

Quanto a Felipe, o DTM, como ele mesmo disse em Cingapura, é uma opção a se considerar. Hoje, o brasileiro recebeu um sinal simpático da Mercedes, via Toto Wolff.

Nos últimos dias, li aqui e ali declarações e comentários sobre uma suposta obrigação da TV Globo de ajudar Massa. A TV Globo não tem obrigação nenhuma. Pode ter interesse, o que é bem diferente. Como a emissora pauta sua cobertura esportiva pelo oba-oba em cima de equipes e atletas brasileiros, é ela que sofre quando o ufanismo barato é alvejado pela realidade. Sendo assim, para manter a linha editorial “somos lindos e o verde-amarelo vai brilhar nos céus do mundo inteiro”, talvez o canal considere importante ter Massa correndo num time de ponta no campeonato que ela transmite. E pode mexer seus pauzinhos.

Ou não. Nesta semana, no “Jornal Nacional”, a Globo fez algo raro. Noticiou a renovação dos contratos dos patrocinadores das transmissões de F-1, citando nominalmente cada um deles. Foi uma tentativa de mostrar, para o público e para o mercado, que a categoria independe da presença de um brasileiro no grid — o que vai de encontro à linha editorial global, definida desde a chegada de Pedro Álvares Cabral à Bahia. Ou seja: contratos publicitários renovados e transmissões garantidas sem que se saiba qual o futuro de Massa,

Ou, talvez, a emissora já saiba e só não contou para a gente.

Subscribe
Notify of
guest
92 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
8 anos atrás

Saber ou não saber… use a reposta master: “Eu não sabia…”

Imperador

Israel Cesar Ribeiro
Israel Cesar Ribeiro
8 anos atrás

Carreira mais deprimente que do Massa na Ferrari, só a do Barrichello. Aí foi tomar pau na indy, stock car e hoje é Louro José do Galvão Bueno. Aê Felipe, que grande futuro te espera…

Eduardo Schmidt
Eduardo Schmidt
Reply to  Israel Cesar Ribeiro
8 anos atrás

Boa…isso mesmo!!!

Antonio
Antonio
Reply to  Eduardo Schmidt
8 anos atrás

Não chamaria de deprimente ser vice cAmpeão, ter 11 vitórias e juntar 200 milhões de dolares

Israel Cesar Ribeiro
Israel Cesar Ribeiro
Reply to  Antonio
8 anos atrás

Vice campeão?? Grande coisa!!! Esse é o problema dos pilotos brasileiros de hoje, se contentam com pouco. Acho que o objetivo de todo piloto deve ser sempre o 1º degrau do pódio custe o que custar. Ser submisso ao companheiro de equipe é uma vergonha e isso vale tanto pro Barrichello quanto pro Massa. Quanto ao dinheiro que ele ganhou, isso é inegável, mas não deixa de ser deprimente. Ficou com uma péssima imagem em seu país e hoje é tipo um “Liminha” do Galvão Bueno. Muuuito deprimente…

Jota Meira
Jota Meira
8 anos atrás

Oportuno seu comentário sobre a ida do Massa para DTM, categoria que para ele, no momento, estaria mais apropriada, tanto pela questão técnica, quanto emocional. A F1 , quero crer, para certos pilotos, é um degrau alto o suficiente para separar bons, dos geniais.

Thiago
Thiago
8 anos atrás

A Globo citou os patrocinadores (ou anunciantes) do “Futebol 2014” no JN, também. Acho, portanto, que não há relação com ter ou não brasileiros na F1. Abraços.

Richard Hermann
Richard Hermann
8 anos atrás

A Lotus deveria contratar o Hulk, e acredito que é o que vai fazer…O Massa hoje é um piloto sem a expressão de competitividade que teve de 2007 a 2009. deveria ter saído da Ferrari (após aquela ordem de equipe no GP da Alemanha) em 2010. A Lotus não deverá ser diferente do que é hoje, precisa de alguém com mais garra acho que o Hulk é a melhor opção. Tomará que eu esteja errado..

Eduardo Schmidt
Eduardo Schmidt
Reply to  Richard Hermann
8 anos atrás

Concordo…

Alexey Karpov
Alexey Karpov
8 anos atrás

DTM!!! DTM!!!

Fábio Novo
Fábio Novo
8 anos atrás

Eu não acho sinceramente que o Massa deve ficar só se for pra andar em um carro “vencedor” ano que vem. Por que não ficar um ano numa Sauber e esperar abrir vaga na McLaren, até mesmo numa Renault se o Grosjean sair no fim de 2014..tá certo que tem muito moleque bom aparecendo, gente com grana também, mas eu acho que pela F1 vale a pena passar um ano de certo “perrengue” e dar uma última cartada + $$$ pra tentar alinhar com um bom carro em 2015.
Outra coisa, sei que é assunto véio, mas a entrevista do Massa pra Globo no esporte espetacular foi lamentável hein, entrou na pilha do Galvão e de parte do público de que “agora não vou ajudar ninguém..” Porra nenhuma, o Alonso tá morto-vivo no campeonato, ainda tem chances, até parece que não conhece as normas da equipe. E o Galvão lá, com o isqueiro na mão e a camisa 10 da seleção por baixo do paletó..pára com essa pachecada e aceite os fatos.

Anderson
Anderson
8 anos atrás

Globo citando nominalmente patrocinadores? O mundo vai acabar!

fabiano
fabiano
8 anos atrás

Flavio, oque sabe dessa noticia de hj q o Barrichelo pode voltar?!
Peter Sauber enloqueceu?

Israel Cesar Ribeiro
Israel Cesar Ribeiro
8 anos atrás

Desde a morte do querido Senna em 94, o que temos visto do Brasil na F1 são pilotos de nível médio pra baixo. Não vi em nenhum deles aquela sede de vitória, aquela raça que marca os campeões. Adoraria ver novamente um Brasileiro com essas características, mas enquanto isso, não vou parar de assistir Formula 1 só por que não vai ter um brasileiro por lá. Pra mim a fase do Massa já passou e ele pode fazer igual o Barrichello. Ir andar no pelotão intermediário da indy/stockcar/dtm ou virar papagaio do Galvão Bueno na Globo, kkkk…

Fernando Sandrini
Fernando Sandrini
8 anos atrás
kurt
kurt
8 anos atrás

Flavio, seus textos são realmente inspirados. Adorei a forma como vc abordou a posição da “Big G” em relação não só a Formula 1, quanto a toda cobertura esportiva.

Leal
Leal
8 anos atrás

Bom dia,
Parece que tem equipe interessada no Rubinho. Alguém tem mais notícias??? Abs

Mello
Mello
8 anos atrás

O William Bonner já havia feito o mesmo com relação aos patrocinadores para o futebol em 2014. Mas é engraçacado isso! Eu achava que “merchan” em telejornal era coisa do Silvio Santos. É a crise!

HUGO ALBINO
HUGO ALBINO
8 anos atrás

Barrichello na Sauber! Dizem que é uma possibilidade!!!

Roberto Mota
Roberto Mota
8 anos atrás
Ricardo Magalhães
Ricardo Magalhães
8 anos atrás

E essa boataria do Barrichello na Sauber?? Já vi em site espanhol, inglês, alemão… até no terra!!! É isso mesmo? Há essa possibilidade?? A volta dos que não foram… rsrsrsrsrsrsrs.